INSPIRAÇÃO

Uma parte de mim

melinasouza01

Uma coisa que nunca imaginei que um dia iria fazer era compartilhar uma parte da minha vida com milhares de pessoas pelo mundo.  Isso é, ao mesmo tempo, maravilhoso e assustador. Saber que, por causa do meu blog, muitas pessoas se apaixonaram por mundos incríveis como o da fotografia e o da literatura me deixa absurdamente feliz. Estar em Recife, um lugar tão distante de onde escrevo a maioria dos posts publicados, e ser reconhecida na rua (ou no shopping) e ganhar abraços de pessoas que me acompanham há muito ou há pouco tempo é maravilhoso.

Trabalhar com a internet me mostrou o quanto o mundo pode ser um lugar pequeno. Me mostrou que posso trabalhar com o que gosto e de alguma forma fazer a diferença na vida das pessoas. Nesses quase 4 anos de blog, muita coisa mudou por aqui. Desde o layout até o conteúdo. E muitas dessas mudanças têm a ver com os momentos que passei e que estou passando na minha vida.

O que vocês vêm aqui, é uma parte de mim. Uma parte do que estou vivendo. Uma parte que quero e consigo compartilhar com vocês. Mas, como disse nas três sentenças anteriores, é só uma parte de mim.

A vantagem de compartilhar apenas uma parte de mim é que posso guardar a outra só pra mim e escolher com quem dividir. Sempre tive dificuldade para me abrir com as pessoas. Sempre guardei muitas coisas pra mim não por egoísmo, mas por medo e insegurança e por isso consigo contar em uma mão as pessoas que conhecem os meus medos, as minhas angústias, meus sonhos…

A desvantagem de compartilhar apenas uma parte de mim é que muitos pensam que a minha vida é um conto-de-fadas, que não tenho problemas e que tudo é muito fácil pra mim, afinal eu trabalho em casa e com o que gosto. Alguns acham isso inspirador e outros  acham que isso é um bom motivo para direcionar a sua infelicidade e ódio para mim. Uma vez recebi um comentário que dizia algo mais ou menos assim “eu não gosto de entrar aqui porque você tem uma vida perfeita e isso irrita”.

A verdade é que não tenho uma vida perfeita. Não tenho a vida dos meus sonhos, mas sigo tentando me manter o mais firme possível para realizar o que sonho para mim. Sou apenas uma pessoa normal que por acaso criou um blog que hoje é a minha fonte de renda (algo que realmente nunca pensei que pudesse acontecer). A minha vida nunca foi e nunca será perfeita. Isso não existe, pelo menos não no sentido literal da palavra. Acontece que escolhi não compartilhar meus problemas, meus medos e minhas angústias na internet. Parece bobo falar isso, mas eu também fico triste, choro, fico desmotivada, tenho vontade de desistir…minha saúde não é perfeita (mas sei que ela poderia ser pior), sinto medo, tenho dúvidas…enfim, sou um ser humano como qualquer um de vocês que está lendo esse post.

Já não sei mais qual é o propósito desse post e nem lembro qual era o meu objetivo quando comecei a escrevê-lo, mas sei que, de alguma forma, colocar esses pensamentos em palavras nessa aba de posts fez com que me sentisse melhor.

Agora só preciso decidir se vou clicar no botão “publicar” ou não e compartilhar mais essa parte de mim com vocês.

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

Posts relacionados

77 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
junho 8, 2014
Próximo post
junho 8, 2014
  • Flávia Bianquini

    Faz tempo que acompanho seu trabalho, talvez você até lembre de mim, pelos comentários aqui no blog, pelo encontrinho em São Paulo ou pelas duas cartas que eu enviei (as do Pequeno Príncipe). Faz tempo que não comento aqui no A series of serendipity, não porque não gosto mais do blog, mas por questões e tempos e por não ter achado alguma coisa legal para escrever.

    Gostei muito do post porque me fez pensar muita coisa, não só sobre você e o blog, mas também muita coisa sobre mim. Acho que nunca ninguém irá nos conhecer por inteiro, nem nós mesmos, afinal tantas vezes alguém nos fala alguma coisa sobre nós mesmo que até então não tínhamos percebido?

    São partes de nós que só tem sentido comigo e com o outro. Além disso, mudamos todos os dias, uma música que escutamos, um livro que lemos, alguma coisa que alguém fala para a gente, um cheiro de chá ou bolo na cozinha, uma textura de um cobertor fofinho…

    Quando te conheci pessoalmente percebi que a Mel “ao vivo e a cores” não era a mesma Mel do A series of serendipity, mas também era. O blog é uma parte de você, a parte que você apresenta na internet para milhares de pessoas, e as pessoas vão gostar e não gostar de muita coisa. Eu gosto do blog, mas não te todos os posts, os posts que eu gosto são os que me mantém como leitora e me faz voltar ao blog infinitas vezes para encontrar aquilo que gosto e não gosto e nisso não tem problema algum, o que eu não gostei hoje eu posso gostar amanhã.

    As pessoas tentem a julgar as mudanças, as nossas partes boas e bonitas como ilusão, mas na verdade elas são e não são! Quando você posta você escolhe aquilo que quer e não quer dizer e eu leio de um jeito e outra pessoa lê de outra porque somos diferentes e possuímos experiências diferentes.

    Não sei se divaguei muito, mas espero que o que eu tenha escrito te ajude a manter-se alegre com o blog, ele provavelmente te traz tristezas também, mas mantenha-se na alegria. E continue escrevendo sobre partes de você! Algumas delas são tão importantes para mim e com certeza para outras pessoas também! Às vezes eu não vou gostar e elas não vão gostar também, mas como tudo na vida há jeitinhos e jeitinhos de dizer que não gostou.

    Assim, como é tão importante dizer quando gostou, pois que escreve no A series of serendipity é uma pessoa com sentimentos, e aqueles que são alegres precisam ser renovados todos os dias para que o trabalho maravilhoso que você faz continue, mudando e sempre com partes de você!

  • Elaine

    Engraçado, quanto mais eu descubro alguns dos seus defeitos, mas me encanto. Não sei ao certo o pq, mas sempre que eu vejo pessoas seguindo os seus sonhos, passo a admira-las, pela sua coragem e confiança, e pela criatividade e a beleza do que ela faz, para mim fazer o que gosta é uma dos meus maiores sonhos, mas hoje em dia é um provação. Então quando me identifico com alguns de seus “defeitos” vejo que eu também seguir meus sonhos!

