IMG_6362
Books

A Casa de Isabel (Clara Mello)

4.08.2014

IMG_6362

Poder conversar diretamente com autores é uma das melhores coisas que a internet nos dá: comecei a conversar com a Clara via Twitter, e mesmo à distância nos tornamos bons amigos. Isso deu um toque a mais na leitura de A Casa de Isabel – algo parecido com o que experimentei ao ler Filhos do Fim do Mundo e O Espadachim de Carvão.

IMG_6353

A Clara escreveu esse belo livro quando tinha 16 anos, e, mesmo sendo o seu primeiro, já mostrou bastante “maturidade literária”. Já tinha uma voz própria, algo que muita gente leva anos para criar – é claro que essa voz muda ao longo do tempo, mas começar o processo é um desafio por si só.

IMG_6359

O texto faz par com as ilustrações de Fernanda Barreto, que dá um rosto aos personagens e cenários no começo de cada capítulo. Adorei os desenhos, mas senti falta das cores. Acho que a impressão em p&b não os valoriza tanto, especialmente levando em conta o elemento de Carnaval, tão presente na história. Infelizmente são questões de editoração difíceis de resolver (a simples impressão colorida iria encarecer o livro, e talvez fosse preciso outro tipo de papel para aproveitá-la bem)… Ainda assim, o projeto gráfico é muito bonito, e especialmente confortável de ler!

IMG_6368

A trama é bem simples: Isabel e seu melhor amigo, Teo, passam um dia na casa em que ela morava na infância, remexendo lembranças e dando a elas um toque do “presente”. Quem já vasculhou caixas de recordações sabe como a sensação é boa.

Com uma escrita leve, Clara fez com que eu me sentisse parte da história, como se fosse amigo dos personagens e estivesse como eles na casa. Há um tom “poético” e “romântico” no livro, que me agradou muito na época em que li. Além disso, vi muito da autora nos personagens, e tenho certeza de que outras pessoas que conhecem a história da Clara vão perceber isso também.

IMG_6369

Apesar de algumas lembranças dolorosas que surgem na busca dos personagens, A Casa de Isabel é uma leitura tranquila. Recomendo especialmente se você está em um momento romântico da sua vida ;)

A escrita da Clara, que já era boa na época, evoluiu naturalmente ao longo dos anos, então se você gostou do livro com certeza vai gostar dos textos mais recentes da autora!

IMG_6372

ISBN 9788562040184 Editora Mirabolante Nota 4/5 Páginas 144

Aperitivos

“A casa de Isabel tinha cheiro de brincadeira e de novidade, e por mais que passássemos lá todos os dias de nossas vidas, ainda tinha muitas coisas para ver e conhecer. Gostávamos de subir no telhado para olhar as estrelas, ou de passar o dia nos molhando com a mangueira no jardim, nos pendurando no tecido que ficava preso no teto da sala, fazendo estripulias, até tia Inês mandar a gente parar. Mas, de modo geral, nunca parávamos. Estávamos sempre arranjando mais coisas a fazer.”

(p. 16)

“Cecília sempre me fascinou, foi sempre a minha paixão. Minha paixão platônica de criança e adolescência que não se desenvolveu nem jamais cessou. Às vezes, até hoje penso nela, no suspense que era naquele jeito diferente de todas as pessoas.

Isabel era linda, ainda é. Possui uma beleza medida, no ponto exato de tudo. A pele muito branca, os cabelos ondulados e escuros, atingindo a metade das costas. Os olhos amendoados e um olhar fulminante, as expressões bem-feitas e o sorriso preenchido de toda a alegria.”

(p. 17)

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

Por

Gui

  1. Daniela says:

    Parece ser uma leitura bem leve e interessante, é claro. Sou fã de uma boa distopia e livros de ações, porém, vou confessar que livros assim me chamam muita a atenção. Acabou me lembrando do livro “Anne de Green Gable” que descobri ele hoje na biblioteca entre as horas vagas de aulas.

    http://agarotacomolivro.blogspot.com

  2. Sara says:

    Caraamba, 16 anos e já escreveu uma história digna de publicar um livro? Parabéns pra autora! :D
    Adoro suas resenhas, Guilherme! Você e a Mel são uma fofura que só!

  3. Ainda não conhecia a autora. As citações postadas são lindas. Livros assim que tem sabor e aroma quando a gente lê…

  4. Isabel Lz says:

    Já com vontade de ler… Mel, o Gui é mesmo mais novo?? #dúvida haha :) http://bebelluz.blogspot.com.br/

  5. Thayanne says:

    Acho que vou parar de ler as resenhas daqui do blog, porque minha lista de livros que quero ler não consegue parar, hahahaha (brincadeira, eu amo ter opções do que ler <3). Esse vai entrar pra lista (:.

    http://thaypinheiro.wordpress.com

  6. Jessica M says:

    Deve ser o tipo de livro que você lê rapidinho… pela sua resenha parece ser um livro com história leve. Gosto de livros assim!
    O mais interessante é que ela publicou um livro aos 16 anos! :o
    Beijos, Gui!

  7. Que capa linda! E gostei muito das fotos também, clarinhas!

    Adorei a indicação, autora brasileira, leitura leve e fiquei impressionada de ter sido escrito quando ela tinha 16 anos (que talento!).

    Vou ler com certeza :)

  8. Inspirador! Quem sabe eu não consigo publicar um livro meu antes dos 20…

    http://girlsdetudoumpouco.blogspot.com/

  9. Guiiiii, qual é a melhor forma pra eu falar com você? E-mail? Facebook? Como? :D
    Tenho uma proposta interessante pra fazer! o/


Deixe seu comentário