Everything Else

shame on you!

28.02.2012

Hoje resolvi fazer um post diferente, um post de desabafo. Recebi um link pelo twitter mostrando que eu apareci no “famoso” e “temido” Blogueira Shame. Já tinha ouvido falar, mas até hoje não tinha entrado por dois motivos: 1. não consigo achar interessante um blog feito especialmente para tirar sarro de outras pessoas e 2. por ter mais o que fazer.

A crítica inicial foi por ter feito um post sobre “como usar uma agenda”, mas acabou se estendendo para o fato de eu ter 24 anos (evidenciado no post pelas blogueiras), gostar de coisas fofas, gostar de “fotografar sonhos” etc. Claro que receber uma série de críticas por ser quem você é não é fácil, mas o fato de elas terem sido feitas por pessoas anônimas e que sentem prazer em falar mal dos outros tiram todo o seu crédito. Sim, eu fiquei triste com o que li, mas não eu não vou mudar por causa do que li.

É clichê falar isso, mas as pessoas se preocupam tanto em criticar os outros que acabam esquecendo de cuidar da própria vida. Triste, mas é verdade. Se as pessoas se preocupassem mais em fazer o que gostam sem atingir negativamente os outros, o mundo seria um lugar melhor.

Tenho 24 anos e gosto de coisas fofas, mas isso não me torna uma pessoa imatura/infantil. Pelo contrário, acredito que tenho maturidade o suficiente para assumir a minha idade e não negar as coisas que gosto por medo de julgamentos alheios.

Na verdade, não resolvi fazer esse post para falar sobre as críticas que recebi, e sim para falar o quanto um blog como o Blogueira Shame pode ser nocivo. Sabe, muitas pessoas sofrem bullying diariamente “na vida real” e tentam fugir disso na internet, criando uma “nova vida”, onde eles podem falar sobre coisas que gostam sem ser criticados/ofendidos/agredidos (o que está cada vez mais difícil já que o cyberbullying está cada vez maior).

Ter uma formação em Psicologia me ajudou a entender muitas coisas do comportamento humano, mas acreditem, você não precisa ficar 5 anos na faculdade estudando para saber que seus atos têm consequências. Isso é algo aprendi quando ainda era criança (obrigada, pai e mãe!) e levo sempre comigo. Outra coisa que aprendi ainda criança é que as pessoas são diferentes. Será que é preciso alguém nos ensinar didaticamente isso ou nós aprendemos quando percebemos que nossos amiguinhos não usavam as mesmas roupas que nós (tirando o uniforme, claro :P)? Que não gostavam só dos mesmos brinquedos que a gente? Desde pequeno nós sentimos e aprendemos que cada um tem a sua individualidade, que cada um tem seus gostos particulares. Imaginem só que chato seria o mundo se todos gostassem das mesmas coisas? Se todos tivessem que ler os mesmos livros? Assistir aos mesmos filmes? Se todos só gostassem de dias de Sol? A cidade inteira ficaria emburrada em um dia de chuva? Seria um saco!

Agora quero compartilhar com vocês algo que eu aprendi “melhor” nos últimos 5 anos da minha vida (“melhor” porque é algo que eu já tinha alguma noção antes de entrar na faculdade): muitas pessoas sofrem de transtornos psíquicos e, obviamente, não saem por aí com uma plaquinha dizendo “por favor não me ofenda, eu sofro de transtorno depressivo e tenho pensado em me matar“, “cuidado! eu estou passando por uma fase difícil e tenho transtorno de personalidade borderline, não me magoe!“, “me ajude a não gastar toda a minha economia! estou em estado de mania e não consigo me controlar!“. O que eu quero dizer com isso é que nós não sabemos o que cada um está passando, se ele está sofrendo com algum transtorno psíquico, se ele não está bem. Pra que ofender gratuitamente alguém só porque algo na pessoa não nos agrada? Só pra sentir um prazer momentâneo ao falar mal de alguém?

Pode parecer drástico, mas sabia que um comentário maldoso em um blog pode acabar de forma trágica? Você não sabe se a/o blogueira (o) sofre de alguma coisa que não quis compartilhar. Eu mesma nunca escrevi aqui no blog se eu sofro de algum transtorno, se estou passando por um momento delicado, se aconteceu algo grave comigo ou com a minha família e estou usando o blog como “válvula de escape” para tentar superar. As pessoas não são obrigadas a compartilhar tudo! É importante pensar bem antes de comentar pois, infelizmente, para algumas pessoas, um comentário feito com o intuito de magoar pode parecer muito mais poderoso do que 100 comentários com elogios.

A minha intenção ao escrever esse post é tentar fazer com que as pessoas parem para refletir sobre o que as leva a se divertir de forma tão irresponsável, sem pensar nas consequências. Provavelmente existem outros blogs como o Blogueiras Shame, mas eles só estão no ar e fazem sucesso porque existem pessoas que gostam de dedicar parte do seu tempo para rir dos outros. Não tenho pretensão de criar um movimento para acabar com esses blogs difamadores (sou sonhadora, mas também tenho meus pés no chão!), mas se eu conseguir fazer pelo menos uma pessoa refletir sobre isso já vou ficar feliz.

Se coloquem no lugar dos outros! Já imaginaram como a pessoa que apareceu no blog pode ter se sentido? E se fossem vocês?

Pode ser que eu apareça mais vezes em blogs difamadores e pode até ser que esse post vire alvo de tiração de sarro, mas eu sinceramente não ligo :) Estou me sentindo bem por ter falado tudo isso!

Obrigada pelo carinho, pessoal!

xoxo e até o próximo post!

ps: obrigada pessoas que me defenderam no Blogueiras Shame! Não li todos os comentários, mas vi que algumas pessoas me defenderam por lá ;)

Por

Melina

  1. Juliana Gomes says:

    Adorei o post, gosto de tudo que você fala porque é útil, diferente desse outro blog!

  2. Caio Coelho says:

    Mel, não se deixe entristecer por causa de gente que tem vergonha de si próprio, a ponto de criticar e nem a cara mostrar. Você é linda do seu jeito. :)

    http://hipercromia.blogspot.com

  3. Jenifer says:

    nem presta atençao nesse blog horrivel nao, adoro seus posts, e qual o problema de gostar de coisas fofas??? continue sim, sendo do jeitnho que vc é… todas nos amamos vc… ^^

  4. Débora Chrissanto says:

    Te dou todo meu apoio, Mel! Você está certa, e eu acho lindo o modo como você consegue ser tão meiga com todos e isso inspira as pessoas. E também tenho certeza que mais pessoas concordam comigo, se não seu blog não teria tantos leitores. E só por você ter 24 anos você deveria ser uma pessoa que não sonha?! Isso pra mim é ser infeliz.
    Eu nunca tinha ouvido falar desse blog, e me entristece ver como as pessoas podem ser imaturas a ponto de criar uma página pra falar mal dos outros. Isso é imaturidade! Mas saiba que sempre te defenderei, darei meu apoio e me inspiro na sua meguice, depois de começar a ler seu blog muita coisa na minha rotina mudou, eu me tornei mais organizada, mais meiga e tiro mais fotos, poxa, você me inspira e inspira muita gente, fico muito triste de ver pessoas ruins falando mal de pessoas tão boas. Continue sendo assim forte e saiba que muitos estão do seu lado (eu inclusive).
    com muito amor,
    x.o.x.o

  5. Sarah Sales says:

    Mel, amei demais o seu post. Infelizmente existem muitas pessoas maldosas nesse mundo, e muitas vezes não passa de inveja. Você é linda, feliz, toda sonhadora, tem um namorado, uma família e amigos que te amam. Essas pessoas que falaram de você são meras invejosas. Não liga pra isso, sei que não é fácil ter que aturar alguém falando mal de ti, mas ai vai uma frase clichê mas que eu acho mais do que certa: “Se nem Jesus agradou a todos, quem somos nós para conseguir fazer isso?” Então linda, não liga não. Beijos, e eu amo seu blog! Nós, seus leitores, estamos aqui, juntos com você.

  6. luana says:

    É triste saber que ainda tem gente que não sabe cuidar da sua própria vida. Ela que está sendo infantil com esse blog, não tem o que fazer (:

  7. Maris says:

    Heey Mel! Fico bem feliz que você foi “forte o suficiente” pra não abaixar a cabeça por coisas baixas desse tipo!

    Eu nem sei o que te falar, sério! Só estou pensando agora, se fosse eu? Talvez eu estaria mal, talvez eu até choraria, e você, como diferença disso tudo, veio e fez um post pra gente parar e refletir. Nota mil pra você Mel.

    Seu blog é lindo como é, você é linda como é, e Deus te fez assim, então você é perfeita. Olha todo o sucesso que o teu blog tem, e isso é uma prova, de que as pessoas gostam de você e aceitam você como você é!

    Entrega nas mãos de Deus tudo isso, ele com certeza é justo, e sabe o que faz :D

    Força na piruca, que estamos com você o/

  8. Jéssica says:

    As pessoas são realmente diferentes , mais existem pessoas que não aceitam as diferenças e preferem criticar … isso no fundo , é triste para a própria pessoa , pois ela não deve acreditar ou aceitar as verdadeiras coisas que à deixam feliz !!!

    Mel , seu blog é lindo ! Nunca o vi de maneira infantil , muito pelo contrário ,vi como o Blog passa o que realmente importa para você e que te deixa feliz ,além de ter fotos lindas !!!

  9. LINDO! Um ótimo pensamento e concordo com tudo, e digo mais: não levem em conta o que algumas pessoas dizem, escute o seu coração e as pessoas que você confia.

  10. Mel, sua linda, eu entendo muito o que você fala. O mundo é feito de coisas e pessoas ruins. Disso não temos como escapar, o que é uma pena, porque seu blog é lindo. Enquanto existem blogs que acabam e nos destroem por aí, existem milhares de pessoas que, assim como eu, amam o seu blog. E ainda mais, você é muito fofa pra ficar se preocupando com esse tipo de coisa.

    É claro que isso magoa. É como você disse: um comentário pode te colocar pra baixo, assim como cem para te reerguer. Não é fácil. Mas a partir do momento que você expôs o que você gosta, haverá alguém para criticar. Pode ter certeza de que você não é a única. Aconteceu isso com outras milhares de blogueiras famosas.

    E o que eu digo pra você é: seja sempre você mesma. Isso de faz de nós, suas(seus) fãs, sempre felizes com o que você faz. E não nos importamos com quem não gosta do que você escreve. Porque nós gostamos e amamos, por sinal. Então, tente não ficar assim.

    Parabéns pelo seu blog. Venho sempre aqui, quando posso. Apesar de nunca (ou quase nunca) comentar. O mundo ainda é feito de sonhos. Apesar de existirem pessoas assim.

    Beijão,
    Karine Clessia.

    http://www.nosnagravata.com

  11. Jean Carlo says:

    Deixa isso pra lá. Enquanto meia dúzia de pessoas acham ridículo o que você publica ou o estilo de suas fotografias, tenho certeza de que centenas de pessoas gostam e se identificam com você e suas fotografias.
    Internet é assim mesmo. Tem gente que gosta de se fazer às custas dos outros.
    Continue como sempre, seu blog é muito bom.

    abraços

  12. Poxa Mel , eu nuca tinha visto este Blog e para falar verdade concordo com você. É ridículo as pessoas criticarem tirar sarro com a cara de outras. Poxa todos somos humanos e temos defeitos e gostos diferentes. Essas garotas não devem ter o carinho , inteligencia nem a inspiração para fazer um Blog tão encantador quanto o seu. Eu tambem tenho um Blog e naõ o divulgo com medo de criticas mesmo, faço ele para mim e para amigas lerem, mas aparti de hoje vou ter coragem de publicar, e acredite seu blog encanta, motiva e alegra muitas pessoas como eu, meu Blog nasceu depois de ler milhares de vezes o seu. E seu Blog é lindo , Liindo. Parabens por tudo e mesmo com 100 anos continue a fotografar, sonhar e nos encinar a fazer coisas que para os outros e tola .

  13. Sabrina says:

    achei estranho teu post não conter nenhuma foto.. foi aí que me chamou a atenção.. li todo teu desabafo melina.. e com certeza a tua formação em psicologia te ajudou muito a superar isso! essas pessoas que fizeram isso contigo, com certeza não tem nada pra fazer, eu dei uma olhada no blog delas e não tem nada de útil.. já o teu, que eu acompanho a um bom tempo, tem várias coisas legais e eu fico pensando o tempo que tu deve ocupar pra fazer cada post.. cada tutorial.. tudo que te pedem, tu faz de tudo pra responder! e isso não tem preço! nunca queremos aceitar as críticas né? é difícil, mas é assim que aprendemos. melina seu blog é lindo, é perfeito, é um sonho! continua assim, que tu tem muitas fãs que te idolatram por tanta fofura! haha beijão, se cuida!!

  14. Julieta says:

    Cadê a opção curtir nesse seu post, ein Mel?
    Concordo com tudo!

  15. Que coisa mais ridícula. Tenho nojo desse tipo de coisa. Tanta gente insensível e sem nada pra fazer nesse mundo… Me entristece.
    “As pessoas não são obrigadas a compartilhar tudo!” Pois é.
    Mas você tem pessoas a sua volta (e do outro lado do computador…) que te amam! Tá MAIS do que certa. ÓTIMO post.

  16. eu tenho 25 anos (quase 26) amo coisas fofas :)
    não ligue pra isso Mel, a inveja é assim mesmo.
    ninguem vai deixar de gostar de vc por conta de um post idiota.

    beijokas!!!!!!!!!!!!!!!!

  17. Eu acredito naquela máxima “quem desdenha, quer comprar!”, e acho que parte dos motivos que pessoas como essas fazem críticas sobre outras pessoas e coisas, é por que não podem fazer/ser o mesmo.
    Sinceramente, não tenho nem vontade de acessar essa página, só para não dar ibope, mas se o fizer, será para me manisfestar contra isso. Tenho trabalhado em meu projeto de TCC sobre violência, então estudado sobre a mais “popular” nos dias de hoje [o bullying e cyberbullying], e sei o quanto isso pode prejudicar uma pessoa.
    Mas felizmente você é uma pessoa feliz com a vida, resolvida, e que tem muitas pessoas que lhe têm um carinho enorme e lhe desejam tudo de bom – inclusive as como eu, que não te conhecem pessoalmente, mas que sentem que conseguem ver o que tem por dentro de você através do seu trabalho fofo e lindo aqui.
    Seja sempre assim, sincera sobre o que lhe faz feliz, que o brilho que você reflete sempre voltará a você!
    beijos* de uma leitora que lhe conhece a pouco, mas que lhe tem um grande carinho!

  18. Gabriela says:

    Psicologia deve ser um curso muito legal de se fazer! Infelismente existem pessoas que perdem tempo de vida fazendo essas coisas insignificantes. Mas isso tudo Mel, é porque no fundo a pessoa que faz isso é infeliz, e precisa criticar alguem pra se sentir melhor.

    Não é o fato de vc gostar de coisas fofas e ter 24 anos. E sim por tal pessoa sentir inveja do quanto você inspira as pessoas e do quanto voce VIVE e consegue viver bem por tudo isso que mostra, uma pessoa realizada, com amor em casa, amor na internet, coisa que muita gente procura e nao consegue.

    uma pena mesmo assim, ter que ler certas coisas, porque ninguem merece isso. E por causa disso o mundo vai ficando assim, com pessoas idiotas rsrs.

    O bom é que tem pessoas do bem e queridas como você e como várias por aqui e fazem do mundo um lugar melhor.

  19. Ana Nascentes says:

    Mel, não sabia como era cruel o que falaram até ler os comentários do post eu mesma. Você está mais do que certa em falar sobre o assunto, principalmente porque tem “bagagem” técnica pra isso.
    Não se abale por isso, minha vontade é de brigar com aqueles anônimos…mas só piora e aumenta o assunto!
    Continuamos de olho aqui, sempre!
    Beijão! :)

  20. Sábias palavras, concordo plenamente.
    Acho que tem pessoas sem um pingo de criatividade, respeito no que dizem, sem qualidades, resumindo existem pessoas vazias, infelizmente, não tem o que falar e falam besteira…

    eu adoro seu blog, suas fotos tudo, não acho que nada de imaturo, pelo contrário, vc é delicada e isso faz parte de sua personalidade e tem que ser madura o suficiente pra ter personalidade.
    Você tá sempre de parabéns continue assim, com essa delicadeza, você é uma florzinha, o que disseram saiu de pensamentos amargos, que só tendem a ficar mais amargos..

  21. Julya says:

    Nem sabia da existência desse blog, e agora que conheço quero distância. Concordo com o que o Caio Coelho disse Mel, e fico feliz por saber que você tem a cabeça firme e não se deixa abalar com essas besteiras que estão falando, e principalmente por serem todas feitas no anonimato.
    Acredito que para quem vê esse seu estilo uma primeira vez pode até achar que não é real, como muitas pessoas estavam falando que você é forçada, eu mesma não acreditava que você pudesse ser tão fofa e meiga quando tive acesso ao seu blog. Mas com o tempo vi que é realmente eu jeito de ser e não te torna infantil ou imatura.
    Acho que se alguém deveria fazer críticas sobre sua maturidade, deveria ser alguém que realmente te conhece, e não uma pessoa que nem dá as caras e te julga pelo post que você fez com tanto carinho para ajudar as pessoas a serem mais organizadas.
    Acho que falei até demais Mel, mas é por indignação mesmo. De qualquer jeito, você terá sempre meu apoio.
    Beijos e Morangos.

  22. Isabela says:

    Oi Melina,

    não te conheço nem acompanho o seu blog. Entrei no seu blog há dois dias atrás, depois de um comentário no formspring da Lolla Moon, em que alguém comentou que você parecia com a Zooey Deschanel. Pesquisei no Google o teu nome, achei o link, cliquei e lembro de ter pensado “hum, blog bonito, essa menina deve se dedicar muito pra fazer essas fotos caprichadas”.

    Hoje, coincidentemente, lendo os meus feeds (sim, eu assinava o blog da Shame On You até um minuto atrás), vi o post da Shame sobre você e mais, li os comentários maldosos feitos por dezenas de anônimos. O post – que achei completamente desnecessário -sobre você foi a gota d’água para que eu parasse de acompanhar aquele blog. O que no início era algo divertido (ali, muitos posts me divertiu, não vou mentir) passou a ser simplesmente um lugar em que anônimos destilam veneno sobre outras pessoas, de forma gratuita. Julgam, falam mal sem conhecer a outra pessoa, como você mesma disse. Penso que escrever um blog na internet em que se expõe com fotos e nome completo é realmente “dar a cara pra bater”, mas nada justifica comentários daquele naipe e pior, feitos por pessoas anônimas (muito corajosa essa gente, né?).

    Enfim, só queria te dizer que não dê bola pra esse tipo de negativismo e continue sendo a pessoa que quiser. Usando de clichê, o importante é ser feliz!

    Isabela (26 anos, advogada e nem por isso, deixou de gostar de artigos fofos de papelaria).

  23. O problema dessa história toda é que existe um padrão de comportamento X em que a dona do blog SHAME ON ME tenta empurrar expondo muitas pessoas pobres, carentes e sem conhecimento de moda. Eu me incomodo muito quando postam críticas para uma pessoa de classe social desfavorecida, porque essa mostra O MELHOR que pode no próprio blog… foi a forma que ela encontrou para expressar muitas coisas que a mãe que Deus lhe deu não pára para ouvir.

    Sou intolerante com consumo desnecessário, porque estamos numa nação super pobre, carente de tudo, e comprar para ostentar (em qualquer lugar do mundo, com o agravante de ser uma brasileira) é ultrajante. Minhas críticas nos blogues que escrevo, que não são poucas, ficam focadas no padrão de consumo muito alto porque creio que não estou VIVA para fazer outra pessoa MORTA, só e apenas para ostentar um estilo de vida colunável.

    Se você escreve PUBLICAMENTE num blog, sabe que a crítica aparecerá. Afinal de contas, não existe pessoa 100% má e pessoa 100% boa.

    A blogosfera é PESADA, portanto toda exposição da vida privada poderá se tornar um circo para pessoas que querem sentar na platéia. E quem está no circo quer o q??? RIR, infelizmente.

    Seja forte, entenda que ter blog com “fofuras” pode gerar um lado amargo na mente de terceiros, como tudo nessa vida. Eu posso não concordar com o que elas escrevem, compram e ostentam, mas defendo a liberdade. O que falta é respeito.

    Gosto muito daqui, viu?

    Um beijo!

  24. Lia Porto says:

    Adorei, isso que é maturidade, continue acreditando nos seus sonhos bjus

  25. Ops, o nome do blog é SHAME ON YOU, BLOGUEIRA!

  26. Oi Mel, incrivel como o mundo de algumas pessoas é tão pequeno e se limitam a viver a mercer da vida dos outros. Fico muito triste com blogs como esse citado acima, mas o pior é perceber que existem pessoas que dão asa a isso e passam horas se divertindo com chacotas, calunias.

    Bem, eu tenho 31 anos e adoro seu blog, adoro sonhar e coisas fofas. E me orgulho disso tambem, porque a vida eh tao cheia de coisas amargas e imagens negativas.
    Continue linda e inspirando a todos nós.

  27. Carolina says:

    É uma pena saber que há tantas pessoas com vidas tão inúteis á ponto de querer cuidar da dos outros. Mas não se importe com gente desse tipo, Mel. Enquanto 5 falam mal de você, pode ter certeza de que 1000 te defendem e te admiram. :)

  28. Natasha says:

    Sabe que por um lado isso foi bom? O post falando sobre o seu blog me fez entrar aqui pela primeira vez, e eu gostei. Assim como aconteceram com alguns outros. Acesso o tal blog as vezes, pq até tem algumas coisas engraçadas, mas realmente os comentários ali são ácidos demais. Essa tal Shame vive falando em contradições, mas ela mesma é, ri tanto dos outros, e a própria é uma piada, que passa metade do dia procurando procurando problemas nos blogs alheios. Enfim.
    Vou parar por aqui pra conhecer melhor o teu blog.
    Beijo!

  29. Paula says:

    Mel, concordo interamente com você! Nunca se sabe de que maneira esse tipo de crítica esquinha vai atingir as pessoas. E julgar anonimamente, na minha opinião, só demonstra fraqueza e faz com que o “julgador” se torne mais patético ainda.
    Gpsto muito de vc e dos teus posts!
    bjs

  30. Mi Silva says:

    Como vc gosto de fofurices e não tenho vergonha disso!
    Concordo tudo o que vc falou no post…
    O que pode ou não pode, o que deve ser feito ou não , cabe a cada uma.
    Fácil ficar atrás de um perfil fake falando mal dos outros e rindo do que acha que é errado no seu mundinho…
    Acho que pessoas desse tipo só conseguem ver o lado ruim das coisas e não tem capacidade de fazer nada melhor… muito triste, mas o mundo está cheio delas.
    Adoro seu b log!
    Bjks
    Mi

  31. Alessandra Lisboa says:

    É o fim dos tempos mesmo. Gentem pelo amorrr, tenho 33 anos e adoro coisas fofas! E daí meu povo?! Não gosto nem de falar para esse povo cuidar da própria vida pq tem muita gente por ai precisando de CARIDADE. Não quer cuidar da própria vida? Então vamos ajudar o próximo!! Vamos a um orfanato, a um asilo! Resumindo, seja solidário e viva!
    bjs!

  32. Débora says:

    Nunca ouvi falar desse blog, e não gostei nada de saber. Como vc colocou o link fui lá pra ver o nivel de merda que é aquilo. É pior do que eu imaginava. Elas criticam tudo!! Até coisas que o povo fala no twitter!! Vi também o que falaram sobre o seu blog…. muita sacanagem isso, e ainda falam que você é imatura por gostar de coisas fofas? Quer dizer que o que define se a pessoa é imatura ou não é o que ela gosta ou deixa de gostar? Ridículo isso, imaturas são as pessoas donas desse blog que ficam falando mal dos outros pra ganhar visitas, não tem criatividade pra ter um bom blog assim como o seu por exemplo, que tem pessoas como eu que visitam todos os dias, e que você é suuuuuper gente boa, você conquistou seus visitantes com seu jeito fofo de ser, agora vem esse povo fazer uma coisa dessas? Isso é o absurdo dos absurdos!!! Não fica mal por isso não tá Mel, você sabe que nós gostamos de você e do seu blog e sempre vamos te defender quando falarem mal e não liga pra esse povo não, eles tem inveja. Gostei muito dessa sua postagem falando disso!! Sou blogueira também, e sofro de um outro preconceito, tenho 17 anos e gosto de animes(desenhos japoneses) e a grande maioria das minhas amigas odeiam isso e falam que é coisa de criança. Eu falo sobre tudo que eu gosto no meu blog mesmo e também no twitter, tem gente que reclama do que eu falo no twitter, mas poxa, o negócio é meu, eu faço o que eu quiser né?! Eu não vejo problemas em falar na internet sobre coisas que gosta ou não. Mas sou completamente contra quem fica difamando os outros, e ainda mais pra ganhar popularidade com esse tipo de coisa, isso sim é coisa de criança.
    Saiba que vc vai ter sempre o meu apoio. Beeijos. <3

  33. Gabriela says:

    Minha mãe sempre diz: quem não tem amor em casa acaba fazendo certas idiotices mesmo.

    FALTA muito amor nesse mundo, e então acontece essas intrigas em faculdade/escola um querendo ser melhor que o outro, um querendo ’empurrar’ o outro, passar coisas negativas.

    E Amor aí (no teu espaço) tem de sobra, porque nós sabemos, e o teu blog, e esse teu jeito é tudo consequência disso. Não tem o que possa destruir isso, porque você é mais que isso tudo.

    E que continue assim, nos mostrando coisas legais, essas meiguices todas que faz afastar o que tem de ruim nessa vida.


    Obrigado por denunciar essa possível violação dos Termos de Serviço. Examinaremos a sua denúncia em breve e tomaremos as medidas necessárias. Fui lá e não aguentei. Porque acredito que deixar quieto tambem não é a solução, com alguem pode ser bem pior, como voce disse no post, alguem que sofre algum disturbio se passar por isso, pode ser bem pior.

  34. Eu vi que você não aprovou meu comentário. De qualquer jeito, continuarei como leitora sua.

    Deus a abençoe.

    Um beijo!

