IMG_5057
Inspiration

Eu (também) vivo!

24.03.2014

IMG_5057

Sempre gostei de ter o meu próprio “cantinho” na internet e nunca imaginei que um dia ele mudaria a minha vida para sempre. Muitas coisas boas aconteceram por conta disso, mas outras não tão boas também e é sobre uma delas que resolvi escrever hoje.

Expor uma parte da sua vida para quem quiser ver é bom, pois você compartilha experiências, inspira, ajuda, tem contato com pessoas que talvez você nunca fosse ter e ainda tem um monte de lembranças da sua vida registradas. O problema é que algumas vezes as pessoas criam uma imagem de você, acreditam que a sua vida se resume ao que você compartilha na internet e definem como você deve ser e se comportar.

O que eu mostro na internet é uma parte do que sou, mas a verdade é que eu sou muito mais do que mostro aqui. É engraçado, porque muitas pessoas que tiveram a oportunidade de me conhecer pessoalmente já falaram “nossa, você é igualzinha ao que mostra no blog” e as pessoas que tiveram a oportunidade de me “conhecer melhor”, ou seja, que acabaram virando pessoas próximas, falaram “nossa, você é muito mais do que mostra no blog”.

Quando criei o A Series of Serendipity, tinha 22 anos (quase 23) e desde então muitas coisas mudaram na minha vida. Eu mudei muito. A Mel de 15 anos, a de 18, a de 22… a de 26 não são a mesma Mel, mas todas têm algo em comum: a essência. Sim, a essência das pessoas não muda, pois é algo que faz ainda mais parte delas do que o próprio corpo. Por exemplo, se a pessoa por algum motivo perde alguma parte do corpo, ou coloca algo nele (silicone, tatuagem, piercing…) a sua essência não vai mudar embora o seu corpo tenha mudado.

Todos os dias vivemos experiências novas e é assim que crescemos. Se ficarmos estagnados, sempre falando sobre as mesmas coisas, vivendo uma rotina, não buscarmos algo novo e nunca mudarmos, a vida perde a graça.

Fico chateada sempre que alguém comenta que eu não sou mais “a mesma”, que mudei e que quer a “Mel de antes” de volta. Gente, se eu ficasse sempre igual, postando sempre os mesmo tipos de fotos, usasse sempre as mesmas edições, falasse só sobre os mesmo assuntos, usasse as mesmas roupas etc. muitos iriam reclamar e falar coisas do tipo “nossa, você não muda nunca!”. Agora, se eu resolvo falar sobre outros assuntos e compartilhar novas experiências e novos gostos que têm a ver com o atual momento da minha vida, volta e meia aparece alguém pra falar “você mudou. Prefiro a Mel de antes. Volta a ser como você era!”. Sentir saudade é normal (e natural). Eu mesma sinto saudade de fases anteriores da minha vida, mas tentar revivê-las ou me forçar a ser como eu era em outro momento é errado, pois assim eu deixaria de viver novas experiências e ficaria “presa”.

É claro que eu mudei. Eu vivo, eu tenho experiências novas todos os dias, eu cresço. E sabe o que é o melhor disso? É que você, sim, você que reclama que eu mudei, você também mudou. Você não é a mesma pessoa do dia em que começou a me acompanhar e isso é ótimo e saudável. É assim que é a vida :)

Acho que a melhor forma de mostrar essas mudanças e mostrar todas essas Mels que já escreveram no A Series of Serendipity é mostrando algumas fotos desses quase 4 anos de blog. Alguns me acompanham desde o flickr, outros do meu primeiro blog (no começo dos anos 2000), outros desde o começo do A Series of Serendipity

IMG_7883

lindos da mae2

10 365 mom liked it

215 365 winter lover

IMG_7437 copy

IMG_4263 copy

IMG_2186

melinasouza copy

melinasouza_about

melina

IMG_0969

IMG_1574

IMG_2942

IMG_4900

IMG_5053

Sim, a Mel de agora gosta de usar maquiagem (mas do seu jeito – depois vou fazer um post sobre isso), aprendeu a falar quando não gosta de algo (chega de gastrite!), não tem mais quarto azul nem laranja, é viciada em chá (principalmente da Twinings), gosta da luz do Sol no final da tarde, mas, como todas as outras Mels, continua apaixonada por fotografia (e sempre será), ama dias frios, nublados e chuvosos, é louca por livros, sonha em morar em Londres, é caseira, ama música, coleciona adesivos, ama compartilhar uma parte da vida no blog e nas redes sociais, serendipity continua sendo a sua palavra favorita…

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

Por

Melina

  1. Mulher de fases. Acompanho seu trabalho a um certo tempo e as suas constantes mudanças são positivas, para mim pelo menos. Ninguém é estático e, como você disse, o que vemos é só uma parte de você e não tudo o que você é como pessoa. O que vale de verdade é ser feliz, Mel. E isso, acredito que você é.
    Beijinhos

  2. Camila Leite says:

    É isso mesmo Mel, não devemos ficar tentando agradar os outros para que gostem da gente, os outros que tem que gostar da gente independente da ocasião, idade, gostos. Mudar faz parte da vida e apesar de muitos não gostarem de mudanças, as vezes elas são necessárias para o nosso crescimento.

  3. Pode curtir o post mil vezes?

    “Volevo cambiare il mondo e alla fine sono cambiato io.”

  4. Nayara says:

    Nossa Mel, que post bonito ADOREI.
    Estamos em constante mudança e a sociedade tem que aceitar isso…
    bjo

  5. Maggie Hime says:

    Hermoso post! Yo te sigo desde los comienzos de tu flickr. Sí, has cambiado! Como todos lo hemos hecho también (y lo seguiremos haciendo) pero la esencia de uno, nunca se pierde…Besos desde Argentina!!! =)

  6. Giu says:

    Não sei por que as pessoas se preocupam tanto com mudanças! Eu era assim, e hoje, olhando pra Giulia dos anos passados, penso em como eu queria ter mudado antes hahahaha Estranho, né? :P
    Fico feliz por você ter mudado e gostar disso, aceitar isso! E, mesmo que seja impossível, não deixe de mudar, Mel, a cada fiozinho de cabelo que você muda de lugar, você se torna uma pessoa mais interessante do que já era! :) <3

  7. isso aí!
    eu acompanho blog a pouco tempo mas gosto de ver como era no começo,assim como já vi o teu lá no comecinho) e acho que as mudanças são sempre bem vindas!Parabéns pelas palavras e exclui comentários maldosos pra não atacar a gastrite!hahahaha
    bjobjo Mel!

  8. Amei o post e como sempre fiquei mais encantada em conhecer um pouco mais sobre a sua vida. Mel nuca mude pelos os outros, o que importa é o que você pensa, nunca se esqueça que eu sempre vou estar do seu lado, para te apoiar nas suas decisões. Espero um dia te conhecer pessoalmente, o dia que você vier aqui no Rio, posta uma mensagem em uma das sua redes sociais, para nós nos encontrarmos, isso vai ser um sonho.
    Muitos beijos e abraços para você princesa *-*

  9. Angélica Liddell says:

    Eu te acompanho desde o Flickr, as joaninhas etc… Me identifico com o blog e seus gostos. E não me incomodo com essas coisas. Adorei o post!