  • Melina Souza Info

    Mel, fiquei emocionada com suas palavras, e preocupada ao mesmo tempo. Como assim sua saúde não é boa ?!
    Espero que não se abale por qualquer comentário crítico ruim que vier, pois na internet sempre tem isso, mas em troca tem milhares de comentários críticos bons, que te elogiam, que se inspiram em você, pois você passa por cima dos problemas, você está sempre em busca do seu sonho, do que você quer pra sua vida, e sempre faz com o seu melhor. Então, não fique pra baixo nunca ! Sempre que estiver em um momento triste, lembre do seu trabalho, das 16,3 mil pessoas que te acompanham (e isso é só uma parte !), lembre-se de nós, que sempre estaremos aqui pra você !
    Quem te acompanha desde o começo/meio sabe que você conquistou muitas coisas, e sempre nos surpreende cada vez mais, então, continue assim, tá ?!
    Nós te amamos ! ❤
    /Ju

    • Melina

      Oi, lindinha!
      Eu quis dizer que não é sempre que estou bem de saúde, mas no geral ela é boa, sim :)
      Muito obrigada pelo carinho sempre, viu? <3
      :*

  • Duda Siqueira

    Boa parte dessas pessoas que não fazem críticas construtivas, reclamando de tudo é porque, na verdade, queriam a “vida que você tem”. O que elas não entendem é que, como você mesma falou, o que você mostra no blog não é tudo e, mesmo o que você mostra, houve esforço e trabalho pra você conseguir estar aonde você está hoje. Enfim, Mel, saiba que no meio de tantas pessoas que pensam dessa maneira, tem também as que entendem que isso é só uma parte da sua vida, e amam essa parte da sua vida que você compartilha por aqui <3

  • Regina

    Mel, achei legal você compartilhar isso conosco. Principalmente porque pra quem te acompanha desde o início ou a mais tempo, foi envolvido em situações muito mais pessoais do que o que é publicado hoje em dia (conteúdo mais profissional-que também é ótimo), e entendemos o porquê da mudança. Todos que te acompanham preocupam-se com você. Quando estiver assim olha pra esses quatro anos e veja o quanto você cresceu e amadureceu, o que já conquistou (amigos, oportunidades, experiências…). Isso é uma bênção de Deus pra você e pra nós que temos você conosco. Bjo e força sempre.

  • BelaHanajima

    Deve ser bastante difícil “filtrar” o que mostrar ou não na internet… Mas acho que você faz isso bem, nem mostra demais nem de menos. Parabéns pelo seu trabalho. ♥

  • Beatriz

    Amei o texto, e a parte do “ser reconhecida na rua (ou no shopping)” eu encontrei a Mel na fila do cinema para assistir The Fault e foi muito legal, você é simpática, fofa, amei te conhecer, parece mentira que eu conheci alguém que só vejo na tela do computador. Parabéns por tudo Mel.

  • Alessandra

    Pessoas insensíveis e de mal com a vida existem em qualquer lugar. Não deixe que isso atrapalhe sua vida e seus projetos.
    Ainda não te conheço pessoalmente, mas espero um dia poder conhecê-la. Você é uma dessas pessoas que transmite alegria e felicidade por onde passa. Mais uma vez, a felicidade da gente incomoda pessoas ruins, por isso, não deixe que isso te abale. Beijos de sua leitora que te acha, no mínimo, o MÁXIMO!!!!!

  • Sandra Daimaru

    Oi Mel, acho que não tinha feito nenhum comentário aqui antes, então prazer em conhecê-la, meu nome é Sandra.

    Conheci seu blog a poucos meses. Cheguei até ele através da Yoko do blog Cantinho da Yoko. Acho que foi na mesma época em que eu fiquei fissurada em comprar uma Instax. Enfim…

    Só queria dizer que eu concordo com seu jeito de pensar e escrever. Tem gente que prefere reclamar, criticar. Eu penso que a base de todo relacionamento é o respeito. Leio blogs com o qual me simpatizo. Se o assunto não me interessa ou não me identifico com o modo de pensar, eu simplesmente não leio.
    Mas tem gente que pensa diferente, gosta de criticar, fazem questão de mostrar sua opinião.

    Não estou dizendo que sou contra críticas, mas críticas como essa que você mencionou não acrescenta nada e só expressa a infelicidade de quem escreve.

    Pessoas de sucesso atraem admiradores e também gente infeliz que se incomoda com a felicidade alheia. Isso é fato e não dá pra mudar. O que dá pra fazer é controlar a sua postura em relação a isso. Não valorize, simplesmente ignore.

    Um beijo, Mel. Se cuida.

  • Beatriz

    Mel, foi ótimo te conhecer ontem na fila do cinema, amou The Fault, espero que sim. Você é muita fofa, um amor, espero que volte a Recife logo para um novo encontro, assim poderei te conhecer melhor.
    Amei o texto, assim como amo todos os que você escreve, queria poder escrever como você, mas enquanto não chego lá vou me virando. Beijos.

  • Anna Luiza

    Que lindo texto, Mel. Preciso dizer que mesmo sabendo que o que você mostra aqui no blog é só uma parte da Mel, é uma parte maravilhosa, e mesmo não lhe conhecendo muito bem sempre imaginei que fosse uma garota amigável e fofa. Fico feliz por ter comprovado isso ao te encontrar ontem no shopping.
    Sei que você deve ter muitas coisas para fazer, mas eu iria ficar muito feliz se você pudesse ver o recadinho que eu deixei pra você no instagram (http://instagram.com/p/o9j3RHDMv6/).
    Um beijinho, chuchu!
    P.S.: manda um beijo pra Sharon também!

  • Lena

    Quem já teve a oportunidade de estar ao seu lado e conversar, não apenas venerar a Mel blogueira, sabe que você é gente e não um alguém fabricado em um mundo perfeito.
    Eu amo o A series of, a parte da vida que você publica aqui e a Mel que eu conheci no RJ.
    Me deu uma vontade imensa de te escrever uma carta agora, aliás essa vontade já é de tempos. Vou fazê-la <3

    Desabafe sempre que quiser e não ligue para quem acha que a vida é perfeita, no sentido literal! (Isso me lembrou o coração literal de Jesus de "A culpa é das estrelas").

    Beijos no coração!

  • Bianca Duarte

    Eu sei como você se sente, Mel.
    Eu que não tenho blog e nem nada já sofro esse tipo de julgamento por parte da minha família, amigos e conhecidos que tiram conclusões baseadas somente no pouco que posto na internet (moro fora do Brasil atualmente). Já deixei de postar fotos de viagens que fiz no meu pouco tempo de folga e que fiz um esforço pra conseguir, pois todo mundo pensa que eu “vim pra farrear, vivo de férias turistando, não quero saber dos estudos e estou nadando no dinheiro”. As pessoas não se conformam com a felicidade alheia, você tem que ficar reclamando de tudo para parecer um ser humano normal e não alienado.
    Eu mesma já me peguei várias vezes inevitavelmente pensando coisas do tipo “nossa, a vida dela é assim completamente fofa mesmo ou é só ingenuidade?” e etc (mil desculpas, mesmo). Nesses dias que não estou muito bem resolvo guardar esse tipo de comentário só pra mim.
    Querendo ou não, no mundo de hoje com blogueiras compartilhando até demais, não dá pra saber o que você conta ou o que você deixa de fora. O que você posta acaba querendo ou não modelando a sua imagem na cabeça de quem lê, e isso cria um viés nem sempre desejável. Felizmente na maioria das vezes, acredito que muitas leitoras pensam como eu: é uma inspiração pra aproveitar até as pequenas coisas da vida e ser feliz. Até o nome do blog já diz muito :)
    Não queria fazer um comentário clichê, mas tentei ser o mais honesta possível. Espero que não me entenda mal.