  35. Graccy says:

    Nem sabia da existencia desse coiso (sim coiso) Mel, isso não se trata apenas de falar mal, vou verificar o conteúdo e achar brecha pra denunciá-las(os) a SaferNet pois expõe pessoas demais! Não tá certo!
    Ah, e eu nunca comentei aqui mas amo seu blog, seu jeito, tbm amo coisas fofas e tenho 28 anos! ;)
    Bjokas ;***

  36. Bruna says:

    Ótimo post Mel!! Concordo com tudo que falasse ali em cima, as pessoas tratam esse tipo de coisa como se fosse brincadeira e na realidade não é! Triste ver esse tipo de blog criticando tanta gente que tem um trabalho legal… mas enfim, adoro seu blog, amo suas fotos e admiro demais tudo que tu escreve aqui.
    Beijoos :*

  37. fernanda says:

    Tudo que você falou, foi de grande utilidade para muitas pessoas refletirem, tomara que essas pessoas de mente pequena parem com isso. Não sabem o que fazem. Adorei o post, Mel. ♥

  38. Fernanda says:

    Esse tipo de coisa me deixa muito triste e revoltada.. É tão difícil assim cada um cuidar da própria vida? As pessoas tem uma necessidade de falar mal de quem ta por cima e não absolutamente nada pra elas, eu não entendo isso, não aceito, me revolto.. Eu sei, já senti o que é ler algo maldoso ao meu respeito, e posso garantir que esse tipo de cometário fica na nossa cabeça muito mais forte do que qualquer elogio… É tão difícil pras pessoas só procurarem a felicidade, e deixar os outros procurarem as deles? Se cada um cuidasse de si todos seriam muito mais felizes, então pq ainda tem esse tipo de gente que quer difamar os outros? Poxa.. =(

  39. Ja comentei sobre esse mesmo blog num grupode amigas blogueiras e graças a deus foi a primeira e unica vez que perdi meu tempo com aquele blog, não vou ser hipócrita em dizer que ja passei tempo andando de blog em blog e apontando os defeitos, mas sempre para mim mesma… Não que seja certo, mas pelo menos é uma opinião que eu tenho consciência de não partilhar… Na maioria das vezes. Enfim, sinto muito pela situação ruim mas eu acompanho seu blog e o flickr Mel e voc~e é uma garota incrivel e uma inspiração pra mim, sem exageros, e está certissima em não levar essas coisas estúpidas em consideração…

  40. Juma Ridolfi says:

    Mel…
    Ignora!
    O que esperar de pessoas que não tem nem mesmo coragem de dar as caras? Ficam por traz de um computador, sem se mostrar! OU seja…COVARDES!
    Deixa pra lá, eles nunca vão entender o que é ser feliz e querida por pessoas que nem mesmo nunca te conheceram! Que são felizes pelo simples fato de poder compartilhar coisas com você!

    Olha…o importante é que nós, suas leitoras mesmo aquelas que não comentam muito (como eu) deixam seus dias mais felizes ao ver um post novo seu, e sempre estaremos ao seu lado!

  41. você tem razão! eu já dei algumas risadas naquele blog, vire e mexe me mandam um link, embora eu nunca tenha comentado, mas não tinha parado pra pensar nisso tudo que você disse. agora eu fiquei realmente envergonhada de ter rido dos outros, é realmente muita exposição, está lá pra todo mundo ver, rir e livre pra ofender.
    pra você ver como o seu blog é útil, se alguns não conseguem aproveitar suas dicas de como usar uma agenda, podem aproveitar as dicas de como ser uma pessoa melhor através de posts assim.
    um beijo mel!

  42. Ola Mel.
    Quem fez esse blog é ridicula. Criar um blog só pra criticar os outros é coisa de quem não tem o que fazer.
    Mel sou evangélica e uma coisa que aprendi na minha igreja é que ninguem taca pedra em arvore que não dá fruto. Então pode crer que você é uma arvore que dá muito fruto e uma pessoa iluminada por Deus pois pessoas que atraem outras de coração bom só podem carregar consigo a presença de Deus.
    O que não agrada nas pessoas é alguem ter mais de 20 anos e ser pura.

    “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;” (Mateus 5 : 8)

    Eu tenho quase 25 anos e amo tudo o que você posta aqui, mesmo que eu não comente em tudo. Antes eu me achava infatil por gostar de adesivos, post-it, meus sonhos, coisas fofas e desenhar e foi conhecendo o seu blog que aprendi não desistir das coisas que eu gosto.
    Mel continue sendo essa pessoa maravilhosa que você é.

  43. Paola says:

    Nossa, nunca tinha ouvido falar daquele blog, mas quando entrei pra ver, que falta do que fazer daquele povo ein, nossa não tem louça pra lavar mesmo porque fazer um blog pra falar mal dos outros é fogo

  44. Paola says:

    Nossa, nunca tinha ouvido falar daquele blog, mas quando entrei pra ver, que falta do que fazer daquele povo ein, nossa não tem louça pra lavar mesmo porque fazer um blog pra falar mal dos outros é fogo, adoro seu blog, não ligue pra eles

  45. Post lindo e é exatamente isso. Eu já sofri bullyng no colégio, tive que sair de lá e ir para a psicóloga. As pessoas não tem noção do quanto isso pode afetar uma pessoa. O quanto isso pode machucar. Aliás, amo suas fotos no flickr também *-* e seu blog é uma gracinha. Pessoas que não tem nada pra fazer tiram sarro de outras, as que tem, tentam (e conseguem!) mudar o mundo!
    Um beijo

  46. Thai Weber says:

    Tipico de pessoas que só conseguem felicidade plena ofendendo os outros. Uma pena que agora tenha até um blog pra isso. Mas não liga não, Mel. Temos que ter pena dessas pessoas que precisam disso para ter algum prazer na vida e não têm nem coragem para mostrar a cara.

    Ótimo post!
    Bjos =*

  47. Luíza says:

    Cada vez eu entendo mais porque continuo acompanhando esse blog, e espero ansiosa por cada post novo. Muitas pessoas me criticam por eu gostar de coisas fofas que para elas significam “coisas de crianças e pessoas imaturas”. Já me senti muito mal, por isso, já cheguei até a sair de uma escola a anos atras e fazer acompanhamento psicológico pois muitos me pré-julgavam e até mesmo me excluíam de determinados grupos só porque eu sempre estava com canetas coloridas, caderno caprichado e o material mais bonitinho da papelaria. Para muitos pode não parecer nada, mas eu demorei um tempo para perceber que imaturos de fato eram eles, pois não era eu quem batia em um dos garotos mais inteligentes da sala e tambem não era eu que ria da marina, a síndrome de down mais fofa que eu conheci. Eu estou com lágrimas nos olhos aqui, e entendo e assino em baixo tudo o que vc comentou. Infelizmente esses blogs recebem acessos e alguns ganham até dinheiro no youtube com criticas do tipo. Muitos dizem que eles apenas mostram sua opinião, mas para mim, posicionamento é muito diferente de falta de respeito. Todos nós ficamos abalados com esse tipo de situação (em diferentes intensidades) mas fico feliz em saber que você ergueu a cabeça e vai continuar com os posts :)
    P.S.: O post da agenda foi um dos meus prediletos :) E eu aposto que as criadoras daquele blog nunca receberam nenhuma cartinha, hehe :D

  48. maa~ says:

    Sabia que eu não devia nem ter clicado no link desse blog! D: Na boa, ver tanta gente desocupada desperdiçando tempo com uma m***** (desculpe) de blog desses. ):

    Concordo com tudo que você disse aí, Mel. Eu tento imaginar como essas pessoas devem julgar elas mesmas pra sair criticando as pessoas por aí desse jeito, como você disse, a troco de nada. D:

    Mas acho muito inspirador da sua parte “não se importar” com essas besteiras e ainda postar sobre isso e tal, é sempre bom a gente lembrar que não tem nada de errado com quem somos. =)

    Esse é só mais um motivo que faz as pessoas gostarem mais de você, Mel! :)

  49. Esqueci de dizer uma coisa Sobre o post das agendas: No dia que você postou ele eu copiei e colei no word e salvei no meu notebook pra mim não esquecer das dicas

  50. Ana Carolina Rodrigues says:

    De verdade? Fiquei com dó dos autoras do blog.Nada mais interessante ou útil pra mostrar pro mundo, pra compartilhar com outras pessoas na internet. Isso sim é que é não ter maturidade! O pior é saber que tem gente pra dar audiência…
    Isso mesmo, Mel! Não se abale por causa de pouca coisa ou pouca gente (no sentido de pobreza de espírito mesmo) e não mude nadinha por aqui. Nós adoramos exatamente por que você é assim!

  51. Marji says:

    Acredito que o grande problema é o pessoal que se diverte tirando sarro dos outros. Falta (ou excesso) de maturidade não podem ser definidos pela cor da sua caneta ou pela capa da sua agenda.

    As pessoas entram em buscas desesperadas, tentando se adaptar à um padrão de normalidade que nem sequer existe. Acho o seu jeito muito bonito. E totalmente válido.

    Não querendo entrar, de fato, no mérito da questão, mas já entrando, acho que, hoje em dia, ser feminina virou questão de chacota. Os valores mudam e se distorcem, o que, em certas vezes, se torna regressão.

    Daqui a pouco o pessoal esquece isso. Força, Mel! :)

    http://philadelphiapositive.blogspot.com

  52. Minha filha, depois de ler o seu post fui até o site. O que me impressiona é o fato dos comentários iniciais, provocativos, não assumirem as posições apresentadas e dizerem que é uma “brincadeira”. O que mais me assustou foi a quantidade de anônimos que fazem comentários fortes mas que não tem coragem de assumir uma posição. O que escrevo no meu blog eu assumo e me posiciono, no Face Book faço a mesma coisa e os “corajosos” anonimos? Tem tanta coragem para escrever e tão pouca para se identificar. Se são tão corajosos por que não aparecem.
    Contine fazendo os seus post lindos, saudáveis, felizes e que procuram ajudar, diferentemente daqueles que querem destruir, sem coragem. Continue assim! Te amo. Pai

  53. Carla says:

    Oi Mel,

    Blog ridículo aquele! Por que ao invés de criar algo as pessoas perdem tempo tentando atacar os outros?

    Beijos de uma leitura e admiradora de 29 anos, advogada formada em Universidade Federal, com mestrado no exterior, no momento aprendendo a 4a língua estrangeira (Alemão) e dona de uma agenda colorida e cheia de bichinhos!!!

  54. Landa Emma says:

    Parabéns por inspirar tanta gente a ser o que é, sem medo da opinião dos outros. Teu blog é ótimo e as fotos também. Acompanho faz um tempo, mas como quase todo mundo, não comento. :) Beijocas

  55. Alexandra Pociello says:

    Lo que escribiré será en castellano porque tanto inglés no se, porque es demasiada la indignación sobre lo que te ha sucedido.
    Primero pasando de esta gente, gente que no sabe que hacer con su vida y se dedica a meterse en la de los otros, simplemente envidia, es pura envidia, y lo que intentan es dañar para crecerse ellos, porque deben tener un gran complejo de inferioridad bestial. Prepotencia, mejor dicho, son prepotentes y como decia mi abuela: “el mejor desprecio es no hacer aprecio”, asi que Mel, “sister” :) como dice la canción Don’t worry be happy!!! y yo también soy una soñadora pero como bien dices también tengo los pies en la tierra como todos los que te seguimos y adoramos tu blog! los que de verdad no tienen madurez suficiente son ellos, ya que necesitan hacer daño, como si fuera un patio de colegio de niños de preescolar. Espero que mis palabras te hayan ayudado a reconfortarte! estamos todos aquí para animarte!! Un beso sister!!! :D de tu sister de barcelona que no sabe mucho inglés pero por suerte existe el google traductor jejeje

  56. Nunca tinha ouvido falar desse Blog até agora.
    Estou abismada! Como existe pessoas de mentalidade pequena e medonha nesse mundo!
    Concordo com tudo que você disse Mel, gostamos das mesmas coisas que você e se estamos aqui é porque nos identificamos com você :)
    Não entendo porque as pessoas não evitam aquilo de que não se agradam, precisam espalhar o seu veneno por aí para alcançar “seguidores” e se acharem os donos da razão.
    Lamentável!

    Beijo grande Mel e estamos ao seu lado sempre! :D

  57. Regiane says:

    Tudo é uma questão de estilo, como eu comentei no próprio blog da Shame (com meu perfil mesmo).
    Existem blogueiras para vários segmentos e, assim como na vida real, escolhemos as nossas amizades pelo que temos em comum, não pelo que detestamos.
    Se suas leitoras gostam e admiram seus posts, siga em frente.
    Pedras no caminho existem pra todos.
    Ninguém JAMAIS chegará ao ápice de agradar gregos e troianos.

    Parabéns pelo blog e desencana!

    http://modestia-a-parte.blogstpot.com
    http://casardatrabalho.blogspot.com

  58. Del says:

    Mel, pessoas assim são vazias e, na falta de algo interessante p/ fazer e/ou compartilhar, acabam falando mal dos outros. É fácil sair falando mal de alguém e, pior, pelo que vi nesse blog “Blogueira shame”, é fácil conseguir pessoas que apoiam essa prática. Mas aí eu me pergunto: será que essas pessoas teriam coragem de olhar nos olhos dos seus “alvos” e falar essas coisas tolas p/ eles?

    Na boa, como é que eles tem coragem de questionar o comportamento de alguém se eles mesmos são tão imaturos? O tipo de crítica que eles fazem é ridículo.

    Cada pessoa tem seus gostos, suas particularidades. Se uma pessoa não gosta do conteúdo de determinado blog, por exemplo, é só não acompanhá-lo.

    O importante, Mel, é você continuar postando sobre o que você gosta, sobre você. É o seu cantinho, o seu blog. É notável o carinho que você tem por ele. É notável o carinho que tanta gente tem pelo blog e por você :}

    Ah, gostei demais da forma como você tratou desse assunto.

    Beijo

  59. Juli says:

    Mel, fiquei chocada de ver o seu blog lá. Não porque você deva ser imune a críticas ou algo assim, mas porque o que foi escrito sobre você e seu blog é tão ridículo!

    O pior pra mim é alguém postar anonimamente, ou seja, dá tapa na cara dos outros mas não quer levar, pessoas que não arcam com as consequências das próprias opiniões, que acham que são imunes a qualquer coisa porque covardemente se escondem atrás do anonimato!

    Eu ficaria triste também de ser criticada, quem não fica? Mas com certeza para cada “crítica” absurda e opinião infundada que foi dita sobre você, existem pessoas que admiram teu trabalho e as tuas inspirações!

    Nem desanima com isso viu? Gente amarga assim só merece desprezo mesmo, perca seu tempo tirando mais e mais fotos lindas que inspiram muitas meninas por aí! :)

  60. Thaynara says:

    Eu não conhecia o seu blog, e vi o post no blogueira shame, depois de ouvir falar dele no twitter. Achei fofo o post e corri atras dele no Google. Achei e me apaixonei pelo seu blog! Não fica chateada com isso não, ela não tem capacidade de gerar assunto em um blog então faz aquilo para se promover. Quem devia ter vergonha era ela! Você é uma fofa e acabou de ganhar mais uma leitora assídua graças a ela! O tiro saiu pela culatra! hahaha Beijos!

  61. Ana Clara Serrado says:

    Mel, minha linda! Se a gente lê o seu blog todo dia é porque a gente gosta! E o que importa você ter 24 anos e gostar de coisas fofas, isso não está atrapalhando a vida de ninguém e você não precisa de ninguém pra te dizer do que você deve gostar ou não! Pessoas que gostam de atingir os outros dessa forma são mt sem coração! Estamos com você e estaremos smp porque gostamos do que você faz! Beeeijos s2

  62. Paula Fliess says:

    Meeel, você tem 24 anos, com cara de bem menos. Coisas que pessoas sonhadoras e meigas não conseguem.
    De verdade? Acho que é a blogueira mais fofa do mundo! <3

  63. tania says:

    Oi Mel!Fui dar uma olhada no tal blog citado…meu senhor,quanto recalque num lugar só!
    Agressividade.Mais nada.Ainda bem que tem um “x” no canto da tela pra manter distancia disso, que muitas vezes é classificado como “liberdade de expressão”!
    Um beijo Mel,saudades do Spook…

  64. Oh minha linda, não liga para o que esses idiotas falam não, é pura inveja, pois eles não tem talento e amor suficiente para fazerem sucesso fazendo os outros felizes como você nos faz.
    Uma coisa é certa, pessoas assim, como os donos desse blog, sofrem e muito.
    Se cuida Mel, não se esqueça que estamos contigo sempre e que amamos você!

  65. Danielle says:

    OIE:D

    NEM TE CONTO!
    EU ACESSO O SHAME. E TENHO UMA UNICA COISA PARA TE DIZER…

    Eu adorei teu blog :P e teu jeito e tu *.*
    e TUDO:D
    Sua LINDA:D

    O lado bom do shame, que por mais que ela ache brega tem pessoas q não acham , logo acabam conhecendo o blog e curtindo. COMO EU CURTI O TEU. E VÁRIOS OUTROS QUE VI LÁ

    SUA LINDA:D COMO ENVIO A 3×4?

  66. Paula says:

    Esse seu post e acontecimento são basicamente um dos últimos episódios de New Girl, já viu? A personagem de Zooey Deschanel, que é super girly como você, é julgada pela namorada de um amigo, que não gosta do estilo fofo da Zooey e acha que pode tirar uma com a cara dela.

    Acredito que você seja uma pessoa bem equilibrada que não se deixa abater por comentários e opiniões tão vazias, mas é frustrante e muito preocupante ver as proporções que essas coisas tomam.

    Isso é recalque puro. As pessoas acham que podem se esconder atrás de um “anônimo” na internet pra julgar e falar abobrinhas sobre alguém que elas nem conhecem. Elas não sabem sua história de vida, são pagam suas contas, não passaram pelo que você passou. Você tem o direito de ser quem você bem entender, e quem não gosta que feche a aba do browser. E a vida continua.

  67. Samandra says:

    Eu não conhecia esse blog ainda e fiquei bem chateada com os conteúdos que colocam lá. Todos erram, isso é fato, mas a forma que eles colocam lá é pra ridicularizar, e não gosto disso. Mas não liga para o que disseram, seu blog é lindo e não tem problema nenhum ter 24 anos e gostar de coisas fofas! Tenho a mesma idade e gosto de coisas fofas também!

  68. Lü Sielskis says:

    Mel,sou sua fã fia…Você é sucessuda demais!!
    Eu tenho +de30 e amo seus posts e suas coisinhas foufas, inclusive a #agenda!!#algumproblema?
    Adorei seu post ainda mais, hoje!!

    Sem mais por hoje..

  69. Fernanda says:

    Eu nunca tinha ouvido falar desse blog,que por sinal é inútil, e a dona dele,assim como quem gosta de sempre acessar aquilo, consegue ser mais inútil ainda.

    A crítica e a brincadeira podem ser sim algo positivo e bem legal. Porém, para que a necessidade de falar do outro de forma rude, desdenhando? Ainda mais sem motivos,já que o seu blog é bem escrito,bonito e inspirador.

    Li alguns comentários em relação ao seu blog lá e as pessoas se incomodam pelo fato de vc gostar de coisas fofas. *???????????????*

    Isso foi o que realmente mais me chamou a atenção também.

    Eu tenho 26 anos,quase 27, e sou louca com coisas fofas assim como vc.
    Existe alguem que ache isso infantil e bobinho? Ou melhor,que me ache infantil e boba?
    Não me importo nenhum pouco!

    Essas pessoas simplesmente não devem ter nada de mais interessante para discutir e ainda se acham super adultas e inteligentes.

    Não, “sejamos sinceros”! ser adulto e ter um bom gosto para as coisas é sair por aí enchendo a cara no barzinho. Ou ir a boates e beijar uns 30 em uma só noite. É dar para o primeiro que passar na frente! uau! Isso sim que é super inspirador e interessante,não?

    O ridículo deve ter um limite,please! Shame on you é o nome que se encaixa perfeitamente com esse blog mesmo, com tanta informação inútil e comentários idiotas.

    Não ligue para isso,Mel! Vc continua sendo uma pessoa inspiradora e linda para seus leitores.

  70. Nem sei como vim parar aqui hoje. Acho que cliquei em algum link no Twitter sem perceber. Mas quero que saiba que adorei o seu texto e o seu blog. Acho que as pessoas têm que entender que ninguém é igual. Uns gostam de coisas mais delicadas, outros já são mais relax, etc. E não é porque alguém é diferente que tem que ser desrespeitado.

    Achava normal existir blogs para gongar blogueiras. Infelizmente, sempre têm pessoas a toa que criticam por prazer e não para ajudar a pessoa a melhorar. O que não acho normal é o excesso, sabe? É essa crítica vazia e desnecessária. Deve ser falta de assunto.

  71. Shaira Rodor says:

    Ontem foi a primeira vez que entrei no seu blog e, sinceramente, eu adorei. Por sinal, temos muitas coisas em comum: adoro coisas fofas, sou super sonhadora, amo tirar fotos e também estou na área da saúde. Aaaah, e eu tenho 21 anos e me sinto muito bem com isso. Se tentaram te ofender, tentaram fazer o mesmo comigo e com as minhas melhores amigas.
    P.S: Uma coisa que não temos em comum é o lugar que moro, mas quero muito fazer minha residência em curitiba e morar aí por uns anos. ^^

  72. Tabi says:

    É incrível como entrar aqui e ler seu blog alegra meu dia (: Quem te criticou assim sem motivo e de maneira ofensiva, com certeza não tem auto estima e precisa dessas coisinhas para se sentir melhor. Espero que essa pessoa possa ser feliz por si só e por energia positiva. Mas espero muito mais que você nunca deixe de ser a sonhadora de 24 anos que inspira tanta gente!
    Beijinhos <3

    Ps: seu post de como organizar a agenda é lindo :b não liga pra nada do que elas disseram.

  73. joicy Recco says:

    Mel amei seu blog desde da primeira vez que entrei aqui. Muitas coisas por causa das criticas tipo “vc esta crescendo e nao pode gostar de coisas de criança” fui perdendo… Depois de muito tempo ou seja hoje que estou com 21 anos estou voltando fazer as coisas que eu gosto como era antes :D Mas sabe quem eu agradeço por isso A VOCÊ que escreve esse BLOG maravilhoso sendo você mesma, acreditando em algo que sempre sera natural pra você e com certeza quem e FÃ do seu blog de verdade tambem identifica muito com você. A SHAME (é assim que se escrevi? o.O), parece ter uma inveja imensa quando vê um BLOG tao legal fazendo sucesso já que o primeiro blog dela ( com certeza ela já deve ter feito algum um dia ) nao fez tanto sucesso. A falta de capacidade das pessoas fazem ela criticar as outras que tem esse dom, para vê-las desanimadas, tristes ou ate mesmo acabando com o BLOG… Mel você e uma pessoa adulta e muito talentosa. ADORO SEU BLOG.
    ( OBS.: SE ESCREVI ALGO ERRADO DESCULPA)

  74. mariana says:

    Hum, chato. Mas assim, você não acha que é muita maldade uma teórica psicóloga de 24 anos induzir o consumismo em pré-adolescentes, com toques publicitários ocultos em postagens “meigas”? Juro que ainda está difícil acreditar que você fotografa sonhos. Quem me trouxe aqui foi a minha irmã de 13 anos.

  75. giulia says:

    Adorei o jeito que vc reagiu a esse ridiculo comentári seu blog é muito lindo e eles são um bando de pessoas que não tem nada para fazer e resolvem falar dos outros por pura inveja.
    Se eles realmente não se importam para o sei blog então porque estão perdendo seu tempo falando mal dele.Amo seu blog e não ligo para nenhuma palavra que eles falam. xoxox

  76. Fernanda says:

    Ah,você já está formada? *-* Fazer psicologia me ajuda muito também a lidar com certas coisitas da vida.

  77. Bárbara says:

    Oi Mel, descobri seu blog por acaso semana passada…foi encanto a primeira olhada. Fiquei vendo suas fotos, lendos alguns de seus posts, quando dei por mim já eram 2 horas da matina e eu ali…querendo ver mais…achei tudo muito lindo, muito fofo…Também tenho 24 anos e também sou fascinada por papelaria, fotos, luizinhas, enfim fofuras em geral… e vc, de alguma forma vc realiza todas as vontades que tenho e muitas vezes não consigo realizar…simplesmente porque não dei o passo a frente…Não li o que escreveram sobre vc, mas sei que eu tbm ficaria triste se escrevessem sobre mim…mas vc tem que saber que nunca agradará a tds! Vc deve agradar a vc mesma!!! E se vc é feliz assim, pq mudar?! Viva a fofurice, a meiguice o/

  78. Mari says:

    Achei totalmente desnecessário eles te colocarem lá. Você não devia se importar nem um pouco. Sabemos que a sociedade tem um pensamento sobre obrigações, gostos, idades… não ligue. Também gosto de coisas fofas e tenho 25 anos, não estou nem aí! Não se sinta ofendida, ignore. Você não precisa disso. Continue sendo doce, meiga e adorável como parece ser. Bjos

  79. Eu definitivamente odeio o Shame on you, blogueira!
    É muito triste ver que tanta gente dá valor a um blog de conteúdo tão ridículo e inútil. Uma pessoa que critica as blogueiras (na maioria das vezes de moda) e que não passa nenhuma informação útil. Ter um blog é ter um veículo de comunicação, pessoas trabalham e dão tudo de si com isso. Eu não tenho blog (por hora) por não saber lidar com comentários de gente desse tipo, sou colunista de um blog que leva informação de maneira séria e fico realmente triste em ver que enquanto uns tentam compartilhar informações de suas vidas e seus conhecimentos, dedicando seu tempo e fadiga as pessoas, outros fazem disso brincadeira e tiram sarro do que muitos usam como ferramenta para se expressar. Realmente triste.
    Boa sorte! Continue sendo meiga, pois muitos, mas muitos mesmo, gostam do seu trabalho. :*

  80. Livy says:

    Pior do que um ser humano ridículo que faz esse tipo de blog apenas para gozar dos outros, é saber que exitem mais outros tantos que entram em um blog daquele para rir e “dar ibope” para esse tipo de brincadeira sem noção. Eu li alguns dos comentários, e fiquei super triste, porque além de ofenderem você, a fofa e meiga da Mel *u*, EU me senti ofendida. Na verdade, eu me senti ofendida de ter que compartilhar o planeta com eles.
    Mas Mel, você sabe que além desses desocupados, existem mais de 2866 pessoas que amam esse pedacinho de sonho, e que às vezes, o que a gente quer, é entrar aqui e se sentir bem, leve e feliz. Pra mim, o seu blog é um dos meus lugares de relaxamento e inspiração. E amo muito tudo isso aqui. =^-^=

  81. Alice says:

    Cheguei ao seu blog através da Shame.
    Tem algumas coisas que ela posta que faz sentido, mas quando vi o post sobre teu blog achei estranho. E corri pra descobrir que blog era.
    Fiquei encantada com a proposta, tudo lindo, muito bem feito, ótimas fotos e com muita sinceridade.
    Parabéns pelo teu blog!

    • Camila Oliveira says:

      Concordo plenamente com a Alice. Também cheguei aqui por lá, e sabe, se tem uma coisa que tá valendo a pena é conhecer blogs muito bacanas, como o seu. Acredito que, com a facilidade no acesso, a internet virou meio terra de ninguém. Deveria ter mais bom senso pela parte das blogueiras, tem muita coisa sem sentido. Gente que não sabe escrever direito e nem se dá ao trabalho de aprender, gente querendo dar uma de maquiador e ensinar coisas que não favorecem ninguém, gente que posta looks que não ficam bem nelas próprias. Enfim.
      Mas criticar o jeito das pessoas, isso não concordo. Tenho 21 anos e também adoro coisas fofas. Uma vez ela criticou a Lily do “A casa está cheia de flores” e achei absurdo porque ela é um doce. E cheguei a comentar no blog da Lily dizendo que ela não está errada em ser assim, porque o mundo seria muito melhor se tivessem pessoas mais sensíveis.
      ADOREI seu blog, é lindo, cheio de coisas inspiradoras e que com certeza vão me fazer voltar sempre. Tem gente que confunde meiguisse, sensibilidade com imaturidade. Acho feio aquelas mulheres que veneram a Barbie, por exemplo, fazendo a vida um mundo rosa choque. Cada um cada um, né. Só que gostar de detalhes, delicadezas e pequenas coisas como cartas (gente, tem coisa melhor nesse mundo onde pessoas só se comunicam virtualmente?) não tem nada a ver com imaturidade.
      Me identifico com sua delicadeza, e acho que todo mundo deveria ver o mundo dessa forma, mais suavemente.