  10. Pois é, Mel. Infelizmente as pessoas se acham no direito de estar sempre reclamando de algo, querendo sempre cuidar da vida de alguma pessoa pública mas não pensam que, assim como elas, existe uma vida real por trás do blog, dos vídeos, das fotos e dos textos. Engraçado ver que é preciso “explicar isso”, mas faz parte :)

    Acho que o mais importante, é que em todas as suas fases você foi e é autêntica. Continue assim (eu sei que vai) :)
    Você foi uma grande inspiração pra mim quando fui morar sozinha e decorei meu quarto do meu jeito, quando comecei a fotografar e tudo mais. Fico feliz de ver seu crescimento. Beijinhos

  11. Disse tudo e disse muito bem Mel. E que venham mais mudanças e novas experiencias. Bjjjjsss

  12. Amei o texto Mel!! Já fui (e ainda sou) julgada muitas vezes de fútil por pessoas que mal me conhecem só porque gosto de compartilhar meus looks!
    Eu acompanho você desde o Flickr, do quarto laranja, das ratazanas… e sempre fiquei feliz com seu crescimento e com as mudanças. Não tem jeito, pra crescer temos que mudar (sem perder a essência, como você disse)! Te admiro muito e temos muitas coisas em comum ♥

    p.s.: também sou viciada em chá e sou louca pra experimentar o Twinings!

  13. Vi todas as Mels e admirei todas elas. Você é linda e inspiradora de qualquer modo, Mel e é ótimo poder acompanhar um pedacinho que seja de cada você. <3

  14. Sherry says:

    Ownnn Mel,

    Eu adorei esse post. Acompanho seu blog desde que seu quarto tinha a parede laranja, mas a palavra além de mudar, seria AMADURECER, dá para ver muito bem nesses anos de blog o quanto você amadureceu e como você está virando MULHER e não mais menininha.
    Eu gosto de TUDO aqui no blog, as suas fotos, o seu jeitinho, devo admitir que as vezes eu enjoo de ficar sempre lendo resenhas de livros… aheuhauehuae isso porque eu gosto de outras coisas, massssssss todo mundo tem uma opinião e seus próprios gostos né?!
    Pode ter certeza que muitas pessoas te apoiam e APROVAM essa sua mudança.
    E você sabe, que expor uma parte da sua vida na net, irá gerar SEMPRE opiniões querendo mudar você, opiniões de como se vestir, vão escolher namorado pra você, e até te criticar o lugar que você sonha em morar, e você sabe que é natural. hahehehehe

    Mãsssssss o importante é ser feliz do seu jeitinho… e eu adoro essa sua fase, porque eu tenho 25 anos… hehehehe então me sinto bem quando vejo seus posts e vejo que não tem idade para gostar de coisas fofas, ou se vestir mais menininha, etc.

    Um beijo!!!!

    PS: ano que vem me formo em PSICOLOGIA!!!! uhuuuulll e lembro que conversei com você quando eu estava no 2º ano e vc me orientou aproveitar os estágios… :D chegou a hora de eu aproveitar.

    ^^

  15. Lulu says:

    Muito fofo e emocionante tudo!
    Comecei a acompanhar o blof em 2011 – 2012 quando a Carol me disse uma dia !Lulu, veja o blog da minha amiga de infância! Vc vai amar, tem tudo que vc gosta!”
    E não deu outra!

    Paixão a primera vista! As cores, as fotos, a escrita, os temas…eu percebi que muitas coisas mudaram, eu entendo que isso realmente ocorra, eu mesma não sou a mesma Lulu que começou a visitar o blog, é um processo natural, como você mesma disse =)

    Mas o que não mudará é essa admiração por ti que só aumentou quando tive o prazer de conhecer vc e a dona Zezinha no encontro de leitoras no Miscelania =) (era esse o nome?, perdoo-me se eu tiver escrito errado).

    Beijinho!

  16. Nathália says:

    Enquanto você estiver feliz e isso te fizer bem, continue. ^^ Saiba que fico muito feliz a cada nova conquista. Parabéns, Mel! ♥ E por um mundo sem gastrite, por favor!

  17. Acho que algumas pessoas acham que vc não é real, só pode ser…

    Te acompanho desde 2007.. adorava sua parede laranja, seu cabelão, achava demais suas ratazanas e todas aquelas cores vibrantes das suas fotos. Mas sou muito mais a Mel de agora, com mais tatuagens, batom vermelho e até cabelo vermelho! A parede tá cada vez mais legal, assim como seus looks, suas fotos, suas experiências, o blog, você.. cada vez melhor! :D

    Só uma coisa parece não mudar… sua paciência com esses comentários sem pé nem cabeça que você recebe hahahaha

    Continue assim flor..vc ta no caminho certo senão não estaria conquistando tantas coisas boas na sua vida! bjoooo

  18. Bárbara says:

    Oi, Mel.
    Acompanho o seu blog desde o final de 2012. Estava numa tarde no trabalho quando achei seu blog no meio de tantos outros. Na época, eu tinha sido diagnosticada com depressão grave, e quase nada me dava motivos para sorrir. Mas sempre que eu me sentia sem esperanças e triste – o que era quase sempre – eu lia seus posts e via suas fotos, e de algum forma isso conseguia me animar.
    Você realmente mudou, mas todos nós mudamos! Isso não é algo negativo. Acho que algumas pessoas acabam confundindo as coisas e esquecem que você é uma pessoa como qualquer outra que tem sonhos, desejos e uma vida para ser vivida.
    Obrigada por ser essa pessoa que consegue até hoje animar meus dias e de muitas outras pessoas <3 O mundo precisa de mais Melinas!
    Um beijo!

  19. Melzinha linda!
    Te acompanho há quase 4 anos, e se eu sinto saudades da antiga Mel?
    Um pouco, assim como sinto saudades da antiga Jéssica que eu fui um dia. Mas todos nós crescemos e aprendemos coisas novas, mudamos alguns de nossos gostos, permanecemos com outros, realizamos alguns sonhos e passamos a planejar outros.
    Acho injusto quem faz esse tipo de comentário maldoso com você porque afinal, a Mel atual é uma Mel mais madura e com mais experiências, impossível você (ou qualquer pessoa) ficar estagnada no tempo.
    Só digo que espero que você ignore esse tipo de comentários maldosos, e siga em frente pensando em pessoas que assim como eu “te conhecem” há tanto tempo e seguem admirando a essência de quem você é.
    Beijos Mel-linda <3

  20. Danila says:

    Own, Mel eu te entendo completamente e você disse tudo!
    Tudo muda, as pessoas mudam, elas evoluem.
    Eu acompanho seu blog mais ou menos na época da 5ª foto, e a cada dia gosto, admiro e me inspiro em você e seu blog mais ainda, mesmo com as mudanças, pois eu adoro mudanças :)
    Amei, amei e amei esse post!

  21. Vou parecer uma boba se confessar que chorei lendo esse post?
    É por isso que eu gosto tanto de você Mel! Você tem orgulho de ser quem é, das coisas que ama e passa toda essa segurança pra mim. Tantas vezes já me senti “perdida” e confusa por ter a idade que tenho e gostar de coisas que segundo a parte chata da sociedade são infantis e já ter mudado tantas vezes, mas aí eu penso em você e que eu preciso ter orgulho por ser quem eu sou e tudo fica melhor :’)
    Tem tanta gente nessa blogosfera que acaba se sentindo pressionada a ser alguma coisa que não é (ou deixou de ser) porque é tratada como exemplo por muitas pessoas e você faz isso diferente, você se esforça pra ser quem você é e eu acho isso lindo demais!
    Conheci a Mel do quarto laranja, me apaixonei ainda mais pela Mel do quarto azul e agora amo muito a Mel do quarto branco. Mas não é o seu quarto ou os seus gostos que me fazem te querer tão bem assim, é como você disse: a sua essência! O jeitinho Mel de ser *o*

    Espero não ter enrolado tanto e ter passado um pouco de tudo o que eu sinto. E mais uma vez vou usar aquilo que eu te disse ano passado no CSM pra definir que o que o PC é pra você, você é pra mim! (quem sabe um pouco mais?? hahaha)

    Te amo Mel (sei que é estranho dizer isso hihi), você é especial demais na minha vida, obrigada por tudo!

