melina-abertura
Books

o garoto da casa ao lado (meg cabot)

26.10.2012

O garoto da casa ao lado é o primeiro livro da série/trilogia Boy, da escritora Meg Cabot, e não é considerado literatura juvenil (faz parte dos seus livros classificados como  “adult novels”).

A protagonista é Melissa Fuller, uma garota de 20 e poucos anos que mora em Nova York e trabalha na coluna de fofocas do New York Journal (embora ame acompanhar a vida das celebridades, o que ela quer mesmo é escrever uma grande reportagem e sair da página 10 –  onde é publicada a coluna de fofocas). O livro começa com um e-mail alertando Melissa de que seus atrasos podem fazer com que ela perca seu emprego (esse já é o 37º). Logo depois tem um e-mail da sua melhor amiga (e colega de trabalho) perguntando onde ela está, e um e-mail do seu colega quase namorado, de outra colega…e assim vai ao longo do livro. Sim, isso mesmo: a história do livro é toda contada por e-mails!

Confesso que não sabia disso e achei estranho quando percebi que já tinha lido mais de 10 páginas só de e-mails, mas depois me acostumei e adorei.

Bom, voltando a história! Esse último atraso da Mel aconteceu porque encontrou sua vizinha Helen Friedlander – uma senhora milionária de 80 anos – em coma, caída em seu apartamento e precisou levá-la ao hospital. Invocada com essa história misteriosa, Mel começa a investigar e…pra saber o que acontece vocês precisam ler ;)

É uma história divertida e achei bem interessante ela ser contada toda por e-mails. Como disse, não faz parte dos livros de literatura juvenil então fala sobre assuntos como sexo.

Agora vou falar um pouco sobre a edição. Pelo que eu vi, no Brasil esse livro foi lançado com duas capas (clique aqui para ver) e eu acho a minha edição muito mais bonita. Ela tem verniz localizado no título e no desenho (amo!), as páginas são brancas (ok! preferiria que fossem levemente amareladas, mas tudo bem), a margem, a fonte e o espaçamento são ótimos e facilitam a leitura.

Achei um amor essa fonte que eles usaram pra escrever o título em cada folha

Participação especial do Spock:

(gente, ele fez pose pra foto! Muito amor!)

Alguém aí já leu? Quem quiser dizer o que achou nos comentários fique à vontade, mas cuidado com os spoilers!

xoxo

Por

Melina

  1. Ana Luísa says:

    Ei Mel! Eu li quando era mais nova, devia ter uns 16 anos! Li os 3, amei, amei, morri de rir, acho que já tá na hora de ler de novo! Mas os meus são na edição antiga mesmo, essa capa é mais bonita, mas gosto da minha old school! Hahaha! O mais lindo de todos é o todo garoto tem! prepare-se para susiprar!
    Beijo!

  2. Mariana says:

    Eu aaaaaaaaaamo esse livro! Achei muito bom, mesmo. Acho que há li umas três vezes e sempre choro de rir com os comentários da Mel. Também super recomendo ;)

  3. Tanna says:

    Eu adorei o livro também, no começo é estranho só em emails, mas achei mágico o jeito que a Meg conseguiu contar toda a história assim <3

  4. Yasmin says:

    Que ótima dica Mel =D

    Acabei de ler “Alguém como você” essa semana e estava triste por não achar mais livros da Cathy Kelly e por já ter lido todos os da Marian Keyes.

    Vou providenciar esse agora, obrigada lindinha**

    Beijos*

  5. Julia says:

    Foi um dos primeiros livros da Meg que eu li, e me fez apaixonar por ela :) adoro! esse não é o único em forma de e-mail, mensagens de texto, recados etc. Agora leia garoto encontra garota, que é muito bom! beijos Mel

  6. Jowzinha says:

    Legal!!! Me interessei pelo livro e já vou colocar aki na minha lista!!!

  7. Amanda says:

    É simplesmente um dos meus livros PREDILETOS EVER da tia Meg. E eu, discordando de você, prefiro a primeira edição. Ela também tem verniz aplicado – é uma regra pra quase todos os livros da Meg – e é amarela e linda.
    Adoro histórias contadas por meio de e-mails, bilhetes, diários e companhia limitada. Acho divertido e inteligente! (:

    Bjs,

  8. Laura Naomi says:

    Mel, você precisa ler Todo Garoto Tem!!!!!!! É tipo O LIVRO dessa série! Super recomendo, é mto engraçado e é contado por diários e e-mails, a protagonista é mto engraçada! Leia, e novamente super recomendo! <3
    Bjos, Laurinha.