      Grande beijo, e sucesso! Parabéns :)

  82. Amanda says:

    Descobri o seu blog pelo da Shame, que acesso sempre pra dar uma risadas, e achei muito diferente, original. Tudo aqui é lindo, você fotografa muito bem, aliás. Não sou meiguinha, sonhadora e fofinha como você, mas acho que isso é o legal das pessoas, serem diferentes! Não acho anormal você ser assim, confesso que me deu vontade de ir numa papelaria bem cara quando vi teu post da agenda heheh, mas é claro que não o farei, nunca tive paciência pra diários e frufrus (nem na adolescência, e olha que tentei).
    O que eu quero dizer é que achei teu blog muito válido, percebi que teu público alvo são crianças e adolescentes (e aqueles que, assim como você, se identificam com este mundo), e o melhor de tudo: ele não é só mais um, não é uma cópia, não é irrelevante.

    Quando eu estiver precisando de fofura e tranquilidade talvez volte aqui.
    Beijos!

  83. Leila says:

    Achei super inteligente e maduro seu post parabéns, te dou razão em tudo que você disse, bjs

  84. Mari Martins says:

    Mel, tenho certeza que depois destes comentários de apoio a vc toda a baixaria daquele outro blog vai ficar apara trás…
    Cada um tem de ser fiel a sua verdade, assim como vc é… Nesse mundo sujo,pessoas como vc são paradoxais para pessoas como aquelas. Infelizmente é como vc disse no seu texto: aquele blog só está no ar pq possui leitores que o mantem no ar.
    O mundo real é mt cruel e a blogosfera é reflexo direto disso. É como eu já te disse no twitter uma vez: estamos com vc, torcendo pelo seu sucesso! xD
    Beijos!!! E siga em frente!!!

  85. Carolina says:

    oi Mel, apesar de vir aqui todos os dias, é a primeira vez que comento, não sei porque nunca fiz isso antes, porém isso não vem ao caso agora. eu achei muito importante esse post que você fez e a maneira como colocou as palavras, um grande exemplo de como se defender sem atacar. acredito que graças ao seu blog, muitas garotas se inspiraram em ser exatamente como são, inclusive eu, que tinha uma certa resistência em admitir meu lado fofo, às vezes entrava em uma papelaria e queria comprar todas as coisinhas cor-de-rosa com desenhos variados desde princesas à turma do pooh, e comprava coisas mais neutras por imaginar as pessoas achando que eu era infantil ou qualquer coisa assim. acredito também, que graças a você, a blogsfera e a internet em si ficou mais bonita, já que direta ou indiretamente as pessoas se inspiram em suas fotografias para fazer as suas próprias. eu nunca tinha ouvido falar desse blog, e agora que sei, realmente prefiro me manter longe, não sei que prazer é esse que sentem em ridicularizar outras pessoas, que nem conhecem, que só superficialmente vêem algo que acham engraçado (?) na cabeça delas e compartilham isso de uma forma tão boba. infelizmente, o mundo anda cheio disso, e internet apesar de não ser terra de ninguém, acaba sendo um veículo fácil para se fazer esse tipo de coisa, isso não é indiferente, é preocupante e triste, acho que vou passar a vida toda tentando entender esse tipo de agressividade/apatia gratuita,
    talvez seja questão de educação, talvez seja questão de psicológico, mas, é tão mais fácil admitir que algo não está bem e procurar ajuda, do que continuar rancoroso e infeliz dentro de casa difamando pessoas que nem conhece. não é digno de pena, mas é muito triste.

    você é uma garota incrível, e apesar de que jamais iremos ficar imune à essas coisas, não se esqueça disso!

    ;*

  86. Julie says:

    E essa é mais um dos infinitos motivos pelos quais eu te admiro tanto, Mel: você sabe como agir. Sempre que vi você falar sobre assuntos delicados aqui no blog (geralmente os da categoria “Falando de…”), você tratava de uma forma totalmente correta e calma. Não se revolta com isso completamente, apenas expõe seu modo de vista. Sou muito grata por existirem pessoas como você no mundo. Sabe, posso parecer bobinha, mas desde que eu te encontrei *por sorte!* no mundo virtual e tenho te conhecido, te admirei bastante. Quis ser como você. Você sempre teve os olhos da Pollyana, sempre procurando ver o lado bom das coisas e sempre valorizou muito tudo o que tem. E, nesse mundo (tanto virtual como real) é difícil encontrar pessoas assim, que nos inspiram e nos fazem pensar “eu queria ser como ela…”. Sou muito grata por ter te encontrado na internet e, mesmo que não sejamos amigas, gosto muito te você e te admiro muitíssimo!
    Acho que as pessoas não tem noção do quanto as palavras machucam, de verdade. Tem um poema que muitas pessoas que conhecem, que diz algo como “chamar alguém de gordo não te torna magro” e coisas do tipo. Bem, falar mal de alguém por ser sonhadora, positiva e “encantada” com as coisas da vida não a tornará uma pessoa mais poderosa, então pessoas desse tipo passam longe de ter minha admiração.
    Mais uma vez, parabéns por ser quem és, por esse blog maravilhoso e sei que TODOS os seus leitores admiram muito você por você ser assim. Não mude nunca, Mel! Por ninguém! ♥
    beijinhos

  87. Julie says:

    Infelizmente existem pessoas assim. E isso me deixa triste, porque eu não vejo motivos de fazerem isso com você – ou com qualquer pessoa!
    (:

  88. Bianca says:

    Mel, você é linda, fofa e muito amada pelo pessoal que visita seu blog pelo jeito que você é. Não vale a pena levar em consideração o que essas pessoas dizem, eu sei que triste você vai ficar, mas não vale a pena. Adoro seu blog e visito ele todos os dias :)

  89. Amanda says:

    Concordo com tudo mel, essas garotas que escrevem esse blog não tem o que fazer e acham que falar mal dos outros é legal. Elas querem ditar o que elas acham que esta errado no blog do outros, zoar isso, como se elas fossem alguém. Cada blog é cada blog, cada pessoa é cada pessoa. Ridículo elas fazerem isso, ridículo esse blog existir e o mais ridículo de todos é ter pessoas que leem e comentam!
    Para nós que temos blogs temos que saber que sempre estará aberta uma porta para comentários sobre ele, poderão ser elogios mas também poderão ser críticas. Não acho ruim as pessoas darem sua opinião em forma de críticas, com tanto que elas sejam construtivas, afinal pra que criticar e zoar uma pessoa, pra que elas criticarem o SEU blog, se mesmo assim você vai continuar ali, sendo querida, fazendo sucesso e sendo feliz, porque você, ao contrário delas, acima de tudo respeita as pessoas. E sabe mel elas precisam de umas boas aulas com você pra pararem de ser tão sem noção. Cada um é diferente, cada um tem seus gostos e ficar falando mal anonimante só mostra que essas garotas são, além de insensíveis, covardes, pois nem a cara mostram. Só querem zoar os outros mas, como você disse, eai, e se fosse com elas?! Tenho certeza que não iam gostar! Estou dando essa loonga opinião pois adoro seu blog mel, e você não merece ler coisas desse tipo, continue linda, sonhadora, gostando de coisas fofas e fazendo post do que você quiser, porque se você recebe tudo isso de comentários, é porque você esta fazendo certo :)

  90. Andrea says:

    Ola, Melina
    Faz pouco tempo que frequento seu blog,mas jah acho o meu preferido!
    Minha mae sempre diz que pessoas talentosas e com brilho incomodam as nvejosas. Isso resume tudo.
    Amo seus posts pois assim como vc me identifico com coisas fofas e meigas, a vida merece ser mais doce.
    bjos!

  91. Mel querida, não tenho muito a dizer – nunca comentei no seu blog. Apenas queria deixar minhas palavras de apoio à você. Não se deixe abalar por pessoas fúteis como estas, você tem as leitoras mais lindas da blogosfera que sempre vão estar aqui pra te apoiar.
    E gente… quem é que não gosta de uma fofura? Desde quando há limite de idade para um mimo ou algo do tipo? Pessoas assim não são felizes, não te preocupa com isso e segue com tua vida colorida.
    P.s.: Achei lindo o fato de seu pai vir comentar seu post, chorei, sério :)
    Muito amor pra você. Sempre <3

  92. thamine says:

    Mel, por isso que te adoro, você não se abala com as críticas.
    E sempre digo, ainda mais pra ti, tu é uma pessoa incrível, não merece isso, e pode contar sempre comigo para esse tipo de coisa.
    Acho realmente encantador teu jeito de ser, das coisa que tu gosta, da postura que tu tem sobre as coisas, e depois desse post, te admiro mais ainda.
    “Pra que ofender gratuitamente alguém só porque algo na pessoa não nos agrada? Só pra sentir um prazer momentâneo ao falar mal de alguém?” frase de gênio! disse tudo :D
    sucesso e abraços (: te adoro muito, e qualquer coisa, me chama (:

  93. Jéssica says:

    Parabéns Mel! De verdade, principalmente por não fazer barraco, e se mostrar muito mais inteligente que a dona desse Shame… Shame foi o que senti quando abri o blog dela!
    O fato, é que pessoas infelizes, e incapazes tendem a fazer essas coisas… Se fosse correto, se fosse legal o que ela faz, ela mostraria a cara, mas não…
    Tanto é que ela já tem váááááááááários processos!
    E olha só, conheci seu blog através do dela…
    Muitas pessoas não conheciam e amaram seu jeito meigo! Eu fui uma delas, e seu blog já está nos meus favoritos!

  94. Angelica says:

    Ah Mel, eu adoro tanto seu blog, quem são eles para julgarem o gosto dos outros?!?!… Adoro as coisas fofas que vc posta, as dicas de fotografia, decoração e papelaria!! Continue assim, e eu concordo com tudo que vc disse nesse post!
    beijos Angelica

    P.S.:Te indiquei para uma “brincadeira” no meu blog. :D
    http://infinitedechoses.blogspot.com

  95. Thaís says:

    “O sábio fala porque tem alguma coisa a dizer; o tolo porque tem que dizer alguma coisa.”
    Platão . Essa pessoas desse blog não tem o que fazer , não sabem fazer nada de util e agridem as pessoas para ter fama.

  96. Eve says:

    Ridículo isso, né. As pessoas realmente querem aumentar suas auto-estimas passando por cima dos outros. Engraçado você fazer este post aqui no blog esses dias também fiz um sobre bullying no meu, não que eu entenda muito sobre o assunto, tudo que sei é (infelizmente) por experiência própria, mas postei um vídeo super bacana que consegue expressar um pouco sobre o que as vitimas desse ato sofrem. http://evelisemarques.com.br/videos/bullying-e-coisa-de-primata/
    Beijos linda, continue sempre assim, sendo você mesma!

  97. Mulheres adultas, mas com mentes infantis. Tenho certeza de que a cada 100 pessoas que já vieram aqui 99 gostam do seu blog, o resto é minoria e uma minoria sem noção que não sabe o que é se feliz, só isso.

  98. Thalita Ruotolo says:

    Querida, só acho uma coisa: a vida é muito curta para a gente fingir ser alguém diferente por medo das críticas anônimas de gente tão amarga.

    Tenho a sua idade e amo fofurinhas, seja em papelaria, roupas ou histórias! Nunca julguei ninguém de sem graça por viver sem esses toques de fantasia, poxa!

    Um beijão, continue sendo essa moça adorável.

  99. Gabriela Tavares says:

    Mel, parabéns pelo post, e você está certíssima. Eu também me pergunto como existe pessoas que se divertem tirando sarro das outras, na minha opinião esse tipo de gente não tem caráter. Só pra você saber eu amei o seu blog, e recém conheci, foi depois de ler sobre ele no site da Kipling (o que cá entre nós, quem são essas blogueiras Shame pra criticar os outros se você apareceu em um site super famoso e que só recebeu elogios) mas então, em um único dia vi praticamente todos os seus posts e amei, demais! E inclusive o da agenda que serviu pra que eu me organizasse melhor e pra poder ficar sonhando com a agenda coreana perfeita. Nem ligue para a opinião de gente que acha que tem o poder de criticar os outros, eles não são ninguém pra fazer isso. Parabéns pelo blog, hoje eu visito ele sempre que posso!

  100. Polly says:

    Oi Mel,
    Descobri seu blog hoje a tarde e eu fiquei lendo-o e vendo suas fotografias por um bom tempo.
    Eu também a-m-o coisas fofas e agora estou começando a fotografar coisas que são especiais para mim, buscando essa “coisa” diferente em uma fotografia.
    Gostaria de lhe dizer que seu blog é maravilhoso, suas fotos são maravilhosas e passam sentimentos e poesias incríveis e o jeito que você escreve mostra o quão fofa você é ~
    Eu fui ver o blog e achei ridículo inclusive a postagem feita do seu blog.
    Essas pessoas que escrevem nele perderam essa capacidade de sonhar que você têm. Essa inocência de se ver o mundo de um modo romântico e delicado. E só perdem tempo tentando deixar o mundo pior…
    Você não deve ligar para isso mesmo, porque você como outras pessoas tem o dom de trazer um pouco mais de sentimento pra um mundo tão ruim.
    Enfim, continue sendo você mesma e trazendo magia pra todos com suas fotografias.
    Beijos ~♥

  101. Laurellie says:

    Milena, você é a menina mais fofa e espontânea que eu conheço (ou melhor, que acompanho virtualmente), e consegue alinhar seus gostos com sua maturidade como ninguém, então nem dê bola para o que estão dizendo. Eu entro no seu blog sempre e ele é inspiração pra tudo que faço. E eu nem preciso dizer que se elas falaram mal de você é por pura inveja… sério, você BRILHA.
    Quando abri seu blog não acreditei, fiquei lendo pra ver se era sério, como alguém pode publicar algo negativando VOCÊ? :/ chatiei. Mas não deixa isso te abalar nem por um minuto. Você sabe o carinho que eu e todas as outras leitoras temos :)

  102. pi says:

    Entendo seu ponto de vista, mas acredito que uma pessoa que tenha distúrbios ou transtornos ou coisa que o valha e quer usar um blog como válvula de escape, deve fazer um blog privado. Tenho uma amiga que faz assim. É um diário dela, fechado ao público. Porque, caiu na rede, é peixe. Qualquer exposição pode ser usada contra você.
    Eu vejo as coisas por um outro ângulo: o que não mata engorda/fortalece. E chacota – e não bullying – não mata qualquer pessoa minimamente inteligente. Muitas vezes a chacota da Shame é pertinente, mostra a falta de noção e de auto-preservação da pessoa que se expõe. Outras é maldadinha, mesmo. Mas ou a pessoa aprende e segue com a vida ou ignora e segue com a vida. Não há outra opção.
    Pessoas como a Shame são, sim, necessárias na blogosfera. Elas peneiram, eliminam o que não presta, quando abrem os olhos das iludidas – blogueiras ou leitoras. E há muito do que não presta. Não é seu caso: blog bonito, bem escrito. Às vezes, bobinho, mas tem público para isso e, 24 anos? Você ainda é uma menina! Tem todo o direito de “ser fofa”.
    Este tipo de post não abre olhos de ninguém, mas dá moral para a Shame. E muito. Se estudou psicologia direitinho, sacou que ela se encaixa perfeitamente no perfil do “narciso”. E tem plateia. Ignorar é a melhor solução.
    Abraço.

  103. Tábita says:

    Concordo com você em tudo, Mel. Eu adoro o teu blog e não vejo problema nenhum em você ser o que realmente é – principalmente por que eu adoro esse teu jeito de ser.
    Enfim.. Continue sendo assim e não dê valor para as criticas.
    Beijocas :)

  104. Mari says:

    Estás certíssima e teu texto tá bem legal mesmo. E veja que nada é 100% negativo. A Shame, mesmo não querendo, fez propaganda do teu blog. Eu vi o post sobre você por lá, não conhecia aqui e tô simplesmente APAIXONADA por cada cantinho daqui. Por acaso, que câmera tu usas pra tirar essas fotos tão lindas?

    Beijo!

  105. Bianca says:

    Ola Mel fiquei chocada quando vi seu blog la e todos aqueles comentarios falando de você,isso é coisa de gente que não tem o que fazer dai ficam falando mal dos outros,eu também ja recebi comentarios ruins no meu blog de gente invejosa que não tem o que fazer,eu amo seu blog amo seu geitinho fofo de ser e super te apoio,adoro tudo que você posta no seu blog e é isso que é importante agradar as pessoas que adoram fofurices que nem você hihihi,essa gente que fica falando mal dos outros são pessoas infelizes que não acham o que fazer dai vão pra net estraga as coisas dos outros.Bejim Mel.

  106. Davi says:

    Fiquei surpreso quando vi o seu post sobre o Blogueira Shame. Já visitava o blog e o achava engraçado, mas é perda de tempo sim, e,pior, é maldoso.

    Concordo com o seu testo, e é uma pena que o Blogueira Shame tenha te escolhido como vítima. Eu tbm te defendi lá. Não ligue, Melina. Aqui tem pessoas inteligentes, dispostas a se ajudar, a compartilhar o que é bom, que têm blogs bons e relevantes, e que, sobretudo, MOSTRAM A CARA.

    Abraço, Mel! Continue assim, porque enquanto os outros falam mal da gente, a gente vive nossa vida “DIVANDO” kkk

  107. Lariih says:

    Eu sinceramente não entendo como uma pessoa pode ser tão infantil a ponto de criticar alguém pelo seu gosto? E dai se você tem 24 e gosta de coisas fofas? Pelo que eu saiba, nos moramos em um país livre não é? Não é crime nem doença gostar de coisas diferentes dos outros (desde que isso não seja nocivo). Eu acho que nunca vou entender pessoas que se dedicam veemente a humilhar os outros assim, pois para mim isso é na verdade uma grande vontade de ser como a pessoa criticada, eu realmente tenho pena dessas pessoas, porque o que eu enxergo nelas, não é o ódio nem o sarcasmo, e sim um desejo quase que absurdo de atenção, de ser notado, mas infelizmente, expressado de uma maneira egoísta, infantil e muito, muito mais fútil do que qualquer um que eles critiquem. =/

  108. Só digo uma coisa: Ela ter falado do seu blog (que eu nunca esperava) só pode ser inveja! Um blog perfeito como o seu que é a minha maior inspiração não merece isso! Eu mal comento aqui, sempre olho os posts apenas, mas dessa vez resolvi comentar porque me chateei! Absurdo! Eu tenho 23 anos e também adoooro coisas fofas! Coleciono cartinhas (tenho que fazer a sua ainda) e to nem aí se acham ruim! Eu gosto e acabou! E gostar de coisas fofas não é infantil e no seu caso é o que motiva você a postar e faz o blog ficar tão assim, meigo como ele é e como você é. Quando li o título do post já pensei “Não acredito que essa Shame atacou até a Melina!”. Mesmo nunca ter aparecido eu sei que posso ser surpreendida a qualquer momento. Mas se eu sair não me importo também. Vááárias amigas minhas já sairam lá e algumas ficaram loucas desesperadas e outras nem ligaram e ela deixou de pegar no pé. Pessoas assim que não tem o que fazer MESMO pra ficar só criticando os outros não merecem nossa chateação.

    AMO seu blog e só não fiz sua cartinha ainda por falta de tempo, mas em breve farei e enviarei! :)

    Bjão

  109. “Ninguém inveja o feio e nem odeia o fraco”

    Bejus querida

  110. Camila says:

    Pois é Mel, quando fiquei sabendo sobre esse Shame eu pensei “ah, imagina, nada demais neh”, mas depois de um tempo comecei a pensar “mas e se fosse eu?” e realmente é aí que as coisas mudam de figura, sabe. Concordo muito com vc nesse ponto: a gente não sabe como as coisas vão afetar as pessoas e como elas irão reagir. E isso é uma coisa muito séria. Algumas pessoas podem pensar que só estão tirando um sarrinho, mas não sabem como o outro recebe isso, não sabem da vivência, da experiência e, principalemente, dos problemas do outro (e acho que nem se importariam se soubessem, pois já vi muita gente sendo ofensiva com blogueiras que tem ou tiveram depressão, por exemplo)
    Sabe, foi por essas coisas que eu comecei a comentar mais nos blogs que eu aprecio. Acho importante que as pessoas saibam que temos algo de bom para dividir com elas. Ja vim diversas vezes aqui deixar meu coment, elogiar suas fotos e desejar uma boa semana, um bom fim de semana etc., acho que essa gentileza vale a pena e era uma coisa que eu não costumava fazer muito antigamente, um pouco por preguiça, confesso.
    Eu gosto muito do seu blog e das suas fotos, acho elas encantadoras. Na realidade, sou muito diferente de vc, apesar de gostar de coisas fofas e femininas, sou muito pessimista e fico triste/desanimada com muita facilidade; mas eu sei que somos diferentes e não coloco isso como escala de valor, eu não sou melhor nem pior que vc, apenas acredito que temos famílias diferentes, experiências diferentes, vivemos situações diferentes, temos rotinas diferentes, enfim, somos pessoas diferentes, mas isso não me impede de apreciar seu trabalho, suas fotos, seu jeito com trabalhos manuais (que eu não tenho nenhum), e se tem algo que eu não concorde nas suas atitudes – ou na de qualquer outra pessoa no mundo – não cabe a mim apontar o dedo como seu eu fosse dona da verdade, da certeza e da beleza. Isso não existe. Agir como se isso existisse é que é sim lamentável e vergonhoso.
    Acho que me estendi demais, mas é mais ou menos isso aí!
    Bjus e boa semana!

  111. Essa é sua personalidade, mas não quer dizer que você é imatura. As pessoas quando crescem não precisam todas gostarem das mesmas coisas. Eu conheci seu blog a pouco tempo mas já fiquei totalmente cativada pelo seu jeito, pela sua personalidade. Já essas pessoas não tem admiradores sendo elas mesmas e precisam falar mal dos outros para serem notadas, é triste :/

  112. Sylvia Tavares says:

    Tenho 25 anos. Leio teu blog há 1 mês aproximadamente. Acho tudo fofo, lindo e caprichado! Parabéns por ser assim. Continue mostrando-nos que a felicidade está dentro de nós, nas coisas simples da vida… :*

  113. Nathalia says:

    Melina, eu sei o quanto é chato receber critica fazendo coisas que adoramos, mas nao foca nisso pensa nas suas leitoras que adoram seus posts, dicas e afins .. Beijao !

  114. luiza brando says:

    e o pior é que esse blog está super na moda agora :(
    só não falo pra você não ficar chateada com esse post porque sei que se fosse comigo eu ficaria arrasadíssima. e provavelmente deletaria o meu blog e desejaria ser um avestruz pra enterrar minha cara no chão.

  115. Ana C says:

    Aqui vai o meu obrigada a Shame pq graças a ela descobri esse seu cantinho tão lindo :)

    Ver esse seu jeito de lidar com criticas me lembrou tanto Mario Quintana “Todos estes que aí estão/Atravancando o meu caminho/Eles passarão./
    Eu passarinho!”…

    Se orgulhe de ser o ser humano que você é, pode ter certeza que vários de nós temos orgulho de ver que ainda existe gente de bem como você (e olha que eu conheci seu site HOJE).

    Beijo

  116. Nossa, que ridículo!!!! Meu Deus, que pessoa sem ter o que fazer. De verdade, essa quer ganhar fama na internet por cima do sucesso dos outros.
    Fica assim não Mel, de verdade. Você é linda, tem fotos perfeitas, gosta de coisas fofas e não é menos mulher por isso não. Você disse tudo, as vezes um comentário pode acabar com uma pessoa.

  117. Andressa says:

    As pessoas nao se tocam mesmo, gastar seu tempo para fazer aquele tipo de blog :@ Vai parecer cliche mais quando eu tiver 24 anos quero ser igual você :D

  118. Laura says:

    Melina, fica triste com o blog Shame nao. Vou falar a verdade, eu sempre leio ele e acabo descobrindo varios blogs que eu acabo gostando. Foi o caso do seu! Eu nao sabia que ele existia, vi o post la e como gostei das suas fotos decidi colocar a imagem no google para acha-lo e adorei. Agora estou inscrita. Leve isso na esportiva, mesmo sendo dificil. Sempre existe o lado positivo das coisas, pense quantas pessoas nao conheciam seu blog que agora vao!
    Beijao e mantenha as boa energias!!

  119. Millena says:

    Olha conheci seu blog pelo Shame e adorei ele, virarei assídua. Acho que o Blog da Shame fez com que muitas leitoras abrissem os olhos para as atrocidades do mundo bloguistico, como as propagandas veladas como dicas de amiga, o intenso culto ao consumo e talz…
    Mas tbm acho que tem um lado que ofende gratuitamente o outro só por ser diferente e acho que é nisso que o blog da Shame ta perdendo.

    Continue assim adorei seu blog fofo e tenho 26 anos…. =P

  120. Dani Danczuk says:

    Fiz um post outro dia falando algo meio que parecido com isso, não tão bem escrito. rs

    Enfim.. ignora. Esse é meu lema! Ignoro tudo de ruim.

  121. Raissa says:

    Adoreiio o seu post, e olha não ligue mesmo para o que está escrito naquele blog de pessoas invejosas que adoram destruir a felicidade dos outros, seu blog é muito insetivador acredito que esta seja a palavra certa até porque graças a você ,eu aprendi que nós devemos dar mais valor ao que gostamos e esquecer o que vão pensar da gente,fora que as suas DIY são otimas , e eu amo todas . Parabéns pelo blg.=D

  122. Natália N says:

    É triste saber que existem pessoas assim no mundo ,poxa isso é ridiculo ,como podem criar um blog só para tirar sarro de outros ?!
    Essas pessoas podiam se preucupar em fazer coisas que as façam bem , em vez de ficar lá pensando e planejando , fazer coisas pra fazer mal aos outros. Mas enfim Mel , saiba que vc tem muitos admiradores por todo país ,e eu sou uma delas , adoro seus posts , e as coisas fofinhas das quais vc fala , e o fato de voce ter 24 anos nunca influenciou em nada. Essas pessoas nao tem amor presente em suas vidas , e quando vêm pessoas que cativam tanta gente apenas se expressando(como voce) sentem inveja e nao entendem, por isso precisam fazer algo para atrapalhar.
    Beijos Beijos , continue postando para nós.
    Passo por aqui todos os dias haha !

  123. Évila says:

    Mel assim como você eu também adoro coisas fofas,e tenho a mesma idade que você , não me importo de usar coisas que criança gosta e ainda bem que nunca fui criticada por isso e nem me importaria pois o importante é que eu faço o que gosto e só me importo com a opinião de meus pais e continue sendo essa pessoa fofa, linda e maravilhosa é.
    E para essa blogueira eu tenho uma bela campanha para ela que é a campanha pela vida que cada uma
    sua e que ela cuide da dela e esqueça a do próximo.
    E Mel nunca desanimes quando seus esforços forem em vão pois até o Sol ao nascer faz um belo espetáculo e quase sempre encontra a platéia dormindo.
    Beijos

  124. Évila says:

    Escrevi erradolá em cima a campanha para essa blogueira é campanha pela vida que cada uma cuide da sua.