  22. Lu Alves says:

    Quem não muda, não evolui :)
    Sucesso e que venham mais e mais mudanças e que casa uma delas te faça feliz!

  23. celle coelho says:

    Lindo post, Mel. Eu entendo muito bem o que você sempre, porque é assim que eu me sinto quando alguém vem “reclamar” que eu mudei, como se fosse uma coisa ruim. Principalmente porque hoje em dia eu também adoro usar maquiagem, e antigamente eu não usava. As pessoas que me conheciam naquele tempo adoram dizer “mas você não era assim”… oras, mas agora eu sou, por que isso é um incômodo tão grande?
    Por mais que você compartilhe sua vida, as pessoas tem que entender que você não é “NOSSA” Mel. Você é a SUA Mel, você é como quiser ser e não precisa dar satisfações. Se não gostarem mais, uma pena, mas melhor deixar de acompanhar do que ficar fazendo exigências dentro da vivência de outro indivíduo.
    Beijos!

  24. Lena says:

    Sabe o que seu post me lembrou Mel? Um certo modo de rejeição. As pessoas por aqui fazem um personagem de você e acreditam nele. É mais ou menos como gostar de alguém que a gente nem conhece direito, nos sentimos rejeitados e a melhor forma é criar um ser que nos agrada.

    Quando eu te conheci ao vivo achei super fofa, iluminada, simpática, educada, sorridente tudo o que eu esperava e acompanhava só que com um plus à mais. Eu queria ser uma dessas pessoas que podem dizer que você é muito mais do que você mostra aqui, por que eu acredito que seja mesmo; mas não aconteceu. Não somos amigas de fato. Diferente de criar uma personagem eu acompanho o que você se dispõe a mostrar para os leitores e torço para que tudo dê cada vez mais certo pois gosto da pessoa que se mostra e do que eu vivi no encontrinho aqui no RJ.

    Bom fazer esse post para situar algumas pessoas e até mesmo para mostrar que isso te incomoda. Qual ser humano não muda? Quem somos nós para cobrar de alguém alguma coisa se nem conhecemos ou somos próximos? Gostei muito do post.

    Beijinhos no coração <3

  25. Mel, você não sabe o quanto esse post fez sentido pra mim nesse exato momento! Não tanto com relação ao meu blog, mas sim com minha família e amigos… é muito bom ler coisas e se identificar tanto!
    E Mel, adoro seu jeitinho Mel de ser! De todas as formas, ele é lindo!
    Beijos,
    a-meninadajanela.blogspot.com

  26. Nanda says:

    Que post lindo Mel! Quer saber, eu gosto de todas as Mels que passaram por aqui <3 todas elas são encantadoras e fofas e sempre serão…

  27. Adorei o post, acho certíssimo isso que você falou porque todos mudam eu tenho 22 anos, não sou a mesma dos 15 dos 18 e nem dos 20 anos. Os anos passam a gente amadurece conhece novas pessoas, convive com diversos tipos de pesso as e é a coisa mais natural do mundo, adoro a forma como você mostra parte do seu mundo aqui eu adoro acompanhar seu trabalho de ontem e o de hoje.

    PS: Eu comento poucas vezes aqui e também não curto esse tipo de comentário de visita meu blog e isso e aquilo, mas eu fiz um post sobre o seu App se puder e quiser da uma olhadinha.
    http://www.nemrocknemroll.com/2014/03/app-click-serendipity.html

    Beijos

  28. Tátila says:

    Certa vez ouvi alguém dizendo que não ouvia mais Avril Lavigne por que ela não era a mesma de antes, sem os cabelos loiris naturais e sem skates e shorts largos. Eu só tenho a dizer que essa pessoa perdeu muitas músicas legais das fases novas e diferentes que ela teve .

    Assim é vc Mel. Quem um dia decidir deixar de te acompanhar seu trabalho por causa das suas mudanças só perderá o que vc tem de melhor a oferecer naquele momento atual.

    Continue sendo vc mesma, isso é que é seu diferencial.

  29. Jessica M says:

    Estava pensando nisso esses dias que entrei no seu blog. Eu me lembro quando conheci aqui (há anos!) e você tinha fotos mais do estilo colorido, e depois mudou pras fotos mais fofas e clarinhas, ai mudou e deu lugar ao contraste. As postagens também mudaram. No começo você parecia expor um pouco mais a vida pessoal. Hoje você posta de forma mais profissional, mas sem deixar de falar e mostrar o que realmente ama, e o que compõe a sua essência. E nas duas formas eu simplesmente amo (e sempre amei). Porque você nunca deixou de ser uma inspiração para mim, e também como blogueira. Você sempre continuou sendo a “Mel fofa” que tem carinho pelos leitores, e que sempre responde a todos de forma educada e atenciosa. Ainda sonho em te conhecer pessoalmente e acredito que se um dia acontecer, eu vou pensar: nossa, você é muito mais do que mostra no blog! :)
    Beijo!

  30. Se nós mudamos do momento que em que acordamos até o momento que vamos dormir, como já diria o maravilhoso Lewis Carroll, imagina as mudanças de um ano (ou anos)!
    Gosto da Mel que você era, da que é, e, tenho certeza, gostarei da que será.

    XOXO,
    @alinne_silva (Blog: http://thewonderlandthings.blogspot.com.br/)

  31. Lala says:

    Mel, amei o post!
    Não tive a oportunidade de viver essa “Mel” antiga que alguns leitores falam, mas tive a oportunidade enorme de conhecer você, Mel! Tive a oportunidade de conhecer uma Mel que (pelo menos pra mim) nunca mudou quem realmente é! Você, Mel, apesar de já ter mudado bastante continua a mesma de Mel de ontem e sempre! A mesma Mel que eu conheci ano retrasado, que me inspirou e continua inspirando! Uma Mel talentosa, carinhosa, super divertida e engraçada que faz vídeos com o maior talento e fotos mais lindas seja com uma câmera profissional ou com a câmera de um celular! A Mel que pode ter mudado várias e várias e vááárias vezes, mas que sempre vai ser a mesma pra mim, mesmo mudando!
    Beijão, Lala.
    ps: fiz um poeminha pra você quando você estava ruiva, haha!

    O Mel dos teus lábios
    O Mel dos teus olhos
    Seus cabelos cor de Mel…
    O que dizer se não Melina?
    Jeito de menina, jeito de adulta
    Porque não, Melina?
    Jeito de sapeca, jeito de madura
    Sim, é essa a Melina!
    Melina charmosa e como uma boneca
    Claro, é a Melina!
    Melina pimentinha ou whoovian
    Não deixou de ser Melina!
    Melina de hoje ou de amanhã,
    Mas sempre, Melina…

  32. Mariane says:

    Hoje o FC Melinetes completou 1 ano, parei para pensar nos motivos de eu ter entrado nele e aceitado “gastar” meu tempo nisso, e reparei que os motivos foram completamente diferentes dos motivos que me fazem manter ele agora. As coisas mudaram, entraram e saíram pessoas, e eu também mudei com isso.
    Mudei muito desde quando comecei a acompanhar o blog, e eu sei que você também mudou, e eu estou sempre torcendo para que você fique feliz com essas mudanças, e que elas sejam, em sua maioria, positivas!
    É claro que eu gostava de quando você postava em seu quarto azul (ou laranja) com suas ratazanas e tirava fotos em tons pastéis, mas você mudou, e eu mudei, tenho que aceitar isso.
    Tive o prazer de ficar mais próxima a você por conta de que moramos na mesma cidade, e temos gostos em comum, e sei que você não é nem metade do que mostra ser no blog, sei que você tem problemas, e que é tudo tão corrido que você acaba, sem querer, deixando algumas coisas para trás. E também sei que você é muito talentosa no que faz, e que eu não consigo te imaginar sem fotografar, independente de ter tons pastéis ou não.
    :***
    Kiwi