    Às vezes desabafar faz bem, viu? Ninguém é de ferro.

    Beijos :*

  • jiovana

    É verdade tudo que você falou, faz pouco tempo que conheci o seu blog, mas já deu para percebe a pessoa que vocé ou pelo menos uma parte como você mesma disse.

  • Thainá Ferreira

    Sabe, eu acho que essas pessoas que falam isso talvez porque elas queriam ter a capacidade de apesar dos desafios e das dores da vida, conseguir compartilhar a felicidade com o mundo, que é o que você faz, compartilha conosco um mundo alegre, o seu mundo, e mostra que da pra se encontrar a felicidade em pequenos e simples detalhes da vida. Não ligue para essa gente, apenas continue compartilhando a sua felicidade conosco, pois isso é lindo de ser ver! ^^ #compartilheafelicidade hahaha

  • Franciele Correa

    Mel, você é um coração.
    Quando entrei no seu blog pela primeira vez me senti muito feliz e agradecida por você ser uma menina com seus 20 e tantos anos e que ainda assim amava coisinhas fofas, canetas coloridas, diários e agendas com desenhos bonitinhos.
    Fiquei muito feliz porque a maioria das pessoas esquece que quando nos tornamos adultos, não precisamos soltar a mão da criança que vive em nós, mas nos tornar um equilíbrio, nos permitindo sonhar e não deixar de brincar, sorrir. Porque esse lado criança é o que nos faz enxergar o mundo de um jeitinho diferente, faz ter esperança e olhar pra cada partezinha do nosso dia com um carinho especial, valorizar.
    Mas esse lado criança também faz sentir mais e faz com que doa com mais intensidade quando percebemos que o mundo muitas vezes pode ser cruel. Mas vejo isso como algo bom. O mundo precisa tanto das pessoas que sentem… :)

    Obrigada pelo seu blog, que é o reflexo de tudo o que você tem aí no seu coraçãozinho.

    Será que te vejo no Polivox aqui em Curitiba?
    Alguma coisa me diz que sim <3

    Beijinhos

  • Beatriz Rocha

    Você é uma pessoa incrível, Mel! Você me inspira demais e me incentivou muito a investir na área da Fotografia e começar a construir minha carreira. Você é muito iluminada, fofa e merece tudo o que conquistou e irá conquistar — e aposto que serão MUITAS coisas! Te adoro e continue espalhando amor, isso muda o dia de uma pessoa, pode ter certeza. Grande beijo <3

    http://www.beatrizrocha.com

  • Josilda Mesquita

    Querida Mel!!!!!
    Quando comecei a te segui foi por causa de expor um pouquinho de você, é claro aquilo que te deixava feliz. O que nos deixa tristes, medrosos, inseguros pertencem a nosso mundinho escondido dentro de nossos monstros.
    Todos somos assim, tenha certeza de que todos que vem até seu blog é pra ver seu sorriso, o mundo real é cheio de prós e contras.
    Hoje aos meus 43 anos, vejo em você um pouquinho de mim, ao longo dos anos.
    Tem momentos que estamos down e isso é normal, mas temos que sempre valorizar o lado bom da vida.

    Beijos de alguém que te curte em família.

  • Karin de Oliveira

    Ai Mel,
    Acho tão legal esses seus textos desabafos. As pessoas ainda acham que o mundo que vivemos é um faz de conta.
    Trabalhamos, estudamos, sofremos, sentimos saudades, choramos porque não conseguimos algo que queremos muito, temos problemas de saúde, problemas de saúde na família. Tantas outras coisas que nos tornam pessoas normais.
    Conheço o ASOS desde quase o começo e vejo o quanto você cresceu e amadureceu e o quanto o blog evoluiu. É uma pena que quando chegam aqui acham que é essa é sua única vida.
    Maldade, inveja e sentimentos ruim sempre existiram, mesmo que desejamos o contrário
    Não fique triste com nada que falem. Você tem pessoas que realmente te conhecem e te amam pelo o que você é, sem a existência do ASOS. E essas pessoas são as que importam.

    Mil beijos!

  • Karina Dias

    Bom Mel, só gostaria de comentar que eu sou uma das pessoas que foram inspiradas pelo seu blog e é claro, por você. E agradeço muito por isso. Desejo toda a felicidade dos contos de fadas pra você.

    Um abraço no coração ♥

  • Cecilia Souza

    A internet é um lugar assustador as vezes, eu que não tenho blog e nem gosto muito de me expor fico chocada e muito triste com a quantidade de comentários maldosos que leio por toda parte. Felizmente esses comentários infelizes são apenas 1% do seu feedback maravilhoso Mel, seus leitores se identificam, choram, riem, se emocionam, assim como eu eles torcem por você e viajam junto com você. Não se deixe desanimar por pessoas gostam de atacar, ferir e machucar gratuitamente, você e seu trabalho valem muito mais do que isso. Admiro pessoas que tem a coragem de se abrir e compatilhar a vida com todo o país… Seu blog é lindo, inspirador! Acho justo ASOS dominar o mundo rs um beijo carinhoso!! Cecília :)

  • Jessica M

    A melhor coisa de você encontrar uma pessoa na internet é admirá-la pela sua capacidade de transmitir bons sentimentos num mundo em que pessoas fazem de tudo para deixar outras desmotivadas, simplesmente porque não tem a vida que gostaria e quer descontar isso nos outros.
    E também, a melhor coisa é saber que, em algum lugar, mesmo que distante e que talvez eu nunca venha a conhecer pessoalmente, tem alguém com quem eu possa me identificar e compartilhar dos mesmos sentimentos que eu <3

  • Anna Carolina Costa

    Suas palavras foram lindas! Aliás, essa é uma mania que esta indo para fora da internet né? As pessoas nos julgam (estou me incluindo no que você disse) pela nossa felicidade, roupa, bom-humor … Outro dia um colega da faculdade me ‘insultou’ pois eu estava com uma roupa de desenho animado, dizendo que eu era infantil para minha idade (21 anos) e que estava sempre sorridente como uma criança.. Tipo OI? E qual seria o problema nisso? .. Adoro ver você alegre, e isso me inspira a ser mais alegre todos os dias!
    Eu sempre tive tudo muito fofinho assim, igual suas coisas, e quando te achei na internet foi tipo: Minha alma gêmea de fofura!! Kk
    Adoro você, e não se abale por comentários infelizes de pessoas, infelizmente, mais infelizes ainda.
    Uma vez eu comentei no grupo do facebook que vc estava triste em um vídeo e que eu tinha notado .. Ou seja, não é o VOCÊ naquele vídeo, pois você é alegre, é alto astral, é sorridente, brincalhona .. E não pode deixar isso se perder ;)
    Mesmo a vida não sendo perfeita, temos que nos sentir bem e felizes nela não é mesmo?
    Bom, falei muito .. Kk beijos linda
    Anna Carolina

  • Bruna

    Mel, há anos acompanho teu blog, e apesar de não te conhecer pessoalmente, posso falar que sinto orgulho de ti. Orgulho da tua evolução aqui… fico feliz por você e pelo sucesso e reconhecimento do blog.
    Me sinto exatamente igual a você em relação ao que disse sobre expor sentimentos. Mas, quem sabe um dia, a gente perca esse medo e insegurança. Ou não, pois assim, saberemos quem é de verdade e está do nosso lado, mesmo conhecendo as nossas partes “não tão bonitas e felizes”.
    Ah, obrigada por ter decidido clicar no botão “publicar”. haha Beijos.

