Books

Esqueça um livro

27.06.2013

melinasouza_livro

Esqueça um livro é um projeto de desapego literário. A ideia surgiu nos Estados Unidos em 2001 com o nome de BookCrossing, e  consiste em deixar um livro por aí em um local público para que outra pessoa o encontre. Inspirado nessa ideia, Felipe Brandão começou a esquecer livros pela cidade de São Paulo com a dedicatória “Se você achou esse livro, ele é seu! Ele é para você! Leia e passe adiante. Se quiser, entre em contato pelo facebook Esqueça um livro“. O projeto está crescendo e a página no facebook já tem mais de 700 curtidas. Lá são compartilhadas fotos de livros esquecidos e também matérias que estão sendo feitas sobre o projeto.

O que vocês acham da ideia? Quem aí tem coragem de praticar esse desapego literário?

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

Quem quiser acompanhar o A Series of Serendipity é só seguir: Twitter ❤ Fanpage ❤ Instagram ❤ Youtube

Por

Melina

  1. Naiara says:

    Nossa que interessante, queria achar um livro seu =)
    Bgs

  2. Julie says:

    Eu já tinha visto essa ideia no blog da Raíssa e achei muito legal. O problema é que eu tenho medo de perder o livro e a pessoa que achar não querer exatamente lê-lo e praticar crueldades com ele. :~ mas mesmo assim, vou perder um que tenho repetido na minha coleção. ^-^
    beijos

  3. não tenho coragem de desapegar e você mel tem coragem? huum acho que não né?
    http://thejamfoster.blogspot.com.br/

  4. Jaqueline says:

    Uma boa solução pra quem ta reclamando que os livros não cabem mais na estante

  5. Esther says:

    Nossa que ideia legal! Vou procurar um livro pra “esquecer” também.

  6. Achei incrível a iniciativa! Agora mais pessoas terão como ler livros e participar deste projeto. É bem bonito.

    Mas como nem tudo são flores, concordo com a Luiza Rodrigues: também possuo dificuldades em me desfazer deles :(

    Um beijo Melina!

  7. Flaviele says:

    Tenho medo de me desfazer e uma pessoa que não quer nada com o livro destruí-lo ou coisa do tipo.

  8. Laura says:

    Eu acho muito legal, pois incentiva a leitura, mas a gente fica meio assim de deixar um livro por ai… eu ia viver querendo encontra-lo de novo ou encontrar outro para substituir o que eu “esqueci”… rsrsrs E vc Mel? o que acha disso??

  9. Anna Luiza says:

    Poxa Mel, essa idéia parece ser bem legal e eu adoraria encontrar um livro por aí, mas nunca iria conseguir “perder” um livro. Até mesmo os paradidáticos que eu li na escola tempos atrás são difíceis de desapegar, kkk. Mesmo assim, a idéia é uma ótima forma de espalhar o carinho pela leitura. Você conseguiria fazer algo assim?
    Beijinhos!

  10. Jade says:

    Demais Mel! *-* Aproveito pra dar espaço para novos livros <3

  11. Priscila says:

    Só faria isso com os livros que não pretendo ler de novo, ou se eu tiver dois do mesmo. Não teria coragem de “esquecer” os queridinhos, sei que é meio egoísta da minha parte, mas…

  12. Amanda says:

    Acho a ideia ótima, mas abandonar um livro seria muito triste, ia ser a mesma sensação de abandonar um cachorrinho :(

  13. Curti o projeto e adoraria encontrar um livro por aí! O problema é que eu, eu mesma, não teria coragem de deixar algum livro por aí, principalmente porque compro muito pouco, então quando eu compro um livro ele é especial dms pra mim!
    E você, teria coragem Mel?
    Beijos

  14. Duda says:

    Meeeel, d-u-v-i-d-o que tu desapegue algum (eu jamais faria isso =/) HAHAHAHAH beeijo

  15. Suzana says:

    Mel, já leu o “O Sol é para Todos”, da norte-americana Harper Lee? Belíssima história!!
    Desculpe o comentário nada a ver com o post, hahaha

  16. jeni says:

    mel quando vc perder o seu avisa viu?? para todas sairem correndo na busca “pelo livro de mel”