  125. Caramba, Mel (chamarei-lhe assim, tudo bem ?)!
    Que absurdo. Não acredito que existe um blog feito apenas para criticar outros. Isso é… Absurdo! Foi e-x-a-t-a-m-e-n-t-e o que você falou. E se for alguém mais sensível ? Com problemas psicológicos ? Ou numa fase ruim ? E se fosse você ?! Não curto isso de rir dos outros. As meninas costumam até me achar fresca porque não gosto nem de dizer coisas como “não gostei da roupa de fulano, tem isso e aquilo de errado”. Já fizeram coisas assim comigo, obviamente não com roupas, e isso só reforça meu problema para/com essa atitude. Fico altamente incomodada com qualquer comentário reclamando de pessoas alheias, seja pelo o que for. E não acho isso frescura, apesar da maioria das pessoas achar. Eu realmente não tenho palavras para adicionar a seu post. Foi algo perfeitamente completo. Espero que o pessoal desse blog tome consciência, isso não faz bem. Nem para quem critica nem para quem é criticado. Acho péssimo criticar pessoas por seu gostos ou sei lá. Para você pode parecer algo feio, ruim. Para mim pode ser muito bom. É aquilo de rosa vs. preto. Geralmente as pessoas escolhem um lado e falam mal do outro, criticam. Não acho isso legal. Realmente espero que você(nem ninguém) não precise mais passar por experiências como essa ):
    Se blog está lindo, uma perfeição! Nunca ouça essas pessoas. Elas só… Fizeram as escolhas erradas. Em criticar os outros, principalmente. ~notou a referência a Harry Potter? ;x ~

  126. maay says:

    acho lindo vc ter 24 anos e ainda ser doce, não é porque a sua carteira de identidade te classifica como adulta que vc tem q ser dura e menos sonhadora! Sou sua fã por vc ser exatamente assim, n se deixe abalar! :D

  127. Jujubaa says:

    Descobri seu blog,que aliás é super lindinho,pela Titia Shame.Gosto de várias postagens de lá,assim como acho algumas inúteis e algumas que seriam inúteis mas tem um detalhe que faz a diferença:um bom blog sendo gongado!<3
    Vc não deve nem se preocupar com postagens assim,pq cada um tem seu gosto.Se a Shame não curte garotas fofas,tem o direito de expressar isso,assim como vc tem o direito de expressar que adora.Talvez algumas leitoras mesmo tenham achado o post inútil,mas ele acaba sendo inspirador pelas suas fotos lindas.
    Naveguei até a página 40 do blog até agora e parei pra comentar aqui.Seu blog é amor puro!Gostaria de postar sobre no meu,que anda bem abandonadinho.Vc me inspirou a sair do pc e fotografar nessa tarde!<3~

  128. Graziela F says:

    Olá..

    Conheci seu blog pelo Shame!
    Achei meio estranho o post da agenda, resolvi procurar o seu blog e achei.

    Pouco me importa qtos anos vc tem, sua formação, sua vida…
    As pessoas adoram criticar umas as outras e esquecem de olhar para o próprio umbigo.

    Enfim, quero dizer que adorei alguns posts q encontrei por aqui, fiquei um tempao olhando seus post antigos, achei o seu blog muito bem feito e caprichado.

    Já vou copiar algumas coisas que vc ensinou.

    Criticas construtivas são bem vindas sim!
    Que no caso do Shame não foi…

    Seu blog coloca no chinelo os de MUITAS blogueiras famosas.. Tipo, tem conteúdo, não é um mundo de deslumbramento..

    Bem é isso, sucesso e parabéns.

    =*

  129. Bruna says:

    Oii Mel, devo dizer que já visitei esse blog antes. Emn algumas coisas eu concordo com elas, existe muita gente que bloga para ganhar coisas ou tentar ser famosa e outras pessoas que tem que tomar conciencia de que está em exposição. Então vive e mexe elas ( donas e contribuintes do Shame on you) usam como justificativa: Se você está na chuva é para se molhar. Em parte é realidade que muitas pessoas postam coisas e não percebem que estão sendo molhadas…
    Do outro lado elas recebem links e pritscreen de várias pessoas e pelo jeito (para manter o numero de visitas e de postagens)nem verificam se o comentário/critica condiz com a realidade.
    Então basicamente só tem invejosos contribuindo, sabe? Eu já tive medo de acabar parando lá, principalmente porque uso meu blog para desabafar e falar das coisas que eu gosto (vai que eu acho outra pessoa e arrumo alguém para ficar papeando né?), já falei sobre o perigo da exposição antes no meu blog, mas vejo e percebem que são poucas pessoas que percebem o perigo! Eu já vi blogueira criticada por elas fazendo barraco, falando que vão processar e tale coisa, mas você como sempre, é delicada e gentil e foi verdadeiramente uma lady em usar sua experiencia para falar sobre cyberbulling.

    Bem, espero que você não tenha ficado muito chateado com um bando de pessoas (problemáticas) que provavelmente nunca visitaram seu blog (ou seu flickr) mas provavelmente já postou ou usou uma foto sua em alguma rede social…

    Acho que a música da Kelly Clarkson: Mr. Know All (http://www.youtube.com/watch?v=0C_oNMH0GTk) “Oh, you think that you know me, know me
    That’s why I’m leaving you lonely, lonely
    ‘Cause baby you don’t know a thing about me
    You don’t know a thing about me”

    Beijos e me desculpe pelo super comentário!

  130. Bel says:

    Soltando o verbo. Achei seu blog no shame. Muitas das críticas que ela faz eu concordo e muito, mas não entendi a crítica destinada a você.

    Eu tenho 29 anos, já sou formada eu uma faculdade e estou fazendo outra e estou aqui há horas vendo seus posts.

    Por que? Porque me identifiquei. Se sou mongol ou não, o problema nesse caso é meu. Adoooro coisas fofas, adoro torrar dinheiro em papelarias e acredito eu que é questão de gosto. Não se chateie com isso.

    Críticas a gente vai ter a vida inteira, é chato? É, mas de uma forma ou de outra a gente vai ter que aprender a lidar com elas. E provavelmente você como psicóloga deve saber bem disso. Não se chateie.

    Continue com seus posts lindos e fofos, eu adorei e voltarei mais vezes.

    Vi que você quer o copão do starbucks do Rio. Em frente a minha facul tem um starbucks, se você quiser posso providenciar :)

    No mais, keep up with the great work! Já favoritei seu blog e voltarei mais vezes.

    E olha, seja feliz, independente dos críticos, balança a cabeleira e faça mais duzentos mil posts sobre essas coisas fofas que você já viu que tem gente que gosta. No mais, relaxa e goza.

    Beijos.

  131. Exatamente. Cada um, cada um. A Lia Camargo também fez um post semelhante esses dias, desabafando. Acho que o tal blog Shame atrai uma energia negativa tremenda. Não consigo entender a motivação. Ok, querem divulgar blogueiras famosas que cometem absurdos, mas pra que mesmo? Não acho nada produtivo, mas enfim… cada um com seus direitos. Você tocou no ponto mais importante, que é a questão do cyberbullying, do ofender por trás de uma máscara de anonimato. Aposto que são as mesmas pessoas que ficam compartilhando fotos de campanhas no Facebook e se dizendo indignadas. Eu hein. Seu blog é lindo! No final das contas, quem ficará são as pessoas que 1) amam blogar e 2) amam quem são! Se esse for o caso da blogueira-shame, o nome do blog dela é perfeito.

  132. Bel says:

    Um adendo. Viu quantas pessoas vieram do shame e adoraram o que você faz? Há males que vem pra bens nessa vida! :)

  133. Manu Sampaio says:

    Poxa, que blog ridículo esse “Shame on you”. Acho que eles criticam os outros mas se esquecem de enxergarem que eles erram em ficar apontando os erros dos outros.
    Tem muito blogueiro com falta de juízo mesmo, mas que os que discordam do blog x guardem suas opiniões para eles mesmos sem precisarem ferir e magoar os outros. Eles podem esconder os rostos e nomes mas ainda fica na cara que blog é. E eu acho fofo esse seu jeito de ser, até falei sobre seu blog um dia lá no meu ^^ (se quiser ver: http://www.garotadeallstar.com/2012/02/uma-garota-que-fotografa-sonhos.html) e ninguém pode lhe criticar por ser assim. Kisses!

  134. Manu Sampaio says:

    Opa, escrevi errado, é “enxergar”, hihihi.

  135. Luciana says:

    Oi :)

    Descobri o seu blog justamente pelo blogueira shame e estou encantada! Já coloquei nos meus favoritos =)
    Com uma opnião um pouco diferente da sua vou dizer o que eu acho daquele blog… é simplesmente o primeiro que eu abro durante o dia!
    Acho que se a dona (ou as donas) tivesse um pouco mais de cautela e seletividade na hora de escrever os posts o blog poderia ser sim muito útil em vez de apenas espalhar ódio pela internet.

    O foco do blogueira shame são as blogueiras de moda, se você ler as postagens aposto que vai dar umas boas risadas!
    A facilidade que uma pessoa tem de criar um blog hoje em dia é enorme! Mas o número de blogs escrotos (perdão pela palavra) aumentou assustadoramente! Hoje em dia qualquer uma que pega numa vogue tá fazendo um blog se intitulando blogueira de moda! E sai tirando foto com uma tecpix! Muitas blogueiras não têm cuidado em fazer do seu cantinho um lugar de entretenimento diferenciado e de qualidade, postam qualquer porcaria e acham que tá ótimo! E como você é formada deve concordar comigo que muitas pessoas não aceitam críticas construtivas do tipo “Fulana, suas fotos são de péssima qualidade, compra uma câmera melhor” ou “fulana, escreve o teu post no word antes pra corrigir as palavras” então blogs como o da shame servem pra dar um tratamento de choque em gente que sai por aí falando que é blogueira de moda e que na verdade não tem conteúdo nenhum pra isso! Não sabe nome de estilistas, não sabem a origem de tendências, não sabem o que significa nada do que elas estão escrevendo. Sem contar nas caras de pau que surgem à procura de patrocínios de marcas (minha parte favorita).

    Sou totalmente a favor de que cada um tem o seu blog e escreve o que quer, mas quem escreve o que quer pode também ouvir o que não quer!

    Mas enfim, isso tudo o que eu falei foi relacionado apenas às blogueiras de moda (que não é o seu caso). Achei a idéia do seu post “como usar uma agenda” bem esquisita mas com certeza foi ridícula a reação das leitoras de lá quando começaram a falar sobre a sua idade e o seu jeito, vi algumas fotos suas e não vi nada de errado! Parece que hoje em dia depois dos 20 você tem que prender o cabelo em coque e usar só cores sóbrias! Eu tenho 22 anos e ADORO rosa, glitter, laços e coisas fofas, sei bem como é receber esse tipo de crítica. Mas pense pelo lado bom! Sua exposição gerou alguns comentários de anônimas lá no shame mas em compensação gerou novas leitoras que se apaixonaram pelo seu jeitinho meigo, que não precisa mostrar quantas bolsas caras comprou durante o mês ou o quão rica você é. Seu blog é sobre a sua vida e sobre o que você gosta de fazer, sem pretensões, sem máscaras, perfeito =)

  136. Helena says:

    Sinceramente, acho que não é cyberbullying. Sim INVEJA da pessoa LINDA que você é. Deve ser uma pessoa sem opinião própria, ADOREI as dicas da agenda, assim como TODAS as suas dicas. Todos os posts. Todas as fotos. Todos os D.I.Y. que AMO! Você é um exemplo, sempre que algo ruim acontece, estou preocupada, triste, vejo seu blog. E quer saber? Saio MUITO feliz, tranquila. Melina, eu nunca comentei, nem nada, mais chega uma hora que preciso dizer algo. Você tem 24 e gosta de coisas fofas, e acho isso a coisa MAIS LEGAL do mundo! Pois muitas na sua idade, acham ridiculo. Mas são todas umas sem opinião propria. Eu acho você muuuuito vintage, não forçada, sim linda. Eu sou apaixonada pelo seu blog, e que ninguem NUNCA mude sua pessoa, nem seu blog. Você é um exemplo que essa pessoa quer seguir, mais não consegue.
    Amo esse blog! Beijos, Mel (:

  137. Julia says:

    Mel, fiqui meio em choque de saber que a shame falou de você, tive que ir lá para acreditar, porque eu acho que ue nunca vi alguém que se importa tanto com as suas leitoras, que sempre tenta passar mesagesnpositivas que as vezes só por ser da sua forma fofa ajudam a melhorar o dia das pessoas como você. Sério mel pode ter certeza que milhares de blogs já flaram bem de você e não é porque 1 pessoa que não tem mais o que fazer que vai estragar esse seu jeito meigo de fer, não deixa isso te abalar não pequena você é bem melhor do que esses blogs

  138. Juli says:

    Melina, querida
    Meu comentário só vai ser mais um, mas espero que tu o leia e o considere.

    Fiquei muito triste com o que falaram de ti lá, muito mesmo. Por ti e por todos. Sabe porque? Fico triste porque nós seres humanos estamos regredindo, regredindo psicologicamente. O homem construiu prédios, inventou o computador, as máquinas mais tecnológicas possíveis, e desevoluiu na cabeça.
    É triste ver tanta gente ser desprezível assim a ponto de criticar uma moça linda que posta coisas bonitas, ajuda e reconforta os outros.
    Mas sabe o que, Mel, quando se é bom demais às vezes se sofre esse tipo de preconceito, infelizmente. As pessoas são invejosas (não generalizando, claro), falam isso por pura inveja e orgulho – dois dos piores pecados capitais. E o mais triste é que mesmo que falasse isso na cara delas não admitiriam.

    Por isso acho que você fez o que teve que fazer. Desabafou em um post e vai ter todo o apoio que as pessoas que são fãs do seu blog vão te dar. Mas apague esse site da cabeça e esqueça isso. Coisas ruins não devem ser remoídas.

    Você é linda, boa, humilde e não deve se dar o trabalho de pensar nessas pessoas, elas não merecem toda essa atenção (nenhuma, na verdade)

    Espero ter ajudado um pouquinho ^-^

    Eu adoro o seu blog!

    Bjins =*

  139. Zezinha says:

    Pin, seu post está irretocável, pode ter certeza de que me emocionei e, mais uma vez, senti o maior orgulho de você! Sua abordagem foi perfeita e, além de ajudar a quem possa vir a passar por essa situação, vai servir como alerta para aqueles que até então enxergavam postagens assim como apenas divertidas, sem ter a noção exata dos danos que poderiam causar às pessoas expostas a esse tipo de ataque grosseiro e gratuito.

    Li cada um dos comentários que foi deixado aqui pra você e me encantei, solidários,lindos…fiz o mesmo no Shame on you, blogueira! e, fora vários equilibrados, não pude deixar de ficar horrorizada com tanta futilidade, falta de conteúdo, agressividade gratuita, falta do que fazer….cheguei a conclusão: cada um blog tem os leitores que merece.

    Na minha opinião, quem não tem coragem de se identificar nem merece consideração e desde os donos do blog isso é o que mais acontece por lá!

    Li há muito tempo e nunca esqueci: “Pessoas felizes não incomodam ninguém”….bem o oposto de pessoas amargas e de mal com a vida escondidas sob o anonimato!

    Continue sendo você, educada, meiga e autêntica e jamais se desvie do que acha que é o correto, isso não é para todo mundo, não!!!

    Parabéns pelo post, por sua maturidade e por ser exatamente como é!

    Amo você!

    Beijinhos no coração

  140. Michele says:

    É como dizem… Se te invejam é porque você é mais feliz que a maioria! Adoro o modo como você trata alguns assuntos Mel!

  141. Viviane says:

    Boa noite Melina,venho todos os dias ao seu blog mas nunca comentei nada,acho que fazer comentarios desnecessarios so faz as pessoas perderem o seu tempo.Tenho 36 anos,sou advogada,amo o seu blog,nao te conheco mas tenho certeza que ele tem a sua cara.Gosto do jeito que vc escreve,das fotos que vc tira,nao mude por causa desse tipo de pessoas,elas nao agregam nada na nossa vida,se fossem criticas construtivas eu acho que seriam bem-vindas,mas aquele tipo de comentario ,daquele tipo de pessoas sinceramente nao valem nem 1 minuto da sua vida.
    A dona daquele blog so consegue fazer “sucesso”sendo ridiculamente ignorante,diferente de vc que consegue fazer “sucesso”sendo simplesmente vc!
    Vc,eu, ela gostamos de coisa fofa?
    o PROBLEMA é nosso ,ninguem paga as minhas contas,nem a sua e nem sustenta a gente.
    entao liga o F……. e manda se F….

    Beijo

  142. Aline B. says:

    Olá Mel!
    Saiba que AMO o seu blog, é uma das minhas inspirações diárias (:
    Confessando, cheguei até mesmo em entrar nesse blog totalmente sem nexo (e que somente desocupados acessam),para deixar um comentário enoorme, mas pensei que não adiantaria muito, e só ajudaria no “ibope” dela. Pensei melhor ainda, e resolvi comentar aqui, dando os meus parabéns por você ser MUITO superior a essa garota horrível.
    NÃO fique triste de jeito nenhum, pois a vida é feita de desafios, e esse foi mais um para você provar o quanto é fiel no que faz!
    Beijos, e fique com Deus (:

  143. Renata Carvalho says:

    Mel, já comentei aqui algumas poucas vezes, outras também poucas, te respondi no twitter.
    Mas o que que quero mesmo dizer é que adoro o seu blog, do jeito que ele é…cheio de coisas fofas que me inspiram, que me enternecem.
    É válido vc ter falado aqui do tal blog, mas sei que você não se afetará pelas críticas de lá.
    E a respeito especificamente do post da agenda, só posso dizer que a minha está muito mais bonita depois de tê-lo lido!
    Um beijo com carinho!

  144. Laura says:

    Oi, querida. Então, leio o Blogueira Shame e te defendi quando vi o post. Gosto do teu blog, tenho (quase) 19 anos e acho ele lindo de morrer. Suas fotos são maravilhosas e sua criatividade, mais ainda. Admiro muito isso, tu não deves ter vergonha disso nunca! Tenha orgulho!
    Faço das tuas palavras nos parágrafos 4 e 5, as minhas! E lendo os parágrafos 7 e 8 percebi que nunca tinha pensado nisso, e tu tens razão. Vou tirar o Blogueira Shame do meu reader por tua causa. Confesso que muitas vezes dei risada naquele blog, porém nunca lia os comentários. Alguns chegam a ser assustadores (a primeira vez que comentei lá foi hoje)! E como tu disseste, é por causa de pessoas como eu (que dá audiência pra um blog assim) que ele continua de pé, só fazendo mal aos outros.

    Bom, mesmo que 100 comentários bons tenham o mesmo impacto que 1 comentário ruim, este meu foi com carinho.

    Mil beijos e parabéns pela atitude deste post.

  145. MARINA says:

    adoro seu blog, mas não acho que esse post sobre você nesse shame on you foi tão ruim quanto você o viu. olhando só o título de um post chamado “como usar uma agenda” parece meio idiota mesmo, como “como usar um telefone”. mesmo que o conteúdo seja bom, fofo, etc…

  146. Jujubaa says:

    Fiz um post sobre você no blog, como falei que faria há alguns comments atrás!Espero que goste.Tentei fazer ele bem delicado e com fotos ilustrando, como o seu blog.<3~
    http://dandelion-wish.blogspot.com/2012/02/blogueira-que-me-fez-voltar.html

  147. Letícia Ladeia says:

    Isso ai Mel, como é bom saber que você continuou de cabeça erguida sem ligar para a opiniões dos outros. Por que afinal o que é uma pessoa sem criticas ? Ela não é nada, ela não cresce ela na se renova !! E eu acredito que essas pessoas que falam disso de você ou de outras blogueiras porque sofrem/sofreram de algo parecido com isso , e acha que fazer isso só vai melhorar a sua auto estima, acha que ajuda fazer o outro sofrer para se sentir melhor…
    Só digo uma coisa Mel, nao ligue para essas pessoas o seu blog é ótimo e nao mude com o que os outros pensam de você.

    Continue assim que voce vai longe. Boa sorte com a sua profissão, felicidade em sua vida , SEMPRE..
    parabéns pelo blog. Te adoro
    beijos !!

  148. Taly says:

    Olá Mel! Estou passada com essa história, meu Deus, como pode existir tanta gente ridícula nesse mundo?!! Essas garotas não tem o mínimo de decência para mostrar a cara, nem o próprio nome e se acham no direito de falar, ou julgar os outros.
    Sinceramente, na minha opinião, pessoas como as donas desse blog são um bando de recalcadas, que não tem capacidade de ter um blog bonito, com assunto, e fazem essas coisas pra chamar a atenção.
    Mas, você deixou bem claro no post que não liga, e é o certo, seus seguidores de verdade vão continuar vindo aqui no blog, comentando e te seguindo, é fácil acabar com essas coisas, é só ignorar….quando ignoramos algo, ele perde a graça, aprendi isso, e hoje, tento colocá-lo em prática.
    Bem, espero que isso não se repita, e torço para que o blog continue a fazer sucesso, você merece Mel!

    Beijos!!

  149. Valentina says:

    Te conheci pelo Shame. É um dos poucos blogs que visito.
    Achei tudo lindo por aqui… seu espaço é carinhosamente bem cuidado e isso me cativou.
    Não se preocupe com o Shame… aquilo é só uma válvula de escape onde as pessoas se sentem a vontade para despejar suas frustrações. Mas existem, sim, algumas leitoras conscientes que sabem filtrar e selecionar entre o que merece ou não ser motivo de piada.

    Beijo,

    Valentina.

  150. vanessa says:

    Mel, você é linda e ainda bem que é exatamente assim.
    Só fico feliz por você ser tudo que é!
    E com pena de pessoas desse tipo.

  151. Nayla says:

    Sabe como é, né… Não sabe aproveitar a propria vida, critica quem sabe. É triste e despresível. Jamais deixe de ser o que é ou fazer o que gosta por críticas depreciativas. Você é maravilhosa do jeito que é!

  152. Nathália says:

    Li o post mais cedo, mas como estava com pressa preferi deixar para depois, pois eu queria escrever com paciência. Quando eu li o post eu fiquei triste com o que fizeram com você, Mel! Mas fazer o que né? Se nem Jesus agradou a todo mundo, quem dirá nós. E eu quero dizer que você é um exemplo de pessoa para mim, achei essa postagem ótima, pois o foco não foi em você. Mas sim em outras pessoas, você se preocupou com todos. Sabe, quando eu começei a ler seu blog eu estava numa fase de adolescente passando para fase adulta. Estava prestes a fazer 18 anos e estava com medo de ter que deixar aquelas coisas, sei lá, inocentes, fofas, etc. E você me mostrou, através do blog, que dá para ser uma pessoa madura, adulta, pé no chão, mas com bastante toque de fofura, inocência, etc. Você faz a diferença na vida de cada uma de nós leitoras, deixando a gente ficar feliz com as dicas de decoração para ficar com um quarto bonito, ou quando a dica é para nos deixar bonitas, etc. Cada postagem você nos passa ternura, amor, alegria. De um jeito ou de outro você muda um pouco a vida de alguém, seja através de um sorriso que damos ao ver uma foto sua, etc. Eu fiquei horrizada com os comentários daquele blog e a maioria eram anônimos, pior ainda! Mel, foi como a sua mãe falou, cada blog tem os leitores que merecem. Eu sei que você tem seu público que te adora, tem um carinho todo especial por você e apreciamos cada postagem, cada foto que você coloca aqui. Nós temos vontade de morar aí em Curitiba com você, de ir no seu quarto mágico, de brincar com o spock, enfim… Você passa uma imagem de ser uma pessoa simpática e amigável (e acredito que você seja assim, pois só demonstramos o que somos por dentro) que nos dá vontade de participar do seu mundinho juntamente com você. Falando de demonstrar o que temos por dentro, quero escrever aqui uma história muito interessante que fala disso. “Em uma festa de aniversário uma rival da aniversariante foi na festa e toda alegre, na maior falsidade, entregou um pacote para ela e esperou ela abrir o presente na sua frente e de todos que ali estavam. E quando ela abriu, deixou a caixa cair no chão e ela estava cheia de coisas sujas, podres. A aniversáriante, calmamente, falou: Vou pegar um presente que tenho para você também. E quando entregou para sua rival, ela abriu com medo, receio e quando viu eram lindas flores. Ela ficou sem entender. Mas aí a aniversariante disse: Eu não me importo com o presente que você me deu, porque eu aprendi que só damos o que temos dentro de nós.” (Escrita com minhas palavras)
    Então Mel, acho que essa mini-história já diz tudo, né? Deus te abençoe! ♥

  153. Nizer says:

    Melzinha,esse post está PERFEITO e com certeza é uma lição para estas pessoas que falaram mal de você.
    Estas pessoas são sem conteúdo,ocas,vazias e podres por dentro e por fora.Só podem ter o meu desprezo (e de muitas outras pessoas também).Este blog ‘Shame’,isso pode ser chamado de blog? hahaha enfim,se é que se pode ser chamado de blog,aquela porcaria,com certeza é inútil,não acrescenta em nada,se fosse deletado não faria a menor falta e além do mais faria um bem a humanidade (excluindo esse tipo de abordagem que é totalmente agressiva,vazia e sem educação: coisa de gentinha que não tem o que fazer e normalmente pessoas sem muito estudo,infelizmente,coitadinhas).A pessoa que te ofendeu não chega nem aos teus pés,melzinha.Ela não é nada perto de ti.Você é grandiosa,valiosa,tem um coração de ouro,uma pessoa pura,uma pessoa inspiradora,uma pessoa maravilhosa!
    Eu tenho realmente pena dessa mulher que quis te ofender (mas não conseguiu,pois além de ter muitas pessoas do teu lado,te apoiando,você é muito superior e melhor que ela em todos os sentidos) pois as pessoas que compõem este blog propagador de cyberbullying(bom,aquilo não poderia ser chamado de blog né) são extremamente imaturas,pois quem ‘se diverte’ com esse tipo de coisa normalmente no máximo são crianças mal educadas (dá pra notar de longe que as ‘autoras do blog’ não tiveram o mínimo de educação em casa)e também são parasitas pois se aproveitam dos outros para ganharem popularidade,comem migalhas e restos jogados no chão para poder ter um pouco de evidência.Elas fazem isso para chamar sua atenção e também por pura inveja do seu trabalho,porque não podem ser como você!Não dê bola para o que essas pessoas fazem porque tudo que vai volta e elas pagarão pelo mal que estão fazendo a você!
    Você é iluminada,linda,maravilhosa,uma princesa e sempre continuará sendo.
    Você é como uma estrela cadente porque BRILHA e se destaca!
    Tu és mágica *_*
    És muito honesta,criativa, e madura o suficiente para assumir sua personalidade,seus gostos.
    Com certeza deu um ‘tapa na cara’ dessas nojentas que não tem educação,classe nem amor no coração!
    Beijos e amei o post,está divino melzinha <3

    Continue sempre assim,com esse coração de ouro!!!

