janeiro 2013

Posts no mês janeiro 2013

29. Jan. 2013

aviso importante sobre o concurso cultural a mochila dos meus sonhos

Arquivado em: Concursos
Tags:

Pessoal, após ler os comentários sobre a resposta ganhadora do Concurso Cultural, resolvi me pronunciar sobre dois aspectos:

1. A ganhadora foi desclassificada por adaptar um texto de Caio Fernando Abreu  da Karine Rosa sem citá-la em momento algum na sua resposta.

Aqui está o texto original:

“Essa roupa não lhe serve mais. Você cresceu. Engordou. Ela saiu de moda. Ela diz como se eu não soubesse. A gente, normalmente, sabe quando uma coisa não serve mais. Finge que não, disfarça. Coloca aquela blusa velha, pequena, que mostra a barriga. É que ela costumava ficar tão bonita. Não ficava? As pessoas costumavam elogiar tanto. Talvez ela ainda sirva. A gente sabe. É que, mesmo com toda aquela ladainha de não poder se apegar a bens materiais. É que mesmo com toda aquela ladainha…é tão difícil.

Deixa aí. Vai, não custa nada ficar dentro do guarda-roupa, no seu canto, certo? Não tem problema guardar uma coisinha ou outra. Deixa dentro do armário, no fundo da gaveta. Talvez eu não use agora, mas depois…quem sabe. Talvez eu emagreça. Talvez na próxima estação isso volte a ser fashion. Deixa aí. Essa blusa da hello kitty que ganhei com doze anos, esse sapato com a sola desgastada. Ele ta velho, mas deixa eu te contar um segredo? É o meu favorito. Não uso, não tiro do lugar, não saio por aí desfilando e mostrando como ele ainda é útil. É útil, mas…não cabe. É que…eu gostava tanto. Tudo bem, deixa aí. Pode fazer falta.

A gente finge que arruma o guarda-roupa, arruma o quarto, arruma a bagunça. Tira aquele tanto de coisa que não serve, porque ocupar espaço com coisas velhas não dá. As coisas novas querem entrar, tanta coisa bonita nas lojas por aí. Mas a gente nunca tira tudo. Sempre as esconde aqui, esconde ali, finge para si mesmo que ainda serve. A gente sabe. Que tá curta, pequeno, apertado. É que a gente queria tanto. Tanto.

Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça do quarto. Tirar tudo, rever roupas e sapatos, experimentar e ver o que ainda serve, jogar fora algumas coisas, outras separar para doação. Isso pode servir melhor para outra pessoa. Hora de deixar ir. Alguém precisa mais do que você. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perda de espaço, tempo, paciência e sentimento. Tem tanta gente interessante por aí querendo entrar. Deixa. Deixa entrar: na vida, no coração, na cabeça.”

2. Algumas pessoas reclamaram, pois entenderam que era para escrever uma frase e se sentiram injustiçadas. Após ler um comentário percebi que essa confusão foi gerada porque, embora eu tenha falado que era RESPOSTA GANHADORA no corpo do post, no final escrevi “o resultado será publicado junto com a FRASE ganhadora aqui no blog no dia 29/01/2013.”. Embora não tenhamos julgado as resposta pelo tamanho (e pouquíssimas pessoas mandaram apenas uma frase), quero pedir desculpas pelo mal entendido e avisar que estarei mais atenta a partir de agora.

Por causa dessa confusão, iremos reavaliar as respostas e publicarei o novo resultado no sábado dia 02 de fevereiro de 2013.

Ficamos muito tristes e chateadas com a situação. Nunca imaginei que isso pudesse acontecer em um concurso aqui do A Series Of Serendipity. Ainda que possa não ter sido proposital, foi algo muito chato.

Peço desculpas e agradeço pela compreensão!

xoxo

29. Jan. 2013

resultado concurso cultural: a mochila dos meus sonhos

Arquivado em: Concursos

Chegou a hora de saber qual foi a resposta ganhadora do Concurso Cultural A mochila dos meus sonhos feito em parceria com a loja Donna Dolce. Gostaria de aproveitar para dizer que fiquei muito feliz, pois foram mais de 2.200 pessoas participando, ou seja, muitas respostas lindas e emocionantes. Como avisei no post do concurso, a escolha da frase ganhadora foi feita em conjunto. Foram selecionadas 5 frases e das 5 elegemos uma para ser a ganhadora.

Preparados? Vamos lá…1, 2, 3…

“Como lembranças me fazem que o tempo volte e desejos me desanimam quando não são satisfeitos de imediato, acho que não levaria nada na minha bolsa dos sonhos. Por que bolsa é aquela história, né? A gente finge que arruma a bolsa, que arruma a bagunça. Tira aquele tanto de coisas que não serve, porque ocupar espaço com coisas velas não dá. As coisas novas querem entrar. Mas a gente nunca tira tudo. Sempre esconde aqui, esconde ali, finge para si mesmo que aquele bloquinho de notas vai ser útil, que a edição pocket não vai ficar com a lombada descascada e orelhas de burro dessa vez, que pode precisar daquele pacote esmigalhado de amendoim quando a pressão abaixar. A gente sabe. Que o esmalte tá seco, que o gloss passou da validade, a caneta colorida perdeu a tampinha e, além de manchar também rasgou o forro. Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça da bolsa. Tirar tudo. Hora de deixar ir. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar coisas inúteis dentro da bolsa é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perda de espaço, tempo, paciência e sentimento. Por isso minha bolsa dos sonhos ficaria livre para novas possibilidades. Adeus precauções. Nada de impedimentos, apenas um convite ao inesperado. Tem tanto sonho que ainda nem foi sonhado. Tanta coisa interessante por aí querendo entrar. Então vou deixar. Deixar entrar na vida, no coração, na bolsa.” (Bárbara Pereira)

Parabéns, Bárbara! A sua resposta foi a ganhadora! As meninas da Donna Dolce entrarão em contato com você por e-mail solicitando os dados para o envio da mochila dos seus sonhos. Você tem 48 horas para responder o e-mail caso contrário, será escolhida uma outra resposta.

Muito obrigada a todos que participaram e Donna Dolce pela parceria!

Aguardem que mais surpresas estão por vir aqui no A Series Of Serendipity ;)

xoxo