melinasouza_2011
Inspiration

Como lidar com a Preguiça [parte 1]

13.10.2014

melinasouza_2011

Da mesma forma que acontece com a ansiedade, todo mundo (todo mundo, mesmo) sofre com a preguiça, em maior ou menor grau. Depende do dia da semana, da sua rotina, do momento de vida em que você está… uma hora ou outra, a vontade de jogar tudo pro alto e ficar de bobeira aparece. O problema é que dificilmente a gente pode fazer isso – mesmo quando estamos de férias, existem obrigações a cumprir!

Considerando tudo isso, aposto que vocês vão gostar da série de posts que preparei, com dicas simples (mas muito eficazes) para lidar com a preguiça e fazer o que deve ser feito.

IMG_2037

#1 Não espere a motivação chegar

Eu aprendi essa dica de ouro no livro Time Warrior, e foi uma das que mais me surpreenderam durante a leitura.

Durante muito tempo eu caí na armadilha de esperar até me sentir motivado para começar uma tarefa, e, quando a motivação não chegava, mas havia um prazo a cumprir, tinha que correr pra fazer as coisas a tempo.

Não reparava que a própria realização das tarefas, na imensa maioria das vezes, me deixava motivado.

Faça o teste: comece uma tarefa, mesmo que não esteja com muita vontade, e veja se depois de alguns minutos você não entra em uma espécie de “fluxo” e se sente motivado a seguir adiante!

IMG_2032

#2 Divida a tarefa em passos

Pense em uma pilha de louça suja – uma das coisas mais desmotivadoras do mundo. Quando você se limita a olhar para o tamanho da tarefa como um todo, a preguiça cresce, e iniciar o trabalho (como sugere a dica #1) fica mais difícil a cada segundo.

Agora, pense em etapas: você lava os copos; depois os pratos; depois os talheres; depois as panelas e outros recipientes. Vistas individualmente, essas etapas não são “assustadoras” como o trabalho completo, certo?

Ninguém ergue uma casa de uma só vez; nem pinta um quadro complexo em segundos; nem arruma a casa em minutos. Fazemos as coisas por etapas. Além de tornar a tarefa mais “possível”, isso faz com que o progresso fique mais evidente – o que nos leva à próxima dica.

IMG_2036

#3 Anote seu progresso

A sensação de que “o dia não rendeu” é extremamente desmotivadora, mas nem sempre ela é fruto de um dia improdutivo: muitas vezes a gente mal se dá conta de tudo o que fez, do quanto progrediu.

Anotar (no papel, no computador ou no celular) as tarefas concluídas ajuda a manter a motivação, além de deixar claro quando fomos de fato improdutivos – e reconhecer um problema é o primeiro passo para resolvê-lo.

IMG_2034

#4 Evite interrupções

Depois que a gente começa a fazer uma tarefa, na maioria das vezes acaba entrando em uma espécie de “fluxo”, mantendo o foco naquilo, se concentrando… aí o celular toca e a concentração se quebra. E lá vai você, de novo, retomar a tarefa e tentar recuperar a concentração.

Tudo isso toma tempo. Mesmo que a distração propriamente dita seja rápida (uma mensagem no Whatsapp, uma ligação de telefone, um e-mail), a produtividade cai e a preguiça aumenta. Se puder, evite distrações enquanto trabalha.

Parece um conselho óbvio, mas muita gente prefere acreditar no “multi-tarefa”, como se pudesse simplesmente dividir a atenção e fazer várias coisas ao mesmo tempo. Talvez um ou outro consiga, mas a maioria das pessoas, até onde eu sei, não dá conta. É melhor fazer uma coisa de cada vez, e manter o foco pelo maior tempo possível.

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

Por

Gui

  1. Maria Eduarda do Amaral says:

    amei esta postagem, vai me ajudar muito no dia a dia!