    PS:Sempre que precisar pode contar comigo,flor ;)

  154. Maeli says:

    Eu sinceramente não sei o que poder dizer sobre isto querida Mel. Não sei mesmo. Pessoas que fazem assim não tem um pingo de responsabilidade, de respeito, de amor no coração. Só pode, por que fazer isto? Qual o motivo? Eu não consigo entender. Fiquei triste agora, é triste poder saber que existem pessoas assim. Diferente de você querida, você que é linda, amiga, uma encantadora de pessoa, tem sua família que lhe ama e nós que gostamos muito de você, e seguimos o teu blog porque gostamos, nos identificamos, estas pessoas não sabem o que estão fazendo. Não tem nada para elas fazerem e ficam falando mal de pessoas que batalham e conquistam o que querem, diferente deles, que nem se quer, sabem o que estão fazendo. Mel saiba que você é especial, amamos o teu blog, o teu gosto, você é organizada, maravilhosa e uma pessoa muito amável, saiba que Deus lhe ama. Aquelas pessoas não sabem o que estão fazendo. Um abraço querida Mel. Você tem o meu respeito. Fica com Deus.

  155. Natalia says:

    Sim eu acessava o Shame. Mas seu blog enfiou uma coisa na minha cabeça que eu nunca tinha parado pra pensar antes sabe?
    Eu dava muita risada com a galera zuando as fotos de looks, os erros etc, mas sabe o que eu nunca vi? é que todo mundo é humano e todo mundo é DIFERENTE. Teu post me tocou de uma forma que eu sinto vergonha de um dia ter acessado lá.

    Conheci teu blog pela Shame sim, mas minha visita tá garantida aqui pra sempre, e nunca mais por lá. Obrigada Mel <3

  156. Adriana says:

    Mel todos aqui apoiamos você,amamos o que você faz e gostamos muito de você.Não se entristeça com o post ou comentários daquele blog ridículo que só sabe criticar mas não vê os próprios defeitos.Continue sendo fofa e meiga como sempre.Estamos aqui pra te defender :)
    Bjs

  157. Priscila says:

    Olha, não conhecia o seu blog.. passei a conhecer através do Shame.
    Eu REALMENTE acho que a “Titia” faz um ÓTIMO SERVIÇO. Vocês, blogueiras, são formadoras de opiniões.. Vocês tem que saber MUITO BEM o que falar e como se comportar.. Eu era fã de blogs que fazem parte do FHits.. hoje vejo que são um bando de meninas VENDIDAS. Enfim, o que eu tô querendo dizer é que o Shame é bom sim, faz adolescentes sonhadoras “ver” que a vida não é aquilo que elas mostram no blog..
    Mas também tenho que afirmar uma coisa: o grande mal do Shame, são suas leitoras. Elas são extremamente ignorantes e grosseiras, isso a troco de nada. UMA VEZ fui fazer uma pergunta lá vieram 83727209 leitoras com grosseria pra cima de mim. Nunca mais comentei. Entro, todo dia.. várias vezes ao dia. O que eu acho que “estraga” o blog são as leitoras, porque, como disse, acho o trabalho dela ótimo!

  158. Marcella says:

    Acompanho seu blog tem um tempo, porém nunca comento, concordo com o que você disse e diante da situação resolvi me manifestar. Endorso também todos os outros comentários. Enfim, essa é a graça da diferença, não se pode agradar todo mundo… e você acaba atraindo pessoas que combinem com você e que de alguma forma te acrescentam algo, nem que seja uma admiração à distância, como muitos aqui. Continue assim, sendo você, pois isso sim é nobre e é algo que nem todo mundo consegue.

  159. Meline, eu amo o teu jeito de ser, sério. Acho ridículo falarem mal dos outros somente porque gostam de fazer isso, mas ainda pior é fazer em anônimo.
    O importante é que você e suas leitores são MUITO mais interessadas em assuntos melhores do que criticar os outros por puro egocentrismo.
    Duvido que o Blogueira Shame postasse algo contra ela mesma.

    Continua assim porque tu é cativante, menina :)

  160. LaurinhaN says:

    Por que ainda fazem isso com as pessoas? Isso mesmo que você disse talvez as pessoas que estão escrevendo o blog que foi ridicularizado em um blog esteja sofrendo algo e ela só está piorando.
    Fico muito triste por pessoas que escrevem esses blogs tipo o Shame existirem, depois de tudo que aprendemos sobre bullying que pode causar vários problemas na vida da pessoa ainda tem isso.
    Enquanto aquele blog só recebe uns 3 comentários de anônimos aqui você tem á nós e não se esqueça que amamos o seu blog e você.

    Beijos da Laurinha

  161. Ahh, e o post me fez organizar melhor minha agenda.
    Ou seja, meus compromissos estão mais organizados e a minha vida menos bagunçada.
    Muito obrigada :3

  162. Daniela says:

    Tenho 26 anos, e adoro seu blog… não acho nada que vc escreve futil ou infantil… pelo contrário… muito do q vc mostra é o q vc sente… e isso pra mim é bem maduro… pois demoramos muito pra saber quem somos e o q queremos… demorei muito pra perceber que eu sou doida do jeito q sou e ninguém tem nada com isso… sofri muito com isso antes… hj dou risada pq sei q as pessoas adorariam ter coragem pra fazer igual.

  163. Mariana says:

    Mel, olha quantos comentarios bons aqui ! Não se deixe abater pela mediocridade alheia. .

  164. S. says:

    Oi, Mel! Adoro o seu blog e espero que você, realmente, não fique mal. Ás vezes, eu “finjo” estar tudo bem perante outros, mas por dentro estou sofrendo. Não quero que você se sinta assim! É frustante. Você é uma das minhas inspirações, adoro tudo em você… Seu jeito fofo, suas fotos, seu carinho, seu amor, sua personalidade… Então siga em frente né, obstáculos são feitos para serem ultrapassados e, pode ter certeza, você tem muitas pessoas que te respeitam e, principalmente, te amam! Bjbj

  165. Lulli Lucena says:

    Mel..eu fui uma das que te “defendeu” por lá..receber julgamento alheio de quem não te conhece e ainda por cima é “anônimo” é muito ruim..até eu fui alvo de gongação..foram no meu blog e me chamaram de cobra,que a próxima a estar ali seria eu e tudo mais..e lá nos comentários do Shame ainda disseram que talvez tivese sido eu a indicar o link do seu post pra ela..eu não vou mentir,mas dou muuuita risada lendo os posts por lá..mas se não me acrescenta nada,também não me fará falta.

  166. Maria Célia says:

    Mel, não ligue, porque cada pessoa unica. Você faz o que gosta e o faz muito bem, se é imaturo ou não, o problema seu e de mais a mais não está fazendo mal a ninguém. Você tem o seu mundo e várias pessoas fazem parte desse seu mundo te adoram e isso é o que realmente importa. Continue sendo feliz no seu mundo de sonhos e coisas fofas e deixe quem quiser falar que fale. As pessoa precisam gastar mais o tempo disponível procurando a própria felicidade e não gastar tempo olhando o próximo e criticando a maneira dele ser feliz. Te amo querida!!

    PS: As únicas pessoas normais são aquelas que você não conhece bem (Alfred Adler)

  167. amanda s. says:

    Nunca tinha ouvido falar, mas já percebi que esse “Shame on you” é só mais um blog que tenta desesperadamente fazer humor e não consegue. Mas aproveitando a deixa, desde que comecei a conhecer o seu blog me perguntei várias vezes o que te levava a ser tão atenciosa com as pessoas, como você conseguia responder tantas pessoas, de onde você tirava paciência. Porque são muitos leitores aqui no blog, muita gente no twitter, mais meio mundo no facebook e fora as cartas. O blog é bonito e inspirador o tempo inteiro, você tem uma vida online perfeita, trata as pessoas com um carinho até inacreditável, isso porque não estamos acostumados com coisas assim. Pessoas com a quantidade de seguidores que você tem geralmente não dão essa atenção que você dá, às vezes elas têm até um certo desprezo pelos próprios seguidores. Enfim, eu fico admirada, às vezes penso que pode ser por causa da sua formação, mas o que você faz é tão raro que nem isso explica. Ainda é uma curiosidade que tenho, o que te levou a cultivar essa vida online com tanto carinho e você já se perguntou alguma vez se vale a pena?
    Beijos. ♥

  168. Quem não tem luz própria, não se preocupa em ascender uma chama, uma lanterna e nem em comprar uma lanterna. Tenta apagar a dos outros.
    Me revolta ver esse tipo de absurdo direcionado a uma pessoa tão meiga, correta e de caráter como vc, Mel.
    No entanto, não me preocupa nem um pouco. Sei que triste vc fica em um primeiro momento. Mas se tem uma coisa que eu sei que vc, no pouco que te conheço e no muito tempo que te acompanho, é que madura vc é. E centrada também.
    Foram poucas as vezes que conversei com vc, Mel. Mas converso um tantinho com a sua mãe. E por aí não tenho dúvidas da sua criação.
    Acho bonito o modo diplomático e correto que vc trata com as situações adversas. Eu teria feito algo pior, mas é que eu ainda tenho muito o que aprender da vida ainda.
    E tenho quase 30.
    Ou seja, nem sempre maturidade tem a ver com idade.
    Tendo vc 24 ou 15, o que importa se vc é feliz como é? Se te admiram pelo que vc é? Se vc gosta de ser como vc é?
    Autenticidade não é pra todo mundo, flor.
    Coragem pra dar a cara a tapa muito menos. Daí temos anônimos recalcados postando bobagens por ai.
    É a vida…

    Mais uma lição no post, Mel.
    Só aplaudo!

    Beijos
    E repetindo o que sua mainha disse:
    “cada um blog tem os leitores que merecem”

  169. Silvia Maia says:

    seu blog é lindo e acabou a história. acredito que há garantia nele por si só, independente de críticas de um blog como aquele. te aconselharia, enquanto leitora, a continuar fazendo o que você faz (e muito bem). e pronto. :)

    beijocas.

  170. Palmas para você, que de uma forma brilhante conseguiu falar o que, provavelmente, está preso na garganta e no coração de muita gente que já passou por este tipo de difamação.
    Pessoas como essa tal blogueira se sentem no direito (e no dever) de julgar e falar o que bem entendem sobre os outros, mas se fossem tão “bons” mostrariam seus rostos e não fariam coisas erradas atrás de um pseudônimo. Se essa blogueira fosse tão melhor do que as pessoas que ela ama julgar, teria -no mínimo- coragem de assumir o que fala e o que pensa na cara dura.
    Essa blogueira deve ser muito mal amada, e usa o blog dela como válvula de escape, só que de maneira errada… Fazendo mal aos outros.

  171. Miyako says:

    Olá! Só conheci seu blog graças ao Blog da Shame. Acho os post sobre blogueiras “de moda” que não poderiam estar mais por fora do assunto ou que escrevem errado engraçados, mas nesse post específico sobre o seu blog, não consegui ver a razão de estar lá. É como alguém disse nos comentários de lá: “tenho 23 anos e um gosto pessoal, mas depois da meia tenho que deixar tudo isso de lado?”. Quero elogiar sua maturidade por ser uma pessoa que assume e vive seus próprios gostos sem se importar com “vão me achar idiota!”. Porque idiota mesmo é quem tem que fingir ser quem não é por medo de críticas. Só me resta dizer que o efeito do post no Shame on you pra mim foi totalmente o contrário: Adorei seu blog, suas fotos, seu jeito fofo. Virei fã!

  172. Bruna L. says:

    Cara Melina,
    Esse post já tem 175 comentários, mas da forma como você cuida do seu blog, acho que vai conseguir arranjar um tempo para ler o meu também.
    Eu acompanho o Shame On You faz algum tempo, admito; nunca comentei, nunca enviei nada, mas leio para me divertir, passar o tempo, a Blogueira que o escreve às vezes perde a mão, e insulta pessoalmente outras blogueiras, mas no geral, acho que o blog tem uma boa construção ao criticar blogueiras que vendem espaço em seus sites, omitindo o caráter publicitário, e enganando suas leitoras. Não estou querendo defender o blog, ok!? Estou, na verdade, me justificando.
    Por mais que eu leia o blog, e ria com vários posts, eu nunca coloquei de lado o meu senso crítico,e são raras as vezes que eu procuro saber de qual blog se está falando.

    Mas foi o que aconteceu hoje com o seu. Vi o post do Shame on You de manhã cedo (esse aqui ainda não tinha sido nem publicado), e pelo print screen notei o seu capricho com o layout do blog, e as fotos. Procurei e achei.
    Não porque eu queria tirar sarro e escrever comentários maldosos, mas porque eu realmente achei o seu blog lindo, e queria saber o que mais poderia encontrar aqui. Acabei vendo boa parte do seu arquivo, e descobri que somos da mesma cidade (Curitiba), e temos gostos em comum; eu não me identifiquei com você, ou como você se descreveu, digamos que temos estilos diferentes, mas te admirei. Gostei do que vi no seu blog, é tão gostoso ver pessoas caprichosas, não? Gostei tanto que voltei!

    Não se deixe levar por críticas maldosas, porque esse post pode ter trazido muita energia ruim, mas também pode ter trazido novas leitoras. (:
    Você tem um ótimo blog, e apesar de ter chegado aqui por meios tortos, desejo o melhor para você, e que continue postando.

  173. Carolina says:

    Não sei nem como descrever minha incredulidade ao ver o que essas pessoas fazem.
    Eu não comento muito aqui (deve ser a segunda vez, acho), mas sigo seu blog há um tempinho, e saiba que adoro tudo o que você posta! Como outras pessoas já disseram, não é porque você é adulta que você tem que deixar de ser sonhadora, e gostar de fofuras não torna você imatura. Isso só prova que você é uma pessoa que não tem medo de defender seus pensamentos e possui tantos valores quanto eu imaginava ao ler seu blog.
    Tenho certeza que tem muita gente que assim como eu, não é de se manifestar mas ama seu trabalho!
    Hehe era só isso… Beijo!

  174. Gabriel says:

    Querida Mel, não sei se você vai ler isso, mas não custa tentar.

    Primeiramente, quero dizer que não, nós não nos conhecemos. Achei seu blog por acaso há umas semanas. Eu não gosto de blogs de “menininhas” e coisas overly “cuti cuti” e “fofas” e melosas demais. Não é o meu tipo de leitura favorita. Se não me engano, achei o seu blog por causa de um post sobre bokeh, mas não tenho certeza. De qualquer forma, acabei salvando o endereço no Reader e venho pra cá de vez em quando. Apesar de toda a “fofura” que, para alguns pode ser excessiva (e talvez cafona), devo dizer que gosto das coisas que você escreve, mesmo que pareçam ingênuas às vezes. Acho que o que mais me cativa no seu blog é a paixão com que você faz as coisas e a honestidade, e acho que isso vale mais do que qualquer coisa. (E gostei do seu trabalho fotográfico também.)

    Em segundo lugar, quero dizer que em situações “normais” eu nunca me daria ao trabalho de comentar algo assim (e com essa extensão toda) em um blog alheio de alguém que eu não conheço. Acontece que acabei de voltar do cinema, depois de um filme “mágico” que me fez pensar muito sobre várias coisas, inclusive sobre arte, sonhos e minha própria vida. O filme em questão foi Hugo (A invenção de Hugo Cabret). Não sei se você já viu ou não, se não viu, eu acho que valhe a pena ver. Saí do cinema revigorado, motivado, com aquela sensação de que “tudo é possível”. Inclusive voltei pra casa conversando com a minha irmã, que assistiu ao filme comigo, o quanto o mundo carece de mais “sonhadores”. Sonhadores como você, que não têm medo de ir atrás dos seus sonhos. Sonhadores cuja determinação em perseguir seus sonhos é maior do que qualquer sentimento de frustração e maior do que qualquer obstáculo ou adversidade. Sonhadores que são felizes em suas buscas e têm a coragem de se expôr ao mundo, de bradar seus ideais, de contagiar as pessoas com suas idéias e paixões.

    Você pode achar que isso tudo é bobeira, você pode achar que estou exagerando, ou que um blog é algo pequeno demais… eu digo pra você que com certeza, em algum momento, em algum lugar, seu blog acendeu uma centelha em alguém. Uma centelha de sonho que você capturou e mostrou ao Mundo.

    Não desanime e não leve em conta esses deboches sem fundamentos que não servem pra nada. Ria com elas. Às vezes é bom rir um pouco de si mesmo.

    E deixa esse negócio de idade pra lá. Eu também tenho 24 e ainda sou um moleque (bem do biruta). Quem disse que tem idade pra sonhar?

    Abraços,
    Gabriel

  175. Gabriela says:

    Oi Melina.
    Nem conhecia você antes do Blogueira Shame. Vim conferir o seu blog e achei ele o máximo. Fotos muito bonitas, roupas bonitas, dicas adoráveis (gostei da lente com a cartolina recortada de coração e a da pulseira com renda e pérola)e outras coisas. Infelizmente não deu tempo de ler tudo.
    Acho que o blog de gongação em questão é muito engraçado e tal, sempre visito, mas acho desnecessário gongar blogueiras que não fazem ‘jabá’ descarado, que não enganam leitoras. Acho sacanagem zoar meninas com blogs praticamente desconhecidos e despretensiosos, porque a menina se maquiou mal, porque não se depilou ou porque é brega (as vezes me assusto com o conceito de certo e errado dessas pessoas, do brega ou não brega, enfim…).
    Acho legal criticar e gongar pessoas que vendem ilusões, ganham dinheiro às custas da venda de opinião, que manipulam opinião, além de comportamentos fúteis, enganação e subestimação do leitor e etc. Não há problema nenhum com o seu blog, seu comportamento e as coisas que você mostra aqui. Inclusive, você tem bastante leitoras pelo que percebi. Também não entendi a relação da Shame em usar coisas fofas aos 24 anos e o nível de maturidade da pessoa, nada a ver isso. Muitas coisas nesse blog (shame) são puras generalizações que não devemos levar para as nossas vidas.
    Mas, acredito também, que por mais cruel que a gongação seja, podemos refletir em cima das críticas que nos fazem e ver se realmente nós não estamos fazendo algo que possa não ser tão legal ou maravilhoso quanto imaginamos. Eu concordo (minha opinião, não quer dizer que seja a mais certa) que fazer uma postagem ensinando a usar uma agenda e tal, pode parecer falta de pauta, irrelevante ou desnecessário. Mas por mais que a postagem em questão não tenha me agradado, não concordo com as demais coisas que foram escritas nos comentários do blogueira shame. Escrevi um testamento, mas só pra dizer que apesar de ser leitora assídua do blogueira shame, adorei o seu blog. Que por mais que os comentários tenham sido agressivos, algumas críticas (não todas) que nos fazem são passíveis de reflexão, por que não? O conteúdo do seu blog não deixou de ser bom porque você fez um post, digamos assim, irrelevante, mas vale a pena refletir sobre o que a gente faz! Todo mundo erra. Não liga para a gongação que fizeram do seu blog! Beijos e continue seu trabalho aqui, ele é bem legal! (Espero que aceite meu comentário)

  176. Isa says:

    Eu visito o Shame pra ver as blogueiras que querem parecer quem não são e tal, quando vi o seu lá tomei um susto ‘0’. Seu blog é liiindo e super apaixonante *–* Dá pra ver que você faz as coisas por que gosta e ensina aqui na maior boa vontade. Mas tem gente que quer por defeito em tudo sempre, né? De qualquer forma, sou super sua fã e vc sambou na cara de muita gente com esse post aqui *—*

  177. Danúbia says:

    Oi Mel, a pouco tempo atraz te conheci através do projeto 365 dias do flickr e fiquei fasinada com as fotos,como vc transforma um simples objeto em uma coisa magica.
    Desde então acompanho o seu blog e o flickr sempre!!!
    Olha eu sempre gostei de coisas fofas,cutes,e com o a correria do dia a dia a gente vai deixando essas coisas de lado,e ao acompanhar o seu blog diariamente me fez resgatar e dar mais importancia a pequenas coisas que a gente gosta e que nos fazem sonhar.
    Não conhecia esse blog, nunca nem tinha ouvido falar nele e ao ler o seu post eu fiquei muito triste com que fizeram com vc, pois vc é uma pessoa tão legal, tão bacana que não merecia isso.
    E daí que vc tem 24 anos? quer dizer que por vc ter essa idade vc não pode gostar de coisinhas fofas, de sonhar?
    É por isso que o mundo ta do jeito que tá, pessoas sendo agredidas gratuitamente por qualquer coisa.
    Infantil é uma pessoa fazer um blog onde ela só faz agredir os outros.
    Eu sei que uma coisa dessa machuca qualquer pessoa, mais não liga não isso é coisa de gente doente.
    Nunca deixa de ser essa pessoa maravilhosa, delicada e sonhadora que vc é, o mundo ta é precisando de mais pessoas assim como vc!

    Beijoss,
    Danúbia.

  178. Amanda says:

    Conheci o seu blog agora depois de ver lá no Shame e adorei ele! Muito fofo!

  179. Karol says:

    Mel, confesso que conheci seu blog através do blog da Shame. O blog dela é como se fosse uma alternativa “divertida” para descontrair aqui no meu trabalho. (*vergonha*) O post me chamou logo a atenção por dois fatos: o assunto, que me interessa MUITO pois amo decorar agendas e coisas fofas, e pelo layout do blog. Achei até que era o blog da Viiixxxen, é bem parecido. Então procurei o seu blog no Google, e me APAIXONEI!!! Li do último post até o primeiro. Me identifiquei bastante com você, por eu ser sonhadora e gostar de coisinhas fofas e fotografia. Seu blog é um dois melhores que eu já li, sem futilidades, e diferente de blogs que só falam de maquiagem e “look do dia” e um mundo fútil de “glamour e fama”. Queria te pedir desculpas por ter conhecido seu blog pelo pior meio possível. Me envergonho muito.

    Beijos

  180. Cynthia says:

    Eu tenho 25 anos.. e amo coisas fofinhas tbm, e vc faz com que eu goste ainda mais.. =)

  181. Aninha.QB says:

    Mel coração estamos com você… e com certeza não vai ser um bloguezinho idiota que vai fazer vc deixar de compartilhar para nos as coisas fofas e lindas dos seus sonhos… Continui com este trabalho maravilhoso e belo, porque assim como eu muitas outras meninas entram nesse seu espaço “mágico” buscando inspiração e refugio de um (ou varios) dia(s) de extrsse!Beijos e apoio de quem te admira muito… E não há idada/fase para sonhar e se deliciar com livros, estorias e encantamentos (confesso sou exatamente assim tb)…

  182. Thabata says:

    Mel, não liga, sei que é dificil fazer isso, mas faz um esforço, não vale a pena, garanto que as suas leitoras fieis não se deixam levar por comentários desse tipo, nós gostamos das suas fotos, dos seus post e realmente é triste ver que existem seres humanos que quando veem uma pessoa feliz fazem questão de tentar acabar com a felicidade deles, mas tenho ctz que vc não vai se deixar abalar….

    Bjoss

  183. Dilla says:

    Poxa, eu sempre pensei nisso, sabe, isso de a pessoa poder ter um transtorno, uma pré-disposição a ter depressão, estar num mal dia… E também partindo do princípio que eu não faço com os outros o que eu não quero que façam comigo.
    Muito ético e bonito de sua parte escancarar isso, pelo menos me fez ver que eu não tô errada e nem sou extremista :)
    Queria que as pessoas fossem assim como você e pensassem mais nos outros.

  184. Mariana says:

    Mel, li alguns comentários aqui e concordo com todos eles, e gostei muito do que o Gabriel escreveu!!!
    Infelizmente existem pessoas que se sentem bem agredindo outras pessoas, fazendo julgamentos e críticas negativas como se fossem melhores e donos da verdade, quando na realidade são pessoas vazias, com a mente muito pequena, que não tem consciência de vida, amor e respeito. Cada um é o que é, e devemos antes de qualquer coisa respeitar as diferenças… até pq, como você disse, não sabemos o que o outro está passando e sentindo de verdade… se está bem ou não… e mesmo assim, na minha visão, não temos o direito de julgar, criticar e ofender quem quer que seja, mais ainda com tanta agressividade! Estamos todos aqui para viver e aprender, para crescer, cada um com as suas experiências… e o mundo já está tão difícil, que de verdade, admiro pessoas como você, que conseguem enxergar tudo de uma forma tão positiva e alegre! Desde que comecei a acompanhar o seu flickr e depois o blog e você no twitter, e isso desde o começo do ano passado (se não me engano, o tempo passa muito rápido), você tem sido uma inspiração pra mim!
    Quase não comento aqui pq estou sempre correndo, então tenho seu blog no greader, estou sempre lendo seus posts! Hoje parei aqui para escrever e dizer o seguinte: Mel, continue assim, linda, sonhadora e feliz! Sempre com pensamentos positivos e escrevendo coisas maravilhosas! Você é uma pessoa iluminada!!!
    É triste ver que existem pessoas que perdem o dia procurando outras pessoas na internet para zoar e falar mal, é uma coisa tão vazia e negativa, que por um pequeno momento me fez pensar no quanto a vida real dessas pessoas deve ser vazia e negativa tbm!
    Adorei o que você escreveu! Não nos conhecemos pessoalmente, mas saibas que mesmo assim e mesmo não comentando aqui sempre, estou sempre lendo o que você escreve, sempre me inspirando com as suas fotos e com o seu modo de ver a vida!
    Tenho 30 anos, sou advogada, pós graduada em ciências criminais, e adoro coisas fofas assim como você!
    Um super beijo!!!

