IMG_6064
Books

Roube como um Artista – 10 dicas sobre Criatividade (Austin Kleon)

29.07.2014

Quando vi esse livro pela primeira vez (e tenho certeza de que aconteceu o mesmo com muita gente), tomei um susto com o título. Sabia que não podia ser um “manual de assalto” ou coisa do tipo, mas também não fazia ideia da proposta do livro. O subtítulo (e uma boa folheada pelas páginas) deixou tudo mais claro.

O autor, Austin Kleon, divide com a gente 10 dicas preciosas que ele encontrou ao longo dos anos de trabalho com criatividade e do convívio com pessoas mais talentosas que ele mesmo (por sinal, estar perto de gente assim é um de seus conselhos).

“Roubar”, no caso, é algo como “se inspirar” ou “pegar emprestado” para criar algo novo (porque, se fosse apenas imitar o trabalho de outra pessoa, como se fosse seu, seria um mero plágio), e fazer isso “como um artista” envolve descobrir como esse material de referência pode ser usado para alimentar sua própria criatividade.

Cada uma das dez dicas tem vários desdobramentos, e, embora seja um livro relativamente curto, Roube como um Artista é extremamente rico. Eu procurei ler uma dica por dia, e sempre com intervalos, pra conseguir “absorver” bem o que Austin tinha a dizer.

Claro que a gente não precisa concordar com tudo o que é dito (o próprio autor nos aconselha a “aproveitar o que quisermos”), mas digo, sem exagero, que esse foi um dos livros mais inspiradores que já li.

Como alguém que trabalha com texto e ilustração, tem dias em que simplesmente fico preso diante de uma barreira criativa, e quebrá-la pra seguir adiante acaba tomando um tempo precioso. Agora tenho mais instrumentos pra derrubar essas barreiras, e me sinto mais seguro do que antes.

Excelentes ideias, texto fluido e um belo projeto gráfico fazem de Roube como um Artista um livro obrigatório pra quem trabalha com Comunicação, Artes Visuais… bom, na verdade, com qualquer coisa – afinal, todo trabalho exige uma certa dose de criatividade!

Quero agradecer à querida amiga Sharon Smith, que me deu esse exemplar (com dedicatória e tudo, vejam que chique) e me ajudou a expandir minha visão de mundo!

ISBN 9788532528421 Editora Rocco Nota 5/5 Páginas 160

Aperitivos

“Uma das minhas teorias é a de que quando as pessoas dão conselhos, estão de fato apenas conversando com elas mesmas no passado.

Esse livro sou eu conversando com uma versão anterior de mim mesmo.

Essas são dicas que aprendi durante quase uma década tentando descobrir como fazer arte, mas uma coisa engraçada aconteceu quando comecei a compartilhá-las – percebi que não servem apenas para artistas. Servem para todo mundo.

Essas ideias servem para qualquer um que esteja tentando injetar criatividade em sua vida e trabalho. (Isso deve valer para todos nós.)

Em outras palavras: Esse livro é para você.
Quem quer que você seja, o que quer que você faça.”

(p. 9)

“Se tivesse esperado para saber quem eu era ou o que eu queria fazer antes de começar a ‘ser criativo’, bem, eu ainda estaria sentado tentando me entender ao invés de estar fazendo o que quer que seja. Pela minha experiência, é no ato de criar e de fazer nosso trabalho que descobrimos quem somos.

Você está pronto. Comece a fazer.”

(p. 35)

“Fazemos arte porque gostamos de arte. Somos atraídos por certos tipos de trabalhos porque as pessoas que fazem esses trabalhos nos inspiram. Toda ficção, na verdade, é fan fiction.

O melhor conselho que tenho a dar não é que você escreva sobre o que você conhece, é que escreva o que gosta. Escreva o tipo de história de que você mais gosta – escreva a história que você quer ler. O mesmo princípio se aplica à sua vida e carreira: Sempre que estiver perdido sobre o que fazer em seguida, pergunte-se: ‘O que faria disso uma história melhor?'”

(p. 55)

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

Por

Gui

  1. Realmente me interessou esse livro, pena que eu vivo em Portugal e esse livro, por enquanto, ainda não chegou cá. Parece bastante interessante.