  2. Victoria says:

    Adorei essas dicas, Mel! Amo seu blog cada dia mais!!!

  3. Mayara says:

    Nossa Gui, eu estava precisando ler um post como esse! Estou muuito desmotivada com a auto-escola (preguiça mesmo), e realmente fico esperando ficar motivada pra seguir em frente hehehe… Mas como vc mesmo disse, não dá pra ficar esperando, tem que correr atrás, a cada passo que damos o ânimo começa a surgir!
    Bjoss

  4. yasnaya says:

    Ai Jesus abençoa!!!!!!! Este post foi pra mim hahahahah
    Meniina super verdade o primeiro viu, porque eu sinto a mesma coisa, maior cilada você esperar a motivação, acaba não fazendo nada e se frustrando, se afogando no ócio :( E isso é deprimente pacassss

    Adorei
    Adorei
    Quero acompanhar :)

  5. Fernanda Mota says:

    Nossa, Gui, que post maravilhoso! Parabéns pelo conteúdo. Bastante motivador!

  6. Nossa, acho que já segui todos esse passos e continuo sendo possuída pela preguiça! KKKK Mas quando se segue esses passos a finco realmente funciona. A segunda dica é a que eu mais uso e é a melhor pra fazer qualquer coisa. Agora, crueldade é ver no titulo “parte 1”, poxa, ainda tem mais? KKKKKKKKKKKKKKK

    girlsjust-wanna-have-fun.blogspot.com.br

  7. Duda Siqueira says:

    Nossa, esse post não poderia ter vindo em melhor hora. Sério. Era tudo o que eu estava precisando no momento! Obrigada pelo incentivo, Gui! :D

  8. Ingrid says:

    Oi, Gui!!
    Muito interessante este post! Eu às vezes me considero uma pessoa preguiçosa…
    E a dica #2 é algo que faço e me ajuda muito na hora de lavar a louça (aqui em casa essas tarefas diárias são dividas, então eu TENHO que segui-las). Eu sempre separo colheres, pratos e copos e depois lavo. Se a louça estiver uma bagunça eu fico confusa e irritada (preguiçosa também).
    Gostei muito do post!
    <3

  9. ótimas dicas :D
    Preciso anotá-las já hahaha.
    Realmente as distrações contribuem demais para que a inspiração caia e, fiquemos com a preguiça em dobro para realizar nossas tarefas, nem que sejam as do dia a dia.
    Abraços :)

  10. Gal says:

    Gui!!
    #SuperCurti o post! Vou tentar mesmo colocar essas dicas em prática, tenho andado muito preguiçosa esses dias e isso tem me atrapalhado muito, principalmente na facul =/
    Valeu pelas dicas (: e já tô ansiosa para a parte 2 :)

  11. Barbara Sá says:

    Oi, Gui.
    Adorei as dicas. Nossa, a preguiça me desmotiva muito! Já perdi a conta de quantidade de coisas que pensei em fazer, mas a preguiça não deixou. As vezes eu quero escrever um post, fico sentada no computador fazendo nada e não faço o post por pura preguiça.
    Vou por milhões de ideia em prática agorinha.
    Obrigada pela ajuda constante, Gui;)

    Beijocas,
    http://www.segredosentreamigas.com.br/

    • Gui says:

      Sei exatamente como é, Bá! A gente acaba deixando de fazer muitas coisas boas porque “sofre” de antemão com o trabalho… nessas horas é fundamental lembrar que, na grande maioria das vezes, a gente consegue entrar num “fluxo de concentração” durante o trabalho!

      Aguardo posts, viu? E fico muito feliz que tenha gostado das dicas ;)

  12. Esse post foi feito para mim, hahahaha!
    Adoreeeeei as dicas e vou segui-las! :D
    http://www.batomdeframboesa.com
    Beijos e fique com Deus!