  • Zezinha Souza

    MeL, você é uma das pessoas mais lindas e íntegras que eu conheço…é claro que não vive um Conto de Fadas mas tem uma vida linda, preciosa, confortável, é amada sem medida e é uma inesgotável fonte de inspiração e de graça, tudo isso graças ao seu esforço e tudo que conquista sendo quem é ♥ … você é amor, é luz e como se tudo isso não bastasse, é belíssima por fora e por dentro!…claro que não é perfeita, ninguém é, mas é autêntica, tem valores incríveis e jamais decepcionou quem teve a felicidade de um dia conhecê-la e dividir momentos ao seu lado ♥…..e é claro que poderia melhorar, algumas coisas em você: como essa cobrança excessiva que tem diante de si mesma e a “importância relativa” que dá às criticas destituídas de seriedade vindas de quem se escuda no anonimato que a internet permite, pra machucar quem tem brilho…é nítido que que quem brilha, se destaca e fica exposto, acaba gerando inveja, despertando o que há de ruim naqueles que, em vez de procurarem melhorar, acham que atacando poderiam se sentir um pouco melhor. Esses, os invejosos, são a personificação da infelicidade, portanto dignos de nossa pena.

    Um conselho de mãe, de amiga e de sua maior fã: não permita que o lixo de quem agride chegue até você, nem que isso te magoe… não dê espaço para cobranças vindas de quem não consegue sequer lidar com a mente e alma pequena que possui…quem age desse modo é digna de pena, apenas isso….para as pessoas sérias e carismáticas como você a vida sempre será mãe, cheia de possibilidades e o mundo pertence a vocês…continue correndo atrás dos seus sonhos, investindo em novos projetos, agindo com simplicidade, sempre em paz com a sua consciência, corrigindo eventuais erros, aprendendo com o cada dificuldade que surja e sendo firme sempre.

    Lembre-se, o blog é seu e você tem todo o direito de colocar nele o que quer e julga conveniente, sempre com a seriedade e respeito que tem por cada leitor que conquistou…quem não se identificar tem a liberdade de procurar um com o qual se identifique….simples assim! ;)

    Amo você e agradeço diariamente a Deus a felicidade de compartilhar essa vida com você e com a nossa família! Você e seus irmãos são tesouros inestimáveis e motivos de orgulho e agradecimento eterno. ❤

    • Isabelly Missi

      Aww que amor de mãe <3
      Adoro vcs *-*

  • S. Tavares

    Acompanho o blog a um tempo e comento raramente. É evidente a evolução, o crescimento, o amadurecimento, a profissionalização da pessoa, do blog, do conteúdo.

    Torço pra que a parte que não nos mostra esteja indo tão bem quanto a mostrada.

    Que esse desabafo tenha ajudado a se sentir mais leve com o que quer que seja. E que esteja aproveitando aos montes os dias aqui em Pernambuco.

    Beijos

  • Karina

    Amei! É isso aí, Mel. As pessoas infelizmente não sabem como se comportar em relação à vida alheia, sempre se acham no direito de criticar sem saber o que realmente acontece. Acompanho o seu blog há mais ou menos dois anos e amo o seu trabalho, é lindo e inspirador, não ligue para essas críticas bobas. Você arrasa! <3

  • Marcelo

    Seu post me ajudou. Não sei porque, mas ajudou. Esse é o primeiro post seu que leio, cheguei pelo vida organizada. Obrigado.

  • Jéssica Alfenas

    Parabéns, Melina!

  • Nany Oliveira

    Hey, Mel.
    Acompanho teu blog há um ano e, acredite, este é o meu primeiro comentário por aqui. :O
    Hoje, lendo este post, deu uma vontadezinha danada de interagir com você. Sabe, Mel, você é uma das minhas inspirações na vida. A forma que você encara o mundo me inspira. Não que tudo seja realmente mágico quanto uma foto pode traduzir, mas como os detalhes, mesmo os bobos, podem fazer a maior diferença. Você me fez ver o pequeno e enxergá-lo grande; da mesma forma que me fez ver coisas que eu considerava gigantes, miúdas. Já li muitos comentários por aqui que, sinceramente, me deixaram triste. Mas, opinião é tipo bunda, cada um tem a sua (Que frase desnecessária…). Independente do que achem de você, se é perfeita ou não, se passa por problemas ou não, se tem um blog lindo ou não. Garota, você mudou uma parte da minha vida. Sei que eu, uma pessoinha que está tão longe e que você nunca viu, posso parecer irrelevante, mas sei que não sou a única leitora que vai lembrar de você para sempre. Sabe? Tipo, SEMPRE!!!
    Um grande beijo, Mel.

    (Aiiwnnn meu primeiro comentário ♥)

  • Nizer

    Mel, que texto lindo e profundo. Me fez pensar sobre várias coisas aqui… Posso dizer com toda certeza, Melina, que você mudou a minha vida. Pra melhor. E me abriu caminhos. E me fez sorrir inúmeras vezes com seu modo de ver a vida, com suas paixões, com seus sonhos. Com detalhes que passam despercebidos, com coisas simples que as pessoas muitas vezes não se atém ou não percebem. Não é fanatismo, é gratidão. Sou eternamente grata por tudo que você me proporcionou (mesmo sem saber).
    Você é uma luz, uma pessoa iluminada, querida, meiga, sensível, uma artista. Uma pessoa que faz a diferença na vida de muitas outras pessoas.
    Tem tanta gente que te ama, te acompanha que penso “Será que meu comentário vai fazer alguma diferença?” mas depois também penso que pelo menos um pouco eu possa ter retribuído a você. Por tudo que você fez por mim, Mel. Você, sua mãe, sua família.

    Por favor, não desista, não nos abandone, precisamos de você. Você é como a luz do sol em dias cinzentos.

    Beijos

    De quem te admira muito, com carinho:

    Nick.

  • tete

    Mel adoro vc e tudo oque vc fala , vc é uma fonte fe espiraçāo pra mim vc é demais.

  • Renata Carvalho

    Oi, Mel,
    Acompanho seu blog faz um tempo já… desde a época da sua faculdade. E o blog já foi muito mais um blog pessoal, hoje podemos identificar um blog mais comercial, ainda que não tenha perdido as suas caracteristicas.
    Você postava muito mais sobre você e seus gostos, sua vida mesmo. Eu gostava mais do blog naquela época, mas não deixei de acompanha-lo por isso.
    Você continua uma pessoa especial e amável, isso que importa.
    Sucesso!