  185. Já tinha ouvido falar desse blog, mas também não tive interesse nenhum em saber o que era. Só vi agora porque li esse post. Não sei o que dizer. Se cada pessoa cuidasse da sua própria vida, o mundo seria tão melhor… Sabe, Mel, desde quando eu te “conheci”, ganhei uma inspiração pra vida. Eu sei que a vida de ninguém é perfeita, muito menos a minha ou a sua, mas você me transmite tranquilidade, paz, alegria, amor, coisas boas, mesmo de longe, vendo uma foto ou um post seu. Pode parecer brincadeira, mas ultimamente eu sempre procuro estar bem, procuro relevar as coisas ruins que me acontecem, procuro sorrir mais e ser mais feliz. Você tem esse encanto, essa coisa mágica ao seu redor, só transmite coisas boas pras pessoas. Só consigo sentir desprezo por pessoas que não tem mais o que inventar na vida, tão nada pra fazer como a dona desse blog. Não consigo compreender como uma pessoa consegue ser tão cruel a esse ponto de atingir pessoas a troco de nada. E mesmo que fosse a troco de algo, não justifica. Sobre a questão da idade, não interessa quantos anos você tem, interessa o quanto esse blog te faz feliz, quanto amor você tem por ele. Acho incrível o seu esforço aqui e imagino quão prazeroso deve ser pra você. Pode parecer patético dizer isso agora, até porque, imagino que o post no blog deve ter te incomodado, mas devo dizer mesmo assim: não liga! Não há nada pior do que o desprezo.
    E só pra não esquecer de dizer, eu amo o seu blog! <3

  186. Karine Murakami says:

    Oi, Mel. Eu me chamo Karine e isso é mais uma carta pessoal do que propriamente um comentário. Pra falar a verdade, escolhi ler a acusação p/ depois entender a tua defesa. Só que nesse processo, a necessidade de expor minha opinião foi tão grande, que vou escrever antes de ler a tua publicação, ok!)
    Conheci seu blog nesse fds que passou. Estava procurando por algo que me levou até vc. Fiquei encantada com tanta delicadeza, romantismo, beleza.. o capricho, o cuidado, a dedicação, o carinho que vc tem pelos seus leitores… Seu blog inspira, não é só um sonho, é algodão doce, cupcake e todo tipo de guloseima que a gnt ama e adoça nossos dias! Transmite serenidade, harmonia, leveza… É amor que se faz presente em cada linha.
    Eu sou apressada e intercalo a leitura entre várias páginas da internet ao msm tempo… Esse blog que fala mal dos outros acabou sendo aberta por mim, nesse fds, enquanto ainda continuava lendo cada publicação sua. Todo sentimento bom que surgia devido as suas imagens e palavras, se desfazia quando intercalava com o blog “faladeiro”. E ao perceber o contraste que ambos os blogs transmitiam, me fez fechar, imediatamente, o que causava ânsia, enjôo, nojo. Enquanto que o blog mimizeiro não conseguiu me fazer passar da segunda pág, o seu me levou até a primeira publicação.
    Li cada comentário a respeito da publicação q vc aparece no “bluógue falastrão”. Não foi nada difícil traçar o perfil daqueles que apoiaram a “bluógueira”. Mas, sabe, fiquei surpresa e feliz, em ver tanta gnt sensata, que não se deixou levar pela emoção, que não manifestou apoio a publicação só p/ agradar a dona da página. Vi gnt coerente que, msm sem te conhecer, te defendeu; pessoas que passaram a conhecer o seu lindo blog e adoraram, muitas delas até já começaram a te seguir; algumas que agradeceram por ter oportunidade em conhecer o teu blog; outras, que msm admitindo que não faz o estilo delas, manifestaram a vergonha que estavam sentindo pela dona do blog da vergonha. As pessoas que repudiaram a publicação eram sensatas e coerentes, como citei há pouco, não pq te defenderam, mas pq escolheram pensar, analisar o que estava sendo discutido. Apresentaram argumentos reais, racionais, lógicos.. Escolheram ficar do lado da razão.
    E eu, acabei de presenciar um clássico, do feitiço que vira contra o feiticeiro, ao ponto de fazer a dona da página usar a principal defesa dela contra ela msm! Afinal, é ela quem defende na própria capa da pág. que: “Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador”. O engraçado é que as seguidoras admiradoras de tudo o que ela faz entenderam isso como instrução, dica de como agir. E como eu disse, até ela usou as próprias palavras contra ela msm, ao encerrar os comentários com o seguinte “argumento”: “Fechei os comentários porque puta, vaca e vadia são as pessoas que colocaram vocês no mundo. Nunca desrespeitei ninguém aqui, vão melar suas calcinhas dos Ursinhos Carinhosos lá no blog da Fofuxa, vazem daqui. Grata.”. É triste, mas não segurei a gargalhada ao ler tanto destempero e contradição.

    Mel, continue na estrada, com a sua pegada e autenticidade, que lhe é tão peculiar. Está fazendo um trabalho lindo e ajudando muitas pessoas. Eu tenho 34 anos, praticamente uma balzaquiana, rs… e te digo, maturidade (o assunto do outro blog) tem a ver com sabedoria e não existe nada mais sábio do que respeitar as próprias escolhas. Se comportar e agir conforme o que pensamos, sentimos e queremos é ter personalidade. Pensar com o cérebro da gnt, ter as próprias idéias, se inspirar até, mas sem cmd+c / cmd+v. E tudo isso vc tem e é. Além de tudo, ainda é super generosa por pensar nos outros e compartilhar toda essa beleza e sentimento no seu blog.
    Quanto a ser “Mulher”, não existe nada mais feminino que o romantismo, a delicadeza, a educação, a gentileza, e todas as virtudes tão facilmente praticadas por nós. O problema são esses valores deturpado dos dias de hj, que ensinam as meninas a virarem pequenos hominhos e perderem a sua principal essência. Fico feliz em ver que existem pessoas como vc, que ensinam os valores e princípios reais todos os dias, sem perceber que o seu comportamento é o maior exemplo.

    Felicidades p/ vc e toda a sua família.
    Fica com Deus!
    Beijos!

  187. Graci says:

    Oi! Assim como um montão de gente, conheci seu blog por causa da Shame. Quis ver “o tal post da agenda” inteiro e acabei encantada com o blog. O layout é lindo, as fotos são ótimas e você escreve muito bem. Acho que foi um tremendo equívoco ela ter falado sobre você… Mas erro maior ainda foi começar esse blablablá todo sobre o que é ou não adequado para determinada idade. Quem tem o poder de definir isso?
    Quem foi que estabeleceu que após certa idade não se pode usar All Star, Melissa, gostar de coisas fofinhas, personagens da Disney, filhotinhos, literatura infanto-juvenil (tipo Harry Potter ou Crepúsculo)?
    Que tédio ter uma “patrulha da idade” sempre à espreita! Isso parece coisa de gente reprimida, sem personalidade, que tem medo do que os outros vão pensar.
    Temos certos gostos e preferências desde a infância e a adolescência… algumas coisas mudam com a idade; outras permanecem. Falar que os gostos de uma pessoas definem sua maturidade é simplificar muito a questão. Se fosse assim, todas as mulheres que têm mais de 30 e usam tailleur e salto alto e não gostam de coisas fofinhas são extremamente maduras, não é?!
    Péssimo isso…
    Pra encurtar a história, concordo com tudo o que você escreveu neste post. Ganhou mais uma leitora!
    Beijos!

  188. Larissa says:

    Mel acho que com esse post você provou a si mesma que é muito mais adulta comparada aos que escrevem aquilo, infelizmente pessoas assim existem, e isso não vai mudar.. Mas sabe é muito melhor quando olhamos e ajudamos aos outros, pois recebemos muito de volta. Você nos ajuda com post assim, e é retribuída com essa vida maravilhosa e mágica.

  189. Clara says:

    Mel, smp acompanho seu blog porém acho qe nunca comentei nada, mais esse não tem como :/ nunca ouvi falar do Shame on you, mais vou dar uma olhada, acho qe realmente fez certo não ligando pro post qe fizeram sobre seu blog qe é perfeito né! então visito inúmeros blogs e posso falar qe é bem raro eu ler o post inteiro, porqe antes da metade ja me cansei de ler tanto bláláblá, maas o seu é diferente leio todos os post não importa o tamanho ou o assunto, as vezes até leio mais de uma vez, adoro todoooos! acho aqui lindo, delicado, fofo, e serve de inspiração, pelo menos pra mim, enfim adoro você e amo seu blog dms , parabéns e faz bem não ligue pra esse tipo de coisa, não vale a pena *-*

  190. Yule says:

    Ai Mel, sério. Não creio nisso! Não conhecia esse blog até o seu post, entrei para ver do que se tratava e pretendo não entrar mais. Parece que estamos na 5ª série de novo. Não sei que sociedade é essa que cria pessoas que sós entem plenas, felizes e realizadas rebaixando os outros. Tem outros casos bem tristes lá também. Queria saber que essas pessoas pensam que são, afinal, é muito mais fácil criticar o outro do que se expor, né?
    Enfim, eu fico passada com isso, já sofri bullying de tudo o que é tipo e fico feliz em saber que você tem seus amigos e a base maravilhosa da sua família para lidar com isso.
    Enfim… suavizando um pouco as coisas, você já assistiu o episódio de New Girl chamado Jess & Julia? Me lembrou muito isso, porque a fofura incomoda??

    Bom, beijos e você é uma linda!

  191. Mayla Rosa says:

    Oi Melina! Eu não costumo comentar em blogs, apesar de sempre estar lendo, mas eu gostei muito desse post e realmente espero que você consiga tocar algumas pessoas. Eu fiz um post no blog onde sou da equipe sobre maturidade e ele fala sobre isso que você disse, de a idade não estar ligada a maturidade mental. Eu também sofro com isso de sempre me criticarem, por eu ter 20 anos e adorar essas coisas fofinhas, fora que ninguém me leva á sério porque acha que eu sou “criança” ainda, não amadureci. Mas enfim, parabéns pelo post!

  192. Luciana Guedes says:

    Ha, essa é boa! Mel não se deixe abater pelo o que os outro escrevem.

    Pense assim: Você está usando do que é seu, do que você gosta e tendo a coragem de mostrar aos outros.

    Aquele blog, usa de maldade para fazer sucesso. Gente, o que é isso!? Fico imaginando, o que ela sente quando ver uma paisagem, NADA!? Exemplo, “Ai eu sou adulta e não posso achar nada cute”

    Fica assim não! E lembre-se o post da agenda, me fez coragem de usá-la novamente. O pessoal da faculdade até perguntou, mas Lu, você não tem celular? E eu disse: Sim, mas se eu perder, perco tudo que escrevi.

    E outra, tenho 24 anos, faço faculdade de Direito e o meu caderno é da Pucca. Se não gostarem: “Fashion, compram vocês, caderno preto”

    Beijos da Lu.

  193. Miranda says:

    Muito bem, Mel! Seu texto é melhor do que qualquer coisa que aquela erva daninha virtual já postou. O melhor é que ela quis ridicularizar você e o tirou saiu pela culatra: não só você foi defendida, mas porque ela ainda a tornou famosa e querida por um monte de gente que não conhecia o seu blog. Do alto da sua “imaturidade”, “infantilidade” e “anormalidade” (segundo Shame, a Perfeita), você deu uma lição e tanto e soube argumentar e se defender com classe e ponderação, palavras que o dicionário daquele ser infeliz (muito infeliz, provavelmente) desconhece. Olha como Shame, a Perfeita, encerrou o assunto: “Fechei os comentários porque puta, vaca e vadia são as pessoas que colocaram vocês no mundo. Nunca desrespeitei ninguém aqui, vão melar suas calcinhas dos Ursinhos Carinhosos lá no blog da Fofuxa, vazem daqui. Grata.”
    A parte do “nunca desrespeitei ninguém aqui” foi a melhor. Cara de pau. Mas, como você mesma disse, vamos evitar o bullying, inclusive contra ela. Shame, a Perfeita, já deve sofrer o suficiente por simplesmente existir e ser quem é.

  194. Camila says:

    Não liga Mel. Todo mundo gosta de você pelo que você é. Se você não assumisse o que gosta, talvez não teria tantos seguidores fiéis no seu blog.
    Elas fazem isso, justamente por medo de assumir o que realmente são e por conta disso se irritam e tentam atingir as pessoas que tem coragem pra que elas se sintam melhor.
    Ignora flor :)

  195. Loo says:

    Concordo plenamente com todas as palavras e sinto a mesma coisa, também já fui chamada de infantil por gostar de coisas ‘fofas’. Continuo trabalhando e tendo minha vida independente dos meus gostos.

    Parabéns pelo post E pelo blog, isso é pura inveja de quem não consegue o que vc tem. :)

  196. Eu não poderia ficar de fora e não comentar neste post. Só pra dizer que você é uma ótima menina, educada, meiga, madura, talentosa e que transmite paz, serenidade, amor ao próximo.
    Penso que cada um dos comentário escritos aqui, de suas leitoras te defendendo, expressando amor, são verdadeiras declarações.
    As críticas fazem parte da vida, mas não pra serem aceitas de imediato. Antes, por amor próprio, precisamos analisar. E nessa análise, ficam retidas aquelas críticas agressivas, causadas por inveja, ciúmes, falta do que fazer… Essas vão pro lixo. A gente deve reter apenas aquelas críticas que vão nos fazer crescer, que são construtivas, que de tão gentis perdem o nome “críticas” e se tornam “sugestões”, “toques”, “dicas”. Nesse caso, desse blog, tsc… Pode jogar tudo no lixo!
    Espero que você se lembre de todos esses comentários quando estiver tristinha e saber que meninas e meninos, de variadas idades e personalidades, te admiram e gostam de você do jeito que é. :)
    Beijo e queijo, Linda.
    Rê.

  197. Eu não conhecia esse blog que foi citado, mas concordo em gênero, número e grau com tudo que você disse. As pessoas têm que pensar mais nas consequências dos seus atos. Acho muito chato e injusto que isso tenha acontecido, não só com você, mas com as outras pessoas também. Eu espero, de verdade, que isso não te abale ao ponto de fazer você mudar porque não vale a pena.

    Eu te admiro por você ser do jeito que é e admiro o modo como você administra o blog.

  198. Larissa says:

    Conheci seu blog por lá também. Estou amando a carinha vintage dele, e acho que você pode superar facilmente aquilo e considerar um crítica construtiva, pra melhorar ainda mais o que é ótimo.

    • Marcela says:

      Oi, Larissa. O blog da Mel é muito fofo mesmo, né? *-* Mas você costuma visitar esse tal de Shame? Sério? Você não se sente mal caçoar das pessoas por elas serem diferentes? Quer dizer, tudo bem se você achar que elas tem mal gosto ou sei lá, mas tudo é uma questão de padrões da sociedade e do que *você* considera legal. Não estou querendo te criticar, tá?! Só queria entender qual a parte realmente legal de ficar olhando o que você acha “ridiculo” ao inves de gastar seu tempo olhando sites que falam coisas sobre seu gosto ou fazendo coisas que você acha interessantes, viajar, comprar roupas, sei lá. Queria muito saber. E desculpe se em algum momento pareceu que quis te agredir ou coisa parecida, não sou muito boa com as palavras ):

    • Kah says:

      Larissa eu fiquei encucada também, assim como a Marcela.
      Como assim critica construtiva? Quem tem algo construtivo a dizer vem aqui e comenta mostrando quem é (assim com você fez) sem se esconder no anonimato (como a maioria dos leitores de lá faz).
      O que se ganha frequentando tais páginas?

  199. Kely says:

    Mel , infelismente existem “pessoas” que não suportam a felicidade dos outros e usam de pseuônimos ( por que não tem coragem de se identificar )para “brincar” com a vida de pessoas que tentam levar algo criativo ou construtivo em seus blogs. Concordo em tudo que vc disse no post. Agora o melhor mesmo é ignorar esse tipo de gente. Bjus e eu tô contigo tá !!!!

  200. Gente, que absurdo. Juro que nunca tinha visto aquele blog horroroso! Criticar seu blog destrutivamente é o fim. Sabe, isso pra mim é gente que realmente não tem mais o que fazer da vida, não acontece nada de bom pra ela e então, pra ocupar o tempo, resolve fazer esse tipo de coisa.

    Melina, não comento muito por aqui por pura vergoha #confesso. Mas ignora esse tipo de coisa, viu? O seu blog é lindo e seus posts são feitos com muito carinho (dá pra sentir isso ao ler). Aliás, seu espaço me traz uma calma única. ADORO!

    Um beijo!

  201. Eu tenho 29 anos, vou ser mamãe e adoro coisas fofas.. qual é o problema, seu blog é lindo … pra mim perfeito. E que Deus conserve vc assim essa pessoa meiga, gentil e prestativa.
    Um beijo enorme meu que sempre estou por aqui.

  202. Ingrid says:

    Gostar de coisas fofas não tem nada a ver com a maturidade das pessoas… Blogueiras desse tipo que perdem o tempo falando mal de pessoas adoráveis como você, não merecem nosso crédito.
    Mel, visitei seu blog esses dias e fiquei encantada!
    E gostaria muito de te enviar minha cartinha e te mandar uma foto 3×4 para sua coleção hihi… Aguardo seu email com seu endereço…
    Beijos

  203. Marcela says:

    Oi, Mel! Primeiramente queria te dizer que é o que mais admiro em você é essa sua fofura, esse seu lado meigo que mesmo depois de ter “crescido” continua admirando as coisas simples da vida,isso me inspira muito, sou uma grande fã sua por esse seu jeito de ser e de ver as coisas! Infelizmente as pessoas tem fechado os olhos para as coisas simples, tem perdido o respeito pelas pessoas só por elas serem diferentes. Eu fico tãao feliz quando conheço um blog ou alguém e tenho um elogio a fazer; não por ser algo que eu goste ou por eu achar que fazz o meu estilo, mas por ver personalidade, ver que a pessoa é sincera. Um blog como esse Shame não me cria admiração, não é criativo ou inspirador, só nos leva para trás, não acrescenta nada em nossas vidas. Acho que as pessoas que escrevem ali não tiveram parentes ou amigos que pudessem lhe acrescentar moral, educação, respeito e coisas que com o amadurecimento aprendemos que é importante para sermos pessoas melhores, nos sentirmos bem com nós mesmos. A Lia do JustLia comentou sobre quase a mesma coisa semana passada, eu não sabia que o cyberbulling estava tão ativo assim na internet e fico muito triste por não saber o que fazer para reduzir essa situação. Acho que é isso, eu espero que você consiga convercer muitas pessoas com esse post, principalmente as que vem estimulando esse tipo de situação.

    Abraço,
    Marcela.

  204. Mandy says:

    Mel , cara adorei seu blog!
    É lindo, as fotografias, seu modo de escrever e tudoo *-*
    Não se abale com essas críticas ridículas e sem o menor fundamento, leitoras do shame são pessoas frustadas, prova disso é que ficam atras de defeitos dos outros pra diminuir a mágoa que tem de sua própria vida!

    Seu texto ficou maravilhoso, parabéns!

    Tudo de bom, fique com Deus!
    Muita proteção pra você!
    Beijos!

  205. Pix says:

    Se formos dar bola para cada crítica (se é que isso que fizeram e fazem em tal blog – que nem conhecia e faço a maior questão de nunca mais entrar!pode ser chamado de crítica…falta de maturidade na minha opinião é criar um site para falar mal dos outros para poder sentir-se bem…) a gente acaba não vivendo. Devemos gostar e curtir o que nos faz bem, se isso incomoda tanto os outros, problema deles não nosso. No entanto não é todo mundo que tem essa mentalidade e cabeça suficiente para seguir em frente e ignorar o que merece ser colocado de lado ): ótimo post, Mel~

  206. Rokita says:

    O lance e não se importar, pessoas assim raramente são felizes na vida. Então, deixa pra lá.

  207. Juliana says:

    Nossa Mel, nem liga, sério. Para essas pessoas que não tem talento para escrever, (e não tem o que fazer) tanto faz se estão ofendendo alguém, o importante é conseguir status no blog. Na verdade é só assim (pisando nos outros) que elas devem se sentir satisfeitas por serem tão medíocres. Adoro seu blog, não pare de escrever nunca, muito menos por pessoas anônimas que não sabem o que estão dizendo.
    Adorei o post :>) as vezes desabafar depois de ler essas coisas é muito bom :D

  208. Bruna says:

    pior que é verdade né Mel, tanta gente que perde seu tempo para criticar os outros e nao para pra pensar o que a pessoa esta sentindo mas infelizmente vivemos em um mundo onde para nos ajudar tem poucos e para criticar tem muitos …

  209. Dandara Mota says:

    Bem, entendo muito bem o que passa com você Mel! Realmente as pessoas hoje em dia adoram atingir outras ainda mais anonimamente. Não sei se está certo pq ainda não vi Psicologia a fundo, mas as pessoas fazem isso pq se identificam com aquilo mas não querem aceitar. Eu passo por isso até com amigas mais próximas, muitas julgam que ser fofinha, sonhadora e pensar em desejos futuros seja digno de alguém com quase 21 anos de idade. Tem um depoimento sobre uma amiga de faculdade, ela tem 18 anos e AMA, AMA as princesas da Disney! E la briga mesmo, e não tá nem ai para o que os outros dizem. E isso é uma das coisas que admiro muito nela! E não é só por isso que ela é menos imatura, muito pelo contrário! Ela é muito mais madura que muitas meninas da idade dela ou com idade mais “avançada”.
    É isso, Mel, concordo com você em gênero, número e grau! Essa coisa é puro preconceito!
    Beijos, Melzinha!

  210. Emanuely says:

    de boa flor issu eh inveja pq muitas qurem se delicadas meigas e ao mesmo tempo maduras igual vc… nao se importe nem leve nada a serio oq falaram… oq importa eh se vc e se verdadeira… e se seu jeito fosse ruim vc nao era tao qrida como eh… bjuss

  211. Nathália says:

    Nossa Mel, resolvi comentar novamente! Fiquei feliz com o tanto de comentários que você recebeu nesse post. Todos te dando apoio, reconhecendo seus erros, avaliando seus atos, etc. Seu blog muda um pouco a cada um de nós e o que esse blog “Shame on you” acrescenta em nossas vidas? Nada! Você merece todo carinho, por ser a pessoa que você é. Beijos! ♥

  212. Mel, vou (tentar) ser rápida pois a maioria das suas leitoras lindas já escreveram muito do que penso. Adorei esse seu post e sobre o que você falou a respeito de o blog ser uma ferramenta de fuga. E é bem verdade.

    Para mim, o problema não é haver blogs como o “Blogueira Shame”, que até então eu não conhecia, e sim as pessoas que se valem do anonimato para falar mal de alguém que eles sequer conhecem e, ainda, para destilar veneno e coisas ruins. Mas o Humano é assim, podre.

    Dificilmente eu vejo (na verdade, nunca vi!) blogs destinados à política e às questões como fome, violência e pobreza renderem mais de 100 comentários fervorosos e bem intencionados. Essa cultura de mesquinharia, pobreza de espírito e violência gratuita é que faz nosso povo andar pra trás.

    O pior ainda é a hipocrisia de quem faz esse tipo de coisa. Eu sei que ninguém é bom o tempo todo, somos todos falhos, mas daí a perder tempo degradando pessoas…

    Esquecemos que, independente das diferenças, somos todos IGUAIS, feitos de carne e osso, com sentimentos e necessidades.

    Mel, se eles escolheram viver a vida vendo o pior dos outros – e não o contrário – não somos nós que estamos perdendo, não é mesmo?!

    Um beijo, Pri.

  213. Adorei o post Mel!
    Realmente eu fiquei chocada quando vi que havia um post sobre você lá.
    E a forma como escrevem, falando mal das pessoas é realmente drástico.
    Eu fico envergonhada por existir um blog desse jeito, mas realmente existem pessoas más realmente e se torna difícil fazer com que elas parem!
    Mas sabe Mel, eu realmente me inspiro em você. Porque você não tem medo de mostrar quem é.
    beijos <3

  214. Kah says:

    Amei o post Mel.
    Conheci esse blog ridículo a pouco tempo porque outra blogueira que eu acompanho também foi ofendida por lá e escreveu um desabafo.
    Amo visitar seu blog não porque eu concordo em tudo com você ou porque somos iguais em tudo. Mas porque te admiro e respeito muito pelo que você faz aqui. E se tudo isso te faz feliz, essa é a parte importante de tudo. Aquilo em que eu discordo eu respeito. Se não tenho nada a acrescentar fico quieta. Falta tanto disso no mundo!
    Acho as dicas que você dá aqui muito úteis, e se não forem úteis pra alguém é só ir ler outra coisa.
    Torço pra que você continue a ser uma pessoa forte e a receber todo o apoio e carinho que merece. E que isso se reflita em seu trabalho, vida pessoal, blog… Mesmo que haja tantas pessoas pra falar mal, há muitos que te amam (especialmente as pessoas que estão presentes no seu dia a dia) pelo que é. Nunca deixe ninguém mudar seu otimismo e a forma mágica como vê o mundo (e como você torna mágico tudo ao seu redor também!).
    Beijos

  215. Denise says:

    Gente q povinho invejoso esse!!!… Seu site é lindo.. Suas dicas incríveis… Tudo o que vc escreve é lindo… Agora elas… Tem um blog feio e o conteúdo só porcaria… Só falta de respeito com os outros… Mas pelo que vi nos comentários… Muita gente que não conhecia seu blog, entrou e amou… Criticar é fácil, difícil é fazer melhor!!

  216. Mel, pra essas pessoas vc não precisa ligar, está certíssima, concordo com vc, não tem nada pra fazer e não tem nada interessante para falar, ficam falando mal dos outros, aff’ esse povo!

  217. Maxiny says:

    Oi Melina tudo bem?

    Eu nunca comentei nenhum post até hoje, mas depois desse seu desabafo eu não poderia passar despercebido sem opinar!

    Melina por favor não liga para que esses “tolos”, desocupados, Fofoqueiros dizem!
    Pelo amor de Deus! Fazer um blog difamando outros blogs é o cumulo do absurdo! Essas pessoas sem moral acham que é quem pra falar assim?!
    Olha nem Jesus agradou a todos e você não é obrigada a agradar todo mundo! Pessoas pra atacar pedra na gente existem um monte, mas queria muito que você prezasse as pessoas que adoram você e adoram o seu blog!
    Eu particularmente amo de paixão o seu blog e não tem um dia que não entro na net e não dou um pulinho aqui! Eles me ajudaram muito, muito mesmo!
    Seus posts são lindos, meigos e super fofos! E viciam de tão perfeito que é!
    Você é um pessoa muito especial que não merece ser difamada por esses “desocupados”

    Por favor nunca mude por causas de pessoas alheias! Você é assim e todas nós amamos!
    Independente da idade, crença e religião devemos ser nós mesmo e fazer aquilo que nos agrada! Muito irão criticar, mas pode ter certeza que você é ÚNICA!

    Um grande abraço da sua fã ( que acabou de sair dos armários haha) e seja muito feliz e continue assim!

    Se cuida !!

  218. Beatriz says:

    Falou tuuuuuuuudo! Acho incrível como as pessoas se dão ao trabalho de acompanhar coisas que não gostam só para criticar! É simples: se não gosta, não veja! Eu AMO o seu blog Melina, e é isso que importa; pessoas que apreciam o seu trabalho e aprendem cada vez mais com você!

  219. Mel ^^ says:

    meu Deus do céu…
    que blog medonho…e os comentários em baixo sobre você eram igualmente medonhos…
    eu queria comentar em baixo, como alguém que te conhece pessoalmente, para dizer que você é sim uma pessoa feliz e madura…mas não estava mais liberado para nenhum comentário…=/
    nossa…o pior é o “subtítulo” do blog: “Quem não pode atacar o argumento ataca o argumentador.”
    desde quando fizeram algum argumento…
    sem mais comentários.
    Você é ótima como é Mel…^^

  220. Larissa Wermelinger says:

    descobri seu blog por acaso, desde então venho sempre aqui ver se tem alguma novidade.
    fico feliz que você tenha maturidade o suficiente pra não mudar por causa disso. E fique bem, eles não sabem o que dizem.

  221. Kátia says:

    Oi Mel! Achei seu post bem relevante. Conheci seu blog através da Shame, mas vou confessar que me apaixonei perdidamente pelo seu blog! Procurei o seu não pq concordei com o que estava no da Shame, mas porque tempos atrás eu tinha uma agenda nova e não sabia como decorá-la, fazê-la mais fofa. Tenho 24 anos também, sou formada em Direito e não acho isso infantil, é apenas o modo de ser da pessoa, de como ela prefere que sejam suas coisas. Adorei seu blog já sou visitante fiel.

  222. Helaine says:

    Mel querida! Seus leitores que te acompanham sabem o quanto vc é querida, romântica e delicada. Não se deixe abalar por uma coisa tão inútil quanto aquele post no blog da Shame. Olhe só o tanto de comentários que tem aqui te apoiando e te elogiando…Só essa demonstração de carinho de todos os seus leitores já vale a pena e já te faz esquecer das coisas ruins que falaram de vc! Vc é uma fofa e como eu sempre te digo no Facebook “qdo estou estressada no trabalho, é só abrir seu Flick ou seu blog que na terceira foto já me acalmo e tudo fica certo!”. Vc é um exemplo de delicadeza e originalidade, continue sempre assim e não dê bola pras coisas inúteis dessa vida não! =) Beijocas!