  33. Thaís says:

    Acompanho a pouco tempo o blog, mas já cheguei a encontrar comentários “pedindo” a volta da antiga Mel. Não conheci ela e deve ter sido incrível acompanhar o blog desde esses tempos. Mas não vale a pena viver de passado e esquecer do presente, o agora.
    Adorei o seu post Mel e espero que você continue crescendo e mudando (it’s okay!), tanto aqui no blog quanto na sua vida pessoal! :) ♥

    Bj Thaís,
    bloglepetitperle.blogspot.com.br

  34. Luane says:

    Que engraçado! Hoje mesmo eu estava visitando seus álbuns antigos do Flickr (inclusive esse das fotos laranjas) e pensando em como tem sido legal acompanhar as suas descobertas e mudanças (e e em como você tem esse talento para a fotografia desde sempre, hehe).

    Acompanho o Series desde o comecinho e acho que se reinventar e manter a essência é algo que todos deveriam fazer mas poucos tentam/conseguem. Mais um motivo pelo qual você é uma inspiração :)

  35. Bruna says:

    Sempre vejo esse tipo de comentário dirigido às meninas que tem blogs conhecidos como o teu e confesso que isso me deixa um pouco assustada, não sei o que faz uma pessoa se achar no direito de exigir mudança (ou falta) de personalidade pra alguém, ou qualquer coisa, inclusive criticar aparência, de uma forma tão descarada, como se fosse uma atitude óbvia a ser tomada. É claro que você pode não gostar de alguma coisa, mas fico muito triste ao ver pessoas que realmente acham que suas opiniões importam para completos desconhecidos só por eles estarem mais expostos, a ponto de fazer uma crítica direta que pode ser tudo, menos construtiva.
    Esse tipo de consequência faz com que a vontade de dedicar mais tempo ao blog ou compartilhar mais coisas diminua muito, um trabalho bem feito não deveria ser pago com tanta falta de amor no coração. Parabéns não só por ler os absurdos que ninguém merece mas também por sempre responder com bom humor.

  36. Thaís says:

    Acompanho o blog a pouco tempo, mas já vi esses tais comentários pedindo pela ‘antiga’ Mel de volta. Não conheci ela, e deve ter sido incrível acompanhar o blog desde o início. Uma pena. Mas não vale a pena (e isso pra qualquer pessoa) querer reviver o passado, o presente tá aí todos os dias pra gente mudar e fazer aquilo que ontem não conseguimos.
    Mel, espero que você continue mudando, pra melhor sempre, que continue crescendo tanto aqui no blog quanto na vida pessoal :) ♥

    Bj Thaís,
    bloglepetitperle.blogspot.com.br

  37. Eu sempre achei esse tipo de comentário muito chato, é como se as pessoas achassem que elas tem algum poder sobre como você deve ser só porque você compartilha coisas na internet e tudo mais. Isso é imaturo e bem irreal, quem sai por aí mandando os outros a voltarem a ser como eram antes? Bizarro.
    Achei seu post muito pertinente, as pessoas esquecem que figuras públicas é um ser humano também.

  38. Lara says:

    Mel.. Quase chorei com o seu post! Realmente me atingiu o fato que, quando eu comecei a te acompanhar, eu via em você e em seu blog um cantinho de alegria e conforto.. Lembro que li todo o seu blog (tinha pouco mais de 1 ano na epóca) em 2 dias.. A forma que você vê a vida e principalmente os pequenos momentos dela é única! E não te larguei desde então. Eu mudei muito e coisas maravilhosas aconteceram tanto comigo, quanto com você. Não é de se espantar que você mudasse também! Sinto saudade de alguns tipos de post que não são tão comuns por aqui hoje em dia, mas atualmente posso te acompanhar de uma forma muito mais constante e próxima.. Cada foto, post ou tweet seu que aparece em meu feed me faz sorrir e lembrar o quanto ter te “descoberto” na internet foi maravilhoso! Olhar pra seus roedores, o quarto laranja me trouxe muitas das sensações ótimas que parar um pouquinho do meu dia pra ler seu blog trazia alguns anos atrás.. Porque é isso que você faz, você inspira e emana coisas muito boas.. Te acompanhar em cada passo novo de sua vida me deixa feliz, Mel! Obrigada por isso! Continue a EVOLUIR (nós estamos aqui para isso!) e que mais e mais coisas maravilhosas te aconteçam.. Hoje não disponho de tempo para ler como antes, mas a sensação de conforto em cada post seu continua sim! Gosto demais de você, e perdão pelo texto longo e prolixo! Beijos e muito mais sucesso! =)

  39. Alexandra says:

    Ohh!! my sis when she was more young than now!!! I mean, you’re young, but on the first pictures more hehehe

  40. Tatiana says:

    Acompanho você a pouco tempo, acho que 1 ano e meio. Teve uma fase em que realmente não gostei de você, mas li postagens bem antigas e gostei de você, e gosto dessa Mel de agora. Todo mundo muda mesmo, não tem como não mudar, vivemos algo novo a cada dia. Problema de quem não percebe e não aceita isso. Eu mesma mudei bastante e me encaixo em algumas de suas novas mudanças: dizer quando não gosta, usar maquiagem do seu jeito e quando quiser são algumas das mudanças. Mude sempre! Mas sempre para melhor!

  41. Van says:

    Mel.
    Ainda bem que vc vive! Rsrs..
    Assim vc pode continuar transformando suas experiências em mais fotos, mais posts… Afinal, é isso que nós estamos fazendo aqui, vendo, lendo, vc compartilhar da sua vida.
    E quem sabe mostrando isso, mais pessoas vão entender que ficar estagnado não leva a lugar algum. Quando olhamos pra dentro de nós despertamos, crescemos e alcançamos sonhos.
    :*

  42. Oi Mel!!! Amei o post, sério mesmo! Não te acompanho desde as primeiras fotos, mas por tempo suficiente para perceber suas mudanças, que são acontecimentos naturais e sempre para melhor, na minha opinião!

    Beijos,

    Lulu

  43. Marcella says:

    Não te conheço há tanto tempo assim Mel, mas para mim você sempre será fofa, não importa o quanto mude ou seus gostos mudem. É isso que atrai seus fãs daqui, seu jeito fofo de ver o mundo e a vida. Parabéns pelo blog e por ser você mesma. Beijos

  44. Flávia says:

    Oi Mel :)
    Muito lindo o post e achei linda a última foto!

    Acho que as pessoas falam tanto que você mudou porque em partes sentem falta de uma “determinada Mel” de antes. Eu por exemplo comecei a te acompanhar no flickr ano antes do projeto 365 dias, e para mim o melhor ano foi o do seu projeto, porque eu gostava do estilo de fotos que você tirava. Mas eu não vou ficar falando por ai e pior, toda hora com se fosse uma cobrança “ah volta como era naquele tempo, tira aquelas fotos”. É a sua vida e como você disse a essência continua.

    Beijos :)

  45. Duda Siqueira says:

    Que post legal, Mel <3 eu espero que conscientize muitas pessoas de que mudar é normal e saudável. Ah, e eu adoro 'todas essas Mel's' aí haha ❤️

  46. Juliana Andrade says:

    Oi Mel gosto muito do seu blog acompanho a pouco tempo, é engraçado vc postar esse assunto mudança, pois outro dia estava observando seu instagram e pensei comigo mesma nossa a Mel está amadurecendo! assim como a Sharon está amadurecendo sem perder a escência do trabalho de vocês, mude sim para melhor, seja sempre muito criativa como vc costuma ser.

