15. Ago. 2012

A música que mudou minha vida

Arquivado em: Livros são amor

Alguns de vocês já sabiam que estava lendo “A música que mudou minha vida” porque coloquei algumas fotos lá no instagram nas últimas semanas :)

Bom, como falei aqui, nunca tinha ouvido falar desse livro até encontrá-lo no balcão de promoção por R$9,90 (o mundo precisa de mais livros legais por esse preço!). Quando fui viajar pra Disney coloquei ele na minha mochila achando que teria tempo de ler por lá, mas me enganei. Só consegui ler o primeiro capítulo e olhe lá! Estava tão empolgada e ansiosa com a viagem que não consegui me concentrar na leitura e lá não tive tempo nem de pensar em pegar o livro. Quando voltei, coloquei em dia algumas coisas da vida e consegui me dedicar a sua leitura :D

Antes de falar sobre a história vou falar sobre os aspectos físicos dele. Assim com o “Pode beijar a noiva“, os capítulos são curtos (o que me fez adiar meu sono por algumas horas nas últimas noites acreditando que leria “só mais um capítulo”), as páginas são amareladas, a margem, o espaçamento e a fonte são ótimos. Um livro gostoso de ler não só pela história!

Quem conta a história no livro é a Audrey, uma adolescente de 16 anos que teve uma mudança radical na sua vida depois que terminou com o seu namorado, Evan, vocalista de uma “banda de colégio” chamada Do-Gooders. No mesmo dia em que romperam, Audrey prometeu que iria ao show dos Do-Gooders pra dar uma força junto com sua melhor amiga Victoria e seu namorado Jonah. Ela já estava se preparando para o repertório de sempre quando de repente escutou Evan dizendo: “Minha namorada Audrey terminou comigo hoje e…é, ela terminou comigo logo antes da maior noite da minha vida…e eu sempre disse que ia escrever uma musica sobre ela e, bem, espero que não seja tarde demais. Essa música se chama ‘Audrey, espere!’“. A partir desse momento a vida dela virou alvo de revistas de fofoca, fotógrafos, jornais etc. ela se tornou uma celebridade e durante todo o livro ela conta como sua vida mudou por causa dessa música.

Uma coisa que me incomodou um pouco é que eu achei meio exagerada a quantidade de fotógrafos, as matérias que eram feitas sobre ela e essas coisas. Não sei, achei meio forçado, mas talvez seja porque eu nunca vivi uma experiência parecida. Talvez seja assim mesmo com celebridades, mas sei lá, me cansei um pouco. Tirando isso, achei a história bem legal e mal podia esperar para saber qual era a música que abriria o próximo capítulo e o que ela iria contar. Achei a história envolvente, pois algumas vezes conseguia sentir o que a Audrey sentia, outras o que a Victoria, James (colega de trabalho de Audrey)… sentiam. Interessante isso de sentir vários personagens :)

Ah, como falei ali em cima, cada capítulo começa com um trecho de música que está relacionado com o que ela narra e achei isso genial!

Ah, lembrei de mais duas coisinhas que queria compartilhar com vocês aqui no blog: 1. a letra da música “Audrey, espere!” ficou muito tosca em português e eu fiquei pensando que teria sido mais legal se eles tivessem deixado em inglês e colocado a tradução no rodapé (como fizeram com os títulos de cada capítulo) e 2. como o livro é narrado por uma adolescente, aparecem alguns palavrões! Eu não curto muito quando os livros têm palavrões (eu sei que faz parte da característica do personagem), mas como disse no facebook, eu acho feio pessoas “reais” falando palavrão então também não gosto de pessoas “fictícias” falando. Sou chata, admito :P

Alguém aí já leu? Se quiser compartilhar as impressões nos comentários fique a vontade, mas cuidado com os spoillers ;)

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

49 comentários . Comentar via blog

  1. Khézia
    agosto 15, 2012

    Mel, quando vou ao shopping sempre vou na loja Leitura ver alguns livros. Da última vez que fiz, peguei todos os livros que mais me chamou atençāo e fui anotando no meu celular. E quando peguei esse livro… Nossa! Me apaixonei. Pena que não pude levar, pois estava sem dinheiro no momento. Mas que ele é perfeito ele é. Amei sua resenha!

    Responder
  2. Giovanna Bin
    agosto 15, 2012

    Ai fiquei com vontade de ler.
    Me lembrou de quando Anna Julia foi lançada, lembra? Houve todo um assédio em cima da banda pra saber quem era a Anna Julia da música, procuraram ela pra fazer matérias…
    Acho que foi mais ou menos assim que aconteceu no livro.

    Responder
    1. Melina
      agosto 15, 2012

      Nossa, nem me lembrei de Anna Julia quando li o livro. É verdade o.O

      Responder
      1. Betty
        agosto 15, 2012

        Mel, leia as orelhas do livro. Tem um textinho escrito pela Ana Júlia. Amo esse livro!

        Responder
        1. Melina
          agosto 15, 2012

          Vou ler ;)
          Obrigada pela dica, chuchu!

