Books

Quando lá tinha o muro… (Flix)

27.11.2013

(desculpem o atraso, pessoal! Tive alguns imprevistos nos últimos dias)

Em 2008 (ou 2009, não lembro), meu bom amigo Luan Galani, que na época estudava num instituto de cultura alemã e já sabia o quanto eu gostava de quadrinhos, me mostrou o trabalho do Flix, um quadrinista alemão.

Eu, que sou tão fluente nesse idioma quanto sou em coreano (ou seja, nada), não entendi nada do que os personagens diziam, mas logo de cara adorei o traço do autor e a proposta dele de abordar temas sérios com bom humor e desenhos leves – algo que fiz alguns anos depois no meu trabalho de conclusão de curso (mas isso será assunto de outro post…).

Recordações de um país quebrado

Os leitores mais novos talvez achem isso estranho, mas durante décadas a Alemanha (e sua capital, Berlim) esteve dividida em duas partes: a Ocidental (capitalista) e a Oriental (socialista).

Em 1989* (o ano em que eu nasci, vejam só!), o muro que cercava e dividia a capital (criativamente chamado de “Muro de Berlim”) foi derrubado, depois de anos de protestos, e o resto do país foi unificado também.

Normalmente as pessoas falam dessa transição de uma forma didática e meio pesada. Flix escolheu uma abordagem diferente: perguntou a seus amigos (e a si mesmo) o que eles lembravam daquela época em que o país estava cortado em duas partes.

*(eu havia colocado 1990, mas duas leitoras atentas corrigiram hehehe)

A maioria deles era criança ou adolescente no período, e tinha ideias curiosas a respeito da divisão do país. Alguns achavam que “o outro lado” era um paraíso; outros, que coisas insignificantes, como ter um tanque de brinquedo, poderia fazer com que fossem presos.

Para mostrar como os relatos têm o toque de quem os faz, Flix pediu que cada amigo escolhesse uma cor principal, e coloriu os capítulos usando variações dessa cor – uma abordagem muito original, até onde sei, e uma das coisas que mais chamaram minha atenção em seu trabalho.

O projeto gráfico é excelente (capa dura, papel de boa qualidade) e, tirando um ou outro errinho, a tradução também é!

ISBN 978-85-63876-15-7 Editora Tinta Negra Nota 5/5 Páginas 120

Quem quiser me acompanhar em outras redes: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram Tumblr (novo!)

Quem quiser acompanhar o A Series of SerendipityTwitter ❤ Fanpage ❤ Instagram ❤ Youtube

Por

Gui

  1. Carol says:

    Seus posts maravilhosos como sempre, gui ♥
    Fiquei curiosa pra ler a parte ali da menininha e o pônei (era um pônei mesmo?)!

    Beijos, Cá

  2. Maria Luiza Neves says:

    Sou uma leitora jovem e sei sim sobre a época das “duas Alemanhas” hehe Parece que o universo das HQs está entrando dentro de mim e começo a desejar comprar mais livros nesse formato. Gostei dessa palavrinha que você deu sobre o livro. É interessante perguntar como as pessoas daquela época se sentiram e não apenas memorizar a data da queda ou o porquê de todo esse processo. Grande indicação, já entrou na minha wishlist!
    Mas, a queda ocorreu em 1989, não foi? Fiquei em dúvida agora.

    Beijos,
    Malu

  3. Hortênsia says:

    Me lembrou o filme “Adeus Lenin” –> http://www.imdb.com/title/tt0301357/
    Também fala desse período e é um filme muito fofo que gera muitos questionamentos.
    Gui, adoro seus posts!

  4. O livro parece ser uma verdadeira obra prima!
    Pelas fotos dá para ter uma noção de quanto o acabamento é bem feito!
    Vou procurar por ele na livraria para dar uma espiada de perto!

    Um beijo,

  5. Adorei o livro e a sua resenha, Gui. Achei bem interessante como ele abordou o tema, o traço e as cores que ele usou!

    Seus posts sempre me encantam, tanto pelo texto como pelas fotos. O bonequinho do Jon é muito fofo…lembra você mas parece muitíssimo com o Tico….afinal vocês são irmãos! :)

    Beijinhos

  6. Luuh Marcely says:

    Isso é sensacional! Ótimo para quem ainda está estudando História, hahahaha. :D
    Realmente, esse quadrinho é bastante singular e gostei muito sobre as cores, mas eu gostei mesmo foi da sua camiseta. <3 IUAHSIUAHIUSIUASIUAAS *-*

    Beijinhos.

  7. Barbara Sá says:

    Não sou a maior fã de quadrinhos do mundo, mas tu me faz querer ler muito, haha.
    Curti a dica. Gosto de história e adoro quando é retratada de forma leve.

    Beijos, Gui :)

  8. Agatha Silva says:

    Achei super fofo o traço do desenhista. E eu adoro quando ideias contrastantes são colocadas juntas. Como assuntos pesados juntos a desenhos fofos e leves. Fiquei super interessada no livro, espero poder encontrá-lo aqui em minha cidade. :3

    Beijos pra você, Gui <33

  9. Renata says:

    Muito boa a ideia do livro e a arte parece lindinha mesmo! :)

    De fato a menina que comentou está correta: a queda do muro foi em 1989 (no ano do teu nascimento! :))

  10. Barbara says:

    Nooossa super legal isso, transformou muita tristeza que esse pais sofreu em algo legal de ver e ler!

  11. Nathyane Caroline says:

    Mais um post maravilhoso, Gui. Amei a dica e já adicionei o livro ao Skoob. <3

    P.S.: Posso repetir que amo os teus posts? Ops… agora, já foi. :P
    Beijão, Gui. :}

  12. Nossa, que legal!!!
    A arte é muito bonita e isso das cores também deixou tudo muito original!
    Amei! É bom saber que existem coisas assim *o*
    Beijo

  13. Johny Robert says:

    Nunca ouvi ninguém comentar sobre ele.

    Li recentemente após ter o privilégio de conhecer o próprio Flix no FIQ em BH e ouvir excelentes indicações desta HQ.

    Excelente resenha e HQ. Também recomendo.

  14. Edu says:

    Eu gostei muito do traço, e achei a história da Guerra Fria interessante nas aulas de história, então com certeza vai me interessar. Também já vi esse estilo de variações de uma só cor nos Quadrinhos Ácidos :)

  15. kezia says:

    Onde vc comprou o Jon Snow? ” You know nothing Jon Snow”

  16. Lala says:

    Gente que livro perfeito!
    Eu acabei de estudar sobre o Muro de Berlim (realmente, nome muuito original! ~sinta a ironia) e queria saber como tinha sido a reação das pessoas na época, como era a vida naquele socialismo/capitalismo e você me salvou, Gui!
    Mais um livro perfeito pra wishlist!
    Ele tem tudo pra ser divertido e ainda tratar sobre um assunto sério e interessante, amei!
    Beijão, Lala.

  17. Mariana says:

    o que o Jon Snow ta fazendo na matéria , ameeeeei !


Deixe seu comentário