  47. Maria de Fátima Menezes says:

    Você mudou sim, Mel, mas isso é normal. Estranho seria se você não tivesse mudado com as experiências adquiridas ao longos desses anos que lhe conheci. Conheço o ASOS desde 2012 e, desde então, venho acompanhando seu trabalho e, de certa forma, sua vida. A Mel que conheci, em 2012, ainda era Mel menina. Hoje, essa Mel está mais madura e mais mulher! Achei essa sua transição linda, porque mesmo
    mudando, você não deixou de ser aquela pessoa fofa e que SEMPRE dá atenção aos leitores. Essa sua atenção, essa sua vontade de compartilhar suas experiências no blog, seu jeito inspirador(acho que todas as meninas deveriam ter você como inspiração – delicadeza, feminilidade, simpatia, inteligência, organização (…)) é o que me faz, todos os dias, tirar 30min do meu tempo e vir aqui ao ASOS. :) Gosto bastante do blog, do jeito dele, é o único que leio e não me arrependo! ;)

  48. Ana Sousa says:

    Mudar nunca é ruim, principalmente quando as mudanças são para melhor…

    Como você disse a essência é a mesma ^^ e você – olhando a “evolução” de suas fotos – continua fofa (amei a 7ª foto de cima para baixo) você bem ao natural cabelão bagunçado sobre os ombros ainda como quem aprendendo, ou escolhendo como seriam suas fotos, poses de hoje.

    Legal >.<… também já tive a cor da parede de meu quarto em azul e atual em laranja… e meu blog apenas caminha para dois aninhos mas já sinto que mudei um pouco (hehe)… olha eu viajando…

    Bom, parabéns por tudo que já conseguiu até hoje.

    Beijos o/

  49. Raquel says:

    Queria saber quem é o povo chato que reclama das suas mudanças >.<
    Acho que o problema é que as pessoas estão acostumadas com esses blogs de moda/maquiagens/etc que falam sempre da mesma coisa (da marca que os patrocina) e não entendem o que é um blog pessoal de verdade.
    É mais do que normal que o blog mude com o tempo e como você mesma disse, isso é bom e essencial!
    Adoro aqui <3 Beijos

  50. Bruna A says:

    E a cada mudança a Mel fica mais linda!

  51. Letícia C. says:

    Há muito tempo que não comento aqui, mas que delícia de post, Mel! Ontem mesmo eu comentei numa foto sua no instagram sobre eu lembrar de uma foto sua com o Bruno segurando uns bonequinhos rosas e azuis e disse que lembrava da parede laranja, flickr, honey pie. <3 Espero que não tenha encarado como uma crítica dizendo que prefiro a Mel de antes! Eu gosto de todas! Eu mesma, quando descobri o seu blog (que nem era domínio .com ainda!) eu era outra pessoa. Minhas roupas, meu cabelo, meu corpo, tudo mudou. Mas como você disse no post, a essência ficou e ficará pra sempre! E isso é o legal da vida. Evoluir sempre. A Mel lá de 2010/2011 me inspira, a Mel de hoje, de agora, continua me inspirando. Certeza. Obrigada por esse seu cantinho ♥

    (e ps: eu quase caí da cama quando vi sua foto com o Bruno no instagram porque esses dias, DE VERDADE, eu pensei "a Mel podia voltar com o Bruno né, certamente ele é o amor da vida dela", só não quis comentar isso no instagram. MAS NOSSA!!! NOSSA!!! muita coincidência! chega a ser bizarro eu ter pensado isso do nada hahaha)
    Beijinho no ♥

  52. Julie says:

    Te acompanho desde 2010 e gosto mais de você a cada dia :) você mudou, sim, mas pra melhor! Agora você faz vídeos com muito mais frequência, o que eu amo, enquanto antes você morria de vergonha de falar na frente da câmera haha
    Te admiro muitão Mel, e isso nunca vai mudar! ♥

  53. Amanda says:

    Texto maravilhoso! Sabe, eu tava pensando em algo parecido esses dias, do quanto eu mudei nos últimos 5 anos da minha vida, que não sou a mesma pessoa que era com 18 anos, e sinceramente? Eu gosto tanto do meu eu atual, eu acho que cresci bastante como pessoa, e eu amo mudanças, meu cabelo é o que mais sofre com meus súbitos ataques de querer mudar. rsrs

    Mudar é bom, é evolução, é ótimo sentir uma nostalgia gostosa sim, mas se seu eu presente te agrada mais, melhor ainda, procure mudar mais e pra melhor! Conheci seu blog a alguns meses, e gosto dos posts novos da mesma forma que gosto dos antigos que andei lendo, tudo como vc disse tem a mesma essência. E adoro o fato que compartilhamos tantas coisas em comum, como o amor por Londres, frio, estilo de música e livros… adorei mesmo ter conhecido seu trabalho tá? Continue a sempre trazer novidades, e quem sabe nos encontramos em Londres? XD Em algum canto do Reino Unido eu ainda vou! haha

  54. Vanessa says:

    Oi Mel,
    Não há muito tempo estou acompanhando seu blog, diariamente, e sim você mudou, como todas as pessoas normais mudam!
    Porem, e sempre existe um porem, sinto falta de posts mais elaborados, como antes. Hoje quem faz isso são seus colaboradores (que escrevem maravilhosamente bem, mas isso aqui e seu).
    Sinto que quando você posta, sempre e sobre roupas ou presentes de algum lugar.
    Não estou criticando, antes que taquem pedras, mas aqueles posts legais que você fazia não vejo mais.
    E eles, eles eram a essência deste blog, que eu sinto estar se perdendo.

    Bjo, e se quiser mudar, como eu disse, isso aqui e seu xD

  55. Luciana says:

    Mel não fica chateada, eu entendo o que vc está passando e olha que eu só tenho Facebook, e já tive experiências de pessoas enviando mensagens me julgando por certas atitudes sem nem me conhecer direito. Acho que a Internet deixou as pessoas corajosas e covardes ao mesmo tempo. Corajosas pq falam o que querem, mas covardes pq não arcam com as consequências de suas palavras… bjs

  56. Mariana says:

    Mel, amei esse post!
    Ao contrário dessas pessoas que acham que você mudou, eu acho que você sempre foi e continua a mesma. Você é minha blogueira favorita porque transparece verdade, é doce, gentil e super natural!
    Entendo o motivo do post, e até concordo sobre você ter comentado sobre esse tipo de assunto. É muito melhor comentar agora do que deixar de lado (conheço várias blogueiras que fizeram isso) e perderam muitos de seus seguidores.
    Enfim, permanecerei aqui firme e forte, Mel!
    Fé, sucesso e muitas graças de Deus :)

  57. Nossa Mel, como você mudou! hahaha Brincadeira :P
    Vendo essas suas fotos do tempo do Flickr me passou a sensação de como o tempo passa rápido.
    Toda a mudança gera um desconforto, mas essa é uma coisa natural da vida e quem não gosta de mudanças tem que se conformar com isso. Já pensou se o mundo não mudasse, como nós estaríamos vivendo hoje? Na idade da pedra imagino…
    É bom mudar, mas o mais importante é não perder a essência! Creio que isso você não perdeu. ;)
    E beijinho no ombro dos recalques! haha
    <3

  58. Mel, é incrível como você consegue sempre se expressar com as mais belas palavras! Seus textos são sempre uma delícia de ler (♥). Ontem mesmo eu estava lendo os comentários de uma foto (linda) no seu Instagram e percebi o quanto as pessoas querem cuidar da vida alheia. Muitas vezes, os leitores não percebem que o blog não é um compilado de toda a tua vida, e garantem que têm que saber de tudo sobre sua vida pessoal. Acho isso extremamente egoísta e feio. Os leitores que realmente admiram seu trabalho sabem que mudanças são necessárias e que, você só mudou pra melhor! *-*

  59. Carolina says:

    Mel, você é uma querida e desde que comecei a acompanhar o blog (um pouco mais de 1 ano) pude perceber que apesar das mudanças físicas etc, você nunca perdeu a essência e isso que é muito importante, continua sendo sempre a Mel fofa e doce dos primeiros posts que li.
    Continue sempre assim, e obrigada por inspirar a mim e a tantas outras pessoas que leem seu blog diariamente! <3

  60. Karol Pin says:

    Texto lindo <3 Mel, tu vai no evento da 3ª Turnê Intrínseca nessa sexta-feira?

