Everything Else

Feliz Aniversário, Buda!

27.06.2012

Segunda- feira, dia 29 de maio, foi anivérsário do gordinho mais simpático da península sul coreana – não, não, não, aqui não tem Papai Noel! –, o Buda!

Como prometi dar um share de culturas pra vocês – afinal, isso é parte do meu currículo na ‘facul’ – decidi começar com algo recente e sobre o qual vocês provavelmente nunca tinham ouvido falar. Bom, não posso simplesmente chegar aqui pra vocês e falar “Oi, taí um feriado todo bonitinho e colorido que não tem no Brasil e fim”. Primeiramente, devo explicar que  isso vai muuuuuuuuito além de um feriado conhecido por poucos. O calendário tradicionalmente usado aqui  é diferente do nosso. Okay, de uns tempos pra cá eles têm usando muito mais o calendário Gregoriano/Solar (vulgo “o nosso calendário”) devido a ‘globalização’; mas eles também usam o tradicional Calendário Lunar (baseado nas fases da Lua) pra aniversários (o que gera uma certa confusão porque tem gente que usa o Calendário Lunar, e outros, o Solar) e feriados.

Eu sei, eu sei, alguns de vocês devem estar se perguntando: “Socorro! Como posso falar com coreanos coreanos sobre datas?”

1. Sossegado. Eles veem que você é estrangeiro, então vão  usar o “nosso calendário”.

2. Pela religião. Coreanos são ou Cristãos, ou Budistas. Aí aplica-se a teoria do óbvio, e voilà!

Entenderam, certo? (digam que sim-pirilim please!)

Oh yeah! Agora falaremos, então, dos feriados.

Aqui na Coreia existem, bem… vamos dizer, três – sim, TRÊS – feriados ao longo do ano (que servem para matar qualquer um de horror quando caem em fim-de-semana ou no meio dela – lembre-se, coreanos não fazem a tal da “emendinha”: caiu na quinta, risos, colega, vai ter aula na sexta!), que são:

– 설날 (Seollal): Ano novo do Calendário Lunar. Celebração em familia, com direito  a muitos jogos tradicionais e pessoas vestidas em Hanbok (roupa traditional coreana).

– 추석 (Chuseok): É o “Dia de Ação de Graças”  Coreano. Um feriado que dura 3 dias (uhul!), celebrado no 15º dia do oitavo mês do calendário lunar. Conhecido como “festival da colheita de outono”, é quando Seoul vira uma cidade fantasma – os coreanos voltam para a suas devidas cidadezinhas natais e se empanturrar de coisinhas gostosas junto com a família.

– 석가탄신일(Seokgatansinil) ou 부처님오신 날 (Bucheonnim Osinnal): O aniversário do Buda Guatama, 8º dia do quarto mês lunar. Festivais e lanternas coloridas por todos os lugares, com direito a desfiles e templos cheios.

Então, o que eu fiz no aniversário do fofinho? Ah, eu estudei, porque as provas finais estão chegando (do-ro-ga!). Perdi a parte mais legal, que era o desfile de lanternas, e todas as coisas gratuitas que envolviam comida, brincar com instrumentos tradicionais e fazer lanternas de papel em forma de Flor-de-Lótus. Eu sei, eu sei: como pude fazer isso com vocês? Como? Mas calminha aí, eu fugi da biblioteca por duas horinhas depois do almoço, peguei o ônibus e corri pro templo mais próximo de casa (que, por sorte, é um dos principais da cidade, o famoso 조계사 – Jogyesa), só pra tirar fotos pra vocês!

(Isso foi tão random da minha parte que choveu do nada! Minha sorte é que foi na hora de ir embora! :P )

Lanternas cercando a árvore Baeksong  (conhecida também como ‘árvore gafanhoto’) em frente ao Daeungjeon, o edifício principal do templo. Esta árvore tem cerca de 500 anos de idade e aproximadamente 26 metros de altura. No verão, oferece uma bela de sombra para melhorar o humor do templo. A árvore Baeksong é designada como Monumento Natural do País.

O símbolo das lanternas: de acordo com as crenças budistas, a iluminação de uma lanterna simboliza uma forma de devoção para realizar boas ações, além de trazer luz para as partes escuras do mundo que estão cheias de agonia. A prática de iluminação de lanternas foi desenvolvida ao longo das dinastias Goryeo e Joseon .

Uma senhora vestida com seu Hanbok (roupa tradicional coreana) caminha em frente ao Daeungjeon.

Entrada do templo. Mais gente do que lanterna?

Uma mulher reza em frente a um dos Budas do templo (sim, existem vários Budas). Ele está cercado de lanternas brancas com desenhos de corações e, na frente dele, as pessoas colocam oferendas (pacotes de arroz)

Oh, hora de voltar pros livros e traduções! Desejem-me sorte! :(

다음에 봅시다! Até breve!

xoxo;

G. Clara

Por

Equipe Serendipity

  1. Niih; says:

    Que evento mais lindo, Clara! Obrigada por ter dado uma pausa nos seus estudos pra tirar essas fotos lindas, pra termos uma ideia de como é. Boa sorte na prova :3

  2. Nine Copetti says:

    Nossa, esse post ficou incrível, eu curto muito essas curiosidades sobre a cultura de outros países!

    Toda essa celebração, essa cor, essa energia… Só fiquei querendo saber uma coisinha… Eles levam a sério mesmo esses feriados especiais ou já está como aqui no Brasil: só mais um motivo para folgar no trabalho, viajar ou se entocar em casa?