  • Liz

    Gostei bastante do seu texto Melina. Lembro até mesmo de um post antigo seu em que você disse que não fotografava apenas suas alegrias, havia também a tristeza, que não é algo que você quer compartilhar. Nenhum de nós é perfeito, sentimos diversas emoções, passamos por diversos momentos na vida, uns bons e outros nem tanto. Compartilhar a alegria, aqui, além de tudo é fazer honra ao título do blog. “Serendipity” é uma palavra que eu passei a admirar muito mais depois de conhecer e admirar o seu trabalho. Um abraço cheio de carinho, Melzinha!

  • Aline Santos

    Melzinha, faz tempo que não comento aqui. Acesso diariamente seu blog. Eu tenho que agradecer muito você por criar o blog e compartilhar parte da sua vida. Seu jeito é tão único e diferente que parece transmitir alegria e vontade de viver… ah Mel, nunca pare de ser blogueira! Tem mais ou menos 2 anos que conheço o A series of Serendipity e aprendi muita coisa contigo! Comecei a gostar mais de literatura, fotografia e afins. Melzinha, a vida não é fácil e nem perfeita para ninguém né… mas desejo a te felicidades e força para sempre trabalhar com o A series of Serendipity! Beijos :D

  • André Luiz

    O engraçado é que quando entro aqui não me sinto desmotivado por não ter uma vida como a sua, por não conhecer os lugares que você conhece ou ter um “emprego” bacana, nem penso que tudo isso é falso, uma mentira. Quando entro no A Series e vejo tantas coisas bacanas acontecendo contigo, Mel, só me sinto mais feliz e tenho a ousadia de sonhar também. Você é inspiração <3

    Beijo*
    andré cefalia.

  • Mv

    Mel, não ligue para os comentarios negativos. Você tem varios leitores que estão te apoiando e sempre vão está contigo para o que der e vinher. Seguimos você como exemplo e quero ter essa sua vida “perfeita” que você conseguiu por esforço proprio. Nos te amos e sempre vamos está te defendendo. Não gostamos de você só pelos post e pela sua vida “perfeita”, gostamos de você pelo o que você é, pelo acolhimento que você dar para os seus fãs, pelas as suas atitudes e por você nos ajudar com a nossa vida. Eu sempre fui fã de blog e tals, e em todo blog que eu vou e me indentifico com ele, eu gosto de achar que a blogueira é minha amiga (acho que já falei isso aqui antes), e para a gente, você é uma amiga. Você pode contar com a gente para qualquer coisas e espero poder contar com você tambem. ❤️❤️

  • Ceci

    Você não sabe o quanto eu esperei por um post desses, pras pessoas que não se preocupam com você perceberem que a Melina Souza também é um ser humano comum e que nada é perfeito ♥️ Foi ótimo conhecer mais esse seu lado e me encantar mais ainda! Bjs

  • Guilherme Teixeira

    texto lindoooo mel *-* tá de parabéns :D

    http://www.onossotempoehoje.blogspot.com

  • Luciele Aires

    A maioria das pessoas acredita que internet também é lugar para demonstrar seu “lado fraco” e acreditam que dizer coisas bonitas ou sempre demonstrar sua felicidade é algo artificial. Também sou exatamente como você em relação a confiança e demonstrar sentimentos, alguns sabem e outros nem imaginam as coisas que passei porque na maior parte do tempo estou sorrindo e brincando com todo mundo.

    Ninguém precisa saber dos seus problemas para depois ficar criticando ou jogando na sua cara. Seu blog faz um bem danado para muita gente e se você usasse esse canal para reclamar da vida seria um espaço pesado e não esse ambiente fofo e inspirador.

    Você está certíssima em dividir o que torna publico e o que guarda para si, me faz admirar mais e mais seu trabalho e sua pessoa.

    Continue firme, fazendo esse trabalho maravilhoso, tirando fotos incríveis e sendo esse doce de pessoa que é.

    Muitos :*****

  • Irene Afonso

    Nossa que poste legal. Recebi este post através da linkagem de domingo do blog vidaorganizada. com, um dos blogs que sigo a mais de um ano e acho bárbaro.
    Sabe há pouco mais de um mês comecei meu blog e meu questionamento é sempre este: A exposição e os comentários negativos. Como não é nada profissional, apenas um passa tempo, tem visitado o blog apenas meus amigos e tal, com o qual nada de raro ainda aconteceu. Vc comentou da saúde, eu resolvi contar um pouco sobre a minha no blog. Tenho espondilites, um tipo de reumatismo que ataca cervical, lombar e vai deixando sua marca, travando tudo. Eu quis contar um pouco, tentando mostrar os caminhos e as graças que volta e meio a gente encontra mesmo em meio a loucura e ao desespero. Estou apenas no inicio, aprendendo tanto da nova ortografia da Língua Portuguesa quanto da plataforma do blog, layout etc.. Já gostei do teu blog e virei seguidora. Sempre em frente!! Boa semana.

  • Carol Landi

    Mel, que bom que você compartilhou esses pensamentos com os leitores! Ter a vida perfeita, como você disse, é quase impossível, mas fazemos de tudo para que ela seja, ao menos, prazerosa de se viver. Adoro seu trabalho, te admiro muito e vejo que ter esse lado sonhador em mim tem uma pequena participação sua *-* Não se deixe abater por comentários de pessoas infelizes e seja você mesma assim desse jeitinho que nós conhecemos um pouco! Te adoro Mel!

    Beijos ;*

  • hedwirges

    Eu descordo de quem escreveu essa frase pra você, entro aqui pq vc passa uma imagem de pessoa normal, com seus medos e conquistas e que correr atrás dos seus sonhos e admiro muito tudo isso! Eu deixei de acompanhar varios blogs pq a maioria é só post de divulgação de coisas que elas nem usam… parecem fazer tudo somente por dinheiro e por 15 minutos de fama.
    Continue assim, do jeito e da forma que vc é, isso é o que destaca vc da maioria … eu conheci vc pelo instagram quando tinha uns 7 mil seguidores e desde la acompanho vc todos os dias … vc merece estar onde estar e tudo que conseguiu!!! Parabéns Melinda ! Espero um dia poder te encontrar e dizer o quanto te admiro olhando nesses olhos lindo !! Vem pra minas logo!! Beijos e um abraço de urso

  • Danielle Botelho

    Mel, fico feliz de ler você compartilhando textos como esse com a gente. Com todo esse “convívio”, nós leitores nos sentimos como se você fosse alguém proxima, uma amiga. E por isso gostamos de saber como você se sente e nos preocupamos quando algo parece que não está bem.

    Estou torcendo pra te encontrar na rua por acaso ^^ em qual bairro vai acontecer o WS?
    Abraço!

    • Melina

      Oi, Dani :)
      Obrigada pelo comentário fofo e por se preocupar <3
      Eu não sei o nome do bairro do WS (até procurei na fanpage da Sharon, mas não achei) :(
      :*

  • Carla Nogueira

    Todos temos problemas…
    Mas sempre achamos que o nosso é o maior de todos!!!
    E falar o que pensamos é uma ação corajosa…
    Tenho orgulho de você!
    []’s

  • Adriano

    Mel, acompanho você mais pelo Insta (@diariodeleitor) e passo quando posso pelo seu blog. Li esse post pq vi no Vida Organizada, um site que entro diariamente, e gostei muito ;) Aliás, amo suas fotos! Você me inspira! Quero muito comprar minha câmera um dia. Até lá, faço o que posso com o celular. Sucesso sempre!!