  61. Juliana Spitz Studart says:

    Concordo com tudo que vc escreveu! Já disse lá no Facebook, pessoal abusado de querer te cobrar isso! Acompanho seu blog desde 2011 ou 2012, não tenho certeza. Vc mudou? Sim e eu tb, mas não significa que isso seja ruim, vc cresceu, amadureceu, assim como eu e tanta gente que te acompanha! Continuo te achando uma fofa e quero muito te conhecer pessoalmente! Não liga pra isso, já deu pra perceber que muita gente gosta de vc do jeito que vc é, mesmo mudando!!! Kkkk… beijos querida!

    PS: Perdi a vergonha, agora tô sempre aqui!

  62. Mel, é essencial o blogueiro mostrar que sua vida não está 100% no blog e que o blog não é a sua vida, porque muitos leitores acham que você é só assim como mostra, mas todo mundo tem momentos de tristeza, de alegria, de raiva, de “querer ficar só”, porém poucos entendem isso. E quando você simplesmente diz que não gosta de algo e depois começa a gostar, iiih, virou “falsa” ou algo do tipo. Considero esse tipo de pessoa muito chata, porque todos mudam e claro que você irá mudar também.

    Enfim, obrigada por mostrar e esclarecer que sua vida não é só o que está no blog e que as coisas mudam sempre.

    Aaah, eu fiz um post bem rápido sobre você no meu blog, se puder ver eu ficarei muito feliz: http://coisasdotempoo.blogspot.com.br/2014/03/mel-in-wonderland.html

    Beijos.

  63. Rach says:

    Você está certa em tudo o que escreveu. Mas lidar com esse tipo de comentário faz parte da “fama”. Talvez seja por isso que tanta gente famosa acabe tendo problemas por causa disso, né? Tais comentários continuarão existindo, e você continuará tendo o direito de desabafar, mas eles nunca vão desaparecer, até porque é impossível agradar a todos. Talvez você perderá alguns dos seguidores antigos, mas ganhará outros. Mudar implica em algumas coisas.

  64. Danielle Botelho says:

    Mel, acho importante de fato deixar registrado que esse espaço é apenas um pedaço da sua vida. Sempre vou agradecer por compartilhá-la conosco. Nos faz bem. Hoje mesmo, não tô num dia legal…mas é muito bom chegar em casa e ler você dizendo que é uma pessoa como qualquer uma de nós, que inclusive fica triste também.

    Beijo =]

  65. Ana Luisa Polito says:

    Mel que linda suas palavras <333 te acompanho desde o início da sua parede azul e garanto que você sempre foi a nossa mel de sempre! Todos evoluímos, isso é verdade. Mudamos nosso jeito de agir e pensar, fato. E as pessoas gostam de dizer que mudamos, mas não estão nem aí pro motivo que nos fez mudar. Foi um privilégio te conhecer pessoalmente aqui no encontrinho do Rio de Janeiro. Foi muito emocionante ver a internet quebrando fronteiras. Nunca pensei que pudesse conhecer minha blogueira favorita que mora em Curitiba, tão longe daqui. Mel, com certeza suas fotos fazem com que eu me apaixone cada dia mais pela fotografia. Acesso essa página todos os dias e me sinto muito feliz aqui. Me identifico com suas palavras sabe?! Mel parabéns por tudo, você merece! Beijos e volte mais vezes <33334

  66. isabelle says:

    Cara, você falou tudo.
    É muito ruim quando você cresce, se interessa por outras coisas e as pessoas vão lá e reclamam que você mudou.
    Elas queriam o que?
    Que você parasse no tempo e continuasse na mesmice?
    Elas tem que aceitar que a vida é assim, crescemos, amadurecemos, mudamos… é o ciclo da vida.
    Mas posso falar a coisa que mais me impressionou nesse post?
    Que você já tem 26 anos
    Sério eu pensava que você tinha 17 a 18 anos, mas é por causa do seu jeito de encarar a vida, a sua leveza… tudo.
    As pessoas na sua idade preste a completar 30 só pensam que estão envelhecendo e tals mas você não.
    Amei

  67. Priscilla says:

    Nossa Mel, amei o texto!
    Realmente mudamos e muito, não sou a mesma pessoa que te acompanhava no começo do blog, sou bem melhor que isso, e você me ajudou e muito, um exemplo é que passei a gostar mais de ler, MUITO OBRIGADA!
    Beijos :*

  68. Sarah says:

    Acho que gosto disso em você: o fato de mudar e não perder a essência. E a parte que mais gosto dela é a doçura. Não sei, mas vejo você dessa forma… E quando leio seus textos parece que escuto sua voz, como nos videos. Calminha… Haha.
    Um bj

  69. Alessandra says:

    Acho que, mesmo tendo mudado também ao longo do tempo em que acompanho o seu blog, ainda sinto falta de algumas fases mais antigas… não entenda como crítica, por favor, é mais um sentimento nostálgico associado à época em que conheci o “A Series …” Eu comento muito pouco por aqui, é o meu jeito, mas não deixo de visitar o blog e acompanhar o teu trabalho! Vejo que boa parte dessas mudanças são reflexo de coisas muito boas que foram acontecendo com você…. mas uma coisa eu vi que não mudou: a mesma delicadeza e o mesmo carinho com os leitores! :) parabéns pelo sucesso!

  70. Camila says:

    Mel, vc é realmente muito talentosa e uma pessoa muito especial, quando acho que isso não seria mais possível, vc vai lá e me surpreende novamente. Adorei o post! Achei o máximo vc falar disso pq eu sempre fico incomodada quando vejo alguém comentando que vc não é a mesma, mas quem seria eu pra falar alguma coisa. Que bom que vc falou! E como sempre de um jeitinho super delicado, gracioso e educado. Menina, não te chamam de Mel a toa, vc tem mesmo um dom de tornar até os assuntos mais delicados num texto super gostoso de ler e da maior doçura. Se eu tivesse que falar alguma coisa sobre a Mel e sua essência eu diria que ela é isso mesmo, só a Mel, que coloca um pouquinho de doce em tudo que faz e encanta a gente todos os dias, desde as fotos mais simples de chá, até as que, pra mim que não entendo de fotografia, parecem as mais complicadas.

    Enfim, mas pra ser um pouquinha chata também, e como leitora fiel do blog que sempre tem algo a pedir, eu também vou pedir: faz mais posts desses, quero dizer, tinha uma época em que quase não tinha vídeo por aqui, e eu completamente entendo que vc faça coisas diferentes, mas de vez em quando, ou com mais frequência, mate nossa saudade dos seus posts só com textos e fotos. Só pra agradar os saudosistas que como eu, serão sempre fiéis, e assistiram todos os videos, mas que nunca vão deixar de imaginar ” Como a Mel faria isso em um post apenas com texto e fotos?