  223. aninha says:

    Perfeito!!! Eu por exemplo, montei meu blog a 3 anos atrás como válvula de escape, estava com um problema super sério e foi o que me ajudou a não entrar em “parafuso”, certeza q se tivesse algum comentário maldoso naquela época as coisas seriam diferentes pra mim.
    Não li lá o que falaram sobre vc, e quer saber? Nem tenho vontade, minha opinião já está formada…se estou aqui é porque gosto, não é qqer post, qqer crítica maldosa que vai mudar isso.

    Beijão

  224. Nana says:

    Achei seu blog depois de ver o post lá no Blogueiras Shame. Sim, leio sempre, mas o que era pra ser bom e mostrar os jabás, erros e mentiras das blogueiras, virou lugar pra gongar quem quer que seja. Sinceramente? Achei seu blog lindo, suas fotos são lindas, amo essas coisas fofas também, tenho 18 anos e curso engenharia. Pois é. O meu gosto não me faz menos madura.
    Se você recebeu críticas lá, não liga. A maioria das que lêem aquele blog são influenciadas pela Shame e quem tem opinião contrária é gongado também. O que realmente é uma pena.

  225. Dani says:

    Raramente me manifesto em blogs, apesar de visitar muitos. Mas dessa vez senti muita vontade de te dizer que teu blog teve sim relavância pra mim.
    Eu acessava todos os dias o blog Shame, porque achava engraçado e me divertia… mas depois de ler teu post e de uma analise minha sobre todo esse assunto, percebi que realmente não vale a pena perder meu precioso tempo vendo pessoas rindo e debochando da cara de alguém. E como tudo é tão manipulado acaba te envolvendo de um jeito tão feio… não quero essa energia ruim pra mim. Vou procurar algo que me deixe melhor e que acrescente algo no meu dia, na minha vida.
    Obrigada!

  226. Kalyua says:

    O que me deixa mais triste e constatar que existem muitas pessoas mal amadas nesse mundo, e por não terem recebido o amor que todos nos necessitamos não sabem nem amar a si mesmas. Essas pessoas que dedicam grande parte do seu tempo agredindo as outras (mesmo que elas mereçam ato que eu discordo piamente, acredito que ninguém – ninguém mesmo – mereça tal ato de desafeto) São pessoas tão mal resolvidas consigo mesmas (por diversas razoes) e por isso degredem a imagem alheia porque e a única coisa que aprenderam na vida! Não existe nada mais triste do que isso!
    Sabe a velha frase “Educação de casa vai à praça” E o que melhor te define. Mel e evidente que você e cercada de muito amor, carinho e respeito da sua família. E não você não e bobinha, ou ingênua, ou imatura, você e uma pessoa abastarda por ter nascido em um ceio familiar que te proporcionou crescer, desenvolver-se com dignidade, carinho, respeito… Tudo o que um ser humano precisa pra se tornar HUMANO! Resultou nisso, uma pessoa que só espalha amor por onde passa! Não ha nada mais inspirador do que isso! Você “leva a praça” o que tem em casa. Não que sua vida seja um mar de rosas! Isso e impossível! E sim porque foi o que aprendeu e recebeu. E em um mundo tão carente em que vivemos, onde a violência esta cada vez mais banal, você se destaca.
    Você já deve ter se dado conta do sucesso que faz, da admiração que causa, da inspiração que você se tornou para milhares de meninas e mulheres. Naturalmente, você vem conquistando mais e mais faz, sem ofender e agredir ninguém! E isso incomoda a beca!
    Fazer um post ensinando como organizar uma agenda pode parecer idiota para muitos. Mas o que essas pessoas (invejosas) não sabem e que você apenas aceitou uma solicitação de suas leitoras, como sempre faz tão solicita e educadamente! E não! Isso não faz de você uma garotinha ingênua ou bobinha – já vi você negar muitos pedidos por perceber uma invasão a sua vida intima – prova de que es sim, madura e responsável.
    Alguém poderia criticar suas leitoras, por demonstrar tal desejo a você. Tal atitude e comparada às pessoas que guardam todo tipo de objeto de seus ídolos. E porque fazem isso – uma atitude tão absurda e incompreendida por muitos – mas absolutamente coditiana, Porque essa e a forma que as pessoas encontram de ficar mais perto de seus ídolos, de compreender que são pessoas normais iguais a ela. Surgindo assim a compreensão de que elas também podem ser como seus ídolos – e os copiam exaustivamente!
    As pessoas querem ser como você, te admiram, se inspiram, querem saber tudo de você, cada cantinho do seu mundo!!! Dai surgem os pedidos mais esdrúxulos possíveis, mas você sempre soube peneirar todos – outra prova de maturidade sua.
    Quanto à chacota por você gostar de objetos lúdicos, delicados – as chamadas coisas fofas – E uma piada mesmo! Toda mulher gosta de objetos bonitos, de decoração, roupas, acessória… Se sentir bonita e de bem com o espelho e o ambiente em que vivem. E cada uma de nos possui um estilo! Você assume o seu! E pelo sucesso que faz, e um estilo muito popular!!
    Você e linda, inteligente, doce e feliz com a vida. Não porque te falte preocupações e aborrecimentos, mas aprendeu a superar – se algo a incomoda – sabe lutar pelo que quer. E não reclamar por isso, afinal de contas todos têm dificuldades na vida e nada vem de, mas beijada. E essa sua atitude que incomoda Mel. Mas você e uma mulher muito amada e inteligente pra saber disso e não se abalar com mais uma injustiça.
    Acompanho você pelo flickr, blog, facebook, ha 02 anos e meio. Moro no extremo norte do pais – estado de Roraima – bem longe do Paraná – tenho um enorme carinho pro você e mesmo sem te conhecer pessoalmente, me dei ao trabalho de te escrever o quanto te respeito e admiro. E você aparentemente não fez nada pra isso acontecer, alem de ser quem você e. (Atitude que desperta muita inveja querida)
    Obrigada por compartilhar com o mundo, tudo o que tem de melhor em você.
    Um beijo gigantão no seu coração querida

  227. Mari Mendes says:

    A verdade é que as pessoas veem muito, cuidam muito, tagarelam muito sobre a vida ou coisas dos outros e se esquecem da própria vida. :)

  228. Juci says:

    Mel, seu blog é lindo e você é um amor, mas tenho que concordar com um comentário que fizeram lá: sua fotos estão repetitivas. Não é um ofensa, é só uma crítica construtiva. Acompanho seu flickr há um tempo, e às vezes eu penso: “mais uma foto fofinha do Spock no quarto dela?”. Eu adoraria ver fotos mais diferentes (não diferentes do seu estilo, claro, apenas diferentes no local, nas pessoas fotografadas ou novas abordagens), pois eu sei que você é uma ótima fotógrafa (isso qualquer um vê), e eu acho que você pode fazer muito mais do que fotos vintage no seu quarto ou fotos com seu namorado. Quem vê suas fotos mais antigas (2008, 2009…) vê fotos bem variadas, hoje parece que você se limita. Espero que entenda o que eu quis dizer :) Beijinhos.

  229. Camila says:

    Oi, Mel
    Conheci seu blog há umas duas semanas e desde então tenho sempre dado uma passadinha por aqui.
    Acredito que grande parte do seu sucesso é devido a sua espontaneidade, de arcar com um estilo meigo e delicado, sem ser forçado. Não é demais dizer que muita gente se inspira em você, se identifica, e ler o seu blog é um escape, porque por mais que se goste dessas coisas fofas, é difícil para alguns se asssumir assim.
    Seu blog é bastante autêntico e gosto muito da proposta dele. Acho que no meio de tantas “jovens idosas”, que só valorizam quem sai montada e com um Louboutin no pé, pessoas como você são necessárias, pois engrandecem as coisas simples, o que acredito ser muito mais saudável.
    Enfim, fico contente de ver que ao invés de vir aqui se justificar, você atentou para a reflexão acerca de um “mal maior”, muito mais nocivo que a crítica direcionada a você. E isso só pessoas com maturidade sabem fazer, Melina!
    Adorei o post, depois dele muita gente vai pensar bem antes de ridicularizar gratuitamente os outros.
    Continue esse doce de pessoa, porque problema maior é tentar ser quem não somos.
    Beijos de uma estudante de engenharia fascinada por máquinas, heavy metal e…que adora coisas fofas também =P

  230. Ingrid Nayara says:

    Concordo em absolutamente tudo o que você disse. É realmente triste ver que existem pessoas que desperdiçam o tempo que tem difamando os outros em vez de fazer algo que seja útil. Amo o seu blog, amo o seu flickr e nunca deixe de ser fofa! ;D

  231. Niih, says:

    1. Diferente de muitas pessoas (sendo algumas delas que te criticaram nesse blog), você nunca teve vergonha de assumir o seu estilo. Pelo contrário e o seu blog é a prova disso!
    Só esse ponto já é algo mais do que mágico, porque não existe nada melhor do que sermos nós mesmos, certo?

    2. Essa “crítica” (“crítica” visto que aquele post não foi NADA construtivo, por isso não acho que mereça receber esse termo…) não te derrubou e é algo que me dixou ainda mais contente. Ao invés de mudar a Melina linda que eu encontro quando venho aqui, você se sobressaiu, criando esse post e repassando uma mensagem maravilhosa para nós, suas/seus leitores.

    3. A vida de ninguém é perfeita. Todos sabemos disso e um dos comentários que acabou chamando a minha atenção naquele blog foi “ela fica fazendo de conta que a vida dela é perfeita”. Não. Você só não fica reclamando, se queixando ou fazendo qualquer coisa desse tipo (ainda que tenha o direito de fazê-lo). Você é uma pessoa positiva e que procura ver o lado bonito nas coisas mais simples! Essa é outra lição que você passa pra leitoras como eu.

    4. Apesar de ter sido uma situação bastante desagradável, o que eu vi que pode ter sido bom nessa história: muitos se conscientizaram e mais pessoas tiveram a oportunidade de conhecê-la. Provavelmente elas vão aprender tanto quanto as leitoras mais antigas com as coisas que você escreve, o que é algo incrível, não é mesmo?

    No mais, é isso que eu gostaria de te falar.

  232. Mel concordo plenamente com você. Em 1° lugar o blog shame é ridículo…ficar falando mal das pessoas é simplesmente infantil e horrível e pior ainda pensas que várias pessoas acessam esse blog.
    Como você disse, acredito que gostar de coisas fofas é da personalidade de cada um e isso não quer dizer que você é imatura ou infantil eu mesma sou apaixonada por coisinhas da minha infância. E como você disse se você mostra que gosta de coisas fofas com 24 anos é porque você madura o bastante para mostrar para todos quem você realmente é!!
    E sempre seja assim… =D
    beijos,B

  233. As pessoas deviam se preocupar mais consigo mesma do que com outras que mal conhecem, acho um cumulo terem criado um blog para falar mais de outras blogueiras, essas pessoas não tem mais o que fazer da vida, elas não tem o tão almejado sucesso e tentam destruir o sucesso de blogueiras como você, que é inspiração para muitas pessoas, inclusive para mim.

    E gostar de coisas fofas ou não, é cada pessoa, não dá pra falar a personalidade dela so por isso.

    Concordo com tudo que você disse e sempre mostre as pessoas o que você realmente é e o que você realmente gosta.

  234. Lou says:

    Não havia visto este post até hoje, até ja conhecia o blog shame e alguns posts são engraçados outros não, nem um pouco… O negócio é que seu blog tem muito mais conteúdo e credibilidade que qualquer blog de fofocas que eu conheço, então tudo não passa de inveja, ao menos nminha opinião.
    O tema por ti abordado “cyberbullying” é algo muito sério e parando para refletir, blogs como a shame só agravam isso.
    Tou contigo e não abro… Tenho quase 26 e AMO coisas fofas!!!
    xD

  235. Alessandra says:

    Mel, eu queria ter comentado aqui ontem, queria ter dado um apoio no momento em que você postou, mas não foi possível!
    Quando eu li esse post pela primeira vez (acredite, eu já li ele várias vezes) eu senti uma dor no coração. Uma dor que não só refletia o que senti por fazerem isso com você, mas uma dor que refletia a angústia de lembrar que existem várias pessoas que ficam feliz por magoar os outros.
    Eu já sofri situações parecidas com essa e, talvez, por não saber tratá-las como você, eu tenha ficado muito mal a ponto de deixar de fazer/gostar de algumas coisas. Porém, Deus é maior que qualquer coisa e Ele colocou pessoas maravilhosas em minha vida que me fizeram enxergar que eu tenho que ser quem eu sou para ser feliz ♥
    Bem, o que eu gostaria de dizer é: Nunca deixe de ser a pessoa maravilhosa que você é! Nunca deixe que comentários te magoem, seja na vida real ou no mundo virtual. Eu sei que você tratou isso muito bem aqui no blog, mas eu também sei o quanto é preciso que uma pessoa dê forças para a gente continuar forte :]
    Outra coisa que eu gostaria de deixar claro aqui é que com esse seu jeito, suas fotos e seu blog você conseguiu atrair pessoas de BEM, pessoas que vão passar adiante o que eles viram aqui e vão fazer outras pessoas felizes.
    Sobre a atitude das pessoas desse blog “Blogueira Shame” só tenho uma coisa a dizer: Se eles tivessem mais preocupadas em escrever em uma agenda do que praticar cyberbullying, haveria menos pessoas tristes no mundo ;D

    Parabéns por ter tratado isso da melhor maneira possível! Você pode ter certeza que é modelo de inspiração para várias pessoas ;*

    “Os ataques da inveja são os únicos em que o agressor, se pudesse, preferia fazer o papel da vítima.” – Niceto Zamora

    Beijocas :*

  236. Jacque says:

    Ontem foi a primeira vez que acessei seu blog.
    Vi qualquer coisa sobre ele e vim aqui visitar, só por curiosidade. E sabe o que aconteceu? Eu me apaixonei. Seu blog é lindo, em todos os sentidos.
    Eu tenho 21 anos e adoro coisas fofas tanto quanto você (além disso sou de Curitiba também). E qual o problema de gostarmos? Tem gente que tem 30 e fica se achando a estrela do rock. E nem por isso vamos lá criticar ou ofender. Hoje em dia as pessoas estão pobres de alma, de sentimentos bons. Só cultivam coisas ruins. Talvez, para essas pessoas, falte sonhar mais um pouco, gostar um pouco mais de coisas fofas, falta adocicar o coração, falta aprender e entender o significado da palavra respeito.

    Eu sinto muito que isso esteja acontecendo com você, mas não se esqueça que seus sonhos e sua doçura são admirados por muitos dos seus leitores, então tire força disso e continue sendo essa pessoa encantadora, dona de uma blog todo especial.

    Um abraço cheio de carinho.

  237. Andressa G. says:

    Oi Melina, eu quero dizer que você está certa sim em não ligar para o que essas pessoas falam, particularmente admiro seu trabalho aqui no blog, conheci ele através de outro site super interessante e que ao contrário do tal ‘shame on you’ não difamam as pessoas.Acho que pessoas assim são vazias, assim como você acredito em um mundo melhor e em sonhos, um beijo.

  238. Marcelle says:

    É verdade, tem tanta gente preocupada em cuidar da vida dos outros, que acaba não cuidando da própria. Poxa, o que tem de legal em rir de algo na outra pessoa que não te agrada? Cada um, é cada um. Ninguém tem que ser igual a ninguém pra podermos conviver em paz. Eu penso que ninguém é obrigado a gostar de todo mundo, só que tem uma coisa que se chama “RESPEITO”, isso sim é que importa. Não liga não, Mel, você é linda, não te conheço pessoalmente, é a primeira vez que comento aqui, mas te acho um doce de pessoa. Você tem muito mais admiradores do que pseudo-críticos ao seu redor. Um beijo!

  239. Na says:

    Faz pouco tempo que acompanho seu blog, e gosto muito. Concordo com o que você disse, as pessoas precisam mesmo cuidar de suas vidas. Eu tenho 28 anos e adoro coisas fofas. Acho que faço parte dos “kidults”, e o problema é meu.
    E me inspirei no meu novo quarto, a partir do seu. Não vai ficar igual, mas muitas coisas que você fez, são tão lindas e possíveis. Você inspira as pessoas e isso é muito bom!

  240. Sara says:

    Mel, a primeira coisa que acho que deveria falar sobre o que li aqui é parabéns. Parabéns por essa atitude de falar do bullyng na internet, que tem se tornado uma coisa cada vez mais presente e até desanimadora pra quem não tem muita segurança em si mesmo, mas também parabéns pela atitude de falar sobre o ocorrido não se chateando e ofendendo as tais blogueiras (que eu nem nunca tinha ouvido falar), mas sim mostrando que você é o que é e não vai mudar por causa de críticas (um banho de maturidade! Isso sim!).
    Fico super feliz em saber que você vai continuar com seu jeitinho fofo e encantador, e vou continuar te acompanhando por causa da sua autenticidade e por me identificar com o que você gosta: coisas belas, felicidade, sonhar (e ter os pés no chão) e ser humana como todos nós somos (:
    Beijo e força!

  241. Marli says:

    Nossa, acgei esse blog (Shame on you ) horrível!!!Desprezível!Fiqyeui chateada por você!Adoro seu blog, tenho 23 anos, e também gosto de coisas fofas e delicadas, e isso não significa que eu seja infantil, pelo contrário.Essa meninas são umas desocupadas, que sentem inveja.São doentes, por que só pode ser doente uma pessoa que sente prazer no sofrimento alheio.Melina, você é linda.Muito sucesso pra você. E seu blog é o melhor de todos. Beijos.

  242. Aline says:

    Mel, adoro seu blog! Sei que é difícil não dar bola para esses comentários, mas repare que são comentários anonimos, eles não tem nem a coragem de se identificar! Pense em todas as pessoas que vc conquistou com seu blog!
    Eu tenho 26 anos e adoro coisas fofas e delicadas!! E mesmo que eu tivesse 50 anos, e dai? Ninguém tem nada a ver com isso, ninguém paga minhas contas!! Vc é uma pessoa íntegra e de valores, não se deixe abalar por meros anonimos ou um blog que sobrevive as custas dos outros! Um beijo grande!!!

  243. Cássia says:

    Oi Mel, ontem também foi a primeira vez que visitei o seu blog e por ironia das ironias, foi pelo post da Shame. Eu discordei do post dela sobre você (assim como discordei de muitos). Acho que ser meiga e gostar de coisas fofas não é um defeito, já que eu mesma gosto de coisas desse tipo. Além disso, fazer um post sobre como usar uma agenda não é uma atrocidade e acabei por googlar o blog só por curiosidade (e por ter amado a foto do seu perfil hehe). E posso falar? Simplesmente AMEI o seu blog, as suas coisas, seu quarto, suas fotos (lindas demais). Mas quer saber? Pra mim, o seu post/reflexão/puxão de orelha sobre o blog da Shame foi uma das melhores coisas que li nos últimos tempos. Ele me fez parar e pensar sobre o meu comportamento. Sempre achei que o ato de entrar no blog dela era uma coisa à toa, sem mal nenhum, uma diversão. O seu post me fez refletir sobre o quão errado era o que eu estava fazendo e em como eu estava sendo hipócrita por “andar com aquela turma”. Poxa, super critico os valentões que praticam o bullying e sou totalmente contra o ato, mas estava agindo da mesma maneira que eles. Foi um tapa na minha cara que me fez acordar. E olha, quero te agradecer por isso e dizer que (se você me aceitar) você ganhou mais uma leitora. O seu blog é lindo, super bem escrito e com conteúdo, e muitas pessoas o adoram (ou adoraram, assim como eu). Além disso, você parece ser uma pessoa tão legal, e não merecia isso.

    Um beijão,
    Cássia.

  244. Betânia says:

    Eu sei que você tem muitos comentários para ver e responder, e provavelmente não vai ler esse mas, eu vou lá publicar um comentário naquele blog, mas não porque eu quero arrumar briga seilá, mas eu li o post inteiro, e eu acho muito desrespeito fazerem uma postagem maldosa, com quem foi sempre gentil com seus leitores e nunca fez mal a ninguém com o blog. Eu odeio gente desse jeito, pode parecer grosseria mas vão ter uma vida ao invés de ficar perdendo bastante tempo da via fazendo o ao não é? Eu não sei o que eles tem na cabeça, sinceramente não sei.
    http://sorriso-espontaneo.blogspot.com/

  245. Dani says:

    Mel, a inveja é uma arma poderosa, não deixa que esse tipo de coisa possa te atingir. Teu blog é lindo e a gente sonha junto contigo. Tudo aqui é muito lindo. Não sei se tu és religiosa, mas eu queria te dizer que és uma pessoa muito abençoada por Deus e acredito que tem abençoado a vida de muitos também com todo esse amor e fofura que exalam desse blog, muito FOFO COM MUITO ORGULHO, certo?
    Continue postando e acreditando que tu e teu blog são especiais porque esta é a verdade.

    Grande abraço.

    P.S.: te mandei um e-mail, responde dessa vez PLEASE!!!

  246. Tereza says:

    Mel, sei que eh chato mas acredito que você precisa encarar isso como uma critica construtiva. Ler os comentários e filtrar o que pode melhorar o seu blog. Por exemplo a questão de fotos repetidas, pautas pouco relevantes (seus posts sao legais mas falar sobre uma agenda quando todo mundo usa iPhone ou outro aparelho eh complicado), a questão de se expor (talvez você esteja se expondo demais, na minha visão você explora muito seu corpo nas fotos, isso pode ser perigoso pra você), pensar também se coce nao poderia falar de coisas um pouco mais serias sem deixar de ser fofa, mas falar coisas mais interessantes. Você eh formada em psicologia, aposto que pode ajudar muito as pessoas aqui com a sua experiência e pra isso nao precisa deixar de ser fofa. Entende? Repense se seu conteúdo nao pode ser mais relevante.

    Estou querendo te mostrar que eh normal ficar chateada por aparecer em um blog de gongacao, mas eu acho uma mega oportunidade de você melhorar e assim, crescer e melhorar.

    Beijos

  247. Tereza says:

    Ps. Desculpe, escrevi correndo pelo iPhone e tem um monte de errinhos :P

  248. Mel, sei que o post do Shame on you, deve ter te atingido um pouco, pois você é uma pessoa muito sensível, pelo que pude notar no seu jeito de ser aqui no blog, porém veja essas pessoas como pessoas que tiveram que deixar de sonhar como garotas muito cedo, pode ter sido até por serem forçadas a encarar a vida com dificuldade, e sentem inveja de alguém como você que leva a vida do jeito que deseja, e veja por outro lado também, qualquer pessoa que acompanha seu blog, que ama o seu estilo de vestir, que ama desenhar, ser criativo, ama fotografia (weheartit) por exemplo, vê tudo que você expõe aqui normalmente, porém essas pessoas sem cultura, que são pessoas limitadas (o brasileiro infelizmente é assim as vezes) vê isso de forma estranha, vê esse blog fora dos padrões, acha que todas as garotas acima de 20 nos tem que estar em balada usando roupa colada, e falando com gírias, eles não encaram pessoas diferentes (que no caso são normais como nós) de um jeito agradável. Lembre-se de uma coisa: O BLOG É SEU, É UM BLOG PESSOAL, ler quem quer, e se identifica quem quer também. Essas pessoas querem derrubar a auto estima, e a felicidade de outras, isso deve ser ignorado!

    Só um conselho: continue nessa linha de post do seu jeito de ser, não exponha seu lado profissional, pois muita gente pode misturar as coisas, e pode prejudicar você de certa forma. Eu amo seu blog desde que estava decorando meu quarto e achei o seu no Google! você é uma garota muito especial, nessas horas o indicado é fazer o jogo do contente de Pollyanna! =) fica com Deus linda!

  249. Amanda says:

    Aff, eu NÃO acredito que essa blogueira teve a audácia de colocar o seu blog lindo para ser gongado. Que palhaça! Por que certamente ela acha que o bullying dela é mais relevante que o seu post sobre a agenda – que eu li na época que você postou e olha, adorei, achei fofo e invejei um milhão de vezes.
    Você está muito certa sobre isso. Às vezes algumas coisas que nós falamos podem ter uma consequência que ninguém imaginaria. É bom pensar nos outros, pra variar.

    Beijos e nem ligue pra isso tipo de gente, Melina. Você é um ser humano muito melhor do que ela jamais será.

  250. Primeira coisa: seu jeito fofo é a coisa mais linda do mundo, e te faz uma pessoa muito especial.

    Sou muito fa de seu blog, de suas fotos, das suas fofuras, e indico pra todo mundo. Tenho amigas que não tem paciencia com tanto “MEL” e oq elas fazem? Elas simplesmente n visitam o blog!

    Pois bem, fica a dica pros desnecessarios: NAO GOSTA DO BLOG, NAO VISITA O BLOG.

    E qto a esse blog de criticas, q eu nem conhecia, eu “só lamento”. São pessoas recalcadas q precisam pisar nos outros pra se afirmar, ou seja sao inseguros e q nao consegue aceitar as diferenças. Isso é muito triste.

    Eu sei q eh muito dificil n ficar triste com criticas. Eu sou a prova disso. Como vc disse, eu mesma, passa por muuuuitos problemas e n coloco no blog. Não sei como suportaria uma enxurrada de criticas como aquela.

    O importante é pensar q existem muito mais pessoas q adoram vc, do q detestam. E q aqeles milhoes de “anonimos” lá podem ser uma pessoas só q de tao covarde prefere usar o anonimato!

    Sinto muito pelo q aconteceu, e sua resposta só me fez admirar ainda mais vc! Pela sua maturidade! Por não descer o nivel e ter segurança.

    bjs, Mel.

    P.S.: Só não te defendi lá pq os comentarios foram bloqeados!hehe… Com certeza tinha mais gente te defendendo do q te atacando, ae eles preferiram bloqear os comentarios p n ouvir verdades. Covardia, sabe como é ne?

  251. letícia says:

    Olá!

    Já comentei aqui antes.

    Vc tira fotos mto bem. E eu confesso que tem uns posts que cansam um pouco, por causa das fotos repetidas (a edição, os copos do starbucks, torre eiffel…) ou que podem parecer meio “bobinhos” para quem tá de fora e não conhece o blog.

    Porém, admiro o fato de vc assumir quem vc é, não mudar pq tem gente que acha isso errado.

    Eu gostava desse Blogueira Shame pq tem algumas coisas que dá pra rir, de blogueira que se acha TOP e fazendo coisas ‘vergonhosas’.

    E eu fui lá ler os comentários e foi tão ridículo a parte em que ela (a blogueira shame) comenta: “Uma pessoa de 24 anos fazer agenda com adesivo, papel de bala, Hello Kitty e caneta perfumada NÃO É NORMAL. É ridículo, é corta-tesão de qualquer homem.” Gente! Quem dita o que é normal? Pq vc, ao colar adesivo na sua agenda é anormal? Mas, pior que isso, foi a parte do corta-tesão. Mania de generalizar, achar que todos os homens são iguais. E pior: achar que por vc ser mulher, sua obrigação é excitar/agradar homens. Me dá raiva quando leio esse tipo de coisa.

    É o que eu disse, tem post que eu vejo e passo despercebida, porque não é mto o que eu gosto, mas tem coisa que eu gosto também. Não é pq X não me agrada, que vc é anormal.