          Responder
  3. Amanda Danielle
    agosto 15, 2012

    Me deu muita vontade de ler esse livro Mel! ^^
    Leio tuuudo, aí quando eu quero relaxar mais a mente, sempre curto ler livros juvenis assim! ^^
    Compro váaarios!
    Ótima dica, adorei mesmo! ♥
    Um beijão =***

    Responder
  4. wagner
    agosto 15, 2012

    obrigado por falar desse livro irei comprar !!!! quero ler

    Responder
  5. Sara
    agosto 15, 2012

    Não curto muito esse gênero adolescente, mas quando mistura com música eu até gosto, o último que li foi “Lonely Hearts Club” acho que você já deve ter lido, é basicamente sobre os Beatles.

    Responder
    1. Melina
      agosto 15, 2012

      Eu ainda não li e ele está na minha wishlist há tempos :/
      Quero muito e esse seu comentário me lembrou disso! :P

      Responder
  6. Julia
    agosto 15, 2012

    Tô escrevendo um livro com início de capitulo assim, com trechos de música =( mas o livro em si não tem nada a ver com esse… Muito interessante, amei!

    Responder
    1. Melina
      agosto 15, 2012

      Quero ler o seu livro quando ele for lançado, heim? :)

      Responder
  7. Thalita
    agosto 15, 2012

    Adorei o livro *-*, fiquei morrendo de vontade de ler, pena que na Livrarias Curitiba ele está em falta, mais já pedi para me avisar quando chegar ! Eu queria saber como é que faz esses coraçãozinhos na foto ? achei muito lindo ! Beijos ;)

    Responder
    1. Melina
      agosto 15, 2012

      Esses da foto do instagram eu fiz usando o aplicativo Lumiè, mas aqui no blog eu ensinei a fazer esse efeito com a própria câmera: http://melinasouza.com/2012/02/16/d-i-y-heart-bokeh/ :)

      Responder
  8. agosto 15, 2012

    Já vi esse livro algumas vezes e sempre achei a capa fofinha mas nunca tive tanto interesse em ler. Mas acabei ficando com vontade depois de ver a resenha. Parece bem legal. Fora o preço bom, né? Realmente o mundo precisa de mais livros com preços bons como esse. Hoje fui na Bienal do livro que acontece em São Paulo e vi muitos livros baratos e muitas promoções (podia ser assim sempre), aproveitei para trazer alguns pra casa e diminuir minha lista e já coloquei esse nela. :P

    Responder
  9. agosto 15, 2012

    As fotos estão divinas e eu amei a resenha,vou procurar ler *-*

    Responder
  10. Thalita
    agosto 15, 2012

    Assim, obrigada ! (:

    Responder
  11. Michele Rodrigues
    agosto 15, 2012

    Parece ser legalvou procurar pra ler! Lembra um pouquinho o livro “Lonely hearts club”. Quem é o autor??

    Responder
    1. Melina
      agosto 15, 2012

      Robin Benway :)

      Responder
  12. iris
    agosto 15, 2012

    awwwn que linda a historia do livro Mel, estou muito ansiosa para ler-lo. já está na minha wishlist hahaha! vou ver se acho por aqui o/

    Responder
  13. agosto 15, 2012

    Nooossa quanta diferença de preços! fui em um feira aqui na minha cidade e encontrei esse livro por 39,90..por ter um titulo um pouco juvenil (e o preço absurdo), não me interessei muito.. mas depois dos seus comentários deu uma vontadinha enorme de ler.. >.<
    procurarei em alguma livraria com um precinho bacaninha! :*

    Responder
  14. Denise Beliato
    agosto 15, 2012

    Eu ainda não li, mas vou ler em breve.
    Concordo com vc, não gosto de pessoas falando palavrãos, acho feio.
    MAs me interessei pelo livro, vou ler em breve.

    Responder
  15. agosto 15, 2012

    Oi Mel, esse livro é bem legal mesmo, eu o encontrei uma vez quando estava vendo um site de livros para download e acabei lendo em PDF. Ainda não tive a sorte de encontrar em alguma livraria para poder comprar. O James é um fofo.

    Beijo!

    Responder
    1. Jessica
      fevereiro 9, 2013

      Fer, tem como você me falar onde baixou o livro? D:

      Responder
  16. Tati
    agosto 15, 2012

    Livro que cita Smiths me ganha sem enforço!! Uma das minhas bandas prediletas!!!
    Vou procurá-lo para ler.

    Responder
  17. agosto 16, 2012

    Bom eu ainda não li o livro, fiquei curiosa para saber a letra admito, mas uma coisa concordo plenamente com você.. Palavrão em livros acho que tira um pouco o contexto da literatura, poderia ser substituído por coisas que demonstra-se a irritação do personagem. Então esse é um contra q eu MEGA concordo, todavia tentarei ler :)

    Responder
  18. agosto 16, 2012

    Mel, que legal! Ai ai, amor ler (:

    Olha, foto pra você:

    http://picforyousz.tumblr.com/

    Beijos e obrigada!