  71. Luiza Brando says:

    Adorei o post! Gostei de ver a sua evolução através das fotos e achei o texto muito bem escrito e expressivo. Quando eu te conheci na vida real (acho engraçado sempre que uso a expressão “vida real”), te achei super diferente da Mel que eu conhecia pelo blog :)

  72. Lara Frota says:

    Eu gosto de ti por isso, pela essencia. Independente do tempo.

  73. Pra mim a Mel de ontem, de hoje, de amanhã e de sempre será eternamente e insubtituivel a tal da Mel.

    TE ADORO essencialmente… especialmente!

    Beijos da Nega

  74. É isso mesmo, mudar é preciso. Mas algumas pessoas não entendem isso e só querem viver no passado. Bjus!

    galerafashion.com

  75. Renata says:

    Não sei porque, mas ao ler seu post eu me lembrei da música “Discutível Perfeição”, especialmente quando diz assim: “Por favor, não me idealize/Assim você está fadado ao deslize”.
    As pessoas criam uma imagem nossa que às vezes não é real e esquecem que nós temos uma vida fora do computador.
    Todos nós mudamos, faz parte do processo natural da vida.
    Amei o post.
    ;*

  76. Amanda Ramos says:

    Acho válido tudo o que você falou, Mel! Vejo vários blogueiros e donos de vlog sendo alvos de comentários como “ah, preferia você como era antes”, mas essas pessoas parecem não entender que a gente muda e isso faz parte da vida. Mudar o estilo, mudar os gostos, mudar as opiniões… Não teria graça se tudo fosse do mesmo jeito de 5 anos atrás. Somos humanos, evoluímos e isso faz parte. Vivemos numa mudança constante :)

  77. Sarah Zinato says:

    Mel, eu acompanho o blog há pouco mais de 1 ano e nesse curto espaço de tempo já tantas “Mels” se apresentarem no blog. A Mel mais menininha, a Mel apaixonada, a Mel que usa maquiagem, a Mel que morou um mês na cidade dos sonhos e uau! voltou um mulherão! Incrível como aquele mês em Londres te fez bem, te faz mais bonita, mais independente, mais articulada, mais disposta a viver experiências novas e, mesmo que através do blog eu veja só um pouquinho do que a Mel é, acredite, essas mudanças são claramente perceptíveis através das suas fotos, dos assuntos dos posts, do seu jeito de falar e escrever. E mudar é bom, gratificante, edificante. Sempre digo que deve ser muito triste a vida de quem permanece estagnado em uma forma de ser/estar/pensar/agir, não deve se parecer com a sensação de estar vivo. Você está de parabéns, continue vivendo sua vida da melhor forma possível e sendo sempre essa fofa que você é como todos os seus leitores! <3 :)

  78. Evelyn says:

    É muito bacana acompanhar suas mudanças, Mel! É como se a gente crescesse junto. Você é muito especial, viu?! :*

  79. Fernanda says:

    Ameeei seu texto! Acompanho o site faz alguns meses e só depois me dei conta que vc tbm era … nós mudamos sim e o que compartilhamos também. confesso que eu prefiro no quarto azul mas é bom mudar…
    O desfecho da sua postagem é bem típico de quem l^e bastante.. Ador
    ei.Beijosss!!!

  80. Isabela Lima says:

    O importante é que continua um amor de pessoa! <3

  81. Te acompanho desde o começo de 2012, seu blog foi uma das melhores descobertas que tive hehe, você é uma inspiração, tanto para fotografia, quanto para seu jeitinho de ser, não importa e qual fase você estiver sempre vou vim aqui e mim sentir bem e com vontade de tirar fotos de tudo! Amo o seu trabalho, continue assim… mudando sempre, e sempre para melhor!
    Beijos!!!

  82. Anacau says:

    Te acompanho desde a época do Flickr. E sim, posso dizer que mudou muito e MUITO mesmo! Teve uma vez (lembro até hoje) que umas das fotos postada, teve como descrição que não gostava muito de usar batom (maquiagem) que não era ligada a essas coisas. E hoje, olha só, és uma das blogueiras mais lindas maquiadas! Mas só uma coisa, antes você era mais atenciosa e respondia á todos. Mas creio que hoje também há muitos seguidores no seu pé e que não tenha muito tempo para todos. Sinto falta da sua parte isso! Beijow!

  83. Adorei o post, ficou uma graça.
    Também adoro o chá da Twinings.
    Amei as fotinhas
    Beijos Nath
    http://blogdacantini.blogspot.com.br/

  84. Jessica says:

    Eu acompanho seu blog desde que você postava de vez e nunca! hehe
    Você mudou assim como todos nós. E a Mel de daqui ha 1 ano, não será a Mel de hoje, e certamente seria uma tola e imatura se ainda fosse. Te admiro bastante, vi suas mudanças e vi que todas fizeram/fazem parte da sua evolução como pessoa! Prefiro a Mel de antes ou de agora? Prefiro apenas a Mel, doce, meiga, sensível e com um carisma que vai além de qualquer tela de computador. =)
    BlogInstagram

  85. Manu says:

    Sou dessas que sente muita saudade dos teus posts pessoais aqui no ASOS! (não com uma crítica, só como nostalgia hahaha) E fiquei muito tocada ao ler esse em especial. Penso em você enquanto figura pública, e em como deve ser esquisito ser alvo das projeções de todos os leitores, que só te conhecem pela internet, se identificam com você, e completam a ideia que tem da Mel com as próprias fantasias de que você vai ser sempre como eles esperam… e quando isso não acontece, nada mais natural do que achar que é você que não deveria ter mudado, né? :P
    Adoro esses seus posts pessoais porque eles sempre me fazem pensar de alguma forma. Eu mesma tenho dificuldade de lidar com essas mudanças e te ver afirmando isso mais um vez me deixou mais tranquila pra aceitar essas coisas :)
    beijos!

  86. Ana Beatriz says:

    Mel, adorei o seu post e penso que mudanças são inevitáveis e precisas. Afinal, elas nos fazem crescer, né? Acho muito legal acompanhar seu amadurecimento e o crescimento do blog como leitora :)
    Gostei muito do que você disse sobre essência, concordo completamente! Ah, você fez algum post sobre sua nova decoração de quarto?
    Beijos,
    Ana Beatriz

  87. Isabelle says:

    Mel, super entendo o que você está falando e passando. Mesmo que eu ainda não tenha tido leitores falando sobre o quanto mudei, até porque tenho apenas um ano com o Meu Louco Mundo, às vezes eu me sinto meio assim comigo. Fico olhando para trás e vejo o quanto mudei. Penso que na verdade eu queria desesperadamente voltar a ser aquela garota de antes. Só que o tempo não volta e nem nós.

    Quando paro para pensar nisso – como agora – vejo que o motivo de crescermos é idade, é crescermos em quem somos por dentro. É do ser humano evoluir e para evoluirmos precisamos mudar. Há bilhões de anos atrás os humanos não eram os mesmos que hoje. Daquele tempo para o hoje eles evoluíram. Mudaram. E querer controlar se uma pessoa vai mudar ou não, é praticamente querer que ela fique parada no tempo e se perca das mudanças que ocorrem no mundo e que deverão ocorrer nela como parte do ciclo da vida. Porque sim, isso tudo faz parte de um ciclo. Um ciclo maior do que nascer, viver e morrer.

    Eu amei mesmo seu texto porque ele fala sobre algo que todos deveriam por um instante parar para refletir e ver que por mais ruim que seja para alguns, alguma pessoa que eles gostam mudar, ela precisa disso para ser ela mesma.