    Beijinhos, já virei sua fã!!!

  3. Alessandra says:

    안녕하세요? :)

    Adorei o post, Gi! A festa é realmente linda! ♥
    Gostei muito do fato de você ter explicado direitinho sobre o feriado! A cultura sul-coreana é linda e, além disso, acho que todos os leitores, assim como eu, vão adorar conhecê-la melhor~ ^___^

    Boa sorte com as provas finais e beijinhos! :*

  4. Luíza says:

    Que interessante! A gente ve tanta coisa diferente pelo mundo que até se sente menor… sensação estranha :P

  5. karol says:

    Adorei seu post ^^. Gosto de conhecer feriados que não existem por aqui, é tanto que ano passado comecei a tradição de comemorar um feriado que não existe no Brasil por ano (ainda não fiz isso esse ano).
    Achei essas lanternas lindas! Deu até vontade de fazer uma (será q eu consigo??).
    beijos

  6. Nick says:

    Os lugares,a cultura e os costumes são muito interessantes!
    Obrigada por compartilhar essas informações conosco!
    Adorei as fotografias *-*

    Flights and Dreams

  7. Estéfany says:

    Coreanos Cristãos? Estranho porque, a Coréia do Norte é o 1º país na lista dos países que mais perseguem os cristãos, aí os cristãos são presos, torturados e mortos. Os cristãos que sobrevivem as torturas são enviados a campos de concentração. Leia sobre isso aqui: http://www.portasabertas.org.br/cristaosperseguidos/perfil/coreiadonorte/

  8. maay says:

    Como a gente é pequeno né? Ás vezes nem nos damos conta que existem culturas e pessoas tão diferente de nós! Por isso adorei conhecer um pouquinho da cultura coreana!

    Beijo beijo ;*

  9. Fran says:

    Confesso que tenho aprendido a gostar da cultura coreana por sua causa :)

    Lindo post!

  10. Nossa, que cultura diferente. Me pergunto: como é que converteram alguns coreanos para o cristianismo? o-o

  11. Renata says:

    Olá, querida, eu entro sempre no seu blog, mas comento pouco. Hoje vim comentar porque vi uma foto sua num outro blog: http://shiuuuu.blogspot.pt/2012/06/segredo2717.html Apesar de adorar esse blog (conheça a proposta, reune segredos de portugueses, sobretudo de jovens, aqui de Portugal), acho que vc deveria ter os créditos da foto.
    Beijos

  12. Adoramos o seu post,ficou maravilhoso.
    Desejamos a vc uma ótima quinta.
    Super beijos da Glorinha.
    Estamos com a campanha Google +1 e contamos com a sua participação.
    http://sbrincos.blogspot.com.br

  13. Julianna says:

    Estéfany, acredito que isso não se aplica no caso da Clara, ela falou que mora na Coréia do Sul (:
    Lindo post Clara, adoraria visitar vários países orientais e, com certeza, a Coréia acabou de entrar na lista ^^

  14. Thaís says:

    Amei, amei, amei!
    Ótimo post e imagens!
    Aguardarei ansiosa os próximos :)
    beijo Clara
    beijo Mel
    =)

  15. Angela Donava says:

    J’aime beaucoup les photos! Super!

    Angela Donava
    http://www.lookbooks.fr

  16. Ma says:

    Nossa, que tudo muito lindo!
    Sempre tive bastante interesse pela cultura oriental, mas acabei me focando mais no Japão, sem me atentar muito para a(s) Coreia(s). Achei muito legal esse post, deu um “choque” de cultura aqui :P
    As lanternas são lindas e todo esse colorido é maravilhoso!
    Vou esperar ansiosa pelos próximos posts!
    E boa sorte nas provas finais! :)
    :*

  17. Adoro seu blog, uma lindeza só!
    meninas visitem o meu e deem uma ajudinha!

    http://solastmonday.blogspot.com.br/

    beijinhos =)

  18. melissa says:

    Que lugar mais lindo, meu Deus!

    É tão bonito ver lugares que valorizam e preservam sua cultura.

  19. Camila Gerarde says:

    Nossa, que festa linda e colorida *-*, uma cultura super diferente, e eu amo conhecer essas diferenças.

    Amei as lanternas, quero uma ♥

    Beijos

  20. Mariana says:

    Muito legal o post. Adoro a Coreia e é sempre bom saber um pouquinho mais sobre ela.
    Escreve mais pra gente, Gi.

  21. Maynara says:

    Eu adorei o post, cada detalhe, fotos, tudo e é tão bom ter uma ideia do mundão a fora. ♥

  22. Gizelle says:

    Buda nasceu no dia do meu aniversário!!! xD Que delicia ler seis post clara… adoro conhecer um pouco mais da coreia!

  23. Mônica says:

    Gostei muito do post, dá uma vontade de visitar (: , um dia quem sabe né?
    E incrível imaginar um país com 3 feriados ao longo do ano D: haha, super mal acostumada com o Brasil.

    ;*

  24. Mônica says:

    Nossa, muito amor esses cartões postais *-*
    Ficaria mega feliz com um surpresinha dessas (:

  25. Mônica says:

    Ops, ia comentar no outro post “Mr. Postman”, e como essa página tava aberta … vim parar aqui de novo … ignore o último comentário ^^”


Deixe seu comentário