  2. Marijleite says:

    Já havia lido uma resenha desse livro e colocado ele na minha listinha de desejados; parece uma leitura muito interessante.

  3. Cristiene Freitas says:

    Legal! Eu estava mesmo de olho nesse livro, e sim o título foi bem engraçado eheh mas eu adorei a resenha, me fez ficar com mais vontade de tê-lo. :))

  4. Estou louca para ler esse livro! E essa resenha só fez minha vontade aumentar, haha *-*

  5. Parece muito bom. Já quero e até já pedi de presente de niver, rsss
    Bjus

  6. Luana Borges says:

    Quero esse livro pra já, Gui! Suas indicações devem ser escolhidas com muito critério porque são ótimas e suas resenhas transmitem conhecimento e muita sinceridade, acho que é exatamente por isso que saio daqui querendo ter os livros nas mãos e adorando essa sensação.
    Esse gatinho de cartola listrada é de que desenho? lembro que já vi por aí mas não consigo associar ao nome.
    Beijos, Lu

  7. Não conhecia esse livro e achei a proposta autêntica e motivadora. É comum as pessoas dizerem que não tem criatividade. Acredito que basta olhar o mundo com mais atenção e paciência. As ideias estão ali, só precisam de oportunidade para se manifestarem :)
    Obrigada pela dica, Gui!

  8. Liara says:

    “Se inspirar e não plagiar” detalhe que muita gente nem se dá conta e sai copiando ideias sem o menor pudor :/ acho que esse livro bem que poderia ser distribuido gratuitamente entre alguns blogs e IGs porque dói, dá raiva e muita vergonha alheia ver gente copiando exatamente fotos e posts só porque funciona pra quem teve o trabalho de criar.
    amei a resenha, vou comprar um pra mim e alguns pra dar de presente *-*

  9. Suzi says:

    Esse livro está na minha lista faz tempo! Gostei de conhecer ele um pouco melhor. Ótimo post, Gui.

  10. Anderson Cruz says:

    muito foda esse livro, não conhecia mesmo sendo da área de artes graficas, me interessei, valeu, Gui

  11. joicy recco says:

    Nossa amei o livro é muito inspirador. Acho muito legal pessoas que tem essas idéias criativas e vira livro. Otima dica

  12. Lala says:

    Adorei a resenha!
    O livro parece ser muito inspirador e criativo!
    Adorei a ideia do autor e fiquei muito curiosa pra ler!
    Esse com toda certeza já entrou na wishlist!
    Beijão, Lala.

  13. Adriana Maria says:

    Uau! Uaua! AMei a resenha Gui!!!!!
    E você não acredita na coincidência, vamos a ela: finalmente consegui terminar meu cadastro no book depository, comprei meu Q&A pois desde que a Mel resenhou eu estava louca para ter um e falei, ah, vou incluir um livro, também da lista da Mel, dos book haul da vida (acho até que ela indicou esse num video com você) e esse foi o escolhido pq finalmente eu consegui comprar minha camera! e o trabalho da Mel me inspira muito ( tá ouvindo Mel? rsrs ) mas sei que inspiração e plágio são coisas bem distantes uma da outra.
    A-D-O-R-O o jeito que tu resenha! bjs e até =)

  14. Naiddhy says:

    Me inspirou. Vou comprar o livro.
    Bj

  15. Lu says:

    Bom dia!
    Adorei a resenha! Também escrevi, tem pouco tempo, uma resenha sobre esse livro (http://resenhasdalu.blogspot.com.br/2014/07/roube-como-um-artista-austin-kleon.html#comment-form).
    Fiquei encantada com a simplicidade e originalidade do autor!
    ótimas fotos, adorei!! :)
    Bjs, Lu

  16. Nizer says:

    Simplesmente maravilhoso! e adorei os trechos que você selecionou!
    Vou comprar!
    Beijos

  17. Stephany says:

    Acho que vou dar de presente pro meu namorado… Como ele é publicitário acho que vai ser bastante útil. rs

  18. Lúcia says:

    Gostei bastante da dica, o livro parece ótimo. Vou procurar nas livrarias com certeza. :-)


Deixe seu comentário