  • Magaly Caldas

    Te acompanho desde do flickr e do honey pie e sem que és perfeita na sua simples perfeição. Parabéns Mel, harmonia e paz!

  • Silvia

    Mel, só posso dizer que entrar no seu blog torna meus dias bem mais felizes. Espero continuar compartilhando essa parte da sua vida e desejo um mundo repleto de muita felicidade e coisas maravilhosas para todas as partes da sua vida. Muitos beijos e abraços, Silvia

  • Luiza Brando

    Oi, Mel!
    Muito bonito esse post… honestamente ele me fez chorar, nem sei direito por que, acho que estou sensível.
    Só gostaria de dizer que admiro todas as partes que conheço de você, o que leio no seu blog e o que já vi nas vezes em que estive em Curitiba e quando você veio para cá.
    Espero que esteja tudo bem com você.
    Estou com saudades.
    Beijinhos

  • Crystal Spinelli

    Ai, ai , Melzinha…
    Concordo com sua mommy e com a Lena…
    você é linda por fora e por dentro e mesmo aquelas pessoas que tiveram o prazer de conversar algumas horinhas com você (euzinha) se apaixonam pelo seu ser! Como eu tinha dito quando você veio ao Rio, admiro demais “dona” Zezinha por essa educação ímpar que lhe deu!
    Você merece e será feliz! É dificil, sabemos, que engolir comentários ofensivos é tenso, mas passe por cima! Há mais pessoas te apoiando do que te desejando mal!

    Pensamento positivo sempre e fé, Mel!
    Um beijo enorme nesse coração!

    Ps: tava sumida ne? Mas to sempre olhando você :3

  • Rachel Mori

    Eu sou uma pessoa relativamente fechada. É tão fácil deduzir coisas de quem não vive falando de seus problemas, julgar, pensar inverdades, achar que tudo está perfeito sempre. Mas eu acho sempre mais digno escolher não escancarar seus problemas para o mundo, guardá-los para você e para quem realmente pode te ajudar e te entender. Às vezes, nem mesmo as pessoas que estão ao seu lado vão enxergar, na verdade, vão chegar, achar que está tudo bem, e ir embora. Infelizmente, essa é a tendência de todo mundo. Mesmo a gente faz isso sem querer algumas vezes. Sem perceber…
    Acompanho seu blog faz um longo tempo já (mesmo que nunca tenha tido coragem de tentar comentar alguma coisa construtiva hahaha), e sei que você é uma garota adorável. Fiquei muito, muito contente que você trouxe um estilo meio europeu e romântico que eu sou apaixonada aqui pro Brasil, para as pessoas verem esse tipo de beleza que não é muito usual por aqui, esse tipo de delicadeza. É bom que compartilhe suas felicidades, mesmo que faça parecer que você tem “uma vida perfeita”. Não é uma coisa ruim, sabe? Mesmo que alguns tenham uma reação negativa (isso sempre vai acontecer quando você se torna uma figura mais pública), o seu blog virou sua fonte de renda por algum motivo, certo? Porque muita gente gosta de viver com você “esse sonho”, ou “essa vida perfeita”.
    Com tudo o que a vida traz de bom ou de ruim, sempre sorria pelo menos uma vez por dia. Continue com esses sonhos, compartilhando essas alegrias, você é uma pessoa maravilhosa. :)
    Parabéns por tudo o que conseguiu até hoje!

    Beijos~

  • Ísis Borges

    Uma pena que algumas pessoas ainda não aprenderam a diferença entre liberdade de expressão e agressão. Continue compartilhando o que você tem de melhor, quem se incomoda com isso é porque ainda não entendeu o verdadeiro significado da felicidade.

    http://coresemaisamores.com

  • Carol

    Mel não se abale pelas coisas ruins que as pessoas te escrevem ignore e pense em nós seus fãs que te adoramos muito é o melhor a se fazer te adoro bjos

  • Instaweek #23 | A series of serendipity

    […] semana, quero agradecer por todos os comentários lindos e motivadores que vocês deixaram no post Uma parte de mim. Li cada um mais de uma vez e confesso que várias vezes os meus olhos se encheram de lágrimas (de […]

  • Carol

    Mel, achei esse post muito interessante, pois mostrou pra muita gente (inclusive pra mim) que você não vive no País das Maravilhas, onde tudo é perfeito e nada da errado, você é assim como todos nós, ter fama não te torna diferente, não muda sua vida nem nada do tipo, você continua sendo a Melina (: Claro que carinhosa e gentil com todos, realmente um texto muito profundo.

    Aliás, fiz um post sobre alguns filminhos que gosto no meu blog, pode dar uma olhadinha? http://carolgcz.tumblr.com/post/88241166964/filmes-que-ninguem-pode-morrer-sem-ver E aí? Tem algum filme que você não conhecia? Beijinhos

  • Amanda

    Ah, é tão bom te conhecer melhor. E sabe, tem vezes que eu também prefiro compartilhar com as pessoas só os momentos bons – nas fotos, por exemplo- porque os momentos ruins e até mesmo os problemas tem que ser esquecidos e se não forem, prefiro guardar pra mim, ou até mesmo escrever. E todo mundo tem problemas na vida, desde que seja na saúde, na família, na escola, etc são problemas que não gostamos de compartilhar, a vida de ninguém é perfeita, por mais que pareça. Então, entendo esse seu lado e estou com você, pode acreditar! Eu adorei esse post, de verdade. Beijinhos ♥

  • Maria Clara Aragão

    Venho no seu blog todos os dias, TODOS. Vejo as fotos para me inspirar, para pensar num futuro onde quero chegar em uma boa qualidade de material, etc. Acho que comentei aqui tão pouco, mas tão pouco, que posso contar nos dedos das mãos (sou a garota frenética que ganhou a promo do click serendipity, sendo a ultima a ser sorteada e comentou feito uma estérica).

    Mel, um vez, minha parceira fez um post no nosso blog falando das inspirações de blog que ela tinha e o seu estava na lista. Uma garota comentou assim “Eu acompanho todos os outros exceto o da Melina por motivos pessoais. Acho que o blog deixou de representar meninas comuns, sei lá. Mas ele deve continuar fofinho.”. Eu fico imaginando qual é o conceito de “meninas comuns” ou “vida perfeita” que essas pessoas têm.

    Meninas comuns? O que é ser comum pra essa garota? O que é ser incomum? Somos todos comuns, na minha opinião, na mesma medida que somos extraordinários. Se temos coisas boas para apresentar, temos as ruins também, se temos coisas legais pra mostrar vamos querer mostrar. Se você quer mostrar a parte boa da sua vida, a parte das fotos, dos livros, dos presentes, das viagens, dos amigos, das parcerias… você pode mostrar, é claro que pode, e ninguém pode dizer que não e nem tem nada a ver com isso.

