IMG_6232
Books

O Fantasma de Anya (Vera Brosgol)

29.04.2014

Dia desses, eu e a Mel estávamos passeando numa livraria e, enquanto “fuçava” a seção de quadrinhos, encontrei O Fantasma de Anya (o livro, não o fantasma em si, vale dizer…). A capa chama a atenção porque o traço é leve, enquanto os tons (e o título) são sombrios. Pedi de presente para a Mel (que cara-de-pau, né?), e dei pra ela uma HQ roteirizada pelo Neil Gaiman.

A protagonista, Anya, é uma imigrante russa que vive nos Estados Unidos, estuda em um “colégio modelo” e tem dificuldade para se entrosar. Certo dia, a caminho de casa e pensando em um monte de coisas frustrantes, ela cai em um poço e acaba encontrando o fantasma (e o esqueleto) de Emily. Elas começam uma amizade esquisita, e logo Anya vai perceber como pode ser bom (e terrível) ser amiga de um espírito.

Os desenhos cartunizados, simples mas muito bem feitos, escondem uma história pesada, que envolve medo, amizade, família, auto-aceitação, remorso, traição, vingança, superação… Enfim, uma série de elementos que fazem com que O Fantasma de Anya seja bem classificado como “quadrinhos para jovens adultos” (que, por sinal, é a categoria na qual venceu os prêmios Harvey e Eisner, dois dos maiores da indústria dos quadrinhos).

Para dar o tom sombrio da história, a autora coloriu todos os desenhos usando tons de azul – o que, além de ser um belo diferencial, casa muito bem com a situação da protagonista. O projeto gráfico como um todo é muito bonito (papel de qualidade, boa impressão no geral). Minhas únicas reclamações é que deixaram passar errinhos básicos nos textos, e algumas páginas não estavam bem impressas. Fora isso, só elogios.

Não é difícil se colocar no lugar de Anya. Mesmo que você não seja uma imigrante russa que tem vergonha da família e do próprio corpo, provavelmente já passou por algumas situações parecidas com as que ela vive: não saber lidar com os colegas, ter poucos amigos, ter dificuldade em certas matérias…

Eu adorei a leitura, gostei dos personagens e torci por eles. Senti como se conhecesse a Anya, senti vontade de ajudá-la, e gostei (mesmo discordando em alguns momentos) da maneira como ela lidou com os problemas que surgiram por causa da sua nova amiga. O final é surpreendente e deixa algumas coisas em aberto, pra que o leitor imagine o resto.

ISBN 9788564850323 Editora Jangada Nota 5/5 Páginas 224

Obrigado pela atenção, boa semana e até o próximo post!

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube (Novo)

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

 

Por

Gui

  1. Amanda says:

    Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler.
    Já tenho uma queda por quadrinhos desse estilo.
    Adoro o seu trabalho aqui no blog!
    Ah, e qual HQ a Mel ganhou?
    Sou fã do Neil Gaiman <3

    xoxo

  2. Dai Vieira says:

    Resenha perfeita, me deu vontade de ler, e pensar se eu tenho preparo psicológico para ler uma historia desse nível. Mas certamente vou tentar ler, gostei muito da resenha. Será que acho ele para comprar pela internet? Espero que sim.
    xoxo
    http://crescendoaospoucos.wordpress.com/

  3. Yoko says:

    Amei a história! Mais um pra minha lista. E pelo formato parece ser um livro fácil e rápido de ler não é? Estou precisando de livros assim para os intervalos de 15 minutos que surgem no meu dia a dia.

  4. Carol says:

    Resenha como sempre espetacular, Gui!
    Amei a capa do livro, coisa mais linda!

    Me interessei assim que disse que ela era da Rússia. Me apaixonei pela Rússia quando li o livro Criança 44, já ouviu falar? É sensacional! (Se interessar, eu fiz uma resenha dele: http://goo.gl/7v4bWF)

    Fiquei animada pra ler esse livro, assim que juntar um dinheirinho vou comprar :P

    Beijos!

  5. Lily says:

    Já li esse livro e gostei bastante. A história é bem interessante e me identifiquei com os personagens, sem falar nos desenhos que são lindos.

    Amei o Ghost, lobo do Jon Snow♥. Gui, onde você. comprou??

  6. Débora says:

    Olá, eu fiquei com bastante vontade de ler o livro, mas tenho 12 anos, e queria saber se ele é tão adulto assim para que eu não possa ler. Ficaria feliz se me respondessem, desde já obrigada. A resenha ficou muito boa, parabêns.

  7. Thayanne says:

    Achei bem interessante, nunca li livros nesse estilo, fiquei com muita vontade de ler <3.

    thaypinheiro.wordpress.com

  8. Outra resenha impecável, Gui! Adoro o seu dom de resumir em poucas palavras e mostrar o suficiente pra atiçar a minha curiosidade…seus textos passam segurança, honestidade e são muito bem escritos..parabéns!
    As fotos estão lindas e eu adoro esse lobinho do Jon Snow, fofinho demais…lembro do Beethoven com os olhinhos vermelhos e o pelo branco!
    Beijinhos

  9. Não conhecia esse livro, fiquei encantada com a história!
    Adorei. :)

  10. Débora says:

    Obrigada, irei terminar de ler os outros e pedir esse para minha mãe ou meu pai.

  11. Camila Senhorini says:

    Adorei a resenha e a capa S2 :) fiquei com vontade de ler!

  12. Adorei as fotos e a resenha. O fantasma combinou tão bem hehe.
    A história parece muito interessante, eu gosto quando o quadrinho sai do preto e branco e cai nesses tons mais roxos e azuis.
    Só não gostei muito da ilustração.

    Ótima resenha, Gui.

  13. Estava louca para ler esse livro daí ontem de tarde minha irmã chega em casa dizendo que comprou para ela, quase roubei! haha
    Pelo visto, você tem ótimo gosto para graphic novels, você podia fazer um post das melhores que você já leu! E, por favor, faz mais resenhas de graphic novels!
    xxxxxxx

  14. Adoro essa graphic novel, acho muito delicada e com uns traços lindos. <3
    Lindas fotos, viu? O Fantasma tá em casa, praticamente, hhahaa.


Deixe seu comentário