  252. Izabel says:

    Sabe que tudo na vida tem um lado bom…
    Eu conheci vc e uma outra menina gongada lá nesse blog e agora gosto d+++ de vc

    Olha vc é fofa e madura o bastante p ser quem vc é e fazer o que bem entende, fica firme ai

    Eu mesma durante um tempo não colocava p fora o meu verdadeiro EU por medo das pessoas, mas hj em dia quer saber… to nem ai kkkk

    Beijos não liga p naaaada disso

  253. andréia says:

    as pessoas cobram demais das outras, seja por sua idade, profissão ou relacionamento. Cobram um bom emprego, um casamento e que vc esteja sempre atenta.
    Cada pessoa deve viver em seu próprio ritmo, longe dos julgamentos dos quais não lhes dizem respeito.
    Vc é autentica Mel, se expressa da maneira que gosta, da forma que é.
    já pensou se todo mundo fosse padronizado, tradicional?
    Tenho certeza que vc é mais feliz e vive melhor do que esse pessoal todo junto.

  254. alexia says:

    A mel sempre fala as coisas certas. Íncrivel, mas tem gente que não se toca e sai por ai ofedendo os outros sem saber as consequencias disso. :( Parabéns por tudo que disse mel. :D

  255. Ann Sundrani says:

    Mel, eu nunca tinha ouvido falar nesse blog, até entrei lá pra ver o que era essa idiotice e vi que está em manutenção.
    Saiba que você tem muita gente que ama o seu blog, as suas fotos e que se contagia com a sua visão do mundo que você passa em cada palavra e imagem por meio desse blog. Eu adoro tudo por aqui, tenho vinte e poucos anos e AMO coisas fofas. Costumo dizer que gosto de fotografar coisas pequenas e simples, e tentá-las mostrar como eu vejo, e como podem ser bonitas e que isso pra mim é mágico! E, pra mim, essas coisas não deixam de ser sonhos!
    Você é muito querida e muita gente, mesmo que não comente sempre, reserva um tempinho da agenda todos os dias para conferir o seu cantinho (eu sou uma dessas pessoas!)
    E, só pra constar: AMEI o post sobre como usar uma agenda! Acho que foi super útil para quem quer se organizar e até comprei uma da Pony Brown que deve chegar nesse mês por que amei a sua! <3
    Eu já sofri bullying e cyberbullying e sei que é super chato. Na escola, muitas pessoas riam de mim por causa das minhas roupas, que era meio "exagerada", hoje em dia, sou estudante de moda e vivo recebendo elogios sobre o meu estilo. Tiravam sarro de Gisele Bundchen por ser alta, desengonçada e com nariz grande.
    Muitas vezes, já me disseram para deixar pra lá e esquecer, mas eu sei como é difícil. Acho que fica mais fácil quando temos amigos e pessoas queridas do nosso lado. A internet é uma ferramenta maravilhosa, mas infelizmente, algumas pessoas que não têm o que fazer adoram falar mal de pessoas legais e que fazem sucesso para se sentirem melhores e mais importantes. São trolls idiotas.
    Enfim, você é uma garota encantadora! E eu amo o seu blog!! <3
    Beijooos!!

  256. Dariane Camargo says:

    oi Mel já leio o seu blog a algum tempo e acho lindo tudo o que voce posta tmb amo coisinhas fofas…
    resolvi comentar nesse momento porque achei necessário lhe dizer para não se deixar abater por pouca coisa, seu trabalho é lindo e o seu blog é um dos poucos que eu deixo minhas filhas lerem sem medo porque sei que o conteúdo é confiavel e voltado tmb para crianças…enfim não mude seu jeito meigo por porcarias de pessoas infelizes, beijos. :)
    P.S: parece que o site foi desativado.

  257. Melina, admito que não li o texto todo até o final, mas, o suficiente para te dizer uma coisa: não fique triste com essa maldade. Você tem um blog incrívelmente lindo, que estende à sua essência. Você é linda e tem confiança em mostrar quem você é! Hoje não estou muito inspirada, mas, é mais ou menos isso que penso sobre o que imagino que você é, e sobre seu cantinho.

    Beijo!

  258. Patricia says:

    “Tenho 24 anos e gosto de coisas fofas, mas isso não me torna uma pessoa imatura/infantil. Pelo contrário, acredito que tenho maturidade o suficiente para assumir a minha idade e não negar as coisas que gosto por medo de julgamentos alheios.”Foi a melhor frase que eu já li em um blog na minha vida.Melina,eu acompanho seu blog desde o quinto post(apesar de não comentar tanto quanto deveria,desculpa)e acho que está entre os blogs que eu mais gosto(já que eu acompanho esse mundo há uns 6 anos,deve ser alguma coisa).Suas fotos são lindas e seus posts sobre coisas fofas são para muitas pessoas que gostam das mesmas coisas(eu) um estímulo a não esconder isso por medo do que os outros pensam.Acredito que o que torna uma pessoa madura é o caráter e as atitudes,o que esse tal blogueiras shame(que eu não conhecia até esse momento e achei um absurdo pessoas tão desesperadas por audiência ao ponto de apenas criticar os outros para consegui-la)não tem e você seria capaz de dar uma aula pra eles.Eu já sofri bullying mas nunca falo sobre o assunto,mas esse post abriu minha mente para isso.Mil beijos e continue linda assim.Beijos!

  259. Ju says:

    Parabéns pela atitude, Mel! Sempre ganhando pontinhos de admiração! :)

  260. Carolina Proença says:

    Melina,eu simplesmente amo teu blog!
    Faz parte do meu dia passar por aqui,eu adoro! *-*
    Tenho 29 anos,quase 30! Então posso me considerar uma pessoa infantil e imatura também né,rs!?!
    Sinceramente acho que comentários deste tipo são coisas feitas por pessoas de mente e coração pequeno, não se importe mesmo com essas besteiras!
    É uma pena que exista pessoas que tem prazer em depreciar as outras de maneira tão triste.
    Certamente são pessoas que nunca teriam coragem de mostrar sua essência e sua vida de uma forma tão linda como você faz!
    Um super beijo!

  261. Gaby says:

    Mel, não preciso nem ler os 267 comentários acima pra saber que as pessoas te apoiam, e muito.
    Eu fico triste em saber que ainda existem pessoas como essa aí do blog que perdem seu tempo para criticar as outras. (antes disso eu nem a conhecia) Mas saiba que, por outro lado, também tem mil pessoas para sempre apoiar.
    Desde que conheci seu blog eu só faço me encantar mais e mais, por ele e por você. E estou aqui só pra dizer, mais uma vez, que eu “Tô contigo e não abro”. Te apoio sempre e, quanto às críticas, nesse caso: “deixa entrar por um ouvido e sair pelo outro!”. Continue a ser quem você é pq é isso que faz seu sucesso ;)

    beijosss

  262. Não é fácil mesmo receber críticas, entrei no blog em questão e… nossa quanto rancor, em todas as postagens, mas a vida é isso, tem gente que gosta do lado escuro, de zombar, de diminuir, de ofender e fica muita fácil fazer isso sem se identificar escondendo o rosto, acho que o melhor que temos a fazer é abstrair, e ignorar… coitada!

  263. Julia says:

    Olha, não concordo com a sua posição em relação às pessoas e ao mundo.

    Primeiramente: quem tem um blog e conta sua vida nele não só concorda em ter a sua vida exposta como o faz por conta própria. Não quer críticas? Mostra pra mamãe e não na internet. Fora o ponto de pessoas cuidando da vida das outras. Ora, se você não quer que cuidem da sua vida, não publique ela num meio onde pessoas do Paquistão podem ver. Conte apenas pras pessoas que você confia.

    Não estou dizendo que concordo com tudo que a Shame diz, ou que ela mesmo não seja contraditória, mas ela está no direito dela de fazer a critica, e as pessoas precisam aprender a lidar com isso.

    Além da questão do bullying que, por favor, nnão deveria nem se aplicar. Qualquer pessoa que us a internet pra criar uma segunda vida e não porcura ajuda profissional pra que seus receios sejam superados está escolhendo viver numa bolha, e, novamente, a internet não é lugar pra ‘bolhas’.

    Cada um pode gostar do que quiser, escrever sobre o que quiser, se prestar ao que quiser. Mas tem que saber que as coisas tem consequencias, e que como já diziam, se nem Jesus agradou a todos, porque as blogueiras agradariam?

    Fora que a Shame não veio aqui te ofender, colocou a opinião dela entre as pessoas que querem essa opinião, assim como você fez aqui, colocou sua opiniao para as suas leitoras. Por que então você seria melhor que ela?

    E não diga que é porque você não usar as outras pessoas pra promover seu blog, porque se fosse não teria escrito um post gigante julgando toda uma classe de pessoas que se comportam da mesma maneira que a Shame.

    • Carol says:

      Concordo plenamente! A partir do momento que vc cria um blog e está expondo sua vida, vc está sujeita a todos os tipos de coisas!
      Depois não adianta reclamar… e depois essa história de ´´criar uma nova vida´´ na internet… é isso que vc coloca no seu blog? mostra o que na verdade não é? E a trasnparencia com as leitoras? Tb não concordo com essa posição.
      Acho que todos possuem o direito de escrever sobre tudo o que quiserem, assim como vc tb faz aqui!
      Concordar e discordar é um direito de todos!

      • Melina says:

        Chuchu, não disse que eu crio uma nova vida aqui no blog e sim que outras pessoas podem fazer isso ;) leia o parágrafo com atenção que você vai entender o que eu quis dizer.
        Quanto ao meu blog, sou sincera com as minhas leitoras e mostro aqui é uma parte de mim, mas não é tudo o que sou, afinal não acho necessário e nem gosto de expor tudo da minha vida ;)

        Concordar e discordar é sim um direito de todos, mas sempre com o cuidado de não passar do limite ofender outras pessoas gratuitamente!

  264. Nina says:

    LINDA! TADINHA DA SHAME ELA É FRUSTRADA, GATA! MALDOSA! VENENOSA! PESSOAS ASSIM NAO ESTAO BEM COM ELAS MESMA E CONSEQUENTEMENTE COM O MUNDO. FÉ EM Deus, fofa! FOCO!

  265. Camila Gerarde says:

    Mel querida, não ligue para esse pessoal, mal amado, só lhe criticam pq tem inveja do seu talento e sua coragem de assumir quem é independente do q outros vão pensar no fundo elas adorariam ser assim tbm mas tem medo de pessoas como elas mesmo maldosas.
    Saiba que esse mesmo jeito que elas criticaram é o que fez com que me apaixonase por seu blog e que me tornasse assim tbm, pq eu sempre fui parecida com vc mas não demonstrava exatamente por ter medo que os outros me achassem imatura mas agora depois de lhe conhecer eu me assumi e se quiserem criticar nem ligo estou feliz e é isso que importa. (Tenho 20 anos)

    Minha mãe tbm conheçe seu blog e me pediu para comentar para ela:
    Ela disse para vc não ligar para esse blog pq o mundo precisa de milhares de pessoas como vc que ainda sonham, e se importam com o próximo, ela disse que o mundo tem tantos problemas pq as pessoas se esqueceram exatamente de sonhar =)

    Te adoramos demais, vc e toda sua fofura.

    Beijos

  266. Roberta Maia says:

    Oi Melina,

    Desde há algum tempo acompanho seu blog e o tenho como meu algodão doce do dia. Não tem como não relaxar (viajar… desestressar… apaixonar…)vendo coisas tãaaaaaao fofas. Hoje esse post me deixou indignada, só tenho uma palavra pra definir isso: VERGONHOSO! É de (quase) perder a esperança no ser humano ao nos depararmos com tamanha pobreza (aquela de espírito, lembra?).
    Te digo uma coisa, tenho 32 anos, sou empresária de moda em BH (www.blogamour.com.br)e mantenho um diário pessoal (fashionfitnessandothers.blogspot.com)onde relato a minha grande dificuldade em fazer atividades físicas (não por estética porque sou magra mas pela necessidade de uma disfunção neurológica). Amo escrever e por isso o faço, porque acredito que dessa forma o que é difícil se torna mais fácil.
    Tá, e vc? Não tem que dar satisfação a ninguém, ter 24 anos é ótimo, ter sonhos é melhor ainda, conseguir fotografá-los é uma dádiva, ter um namorado fofo igual, é um previlégio, ser lida por milhares de pessoas é um grande sucesso. E isso tudo gera inveja alheia.
    Não se preocupe com comentários maldosos, faça o que vc ama e tudo de bom acontecerá!

    Estou planejando ainda te mandar uma cartinha bem fofa, mas tenho que tomar cuidado, porque afinal já tenho 32 anos! (será que alguém vai falar?kkkkk)

    bjo grande e até mais!

  267. maria clara says:

    teu brilho com certeza incomoda algumas pessoas que não tem metade da tua criatividade… acompanho o teu blog e com certeza voce nao tem que mudar em nada! ;)

  268. Sabrina says:

    Disse tudo, mel! Não te conhecia e vim graças a uma busca sobre quem seria essa tal shame, que em breve estará tão queimada quanto lenha na fogueira. As palhaçadas dela estão com os dias contados, tenho certeza. Inclusive, Pensei até em fazer um abaixo assinado pedindo para tal página ser retirada do ar. Será que daria certo? Acho uma ofensa gratuíta, e perigosa, como vc mesma afirmou…. Ps: tenho 28 anos e amo coisas fofas!!!!

  269. Karol says:

    Agora estou passada!! =O

    Menina, eu tenho 22 anos. adoro o seu blog, sua forma organizada de ser. e adorei os seus posts de organização, agenda, dicas de comprar coisas fora, seus DIYs.

    Por exemplo, o depois do quinze é um blog que eu gosto muito (muito mesmo), adoro as dicas de roupas, de compras… da Bruna. Mas, alguns textos e etc não gosto, por que são infantis pra mim. Mas eu não vou reclamar jamais. sei que elas postam aquilo e sei que existe um público que lê e que precisa daqueles textos.

    Acho que cada blog tem seu público. O que você publica aqui tem utilidade para mim e para outros. Ficamos felizes com suas candy colors e fofuras!
    Estamos com você!
    bjãoooooooo

  270. Concordo com o que tu escreveste aqui.

    Sou leitora de alguns blogs e me identifiquei com o teu em especial, pelo bom gosto, pela simplicidade e pela leveza (tenho ele nos meus favoritos).

    Encontro muita futilidade na rede (infelizmente tem muito lixo circulando, pois na rede todo mundo acha que pode fazer o que bem entende, esquecendo essas pessoas que vale no mundo virtual as mesmas regras da boa educação que no mundo real) e infelizmente é moda agora sair por ai difamando os outros, como se as pessoas tivessem o direito de fazer isso.

    É triste constatar que as pessoas perderam a noção e hoje em dia, o respeito se tornou algo raro!

    O que podemos fazer é lamentar por quem não consegue ser melhor e usa seu tempo livre para ridicularizar os outros e muito pior sem olhar para si antes!

  271. Lais says:

    Eu acompanhava esse blog, descobri coisas sobre blogs e blogueiras que eu acompanhava e fiquei surpresa e chateada com as revelações. Vi o post que falava sobre vc e achei exagero, como muitos outros posts “gongadores” nesse blog. E daí que vc tem 24 anos e gosta de coisas fofas? Eu adoro seu blog e te admiro por isso! Adoro suas fotos, são lindas e delicadas.
    Eu também tenho 24 anos e também adoro coisas fofas. Adoro cor-de-rosa, Hello Kitty, tenho uma agenda com florzinhas coloridas na capa e gosto de escrever nela com canetas coloridas e colar adesivos. Mas nem por isso sou infantil e imatura. Sou mãe, esposa e dona-de-casa, tenho minha vida adulta, gosto de coisas de adultos, programas de adultos. O fato de gostar de coisas fofas é uma característica nossa, da nossa personalidade e nada vai mudar isso. O importante é sermos nós mesmos. Aliás, ser vc mesmo nessa internet critica de hoje em dia é uma ousadia! É só pros corajosos que não ligam pra opinião alheia.

    Continue sendo vc mesma sempre pois vc encanta o dia de muita gente (inclusive o meu! rs) com seu blog fofo, suas fotos fofas, seu cachorrinho fofo… ;)

    Beijo!

  272. ~Fia, eu li hoje esse post seu (conheci hoje seu blog! o/) e super concordo com você! Tenho 22 anos, quase 23.. hehe (daqui a 1 mês!) e sou do mesmo jeito: Amo laço, rosa, flores, e coisas fofas, e tbm sou criticada por isso. Não mudemos por causa deles, vamos continuar fofas e felizes!
    Rá!
    ;)

  273. Oi querida, conheci seu blog buscando coisas sobre essa shame no google depois de alguém me falar que eu fui parar lá porque uma colaboradora minha fez um negocio não tão lindo e nem tão caro no meu blog.
    Acho incrível como pode existir tanta gente infeliz com a própria vida nesse mundo, pra ter que ficar cuidando da vidas dos outros.
    Sabe o que eu ganhei indo parar lá?
    Muitas visitas no meu blog. Mais de 1000 visitas a mais no dia, mais dinheiro no google adsense. rsrs :)

    Mas sinto pena dela e dos imbecís que se divertem rindo dos outros.
    Bando de otários que não tem o que fazer, trabalhar talvez? rsrs

    Bjs querida

  274. Drika says:

    Mel conheci seu blog através do face, a Mi compartilhou um link seu e fiquei apaixonada pelo seu blog, parabéns!!! Tbm amo coisas fofas, costumo dizer que tenho “síndrome de Peter Pan”, pois tenho 36 anos e amo Mickey, Hello Kitty, enfim coisas fofas como vc ilustra muito bem em seus posts, nem por isso sou infantil, irresponsável ou sei lá qual adjetivo seja p/ quem curte coisas fofas e já passou dos 15, rs. Quanto a esse blog, infelizmente eu fui vítima no 1º post delas, não me senti agredida, pois sou bem segura, afinal já tenho 36 anos, mas pegaram pesado com minhas colegas, enfim, concordo com tudo que vc disse, acho algo tão mesquinho e feio atacar pessoas na internet, além de bullying isso é crime de injúria e até difamação!!! Espero que as pessoas vejam mais blogs como o seu que nos trazem coisas boas e alegres!!!Parabéns e continue assim linda, alegre e meiga. Bjs Drika http://www.fashiondrika.com

  275. Dandara says:

    Gente, sinceramente… é tudo inveja Mel!

  276. Silvia says:

    Mel, não sei nem como achei seu blog, e pra dizer a verdade isso não vem ao caso; eu quis responder seu post por outro motivo… também sofro esse mesmo tipo de preconceito. Como você ADORO coisas fofas, cheia de gliter, bichinhos e whatever. Adoraria escrever um diário/agenda como você faz, mas não tenho nem inspiração e nem pique (faço hoje, amanhã e pulo dois meses), e tenho DEZ anos a mais que você (sim, 34). Sou apaixonada por cor-de-rosa, lilás, Disney e AMO Crepúsculo – aliás perdi uma pessoa que considerava grande amiga por esse mesmo motivo. Tenho bichos de pelúcia no quarto, um poster razoavelmente grande de Crepúsculo, mas nem por isso sou infantil. O mesmo com você! Acredito que se nos tornamos ‘adultas’ como algumas pessoas querem que nos tornamos, perderemos nossa verdadeira identidade. Isso não pode acontecer NUNCA!!
    Continue essa pessoa maravilhosa que você é!
    Um beijo,
    -Sil
    :-)

  277. Duda says:

    Já comentei lá no Blogueira Shame que a ação deles foi ridícula, achei sua ATITUDE ótima, você é super matura e acho esse blogueira shame ridículo ! Você foi FORTE, e nem liga é inveja porque você é forte, tem MATURIDADE,CRIATIVA, pessoas que te amam e um blog que é um pedacinho do céu, e eles só fazem isso porque tem inveja de tudo o que tem e além de tudo você tem seus leitores e sua família te apoiando sempre que precisar ! Mel você é PERFEITA, eu te adoro todos te adoram,eu te ADORO ! Você tem Atitude e tem um blog perfeito que é tudo o que eles queriam ! Eu sei que ja disse e volto a dizer VOCÊ É PERFEITA !

  278. Leticia says:

    Eu tenho 23 anos e adoro o seu blog, ele é lindo. E eu quero saber onde que tem uma cartilha de valores morais dizendo que com tantos anos vc pode fazer isso ou aquilo. Então com 23 anos eu não posso usar um caderno colorido? É desanimador pra humanidade ver que as pessoas querem seguir um ritmo que nem sabem qual é. Continue com o blog, porque ele é maravilhoso. Beijos

  279. Karola says:

    Nossa Mel, sei lá pq hoje vi seu link em algum face nessa pagina…
    Não vou criticar a dona do blog mesmo pq talvez o blog dela seja um escape pra algo ai.. nunca se sabe..

    Eu tenho dislexia, e por essa razão sempre tive medo de ter um blog ou qualquer outra coisa, sou boa em desenhos, em cladistica, genética.. mas com letras… tenho sérios problemas, mas sempre amei poesia e nunca deixei que isso me atrapalhasse, já venci concurso de redação na escola, publiquei poesias, passei no mestrado e doutorado em faculdade bem conceituadas…..

    Se um dia eu for parar num blog assim, obvio que ficaria chateada, eu sei a dificuldade que enfrento e enfrentei pra me sair bem em coisas triviais.. embora eu tenha sido agraciada com outros dons como pintura, instrumental… mesmo amando a escrita, tive que me esforçar o triplo pra aprender ler e escrever… então é claro que isso chateia…

    Mas também, fiz amigos tão lindos mesmo na net… que hoje tenho amigas que fizeram Letras, me corrigem, tirarm duvidas… tudo numa boa… mas infelizmente existe sempre alguém que precisa tirar sarro dos erros alheios pra se sentir bem ou esconder algo reprimido…

    E sei lá, talvez ela nunca tenha tido uma agenda fofa :P

    Beijos Mel, desculpe o desabafo.. mas essas coisas me irrita :(

  280. Mara says:

    Ela adora criticar, mas não se mostra por quê?
    O blog é feito por uma anônima e praticamente só anônimos comentam lá. Todos sabem que aquilo não é bacana, por isso se escondem.
    Melina, tudo que eu queria te dizer já foi dito aqui, então, para não ficar repetitivo, apenas falo que adoro suas postagens e tenho até que me policiar para não esquecer do resto do mundo quando venho pra cá.. rs.
    Vc mandou muito bem na resposta, viu?
    Abraço!

  281. Duda says:

    Sei que já comentei aqui mais me deu vontade de comentar de novo !
    Eles têm inveja de você, eles não têm mais o que fazer e ficam fazendo isso porque querem chamar a atenção, porque se acham melhores que os outros mais o que eles não sabem é que uma pessoa excluída que já sofreu bullyng é muito melhor do que todos daquela equipe ridícula do shame on you, porque ela aguentou tudo e foi forte (que nem você!) e eles não aguentariam nem a metade disso ! E como você ali em cima : “Ter uma formação em Psicologia me ajudou a entender muitas coisas do comportamento humano, mas acreditem, você não precisa ficar 5 anos na faculdade estudando para saber que seus atos têm consequências. Isso é algo aprendi quando ainda era criança (obrigada, pai e mãe!) e levo sempre comigo. Outra coisa que aprendi ainda criança é que as pessoas são diferentes. Será que é preciso alguém nos ensinar didaticamente isso ou nós aprendemos quando percebemos que nossos amiguinhos não usavam as mesmas roupas que nós…” foi tudo o que eles tinham que saber, é porque eles acham que te ofendendo vão fazer ele serem melhores, e não é nada disso ! É o ao contrário, são eles que são infantis por fazer isso ! E eles podem fazer uma pessoa querer se matar, como você disse eles não sabem as pessoa tem condições psicológicas o suficiente para aguentar isso ! Sinceramente a ação deles foi estúpida, idiota e imatura ! Mel dou a você todo apoio que precisar e quando quiser, ok chuchu ?
    xoxo

  282. […] falei sobre troll/bullying, corpo perfeito e sobre o perigo de bullying virtual aqui no blog, mas a verdade é que falar sobre esses assuntos nunca é […]

  283. Lah says:

    Mel, sei que esse post é antigo e que nem é bom recordar lembranças ruins do passado, mas alguma coisa ficou martelando na minha cabeça depois que eu vi um comentário aqui no seu blog com o link desse post. Depois que eu vi os comentários me deu mais vontade ainda de comentar aqui e eu vou te dizer uma coisa, essas pessoas não tem mais o que fazer da própria vida e criticam os outros, ninguém ali paga suas contas e nem é da sua família ou qualquer outra coisa que merecesse a sua atenção! Eu tenho 13 anos e gosto de coisas fofas, e com toda a certeza isso não vai mudar quando eu tiver a sua idade (que eu não sei qual é mais chuto uns 22)
    Nenhuma daquelas pessoas pertencem a sua família ou qualquer outra coisa que merecesse a sua atenção! Eu acredito que quem faz esse tipo de comentário em um blog sujo e de conteúdo duvidoso seja completamente criança, sim criança que não tem mais o que fazer da vida do que simplismente “gongar” os outros!
    Vou finalizar meu comentário falando uma frase que minha bisavó sempre dizia e que eu concordo.
    Essas pessoas não querem lavar uma louça, mas falar mal dos outros todo mundo quer.
    Ps: Mel, desculpa o tamanho do comentário, mas eu fiquei totalmente revoltada!

  284. Lah says:

    psss: Mel, quando eu fui comentar não tinha prestado atenção na idade, desculpa!

  285. Google says:

    Google…

    The information and facts mentioned within the post are a few of the most effective obtainable…

  286. Sofia says:

    Oi, Melina. Sei que nunca comentei nada daqui mas já há algum tempo que sou tua fã e de Portugal, ehehe
    Conheci o teu flickr porque eu faço upload das tuas fotos no tumblr mas com créditos ao teu flickr, ok. As tuas fotos tem sempre muitos reblogs no tumblr, acho que tem muita gente que se identifica contigo.
    Apesar de este post ser antigo, quero dizer que te admiro muuuuito. Eu tenho 21 anos e identifico-me tanto contigo e apesar de gostares de coisas fofas e tudo mais, só mostra que tens sonhos e que acima de tudo tens um bom coração. Muitas vezes as pessoas querem fama e criam blogs idiotas como esse do shame on you pois é a única forma de chamar a atenção. Esse tipo de blogs são criados por pessoas com corações escuros e que só querem mal. Eles tentam rebaixar as pessoas brilhantes como tu. Sei que magoa, mas tu és superior, bonita, inteligente e muuuuito fofa. Gostava tanto de te conhecer T-T

    Bom, olha que eu tenho 21 anos mas todas as noites imagino-me em cenários imaginários, imagino como vai ser a minha casa quando for rica e tudo mais. Eu também tenho sonhos e por vezes são estúpidos mas… são os nossos sonhos, neh…. temos direito de sonhar.

    Beijos,

  287. Lidia says:

    A unica coisa que eu tenho pra falar desse texto: BLA BLA BLA.

    Uma coisa que vcs Bloguetes Pão com Ovo tem que entender é vcs muitas vezes são toscas, futeis, além de mascarar o jabá. Hoje qualquer uma acha que pode abrir um blog e formar opinião. A Shame mostra isso, o quanto muitas vezes as blogueiras são vazias e burras.

    Você devia ao invés de ficar chorando por um comentário devia tirar proveito disso e aprender alguma coisa.

    Nem tudo se resume a sapato e bolsa.

  288. Vic says:

    vergonha mesmo é criar um blog como esse que você citou, com o único próposito de ferir as pessoas


Deixe seu comentário