    Parabéns pelo post, Mel! E que você seja sempre você, seja com mudanças ou sem mudanças. Isso não importa. O que importa é que você não mude quem você é pelos outros, mas sim se você sentir que é necessário para você ser você mesma.

    E sobre o blog. Aqui antes de um blog é o seu mundo. É como o seu passaporte para um lugar onde todos os lugares da Terra podem se encontrar. Só que esse lugar que o passaporte vai te levar é seu. É sobre os seus gostos nos eu mundo que é a sua vida. Fale sobre o que você gosta sem medo. Continue como você está agindo. Se você gosta você fala. Porque não importa sobre o que você estará falando, seja sobre o que a Mel antiga gostava ou essa Mel de agora gosta, sempre vai haver alguém que vai estar aqui te apoiando. E pode ter certeza de que eu sou uma dessas.

    Desculpe pelo ~ enorme ~ texto. Beijos e sucesso!

  88. Laura Minaré says:

    Ah Mel! Que lindas suas palavras! Eu amei. E concordo plenamente!
    Acho que somos assim mesmo, estamos em constante mudança. Até porque são essas mudanças que nos move, que move o mundo. Elas devem existir!
    E você é um doce, um chuchu, e sonho um dia te conhecer pessoalmente! E como você disse: Isso tudo que está no blog sobre você, é apenas uma parte. Há várias outras partes que, não é necessário mostrá-las e sim, senti-las.
    E te desejo tudo de bom!
    E, de qualquer jeito, você sempre será fofa e carismática!
    Beijos Mel!
    p.s: Dá um abraço bem forte no fofo do Spock por mim, de novo? (ele é muuuito fofinho) *-*

  89. Si Schurhaus says:

    Nunca teríamos uma borboleta se a lagarta não se transformar!
    Beijinho Mel!

  90. Luciele Aires says:

    Acho engraçado o posicionamento das pessoas, como se ninguém mudasse em algum momento da vida. Somos sim feitos de mudanças e acredito que quem não vive aquilo que quer é muito infeliz!
    Sempre me questionam quando corto o cabelo, quando quero uma roupa diferente das que estou habituada a usar, que não posso fazer algo porque sou mãe… Mas sabe de uma coisa? Se eu ouvisse sempre a opinião dos outros não faria nem metade das coisas que sinto vontade!

    Eu te admiro a cada mudança que faz, mostra coragem e inspira cada um dos seus leitores a serem o que eles querem de verdade sem necessariamente mudar por dentro. Você pode usar maquiagem, mudar a cor do cabelo que sempre vai continuar sendo a Mel! Simples assim.

    Adorei seu texto, suas palavras são motivadoras.
    :*****

  91. Simone Ferraz says:

    Isso aí, Mel, todo mundo com o passar do tempo muda, não tem jeito… Fica mais maduro, cresce, tem novas experiências… Vc está certíssima!

    Adorei o post!

    Beijos,
    Simone.

  92. Jéssica says:

    Sempre linda!
    Tenho ctz que muitos dos seus leitores também mudaram! afinal, estamos em constante mudança!
    eu acompanho você desdo Flickr e continuo te admirando muito!
    linda, divertida, criativa, amorosa e de cativante sempre! :)

  93. “Sim, a Mel de agora gosta de usar maquiagem (mas do seu jeito – depois vou fazer um post sobre isso), aprendeu a falar quando não gosta de algo (chega de gastrite!), não tem mais quarto azul nem laranja, é viciada em chá (principalmente da Twinings), gosta da luz do Sol no final da tarde, mas, como todas as outras Mels, continua apaixonada por fotografia (e sempre será), ama dias frios, nublados e chuvosos, é louca por livros, sonha em morar em Londres, é caseira, ama música, coleciona adesivos, ama compartilhar uma parte da vida no blog e nas redes sociais, serendipity continua sendo a sua palavra favorita…”

    oouun *-* Adorei o post Mel. Você parece ser uma PESSOA MARAVILHOSA ♥
    continue assim! Beeijos

    apequenaka.blogspot.com.br

  94. Disse tudo, Mel. Aliás, qual é a graça de viver sem mudar?! Estamos em um mundo de constantes mudanças, e se não acompanharmos o ritmo das coisas, ficaremos para trás. Te acompanho a pouco tempo (em relação aos outros leitores!) mas tenho certeza que as tuas mudanças sempre foram pra melhor, e é isso que importa! ❤

  95. Thais Rory says:

    Oi Mel!!!
    Costumo visitar seu blo de vez em quando e me viciei de vez no canal do seu Youtube, nunca deixei nenhum comentário, mas resolvi deixar nesse para dizer que você é uma pessoa linda e carismática e não tem que se importar pelo o que os outros falam. Seu desabafo foi oportuno e verdadeiro. É óbvio que as pessoas crescem e amadurecem e você realizou esse processo com dignidade. Fuçando os seus vídeos de antigamente e os de agora, percebo sim a diferença da Mel, mas nada que você esteja forçando para ser uma pessoa que não é. Deu-se naturalmente.
    Parabéns pelo seu trabalho de 4 anos, pelas fotos lindas, pelo amor por livros.
    E depois desse desabafo passei a gostar de você mais ainda porque você tem a SUA personalidade.

    Beijos

    @thaisrory

  96. Suzany says:

    Que lindo, Mel! Te acompanho há mais de um ano e sempre me identifiquei contigo, com o gosto por livros, fotos, até mesmo os sonhos, pois é, quando eu te “descobri” pelo instagram, fiquei pasma, tipo: “encontrei minha irmã perdida!”. Enfim, Mel, você pode mudar cabelo, maquiagem, cor do quarto, mas como você disse, a essência vai continuar sendo a mesma… Esse seu jeito fofo não muda e você é linda de qualquer jeito, nem importa o que os outros dizem, você vai continuar sendo um amor!
    Beijinhos, chuchu, hihi
    <3

  97. Julia says:

    Fico feliz que tenha aberto um espaço no blog para falar disso. Foi delicioso ver todas essas fotos reunidas, bateu um sentimento de nostalgia bom de saber que acompanhei suas mudanças e acabei mudando junto. Muita luz no seu caminho Mel <3

  98. Sharon says:

    você está cada dia mais madura. cada dia mais você. sempre fiel a essa essência que vc falou aí. quero estar sempre por perto pra acompanhar as mels que ainda estão por vir. Serei SEMPRE apaixonada por elas. um beijo <3

  99. Mônica says:

    Post ótimo como sempre, de vez em quando eu sumo aqui do blog, mas não importa que mude, sempre que volto eu gosto do que encontro, gosto de ver teu amadurecimento, as mudanças e sentir falta de algumas coisas, tu é uma inspiração para mim :3
    Amei as fotos <3
    ;*

  100. Quase chorei vendo essa retrospectiva. Sério mesmo!
    Sei que o motivo para fazê-la não foi muito agradável,mas,gostei bastante.

    E, em relação ao assunto principal do post. Eu adorei as suas mudanças. Adorei crescer e amadurecer contigo. Temos quase a mesma idade. Acho que sou um ano mais nova do que você, tenho 25 anos e para mim a essência do seu blog continua a mesma como você disse. As mudanças que vieram foram extremamente bem vindas e continuarão sendo, porque é natural. A vida é assim, como você mesma pontuou bem acima.

    Muito mais sucesso, muito mais patrocinadores, mais amor, mais felicidade. O que importa é quem gosta do seu blog de verdade.

    Beijos Mel!

  101. kevin says:

    mel qual é o efeito que você usou na 8º foto (a que você esta com o moletom do reino unido) acho esse efeito tão nostálgico mais não sei qual é .


Deixe seu comentário