  17. Gabriela says:

    Achei muito legal a parte que as outras pessoas encontram livros, mas não sei se tenho coragem de desapegar dos meus livros :(
    Mas Mel, depois de um tempo sem comentar aqui, eu não poderia deixar de continuar com a minha mania de fazer comentários que não tem nada a ver com o post haha
    Eu vim aqui hoje perguntar se você conhece Coeur de Pirate, é uma cantora francesa, as músicas dela são lindas demais, como eu sou apaixonada pela França (principalmente Paris) eu amei muito as músicas dela, e sabe quando você escuta uma música tão boa que não consegue mais parar de escutar? Pois é, eu não consigo parar de escutar essa música aqui http://www.youtube.com/watch?v=qyuPn4DPCdA
    Espero que você goste da música Mel!
    Mil beijinhos e obrigada por tudo <3
    Gabi :)

  18. Amanda says:

    achei a ideia genial,mas também eu não teria coragem de deixar um livro na rua seria como deixar uma parte de mim

  19. Graziela Machado says:

    Acho incrivel essas ideias. De contribuir com a leitura.
    Só fico pensando se quem encontra o livro, realmente lê e repassa. Ou se acaba ficando e estragando a brincadeira. Mae enfim, o importante é o gesto de esqueder um livro pra outra pessoa encontrar *-*
    Eu também não sei se faria isso, já que morro de dó até de emprestar meus livros de tão apegada que sou acada um deles. É como se cada um me completasse.
    mas pensando a respeito, gostaria de dar uma dica Mel (não sei se vai gostar ou não, mas é só um pensamento) hehe … como vc as vezes ganha livro repetido de editoras para sorteio, talvez poderia esquecer um desses livros por ai (não sei se é permitido ou só apenas para sorteios). Assim vc não se desfaz de nenhum livro seu. Fica a idéia.
    Beijos

  20. celle coelho says:

    Que ideia linda! <3 Mas dá medo de deixar um livro por aí e não cuidarem do bichinho :~ hahaha Queria ter essa coragem de desapegar assim!

    Beijo
    http://cerisepepper.blogspot.com.br/

  21. Daniela says:

    Ai…

    Sei que pra muitas coisas nessa vida é bom a gente praticar o desapego e embora a ideia seja linda e incentivadora, eu ainda não estou preparada para “abandonar” nenhum dos meus preciosos #Smeagolfeelings

    Mas eu espero que as pessoas que já tiveram a sorte de encontrar um desses livros tenha sentido alguma diferença em suas vidas porque é um gesto muito bonito (e raro!) nos dias de hoje!

    :)

  22. Taís Matos says:

    Que legal, Mel! Eu e umas amigas do trabalho começamos com um projeto muito parecido em janeiro do ano passado, chamado “Eu achei o livro”. Começamos a deixar alguns livros que fizeram parte das nossas vidas em lugares diferentes: um banquinho de uma praça, no aeroporto, no metrô e sempre quando viajamos. Dentro do livro a gente sempre deixa um bilhetinho incentivando a pessoa que achar passar o livro pra frente também. O mais legal é que algumas pessoas que acharam os livros nos mandaram e-mails contando da emoção que sentiram ou como foi quando deixaram os seus! Confesso que não é fácil desapegar, mas é uma sensação legal quando você pensa que fez outra pessoa feliz! ;-)

    http://euacheiolivro.blogspot.com.br/

    Beijocas!

  23. Adorei a ideia, seria muito legal encontrar um livro (principalmente com uma dedicatória sua, nessas horas queria MUITO morar em Curitiba :/)! Mas não sei se teria coragem de deixar um livro :/ Haha
    – Ju <3

  24. Iasmin says:

    Ah, eu acho lindo, mas eu não teria coragem, sou apegada e egoísta.
    Além disso ‘mãe-coruja’, ah Mel você teria coragem de abandonar um filho ao frio e relento, sem certeza que vai encontrar uma boa mãe ou pai? Ah, eu não rs

  25. Mel Lima says:

    Ah que projeto legal! Acho que um livro eu não teria coragem de fazer isso… mas uma revista talvez haha Será que revista está valendo? rs

  26. Mel, me mostraram no ask um vídeo lindo, e vim compartilhar com você, quem sabe gosta e compartilha aqui no blog, né?!