  9. Jenifer says:

    Esse livro está na minha lista de compras faz tempo *-*

  10. Naa says:

    Oi Mel, eu li o livro e adorei. Essa maneira que ela escolheu de contar a história através de e-mails eu achei super legal, além de que a capa é super convidativa. ( confesso que na hora que escolhi ele pra ler fui mais pela capa, rs).Valeu a pena.
    Bjs

  11. Eu gosto muito da Meg Cabot, mas esse livro nunca chamou a minha intenção justamente por ser todinho escrito por e-mails… Acho que deve ser cansativo, como Diário da Princesa (único livro dela que eu não gostei) que é todo escrito em forma de diário. Acho mais legal quando se quer usar um recurso assim um estilo de escrita mais parecido com o da Paula Pimenta, que tem as cartinhas e e-mails, mas eles são usados como um “plus”, pra ajudar a narração, não substituí-la :x
    Mas, enfim, talvez um dia eu leia, se é da Meg tem que ter seus pontos positivos, né?
    Beijinhos!!

    Ann
    http://www.vinteepoucos.com.br/

  12. carol says:

    Quero ler!
    Mel, qual o nome do seu esmalte? rs
    Beijos.

  13. Erika Tammy says:

    ainda não conhecia esse livro, mas já esta na minha “listinha” de leitura. Ainda não li nenhum livro que a história seja contada toda por e-mail, mas deve ser bem legal.
    beijos chuchu!

  14. Eu amei este livro! Também já li “Garoto Encontra Garota” e é muito bom.
    Achei super inovador ser contado em e-mails e o que eu mais gosto é que a personagem é engraçada mesmo quando está triste, haha!
    Beijos (:

  15. Fernanda Lopes says:

    Eu amo essa série da Meg e gosto desse estilo que ela usa pra narrar,no início é estranho,mas depois você lê com tanta facilidade que acaba o livro rapidinho.
    E Mel,você precisa ler Todo garoto tem que,na minha opinião,é o melhor e é ainda mais engraçado.
    Adorei sua resenha e as fotos (principalmente a quinta)
    Beijos

  16. Drynha Sousa says:

    Agora comecei a me interessar por Meg Cabot (sempre preferi os livros dela como Patricia Cabot!).
    Nunca gostei dos outros livros dela (tirando “Insaciável” que tô amando!) por serem MUITO adolescentes, acho muito chato.
    Adorei a capa desse, e o tamanho é perfeito! Adoro livros com esse tamanho.

    Parabéns, Mel! Resenha adorável!
    Beijinhos :*

  17. Talita says:

    Você está me influenciando muito, eu comecei a ler o “Fazendo meu filme” porque vi aqui e não resisti…
    p.s ela é muito tonta de não perceber que o Léo a ama

    2° p.s – lá vai eu querer mais um livro extra-faculdade…

  18. Mel, ainda não conhecia esse livro, já entrou pra minha “wish list”. Amei a dica bjs @evelynlandiim

  19. Vanessa says:

    Li, amei e recomendo, nossa naum tinha me dado conta qu é uma trilogia.

  20. Brunna says:

    Eu adoro esse livro! É o meu favorito da série junto com “Garoto encontra Garota”, só não gostei muito de “Todo Garoto Tem” a história não me convenceu, não sei porque. Mas adoro a Meg tenho quase todos os livros dela, minha autora favorita.
    Beijos

  21. Kelly B. says:

    Ainda não li não, mas depois que eu vi você falando no facebook que estava por 19,90 reais eu corri pra comprar haha

  22. Outra resenha perfeita e post cheio de fotos lindas…me encanta sua criatividade e o seu olhar….amo!

    Beijinhos, florzinha querida

  23. Amanda Fernandes says:

    Esse livro é tudo de bom! Um dos melhores da Meg, e olha que já li quase todos dela! Maravilhosa tanto quanto Meg, quanto Patricia…

  24. Livy says:

    Dessa série Boy, eu tenho esse “O Garoto da casa ao Lado” e “Garoto encontra Garota”, mas minhas edições são as antigas, acho que li esses livros há uns 5 anos atrás. Muito legal os dois, com seus personagens que nos fazem suspirar *John e Mitchell* Recomendo a leitura do outro :)

  25. Niih; says:

    Seguindo essa linha de “narração diferente”, vou aproveitar pra indicar o livro “Onde Terminam os Arco-Íris” da Cecelia Ahern. Nesse caso, ao invés de e-mails são cartas e nós conhecemos a história de amor e amizade de Rosie e Alex. É lindo e emocionante, arrancou muitas lágrimas da minha pessoa.

