Inspiration

você já é doador de medula óssea?

16.10.2012

Escolhi essa foto porque para abrir o post por dois motivos: 1. acredito que ser doador de medula é um gesto de amor muito lindo (é um gesto que nos dá esperança de um mundo melhor) e 2. se você se cadastrar no banco de doadores você pode salvar a vida de alguém que mora perto ou do outro lado do mundo :)

Acabei de assistir esse vídeo lindo e emocionante elaborado pelos pacientes do setor de hematologia e transplante de medúla óssea do Hospital Nossa Senhora das Graças aqui de Curitiba. Espero que muitas pessoas assistam, divulguem e se cadastrem no banco de doadores:

O vídeo acima foi inspirado no vídeo Stronger – Seattle Children Hospital (lindo e emocionante):

Peguei algumas informações no site do Hospital Nossa Senhora das Graças:

* Para ser doador você precisa ter entre 18 e 55 anos e estar em bom estado de saúde;

* É preciso ter mais de 50kg;

* Se cadastrar não dóis mais do que uma picada de agulha (é retirado 5ml de sangue) ;)

* Pesquise em sua cidade onde você pode se cadastrar como doador.

(clique aqui para ler mais informações)

❤❤❤

Se você mora em Curitiba, pode ir em um desses lugares:

* Biobanco do Hospital de Clínicas/UFPR:

Quando: de segunda a sexta, das 7h30 às 18 h; e aos sábados, das 7h30 às 12h30.

Endereço: Av. Agostinho Leão Junior, 108, Alto da Glória.

Informações: (41) 3360-1875.

* Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná:

Quando: de segunda a sexta, das 8 às 17 h.

Endereço: Travessa João Prosdócimo, 145, Alto da XV.

Informações: 0800-645-4555.

* Hemobanco:

Quando: de segunda a sexta, 8h às 18h.

Endereço: Rua Capitão Souza Franco, 290, Batel.

Informações: (41) 3023-5545.

* Hospital Erasto Gaertner:

Quando: de segunda a sexta, das 9 às 17h30.

Onde: Rua Dr.Ovande do Amaral, 201, Jardim das Américas.

Informações: (41) 3361-5038.

* Santa Casa de Curitiba:

Quando: de segunda a sexta, das 8 às 12 h, e das 14 às 18 h; e aos sábados, das 8 às 12 h.

Endereço: Praça Rui Barbosa, 694, Centro.

Informações: (41) 3322-2387.

❤❤❤

Se você mora em São Paulo: clique aqui!

Se você mora no Rio de Janeiro: clique aqui!

Outros lugares: clique aqui!

A Marjorie criou um blog cheio de informações sobre o assunto: clique aqui!

❤❤❤

Lembram do Johann que eu falei aqui no blog há um tempo (nesse post)? No mês passado ele conseguiu um doador compatível e essa semana voltou para casa :) Desde o ano passado tenho acompanhado a luta e a alegria da Marjorie (namorada dele) a cada conquista. Fiquei muito feliz com a notícia de que ele recebeu alta. Torço para que um dia eu possa ajudar alguém como o Johann e trazer a esperança pra uma família!

Eu já sou doadora, e vocês? Ajudem a divulgar, pessoal!

xoxo

Por

Melina

  1. Nana says:

    Eu sou doadora desde a minha época de faculdade. Acho que me cadastrei quando tinha uns 18, 19 anos. Não lembro exatamente. Foi numa campanha da própria Universidade. Amei o post!

  2. Tatah says:

    Fiz meu cadastro há 4 anos atrás; pouco depois de completar 18 anos, e nunca tinha tirado sangue, e foi muiiito tranquilo,nem senti nada,é bem pouquinho de sangue que tiram, suficiente para identificar suas características e quem sabe um dia vc pode ajudar alguém; nesses 4 anos não fui chamada, nem eu, nem ninguém que foi comigo fazer o cadastro (meus pais,tios e amigos), mas tenho certeza que vale muito a pena se cadastrar !

  3. Lohany Lepinski says:

    Amei de paixão o vídeo. Tenho só 14 anos então não posso ajudar ainda. Mas assim que eu completar 18 farei o possível para que eu seja doadora. Parabéns por fazer parte desse movimento lindo Mel. Tu é um anjo em forma de pessoa, com certeza há de ajudar alguém a sair dessa! <3

    http://11-dezembro.blogspot.com.br/

  4. Beatriz R. says:

    uma iniciativa linda,mel. apesar do meu medo de agulhas,vou ser doadora de medula,assim que fizer 18. nao sou doadora de sangue ainda por causa desse medo mesmo (quase desmaiei quando fui tomar vacina KK’)

    e felicidades pra marjorie e pro johann,depois de uma luta dessas,eles merecem (:

  5. Danielle says:

    Eu sou Mel.
    Na empresa onde eu trabalho, o filho de um funcionario precisava do transplante e ele levou a Ong para fazer o cadastro dos doares la mesmo.
    Eu me cadastrei.