    http://www.youtube.com/watch?v=4voZfLK0Zhc

    Beijos <3

  27. Camila says:

    Nossa, achei a ideia excelente. E criativa. Ajuda também as pessoas a cultivarem o habito da leitura. Gostei muito. =D

  28. Mariane says:

    Adorei a ideia !!! Estou precisando me desfazer de alguns livros, tenho que começar a trabalhar o desapego, detesto me apegar as coisas, essa foi uma das coisas que os meus pais me ensinaram, quando nós morremos não levamos nada com a gente.
    Acho que os livros que eu li não precisão mais estar na minha estante porque eles já estão no meu coração, e quero ajudar as pessoas a pensarem assim também.
    Vou fazer isso, espero que as pessoas que encontrem leiam e passem para frente, e não deixem ele na estante mofando.
    Você teria coragem de fazer isso Mel???
    :*
    Kiwi

  29. Júlia says:

    Acho a ideia super bacana, mas tenho medo de quem vai encontrar o livro. Vai que quem acabar o encontrando é uma pessoa que despreza totalmente esse tipo de coisa?
    Acho que me desapegaria de livros que não tenho tanto apreço, mas os favoritos não. Pelo menos por enquanto, haha.
    http://azueranuncaepouca.wordpress.com/

  30. Super interessante a ideia, com certeza deixarei alguns livros por aí, com o coração apertado de estar deixando um livro meu por aí, mas com o pensamento de que alguém legal irá achar, e gostar hahaha Adoraria achar um livro seu, Mel, se eu morasse na mesma cidade que você.
    http://www.rotinadeuniversitario.blogspot.com.br

  31. Lara says:

    Poxa, é uma ideia diferente mas eu não teria coragem de abandonar um livro por aí, sou muito apegada e tenho todo o cuidado do mundo com eles; Vai que a pessoa que o acha não é cuidadosa e estraga o livro todo. 3:

  32. Camila says:

    Fiquei apaixonada pelo projeto, lindo, lindo!
    Pena que aqui no ES não tenha nada igual =/

    beijos beijos s2
    http://manualdosvinte.blogspot.com.br/

  33. Monica says:

    Rá! esta ideia é mara! Eu já deixei alguns livros por São Paulo, e no mundo do Penpal, algumas pessoas mandam livros e não cartas para endereços aleatórios que voce recebe nas label bags e friendship books.

    Outra idéia BEM legal relacionadas a livros é o que os Nerdfighters fazem… Eles colocam bilhetinhos dentro dos livros do John Green nas livrarias e nestes bilhetinhos eles convidam a pessoa para participar da Nerdfighteria, escrevem o trecho favorito do livro em questão ou o que der na telha.
    Vira e mexe aparece alguém que encontrou um destes bilhetes no livro que comprou. <3

  34. Já conhecia um projeto parecido com este. O AEUM (Amor É Um Movimento). Além dos livros, o pessoal “esquece” CDs, pendrivers cheio de coisas legais e inspiradoras, cartinhas, camisetas, bilhetes… Enfim. A ideia é “esquecer” coisas que venham transmitir bons sentimentos para o novo dono. *–*
    Ambas ideias geniais e de uma sensibilidade incrível. Afinal, fazer alguém feliz não tem preço. São simples detalhes como estes que podemos transformar, de alguma forma, o dia de alguém.
    Beijinhos.
    Malena Flores.

  35. Achei lindo o projeto, mas não sei se teria coragem de deixar um livro desprotegido por aí até alguém achar. Sou muito apegada aos meus e não sei se devo me envergonhar disso. ;)

  36. Verônica says:

    Oi Mel… então, acho essa ideia mto boa… já conhecia esse “projeto” através do livro A Garota de Papel que tem algo parecido na história… eu sou louca pra fazer isso, mas ainda não fiz… sou mto apegada aos meus livros… mas pretendo comprar um repetido para fazer isso!!

    beijos

  37. Que legal esse projeto! Pena que aonde que eu moro não tem isso e eu não tenho coragem de me desapegar dos meus queridinhos :/
    Mas vou tentar, vai que dê certo <3
    Deve ser uma experiência e um sentimento muito legal :)

    beijos Mel :*

  38. Sarah Dias says:

    Há um tempo atrás eu vi no facebook um projeto parecido chamado “Leve Este Livro”. Eu até cheguei a separar dois livros para “esquecer” em algum lugar, mas um minha mãe tomou pra ela, e o outro eu ainda estou criando coragem hehehe se tudo der certo esse final de semana me desapegarei de A Menina que Roubava Livros =D

    Mel, vejo o seu blog todos os dias, e sou apaixonada por ele, e pelas suas fotos.
    Beijos

  39. Amanda Gomes says:

    Que projeto lindo *-* Mas não sei se teria coragem de desapegar dos meus filhos hehe.

