Books

A GUERRA QUE SALVOU A MINHA VIDA (KIMBERLY BRADLEY)

22.03.2017

Melina Souza

Há algumas semanas fui convidada pelo pessoal da Darkside Books para ler o livro A guerra que salvou a minha vida, da escritora Kimberly Bradley. Esse livro é o primeiro lançamento do selo Darklove de 2017 e chega essa semana nas livrarias *-*

O LIVRO

Melina Souza

Como o lançamento é da Darkside Books, ou seja, a editora com as edições mais lindas do Brasil, eu já sabia que o livro seria no mínimo lindo. Quando chegou o pacotinho preto aqui em casa, já corri pro meu quarto pra abrir e admirar o livro – e o kit lindo – que tinha nele. Apesar de ter recebido algumas imagens por e-mail antes, preciso contar para vocês que fiquei mais encantada do que imaginava quando peguei ele em mãos. Que edição linda! Quanto capricho e amor em um único livro!

Melina Souza

Melina Souza

A edição é capa dura (*-*) e a arte da capa, da lateral e da quarta-capa, é linda demais. Amei a paleta de cores usada e o o fato de imitar retalhos (isso tem uma ligação linda com a história). Na capa há alguns pontos com verniz localizado (na imagem da protagonista e nos botões que ligam alguns retalhos) que dão um toque especial.

Melina Souza

Quando abri o livro pela primeira vez e dei de cara com essa folha de guarda maravilhosa com lavandas pensei “MeuDeus! É ainda mais lindo do que imaginei!”. Fiquei encantada com essa combinação.

Melina Souza

Por ser uma livro que se passa na Segunda Guerra e é narrado por uma criança, eles acrescentaram essa foto de crianças refugiadas. No kit, eles mandaram essa e mais duas fotos da época (foto abaixo).

Melina Souza

Melina Souza

No final do livro tem mais duas fotos em preto e branco. Essa do cavalo (amei o corte) e uma de um avião voando durante a Guerra.

Melina Souza

Essa folha linda com o título escrito várias vezes aparece no começo e no final do livro.

Melina Souza

Um detalhes que adorei é que cada capítulo abre com um botão e alguns fios e a sua posição varia de capítulo para capítulo.

Melina Souza

O marcador, como vocês podem ver, é azul e combina com alguns dos botões que aparecem desenhados na capa.

Melina Souza

As páginas são amareladas e têm uma textura boa de sentir. Adorei o espaçamento entre as linhas e das margens. Amo quando as editoras tomam esse cuidado, porque quando a fonte é muito pequena e as linhas são muito apertadas, a leitura fica muito cansativa.

A HISTÓRIA

Melina Souza

A guerra que salvou a minha vida é um livro que se passa na Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial. A protagonista se chama Ada e é uma garota inglesa de mais ou menos 10 anos que nasceu com uma deficiência física: seu pé direito é torto. Por conta disso, sua mãe nunca permitiu que ela saísse de  casa e praticamente o tempo todo demonstra ter vergonha dela.

Tudo o que Ada conhecia do mundo se resumia a o que tinha dentro do pequeno apartamento onde moravam, a o que conseguia ver pela janela e o que o seu irmão mais novo, Jamie, contava – já que ele tinha uma vida normal, podia sair de casa e até ia para a escola.

Já nas primeiras páginas do livro, Ada decide tentar aprender a andar em segredo, na esperança de fazer com que sua mãe se orgulhasse dela independentemente de sua deficiência.

Melina Souza

Quando as coisas começaram a ficar mais complicadas por conta da Guerra e surgiram informações de que a Alemanha iria bombardear o país, muitas famílias de Londres enviaram suas crianças para o interior da Inglaterra para protegê-las.

A mãe (em momento algum o nome dela é dito; tanto Ada quanto Jamie sempre se referem ela como “a mãe”) comenta que irá mandar Jamie para o interior, mas que Ada continuará em Londres, pois ninguém iria querer cuidar de uma criança aleijada (pois é, a mãe dela é uma pessoa bem horrível e isso já fica claro nas primeiras linhas do livro).

Melina Souza

Para se salvar e proteger o irmão, Ada resolve fugir junto com ele para o interior, e, nessa fuga, ela conhece um mundo completamente novo. E não digo que é um mundo novo por conta da Guerra, e sim porque é a primeira vez que ela sai de casa e conhece coisas que muitas vezes passam despercebidas por nós, como a grama. Sim, é durante essa fuga que ela vê grama pela primeira vez.

Nesse livro, além de vermos a Segunda Guerra pelos olhos de uma criança, também vemos o mundo pelos olhos de uma criança de 10 anos que durante toda a sua vida foi privada de realmente conhecer o mundo. É emocionante e angustiante ao mesmo tempo.

Melina Souza

A guerra que salvou minha vida é aquele tipo de livro que deixa você com o coração apertado e com vontade de poder entrar para dar um abraço em alguns personagens (Ada e Jamie) e falar umas verdades para outros (a mãe). Apesar de ser uma história triste, a forma como ela é contada é tão envolvente que não dá vontade de fechar o livro. Como os capítulos são curtos, naquela mentirinha que nos contamos de “só mais um capítulo” conseguimos ler ele praticamente em uma sentada só.