  13. Acho que esse post foi bem direcionado pra mim, gostei muito, tô numa fase terrível de desânimo.

  14. Ana Carolina says:

    Caramba, esse post foi pra mim!! Ultimamente estou parecendo o Jaiminho, o carteiro do Chaves,querendo só evitar a fadiga e ficar deitada na rede em minha casa em ‘Tangamandápio” rsrsrsrs… adorei as dicas e espero ansiosamente pela parte 2!!

  15. Legal essa série! Vou ficar esperando ansiosa pelos próximos!
    Já conhecia algumas dessas dicas, mas confesso que precisava de um lembrete haha
    Ultimamente a procrastinação está me fazendo driblar até o pomodoro, sabe, os 5 minutos de descanso estão virando 1 hora (mesmo com o app ligado), um horror… me disciplinando agorinha :) Beijos

    • Gui says:

      Ah sim! Tem coisas que chegam a ser óbvias, mas que a gente precisa lembrar de vez em quando… eu mesmo volta e meia releio as minhas anotações com dicas de produtividade várias vezes, porque senão acabo deixando elas de lado!

      Acho que, pro método pomodoro funcionar, é importante usar outros elementos pra se manter motivado ;)

  16. Suas dicas são sábias e bem vindas Gui!
    Tem me ajudado muito. :)

    http://www.daninhafarias.com

  17. Você leu a minha mente, Guilherme, estava precisando dessas dicas aheuhauehauehau

  18. Definitivamente este é o post que eu mais me identifiquei, desde que comecei a acompanhá-la. Ficou muito interessante a forma de compreensão e é possível co-relacionar as informações compartilhadas na postagem com os aspectos que acontecem na vida real. Ótima semana.

  19. Layni says:

    Nossa, meu sobrenome está virando preguiça!Nem sempre fui assim, eu costumava ter muuita disposição, mais fui ficando sedentária :( A primeira dica é a melhor, não dá mesmo para esperar a vontade chegar, provavelmente ela vai chegar nas horas erradas.Ah, você sabia que se você persistir em algo TODOS os dias por 30 dias interruptos, seu cérebro começa a fazer no automático?É comprovado cientificamente, basta determinação por 30 dias, vai ser como escovar os dentes.Mais também basta 5 dias de quebra para voltar tudo do zero.Esperando logo pela parte 2 :))

  20. Priscila says:

    Mel/Gui, amo o blog e seus posts, mas tenho TOC e a palavra “interrupções” está separada de forma incorreta. >< Desculpe a chatice, não consegui passar batido. :/

  21. Ju Martins says:

    Muito bom o tema, estou precisando muito de umas dicas assim, porque hoje a preguiça é meu pior inimigo! Com a agenda lotada, cada minutinho que tenho pra descansar é precioso, mas as vezes a preguiça supera a vontade e eu deixo de fazer muitas coisas por isso.. ansiosa pra parte 2!!
    ps: interrupções as sílabas tão separadas erradas na foto.. não sei se foi de propósito hahhaha

    • Gui says:

      Ju, muitas vezes a correria acontece por causa do anseio em fazer as tarefas o quanto antes! De vez em quando eu acabo caindo nessa armadilha, mas quando me dou conta acabo dividindo as tarefas de outra forma, pra não sobrecarregar os dias…

      Sim, de certa forma foi intencional, porque a ideia era simplesmente separar as letras, e não seguir uma separação de sílabas de acordo com a gramática \o

  22. Adorei o post Guilherme! Suas dicas são simples, mas eficientes!
    Preciso me policiar mais para conseguir seguir todas no dia-a-dia. Falho principalmente em dividir as tarefas em passos… não por considerar desimportante, mas por falta de planejamento mesmo.
    Beijos, Paola
    http://blogcasadasideias.com/

  23. Larissa Assunção says:

    Adorei o tipo de post, Gui! Esse tipo de conteúdo me interessa muito, e vejo que posts que ‘enumeram’ dicas/passos/motivos são muito atrativos!