    Responder
    1. Melina
      agosto 16, 2012

      Amei *-*
      Que envelope mais fofo :)
      :*

      Responder
      1. agosto 16, 2012

        Daqui uns dias chega na sua casa (:

        Responder
        1. Melina
          agosto 16, 2012

          *-*

          Responder
  19. agosto 16, 2012

    Adorei a resenha, pin,falou em música é comigo mesmo hahahahaha e o que é ainda melhor: você tem o livro e eu vou poder ler logo que sobrar um tempinho! :)

    Quanto aos palavrões no texto, concordo com você, mesmo quando estão dentro do contexto ou tem como objetivo evidenciar um traço forte da personalidade do personagem muitas vezes são colocados exageradamente e, realmente, acho desnecessário e me desanima um pouco…foi o que aconteceu quando eu estava lendo Comer Rezar Amar, desisti de ler antes do final e olha que eu adorei o filme.

    Também acho que a música deveria só ser traduzida no rodapé…imagina se começassem a traduzir também os nomes dos personagens hahahahaha

    Beijinhos no coração e parabéns pelo post….adorei também as fotos!

    Responder
  20. agosto 16, 2012

    o que acho mais interessante, e mais perfeito aqui, é que você, mel, responde cada um dos comentários, e é sempre fofa com todos. parabens linda, ><

    - http://eighteensoon.blogspot.com.br/

    Responder
    1. Melina
      agosto 16, 2012

      Obrigada, chuchu :)
      Eu tento, mas nem sempre consigo responder todos :x
      :*

      Responder
  21. agosto 16, 2012

    Ai que jóiaa!
    Quero ler, será que nas livrarias catarinense tem?

    Beijão Melina!
    http://byautriches.blogspot.com.br/

    Responder
    1. Melina
      agosto 16, 2012

      Acho que tem, chuchu! A Catarinense é do mesmo “tipo” que a Curitiba, né? :)

      Responder
  22. Ane
    agosto 16, 2012

    Melina,

    Achei que fosse só eu que achasse feio palavrões em livros. Que alívio! Li recentemente o livro Melancia e achei ele ótimo, exceto por esse pequeno incomodo que tive. ela fala palavrão demais, não tem necessidade. A gente entenderia a força de expressão se fossem colocadas em outras palavras não é mesmo?
    Éntão é isso. Excelente post e muito obrigada você também por nos orientar nas leituras.

    Bençãos para você.

    Bjs!

    Responder
  23. agosto 16, 2012

    Oi Mel ,
    Também já li esse livro e amei , gostei da sua resenha , e também curti os trechos de musicas no inicio dos capítulos :]

    Responder
  24. Tah
    agosto 17, 2012

    Mel, vc já ouviu falar sobre John Green ?é um autor americano,e tá começando a chegar aqui no Brasil, enfim, seus livros são ótimos,daqueles que a gente lê e depois fica pensando um tempão,digerindo o que acabou de ler,tanto sentimento…o mais recente, e mais fácil de ser encontrado(a intrínseca tá investindo mto nele,para nossa alegria) é “A culpa é das estrelas”, e tem um outro em português chamado “Quem é você Alaska” .Pesquisa um pouco sobre ele,o cara é ótimo, acho que vc talvez goste ^^.

    Responder
    1. Melina
      agosto 17, 2012

      Vou passar na livraria hoje e vou procurar :) Obrigada, chuchu ;)

      Responder
  25. agosto 18, 2012

    Super me interessei pelo livro, fui atrás dele por aqui e infelizmente adoraria que o preço estivesse igual ao que você disse. >_<" Vou procurar melhor por aqui, parece legal. ♥

    Responder
  26. agosto 21, 2012

    Parece ser bem interessante! Vou ler.

    Responder
  27. Lúcia
    agosto 22, 2012

    Nossa, me interessei muito, agora também quero *-*

    (semana retrazada fui na Bienal do livro, aqui em SP, surtei, queria todos.. mas fiquei bem feliz com as minhas comprar que foram presente da madrinha. Ao todo, comprei 8 livros pra mim *-*)

    Responder
  28. agosto 23, 2012

    Eu tenho esse livro e acho muito fofo! Não é uma daquelas história para pensar, confesso, mas mesmo assim se estiver procurando um livro para passar o tempo e se divertir tenho certeza que vai gostar!

    Beijos
    garotasemasas.blogspot.com

    Responder
  29. agosto 28, 2012

    Mel, comprei esse livro na promoção da Livrarias Curitiba, quase na mesma época que você =)

    E também fiquei um pouco incomodada com a quantidade de palavrões e tal, acho que sou meio parecida com você nesse aspecto =p

    Responder
  30. outubro 13, 2012

    Mel,toda vez que você tira foto das páginas de livro, eu morro de curiosidade para ler!!!Já adicionei á minha lista de desejos!!!!

    Responder
  31. Lara Victória
    dezembro 18, 2012

    Onde vc comprou ele?

    Responder
    1. Melina
      dezembro 20, 2012

      O que?

      Responder

Deixe um comentário