    As pessoas querem que aquilo que elas gostariam de ser seja tão humano e falível quanto elas, que a parte ruim dessa pessoa seja tão palpável quanto a própria vida pra ela deixar de sentir que não pode ser especial. E ao ver tantas coisas boas e legais compartilhadas, acreditam que é só disso que sua vida é feita.

    Você conquistou o que conquistou por mérito, é claro. Tem pessoas que te amam muito e tenho certeza que elas têm uma boa razão pra isso. Do mesmo jeito que todas as pessoas que te adoram, voltam no seu blog sem compromisso nenhum além de ter entretenimento, conteúdo e lindas fotos pra olhar. Só desejo que você continue subindo com o blog, com seu trabalho e com a sua vida. :D Eu quis comentar porque, eu meio que sei mais ou menos o que deva ser essa sensação que você comentou no post, e estou aqui pra conversar um pouquinho com você. Um beijo Mel. ♥

    Se você se interessar pelo post, NÃO pra ver o comentário desnecessário da menina, mas porque você é nossa inspiração, aqui está o link: http://blogcookiecookie.blogspot.com.br/2014/05/5-blogs-que-me-inspiram.html#comment-form

  • Duda Araújo

    Mel, as pessoas que fazem comentários ofensivos fazem isso para magoar você mesmo (não sei por que eles querem magoar uma pessoa tão fofa como você, que mais parece uma bonequinha de porcelana), e já vi muitas vezes você respondendo a esses comentários de forma positiva, “recebendo” a crítica e confesso que ficava surpresa com as suas respostas muitas vezes, porque eu nunca conseguiria fazer igual, então por essas e outras coisas que eu te considero um exemplo para mim. Você é uma pessoa incrível e que merece toda a felicidade do mundo inteirinho!
    Eu e todas as pessoas que te admiram estaremos sempre aqui para te apoiar!

  • Ju

    Olá Melina,
    Cheguei aqui através da Thaís (Vida Organizada). O texto é de uma lucidez só. Tenho dois blogs, que acabaram se transformando no meu mundo particular, no sentido de que através deles consigo me desvincular – até certo ponto – do cotidiano estressante. Já postei no blog aspectos não tão alegres da minha vida e confesso que me arrependi depois, mas aí já não era possível voltar atrás. Me arrependi porque me dei conta de que ninguém gosta de entrar nos blogs para ler tristeza ou algo do tipo. Hoje estou convicta de que se eu não tenho algo leve, alegre, bacana para postar, é melhor não postar nada. E por outro lado, quando se decide compartilhar apenas uma parte de nós e preferencialmente o melhor de nós e das nossas vidas – mesmo que sejamos mal interpretadas por isso, como aconteceu com você, é uma forma de atrair boas energias e espalhar boas energias! Afinal, das nossas mazelas cuidemos nós, não é mesmo? Acho que privacidade é tudo e eu queria ter aprendido isso há mais tempo.
    Gostei muito desse cantinho e voltarei mais vezes!
    Uma ótima semana para você.
    Ju

  • Fernanda Prestes

    “Melzita! ‘you got the power’ .. você tem o poder de fazer o mundo mais colorido e mais cheio de sorrisos! Você tem o poder ‘Poulain’ de mostrar como a simplicidade é encantadora e como tudo pode ser apaixonantemente belo! Você tem o poder cativante de nos atrair e nos fazer sonhar junto com você! …. tenho certeza que ao seu redor nunca faltarão sorrisos e admiração pelo seu trabalho ^^”

    Faz 4 anos que escrevi isso no seu Flickr e minha opinião é a mesma :)

    Que bom saber que vc tem dias difíceis e que bom que de vez em quando você expõe seu coração aqui para todos verem que você é real e NORMAL como todos nós! Não sei porque as pessoas não conseguem raciocinar um pouco e ainda não sabem que a internet não é a verdade absoluta sobre nada. Tenho preguiça disso…

    Quando esses dias difíceis chegarem, ouça somente opiniões de pessoas que se importam com você, que acreditam em você e nos seus sonhos.. porque elas sempre vão torcer pelo seu sucesso e não terão inveja.. vão se alegrar com cada conquista sua! Guarde esse post e leia os comentários lindos quando o desânimo e a dúvida baterem :)

    Você é uma pessoa incrível Mel, não precisamos te conhecer pessoalmente pra saber! Sua essência está em tudo o que faz e tudo é tão lindo que não podemos duvidar que você é diferente disso. Você tá no caminho certo e merece todas as coisas boas que a vida pode te oferecer. Seja muito feliz sempre e continue mostrando seu mundo (virtual) lindo pra gente :***

  • Luna avila

    Quem já teve a oportunidade de estar ao seu lado e conversar, não apenas venerar a Mel blogueira, sabe que você é gente, eu ainda não tive a oportunidade de ver você,por favor vem pra Porto Belo ou Itapema,fica bem pertinho de Curitiba,queria entrar na tela do computador e ir ai te ver ;)

    Me deu uma vontade imensa de te escrever uma carta agora, aliás essa vontade já é de tempos. Vou fazê-la <3

    Desabafe sempre que quiser e não ligue para quem acha que a vida é perfeita, no sentido literal!

    Queriaa que você fisese um tour room pelo seu quarto Lindo,queria que você fisese um bookshelf mostrando todos os seus livros,eu sei que você tem um monte de livros,por isso você poderia fazer por partes,queria também que fisese um video mostrando sua coleção do snoop. Ficaria muito feliz se você fisese algum deses videos ;)

    Mel fofa <3
    Beijos no coração!

  • Julia Bueno

    Eu amei esse post , visito o blog várias vezes por dia , raramente comento , mais estou sempre te acompanhando , você é uma das minhas maiores inspirações , minha e de várias outras pessoas , suas fotos , seus textos , seu estilo , tudo. Não deixe que alguns comentários ofensivos te aborreçam , acompanhando seu blog a gente percebe que você tem prazer em escrever e compartilhar essa parte da sua vida com a gente , já era sua fã , e depois desse texto me encantei ainda mais com você , mesmo com os seus defeitos , você merece todo o sucesso que tem e tenho orgulho de ser uma leitora do seu blog .

  • Josy_rn

    Oi mel! Eu sou nova por aqui , mais não menos apaixona pelo seu trabalho como as veteranas. Todos os dias quando eu acordo visito seu blog para mim é um espaço encantador que me traz PAZ, felicidade, harmonia e me ajuda muito em relação ao que estou vivendo no momento. Um momento ao qual não desejo a nimguem, mas com Deus no controle eu viu superar tudo isso e vc com seu jeito meigo e doce de ser tem me ajudado a enchesse coisas que antes não via. Amo suas indicações de livros vou se consigo alguns emprestado para eu ler e o que eu fiquei encantada foi com seus toyartes os funko pop. Eu estou imprimindo todas as fotos dos eu mais amo e vou criar um livro dos sonhos para mim e se um dia eu consegui realiza-lo eu te aviso contando toda trajetória que fiz até a realização do grande sonho colecionáveis . Bem isso que tenho para falar e agradecer. Bjkas no coração fique com Deus!