    Sabe o que foi mais duro ouvir do pessoal da Ong?
    Que quando uma pessoa se cadastra, por exemplo, pra ver se é compativel com Fulano, e nao é, o nome dele fica no Banco de Dados. Aí, se descobrem que a pessoa é compativel com OUTRO paciente, ligam avisando e tem gente que responde “Ah nao, so ia doar se fosse o Fulano!”. TEM CABIMENTO?

    Fiquei triste quando ouvi isso :(

    Otimo sua iniciativa, Mel!

  6. Denise Beliato says:

    Oi Mel. Na minha cidade há uns 4 meses atrás estava tendo uma campanha do hospital do Cancer e eu me cadastrei agora estou na espera para saber de sou doadora :)

  7. Samandra says:

    Assisti os dois videos, e não tem como não chorar mesmo… Ótima iniciativa Mel!

  8. Thaiana says:

    Sou doadora a 1 ano +/- e me dá uma doooor tão grande de ‘infelizmente’ não poder ajudar a todos esses anjinhos…

  9. Fabi says:

    Bem interessante. Os responsáveis pela mídia da minha igreja estão montando um projeto que visa exatamente a doação de sangue e medula. Assim que o projeto ficar pronto, eu posso lhe mostrar!

  10. Marjorie says:

    Graças a Deus o Iô já está em casa — E MUITO feliz, Mel! Não teríamos conseguido isso se não fosse pela solidariedade das pessoas, que nos ajudaram a todo instante.Recebemos doações de sangue e de plaqueta, além da nossa tão esperada doação de medula óssea, que veio lá do outro lado do mundo. A cada instante sinto a necessidade de ajudar mais pessoas que, assim como ele, enfrentam essa doença terrível e buscam pela cura. O tratamento do Iô durou bem mais de um ano e passamos por intercorrências terríveis (como um abscesso cerebral, que teve de ser retirado em uma cirurgia que comprometeu todo o lado direito do corpo dele), mas agora recebemos a chance de uma vida nova. Uma doadora que não conhecemos o rosto — só o coração — salvou a nossa vida. Ainda não sei o que fazer para ajudar, mas quero MUITO arrumar um jeito de estimular ainda mais pessoas a se cadastrarem como doadoras.

    O vídeo é MUITO bonito e achei adorável da sua parte postar ele. Infelizmente perdemos alguns amigos durante essa luta contra o câncer e seria terrível perder mais alguém por falta de doadores.

    Sou uma orgulhosa doadora de medula óssea e farei de tudo, pelo resto da minha vida, para que mais pessoas sejam salvas e tenham essa chance de recomeço :)

    Aqui nesse blog, que criei no começo do tratamento do Iô, postei muitas informações importantes sobre o processo de cadastro e de doação de medula. Talvez ajude alguém! http://philadelphiapositive.blogspot.com.br/

    Esperamos pela sua visita em Janeiro, viu, Mel? :)

    Parabéns pelo post! Beijos!

    Ps: Aqui está uma foto do Johann, todo marotão, EM CASA! <3 http://www.facebook.com/photo.php?fbid=3634024821659&set=a.1339568941696.2042007.1605335101&type=1&theater

    • Melina says:

      Coloquei o link do seu blog no post e amei a foto do Johann maroto hahaha muito bom :)
      Em janeiro estarei aí, heim? Vai ser lindo! :D
      Agora vamos continuar lutando para que todos tenham uma chance como o Johann teve <3
      Ah, eu aposto que só pelo fato de saber que ele está bem, a doadora que salvou a vida de vocês já se sente grata! ;)

      :*

      • Marjorie says:

        Apesar d’ele ter de ir uma vez ao dia ao hospital, ele não consegue se conter de alegria! :) Além de ficar muito contente por saber que o amor da minha vida está melhorando, fico mais feliz ainda em saber que mais pessoas terão a chance de receber o transplante.

        Daqui a dois anos existe a chance de que a doadora disponibilize os dados dela. Por enquanto só sabemos que é uma senhora de quarenta e cinco anos norte americana. Se ela disponibilizar os dados, faremos questão de agradecer :)

        Contarei os dias para Janeiro! Se você precisar de ajuda para responder dúvidas sobre todo o procedimento de cadastro e doação de medula óssea é só me avisar, Mel!