  26. Ingrid says:

    Não li esse livro da Meg ainda. Eu amo a Meg, é o que posso dizer, hahaha. Já leu “A mediadora” Mel?
    Um livro nessa linha de recadinhos, e-mails etc que eu acho que você ia amar é “A vida na porta da geladeira”, de Alice Kuipers. O livro é tão maravilhoso que li em uma tarde… Não vou contar mais se não solto spoilers, ai ai :p

  27. Talita says:

    Amei esse livro li quando estava na 5° série com uma amiga, me traz mts lembranças daquele tempo mesmo sendo para maiores

  28. ‘Spook o garoto que mora do seu lado’ rssss

    Não sabia que esse livro era contado atraves de emails e bom saber que ele noa é juvenil. Vai para a minha imensa lista de livros.

    ps: A capa da sua edição é beeeem melhor. Com toda certeza!

  29. OMG! Eu fui ao shopping hoje, entrei na livraria, peguei esse livro e falei: Esse é o próximo da minha lista, vou comprar! Lendo tudo que você falou fiquei ocm mais vontade ainda de comprar!
    Amei as fotos *-*

  30. Soraia says:

    Eu já li, Mel :D
    É muito legal, é pra ser lido de uma vez só mesmo, rs. Você vai ver que no começo do livro parece que vai ter só romance e etc, mas não, fica muito emocionante! Confesso que quando comecei a ler vi que era totalmente diferente de todos os livros que li, o modo da escrita sabe, eu achava que os e-mails só aparecia de vez em quando, mas não, eu fui me acostumando, me apegando e amei ♥

  31. Amanda says:

    Li este livro a uns 4 anos atrás , devorei em 5 dias !
    Muito bom =D

  32. Victoria says:

    Li esse livro quando eu tinha dez anos e é por causa dele que vou prestar jornalismo nos vestibulares agora no fim do ano!

  33. Camila Gerarde says:

    Vai entrar na minha lista de: Quero ler, achei super legal esse formato diferente, o livro ser contado por e-mails, e estou com curiosidade de ler um livro da Meg “adulto” haha.

    Beijos

  34. Dasty-Sama says:

    Adoro esse livro! Todos os livros da Meg Cabot são muito bons e divertidos. No começo também estranhei por ser em e-mails, mas é tão legal e diferente, que você acaba gostando.

  35. Larissa says:

    Adoro a Meg Cabot, mas nunca me interessei por esse livro. Vou comprar pra ler :D Mel, seguindo essa linha de livros escritos de forma diferente, já leu “Os E-mails de Holly”? Eu comecei há pouco e to achando meio enjoadinho, mas vamos ver se melhora hahaha

  36. Leticia Donayre says:

    Eu li esse e os outros dois da série, e eu praticamente “os comi” hahahaa, li desesperadamente em quatro dias os três livros. E depois fiquei com aquele sentimento de culpa, porque queria que a série continuasse, ou que eu tivesse me segurado um pouco mais na empolgação na hora de ler hahahaha. Mas é isso aí, ficam com gostinho de quero mais. Adorei!

  37. Francieli says:

    Ahhhhh, esse livro é tudo, ele é viciante. Todos os livros da Meg são ótimos, todos mesmos <3

  38. marina says:

    Vc falou tudo!eu tmb amei este livro apesar de achar estranho no inicio,mas com o tempo fica muito natural.e é mt divertido,misterioso e romântico, td q eu gst em um livro!*.*
    ->maary

  39. Milena says:

    Oii mel Como faco um blog tipoo esse ?

  40. […] tinha ideia de que o livro era todo escrito em cartas (mais ou menos como aconteceu quando eu li O garoto da casa ao lado). Em momento algum ele conta para quem está escrevendo, apenas demonstra que está muito feliz […]

  41. Alice says:

    Gostei desse livro, mas não á infanto-juvenil.Não mesmo!

  42. EADUARDA MARTINS says:

    eu AMEI esse LIVRO . NO FIM EU ATE CHOREI.
    FOI MUITO BOM MESMO


Deixe seu comentário