  40. Jessica says:

    Me apego muito aos meus livros pelas ruas porém a ideia é muito boa, quem sabe você não encontra um livro meu pelas ruas de SP? =33

  41. Barbara Sá says:

    Eu adooooro essa campanha!
    Já esqueci alguns livros aqui pela Bahia e tenho mais alguns para esquecer,
    Acho super válido !

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com

  42. luiza brando says:

    tem o site do bookcrossing inicial: http://www.bookcrossing.com/
    eu cadastrei o centro acadêmico de letras da minha universidade como um “posto” de troca, onde sempre teria livros para as pessoas pegarem e onde elas poderiam deixar seus livros para outros pegarem, mas a ideia não foi adiante, ninguém apareceu para pegar livros. a casinha do centro acadêmico acabou virando um depósito de livros que ninguém mais quer, porque para largar livro lá de vez em quando aparece alguém. aí agora eu pego os que gosto pra mim e deixo lá em troca algum livro que eu não gosto ou tenho repetido, virou meu posto pessoal de troca, nem estou mais cadastrando livros no bookcrossing.

  43. Ni Portela says:

    A ideia é awesome, mas acho que – assim como a maioria das pessoas – eu não tenho coragem de me desapegar assim tão fácil ;_; gosto de emprestar para o maior número de pessoas que eu conheço, mas largar um livro por aí… Ai ai ai ai ai!

  44. Mel, que MEDO desse post! Eu fiz isso ontem antes de ter conhecido o projeto! Tava separando algumas coisas para doação e tinha alguns livros. Aí me veio a idéia! Deixei um livro da Agatha Christie que adoro (e tinha dois) no banco de uma praça aqui perto, escrito apenas para a pessoa repassar de novo quando acabasse de ler! Fiz mil teorias já da pessoa que o encontrou (se é que encontrou!).

  45. Ana Lúcia says:

    Muito bom e uma ideia muito generosa, pena que não consigo desapegar… :/

  46. Faço sempre!
    Sempre que compro um livro mas não me apaixono pela história eu o “perco” por ai.
    Conhecia como Livro Livre “Leia, Liberte, Encontre”.
    =]

  47. Mel, aqui em Brasília temos um açougue cultural. Além de eventos culturais o dono do T-Bone (nome do açougue) tem uma biblioteca e criou pequenas bibliotecas em pontos de ônibus! Algumas tem até wi-fi.
    Vou vai pegar um ônibus e em quanto espera pode pegar um livro e levar pra ler, mas tem que devolver em algum ponto de ônibus depois.
    Já tem 6 anos: http://www.t-bone.org.br/index.php/t-bone-cultural/noite-cultural-2/6-anos-de-parada-cultural/

  48. Bruna says:

    Achei a ideia genial. Também estou refletindo sobre, tem que ter muita coragem. =x

  49. Que bacana! Essa ideia de esquecer livros pela cidade, quem sabe eu faça algo parecido um dia? :)
    Gostei bastante da ideia.

    Um beijo Mel!

  50. Lala says:

    Adorei o projeto!
    Ai, ai queria encontrar um livro ”esquecido” ^^
    Acho que vou esquecer alguns livros meus por aí ^^
    Beijão, Lala.

  51. Brenda says:

    Putz, que demais!
    Eu ia adorar encontrar um livro!
    Não sei se teria coragem de me desfazer porque tenho medo de alguém não se importar e o livro parar no lixo, mas sempre falei pra muitas pessoas que livro, quanto melhor ele for, mais tem que ser compartilhado e emprestado.
    É muito bom saber que outras pessoas estão tendo acesso a algo muuuuito bom e enfim, há muitos livros pra conhecer pra ficarmos apegados só com os mesmos. rs

    Bj!


Deixe seu comentário