        Beijos!

  11. Aline says:

    Oi, Mel! Chorei tanto com os vídeos, que coisa linda! Eu queria saber se precisa ter algum peso mínimo para doar sangue? Eu peso menos de 50kg (tenho 1,50m) o que me impossibilita ser doadora de sangue, será que pesar mais de 50kg também é pré-requisito para doar medula?

  12. Cynthia says:

    Mel! Não estarei sendo exagerada se eu disser que vi o vídeo com lagrimas nos olhos. Me emociono muito quando vejo pessoas enfrentando problemas tão grandes com um sorriso no rosto!

    Vou divulgar muito muito! Peço licença inclusive para postar sobre no meu blog ^^

    Bjos

    http://blogembonita.com.br

  13. Alessandra says:

    Que post lindo! *-* Realmente é um gesto de AMOR pelo próximo, algo que TODOS deveriam fazer… Muito bom ver post assim por aqui, Mel!

    ;**

  14. Zilah says:

    Que legal você divulgar isso, Mel! Essa semana mesmo estava pensando no assunto depois que ouvi uma reportagem, acho que foi no Jornal Hoje!

    Assim que eu tiver um tempinho vou me cadastrar e vou ajudar a divulgar também!

    Beijos!

  15. Mariana says:

    Queria tanto doar, Mel. Mas aqui precisa ter mais que 50 kg, e eu tenho menos. Aqui acima de 16 anos acompanhado dos pais já pode doar.
    Acho isso tão bonito!

  16. vanessa says:

    Já sou doadora,mas por enquanto não houve ninguém compativel,pra queeu pudesse ajudar.
    Mel vc sabe se o blog doce novembro foi tranferido ou foi fechado?

  17. Elis says:

    É muito mais que fazer uma pessoa feliz, é devolver a ela a possibilidade de vida!
    Parabéns Melina pela divulgação.
    Vou ajudar na sua divulgação.

  18. marilia says:

    eu sou doadora. Quem for na feirinha do lago da ordem pode fazer o cadastro lá, quase todo domingo tem uma barraquinha lá

    :)

  19. tatiane says:

    Mel, que gesto lindo em informa a todos aqui no blog, eu fico mais feliz a cada dia por te conhecido vc(mesmo que nao seja pessoalmente e tal rs)compartilhar, momentos e historias com vc aqui no blog, Deus te deu um coração tão maravilhoso
    Que eu fico muito feliz em poder falar bem de vc,sempre um exemplo de vida..
    Mil beijos Mel

  20. Alana says:

    Me emocionei com os vídeos. Lindemais!
    Em relação ao peso, é como na doação de sangue? Precisa ter acima de 50 kg?? Não posso doar sangue, não sei se posso ser doadora de médula. Espero que você tbm consiga ajudar alguém <3

  21. Lembro do dia que nos cadastramos lá na feirinha do Largo da Ordem, a Camila Lisboa estava conosco e fez o cadastro junto! Já faz alguns anos mas lembro com detalhes de tudo, desde a decisão de doar até a felicidade que sentimos diante da possibilidade de sermos útil um dia. :)

    Adorei o post e chorei vendo os vídeos….bem legal você divulgar aqui..tomara que muitas pessoas façam o mesmo.

    A história da Marjorie e do Johann é um lindo exemplo não só de amor e de companherismo como da importância da Doação de Medula Óssea…ver a felicidade deles e a atitude guerreira desse casalzinho lindo emociona e inspira! ❤

    Beijinhos no coração

  22. vanessa says:

    http://www1.inca.gov.br/ conteudo_view.asp?ID=2639
    esse é o link pra ver endereços de locais pra se cadastrar e também atualizar o seu cadastro caso tenha mudado endereço ou algum telefone.

  23. Nega Maluca says:

    Vi esse vídeo no YT e lembrei-me de vocÊ:

    http://www.youtube.com/watch?v=1yPfmRoSfpA&feature=g-all-lik

    Beijos da Nega ^^

    PS: Infelizmente não posso doar. Mas se pudesse, não hesitaria e levaria um tantão de gente comigo.