    Parabéns pela arte com o giz, também. Quando vi a primeira foto, já sabia que o post era seu! xD

    Beijos! :D

  24. Gui, parabéns! Excelente post, muito bem escrito e útil. São dicas que sempre faz bem relembrar :D

  25. Post perfeito, serviu pra mim mas vou indicar também pra várias pessoas conhecidas que sofrem dessa “preguiça” hehe. Belas dicas! Eu nunca tinha pensado em dividir em etapas tudo que tenho que fazer. Se torna mais produtivo e o processo é bem menos cansativo. Com certeza esse é um post que vou recomendar pra todo mundo e, inclusive, aos leitores do meu blog num possível post de links interessantes. (;

  26. Lala says:

    Adorei o post!
    A preguiça anda me dominando ultimamente, acontece direto o primeiro caso: vivo esperando a motivação… É hoje que isso muda hehe!
    As dicas foram MUITO boas e agora é só colocar em prática!
    Amo seus posts <3
    Beijão, Lala.

  27. Isabelle says:

    Adorei as dicas, vou seguir todas todas mesmo

  28. Marijleite says:

    Oi Guilherme; muito bacana o post.
    Como eu comecei a faculdade esse ano, tive que me organizar e espantar a preguiça se quisesse dar conta de tudo, estudar e ainda ter tempo pro blog. Só a dica número três que eu ainda não seguia.

  29. Stella says:

    Esse tema é incrível! Renderá ótimos posts =D

  30. joicy recco says:

    Tem dia que a preguiça não quer deixar o nosso corpinho de nenhuma forma possível ahsuhas. Essas dicas são muito boas mesmo. Até para estudar, trabalhar ou mexer com as coisas do blog. Eu sou uma pessoa que aproveita ate um pingo de mim quando estou com inspiração é sem preguiça para trabalhar, arrumar minha casa ou fazer os posts novos no blog. Mas se a gente seguir essa rotina que você passou, dá pra ficar muito tempo sem preguiça precoce. Realmente, muitas vezes eu espero a motivação chegar. Ai ao passar o tempo chega o tédio é meus compromissos ficam todos atrasados prejudicando eu ou algumas pessoas por fora também. Adorei as dicas. Beijos até mais!

  31. Miriam says:

    Post feito pra mim! A dica número 2 eu já sigo com a louça e a número 1 tô tentando aprender haha O problema comigo é que quando termino uma tarefa dou o ‘trabalho’ do dia como feito e às vezes não faço mais nada, ao invés de pegar o ‘fluxo’. Enfim, ótimo post, espero as outras dicas :D
    ps: já ouviu falar no pomodoro? Acho um bom app, mas tem que ter disciplina (como tudo nessa vida :p)

  32. Janaína says:

    Muito bacana esse post. Sou mais uma preguiçosa que estava precisando ler algo assim para ter alguma atitude. Trabalho o dia todo e no fim do dia não consigo fazer as coisas que planejo porque estou sempre cansada e com um preguicinha que me amarra na cama e no computador. Ler este post me deixou motivada. Continue nos presenteando com dicas assim. :) Obrigada, Gui.

  33. Andrea Prima says:

    Aproveitando o assunto, a quem interessar, um teste para identificar seu tipo de procrastinador:

    http://www.playbuzz.com/sidartal10/que-tipo-de-procrastinador-voc

    É baseado no livro de uma psicóloga chamada Linda Sapadin (“It’s About Time!: The Six Styles of Procrastination and How to Overcome Them”, Penguin Books, 1997).

  34. Carolina says:

    Adorei as dicas! A dica 2 eu costumo praticar. Sempre divido tudo em quantas partes eu puder, além de parecer terminar tudo mais rápido, a sensação de missão cumprida é mais frequente. Esse post me fez repensar alguns hábitos que tenho durante meus trabalhos. Muito obrigada! =)


Deixe seu comentário