  • Rose

    Parabéns, menina Mel!!
    Adoro entrar aqui no seu site, ler as coisas que você posta. Pois lendo seu blog sinto que você é uma pessoa generosa, leve, do bem e isso é o que nós precisamos de pessoas LEVES. Outro dia li essa frase na internet e achei muito legal. “Deus nunca disse que a jornada seria fácil, mas Ele disse que a chegada valeria a pena.” e é verdade o que a vida nos cobra é CORAGEM!! parabéns pela sua e continue postando seu conhecimento, pode ter certeza inspira muita gente (eu por exemplo sinto muita vontade de ler graças a você) Brigada sou sua FÃ! bjos

  • Alana Bastos

    Mel, amei esse post, fala mais de você pra gente, aliás, adoraríamos saber mais da sua vida, sua rotina, seus medos, inseguranças e tudo mais, vamos ter o prazer de ajudar e te mandar energia positiva! bjs atravesdosespelhos.wordpress.com

  • Beatriz

    Mel, a gente se conheceu na fila do cinema e foi muito legal, mágico, não sei como falar, é como descobrir que o Mickey é de verdade ou que os vampiros e os outros personagens dos livros que amam são reais. Você sai da tela do computador e simplesmente se projeta na minha frente. Você é um amor, muuuuito simpática.
    As pessoas acham que sabem tudo da sua vida só por causa do blog, mas na verdade nem nossa própria família sabe tudo sobre a gente. (http://instagram.com/p/pALF4rIO_u/) <3

    • Melina

      Oi, fofinha!
      Tentei abrir a nossa foto para comentar, mas deu página não encontrada :(
      Amei te conhecer. Muito obrigada pelo carinho e por me acompanhar <3
      :*

  • Janaina

    I love you, chuchu!

  • Jeh Asato

    Não tenho muito o que falar a não ser MUITO OBRIGADA por ter a humildade de compartilhar com a gente as suas falhas e defeitos. Saber que você não tem a vida perfeita (porque às vezes é isso que a gente tenta transmitir através do blog, uma vida boa pelo menos) me deixa aliviada porque tenho sonhos a seguir e eu não estou nem perto deles (como, por exemplo, ter uma renda extra com meu próprio blog; fazer um intercâmbio ou pelo menos ter a ousadia de ir atrás de um).
    É muito bom saber que você também é um ser humano que precisa de pessoas e vice-versa!
    Desculpe a sinceridade, mas às vezes você parece inalcançável! :x

    Beijinhos!

  • Teresa Marinho

    Você vivi sim um conto de fadas! Isso não é para qualquer uma não, tem que ser muito princesa para superar as dificuldades.
    Com o tempo os vilões vão desaparecendo.

    Beijo grande

  • Lucas Fogaça

    Já falaram tanta coisa que eu me identifiquei nos comentários, mas eu estou aqui pra principalmente agradecer. Claro que sua vida não é perfeita, mas agradeço por você mostrar pra gente só a parte bonita. De certa forma, quando entro aqui, esqueço da MINHA vida-não-perfeita, o que torna pelo menos alguns minutos do meu dia mais próximos dessa “perfeição”. Continue esse trabalho lindo, Mel. Muita gente se incomoda, mas pode ter certeza que muitas outras pessoas se inspiram.

  • Gisely Fernandes

    Mel, parabéns por esse cantinho tão mágico, por essa parte linda que você mostra para nós (leitores) com tanto amor. Muito obrigado por isso, por me fazer sorrir tantas vezes, por me inspirar a ir atras dos meus sonhos e de ser uma pessoa melhor. Muito obrigada de coração, e jamais desista dos seus sonhos e dos seus objetivos, o medo faz parte do nosso crescimento. Estou contigo, compartilhando de cada “parte sua” que voce divide comigo e com tantas pessoas que te adoram, assim como eu. Grande beijo, sucesso e muita paz, sempre! <3

  • Monique D. Chiarentin

    Mel, desde o dia que conheci seu blog me apaixono mais e mais. E você tem um jeitinho encantador, é impossível não gostar de você!
    Gostaria muito de te conhecer e de te dar um abraço, pois eu me inspiro muito em você, no seu estilo, na sua fotografia, enfim.
    Mas, você faz o certo, não se deve mostrar toda a sua vida na internet, eu também não faço isso, pois quanto mais a gente se expõe, mais perigoso é. Eu te entendo!

    Continue sendo a Mel que a gente conhece e continue tendo esse blog lindíssimo que o A Series Of Serendipity é!

    Te adoramos muito <3

  • Dafne Mazaia

    Mel, adoro seu blog. Seus posts e suas fotos inspiram sempre e certamente deixam a vida de cada leitor que acompanha, mais colorida. <3
    Por favor, nunca pare de escrever, ou melhor, nunca devemos dizer nunca, já dizia Sofia Amundsen, em "O Mundo de Sofia"… ;)

Deixe seu comentário

Instagram

  • spockinho lindo mesmo quando tá chateado 😍
  • ontem encontrei esse poster no bazar da @lojasantacomposicao e nem pensei duas vezes se iria comprar ou não hehe 😂 na mesma hora pensei em fazer essa foto pra mostrar esse lançamento lindo que recebi da @tutusapatilhas 🖤✨ #vaidetutu
  • fechando minha sequência de fotos da #ccxp2017 com essa turma que marcou minha infância 🖤 foi quando comecei a assistir Hey, Arnold que o sonho de ter uma “janela no teto” pra ver as estrelas surgiu ✨ #nickelodeon #heyarnold #zaxywonderwoman • 📷: @hasegawaphoto 💙💜💜
  • muito muito feliz de finalmente conhece pessoalmente a @lovemaltine que é minha amiga virtual há anos 🖤 e olha que mágico: poucos segundos antes tava pensando “nossa, quando será que vou conhecer a Ari e a @jeskagrecco ?” 😱 ai ai como amo serendipidades 🖤✨ • 📷: @hasegawaphoto 💙💜💙
  • saudade #ccxp já! eu e o @hasegawaphoto fomos só na sexta, mas conseguimos aproveitar bastante ☺️ (aguardem vlog!) quem for hoje, passa lá no cantinho da @zaxyoficial pra fazer uma foto 360° 😍 é muito legal (mas confesso que dá um pouco de vergonha hehe) ps: ainda bem que eu e o Beni não caímos com as bundadas que demos um no outro 😂🤣 #zaxywonderwoman
  • fotinho do dia da pré-inauguração do @newyorkcafecwb do Batel pra avisar que 1. está muito lindo e 2. já estamos na fila do cheesecake 🖤 hoje, a partir das 15hrs eles vão distribuir 500 senhas e 500 cheesecakes de graça 😳 e um desses cheesecakes vai vir premiado com uma viagem com acompanhante para New York 😱 #newyorkcafe DICA: tragam guarda-chuva porque o sol resolveu fazer companhia pro pessoal da fila 😒 hehe

instagram