  24. Beatriz says:

    Eu vi você compartilhando o post da namorada do Johann no facebook e compartilhei também, no mesmo dia. E hoje eu fiquei feliz de saber que deu tudo certo e que ele recebeu alta.
    Eu queria doar também e imagino como deve ser o sofrimento dessas famílias a procura de doares. E também a felicidade que deve ser encontrar algum doador compatível, mas como tenho menos de 50 quilos não posso, ainda. :/

  25. Luiza says:

    Mel, tenho vontade de doar, mas ainda nao tenho 18, quem sabe daqui a um ano? Mas, por exemplo, eu tenho 48/49 quilos, o que é praticamente 50, e as vezes eu fico com 50. Eles não deixam doar? Por que é necessário ter mais que isso? Lindo gesto Mel!
    eeee, mudando de assunto… MeL, vc vai no show da Malu Magalhães em Curitiba?

  26. Polly says:

    Quero muito ser doadora, mas sempre deixo pra depois, mas agora vou tomar vergonha na minha cara e agir, o tempo que fiquei enrolando pode ser precioso pra alguem…

  27. MONIQUE says:

    Mel, para as pessoas que moram em Curitiba, algumas vezes tem campanhas em vários lugares da cidade para fazer o cadastro. Que eu saiba, tem na praça Osório em alguns finais de semana ( perto do relógio da praça) onde funciona um posto policial. Lá fiquei sabendo que no parque Barigui também tem esse posto de atendimento. É super rápido, você apresenta o documento, preenche a ficha e eles tiram uma ampola de sangue ali mesmo, não precisa ir em nenhum lugar

  28. says:

    Que post lindo e tocante Mel. Meus olhos se encheram de água quando vi os dois vídeos. Parabéns pelo post Mel (por incentivar mais pessoas a serem doadoras!) e como sempre, um anjo. Beijocas.

  29. Dani Tupi says:

    Assim como a Marjore, sua amiga, falou eu também sou uma orgulhosa doadora de medula,desde ano passado no natal das etnias, estavam fazendo campanha lá.
    É uma luta contra o câncer a que tem que ser travada por pacientes e parentes.
    Quanto mais pessoas ajudarem melhor. Mais força.
    Parabéns pela campanha Mel!!!

  30. Dani Tupi says:

    te mandei um e-mail com o endereço e com o nome do Ipod, se puder me ensinar como baixa ficarei grata.

    Abs.

  31. Lindo post… e a iniciativa ainda mais linda!

    Vim aqui na verdade, pra ‘avisá-la’ de um post seu inteirinho plagiado, não sei como vc lida com essas situações, mas eu gostaria de ser avisada caso isso acontecesse comigo, enfim…

    http://vintagebea.blogspot.com.br/2012/07/vintage-na-cozinha-diy-biscoitinhos-de.html

  32. Poxa Mel, muito legal essa sua iniciativa! Acho muito importante os blogueiros divulgarem esse tipo de situação nos blogs. Eu tenho a idade, mas não tenho o peso… se pudesse doava também! Um beijo, adoro o blog, quase não comento, mas tô sempre aqui!!!

  33. Arielli says:

    Eu já sou doadora e trabalhei em uma campanha no começo desse ano, é muito legal a divulgação porque muita gente tem uma ideia errada do que é ser doador ^^

  34. Nana says:

    Eu também já vi suas fotos pela net em outros blogs sem nenhum crédito a você. Mel, já pensou em colocar marca em suas fotos? Eu coloco em todas as minhas. É um pouco chato e demorado, também tira um pouco da beleza integral da foto, mas dificulta mais o “trabalho” dos plagiadores. Acho que seus leitores não se incomodariam com uma marquinha pequena e discreta.

  35. Bruna Gava says:

    Só ano que vem poderei ajudar, se eu chegar aos 50 quilos, mas tomara que sim e melhor ainda se não for tão rigoroso. Quero muito ajudar alguém :D

  36. Faby Tsukino says:

    Vale muito apena ler este post! Melina, você é muito amora mesmo em! agora sou mais fã do seu trabalho ♥

  37. Ingrid says:

    Na minha igreja há uma campanha para doação de sangue e medula, chamada “Vida por vidas”. Não tenho ferro suficiente no sangue pra doar, minha irmã já doou e realizou um sonho :)

  38. Déborah says:

    sou novinha para doar infelizmente :(

  39. Jaqueline says:

    Me emocionei muito com os vídeos, Mel. Sempre tive interesse e vontade de me cadastrar como doadora de medula, de sangue e pretendo doar meus órgãos também, quando chegar minha hora. Ano que vem, quando já tiver 18, já vou começar a correr atrás dessas coisas. Acho uma ação muito bonita e, afinal, se é pra salvar uma vida, o esforço sempre vale a pena! ;)


Deixe seu comentário