Melina Souza

O VÍDEO

Se você gostou do vídeo, lembre-se de passar lá no Youtube para dar like, que isso me ajuda bastante!

O KIT

Melina Souza

Melina Souza

Melina Souza

Melina Souza

Melina Souza

Esse é o kit fofo que os parceiros da Darkside vão receber pro lançamento desse livro *-*

 

Melina Souza

Li a prova do livro há pouco mais de uma semana, mas agora que chegou essa edição linda estou pensando seriamente em reler em breve *-* acho que esse livro combina muito com essa época do ano :)

Editado: o pessoal da Darkside liberou o primeiro capítulo do livro e é só clicar aqui para ler e se encantar! E eles acabaram de liberar na fanpage o booktrailer do livro *-* clica aqui pra ver!

Espero que vocês tenham gostado desse post e do vídeo!

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

Por

Melina

  1. Hortênsia says:

    Mel, que livro mais lindo! Diagramação belíssima! Amei seu vídeo também! Obrigada por compartilhar, eu n conhecia bem a darkside books.
    Abraço!

  2. Alô? Policia? Acabei de levar um tiro de Amor, SOCORRO !!!

    – Que lindeza !!! Que amor !! Que Perfeição!!

    Te abracei Mel.

  3. Helen Saez says:

    Olá Mel, eu achei esse livro só pelo que você falou triste e emocionante. Como me fez refletir que existem crianças que não recebem incentivos, e vivem uma vida assim, “meio jogadas.” adoro os livros dessa editora <3. Esse livro já vai para minha wishlist. Ameiiii suas fotos e a delicadeza e fiquei imaginando que livro inspirador cheio de lavandas e lição de vida! Estou já querendo :)) Deve ser muito maravilhoso trabalhar com livros!! Eu estou muito feliz por e com você porque por aqui também esfriou!!! Beijoooos :****

    • Melina says:

      O livro é bem triste e emocionante mesmo, chuchu. Tenho certeza de que é uma leitura que vai provocar reflexão em muitas pessoas, seja para mostrar que não devemos desistir e que podemos superar obstáculos por mais difíceis que eles pareçam ou seja para mostrar que devemos respeitar as pessoas…enfim, várias questões para refletir :)
      Muito obrigada pelo carinho e pelo feedback <3 fiquei muito feliz em saber que gostou do trabalho que fiz :D
      :* e uma sexta linda

  4. Post maravilhoso, muito bem feito, amo a forma como você escreve, as fotos que tira. Enfim o post e o vídeo está lindo!
    😍😍😍

  5. Gaby Melo says:

    O livros parece encantador, dá muia vontade de ler. E como sempre as suas fotos são lindas!

  6. Paloma Dörr says:

    Olá Mel *-* Estou encantada com essa história, acompanho seu blog já a bastante tempo, mas nunca tive coragem de me manifestar haha. Sou apaixonada pelas histórias da Segunda Guerra Mundial, e acredito que com esta não será diferente, li o primeiro capítulo e preciso muito ler o restante haha tenho certeza que deve ser uma história incrível!

    Beijnhos *-*

  7. Flávia says:

    Comentei no seu canal mas sumiu meu comentário, poxa :( mas vou comentar por aqui mesmo, eu amei o vídeo e a indicação, você conseguiu passar a emoção da história, fiquei muito curiosa pra ler ele e fiquei até emocionada quando você leu sobre ela conhecendo a grama e nossa, que edição linda *-*
    Beijos Mel

  8. Divana says:

    Oi Mel!
    Só pra dizer que você é simplesmente incrível!
    Amei o texto, o vídeo, tudo! Muito bem feito e explicado. Me emocionei muito com o que você disse sobre o livro.
    Mil beijos!

  9. Thaís says:

    Mel, terminei de ler ontem e ainda estou encantada. Já até resenhei também, tamanha admiração pelo livro. Aliás, que livro maravilhoso foi esse? <3
    Me apaguei muito à Ada, ao James, a Susan… cada personagem me trouxe uma sensação diferente, e por mais triste que a história seja, terminei o livro com o coração quentinho e satisfeito.

    Um beijo!

  10. Samara says:

    Olá,
    Pode me tirar uma dúvida esse kit você só conseguiu por ser parceira da darkside?
    Como faz pra ser?
    Tem como conseguir o kit de outra forma?

  11. Camila Cunha says:

    Olá Mel, faz tanto tempo que não comento aqui, desculpa!
    Sou a menina que te mandou um marca página dos Beatles, não sei se lembra enfim!

    Amei o livro e claro suas fotos, sou apaixonada pelos livros da Darkside, e sou louca pelos kits que os parceiros recebem, haha! Esse já entrou na lista de vou ler com certeza! Gosto de ler livros que se passaram na guerra, é bom para que nunca se esqueça os horrores dessa época.

    Bom, prometo não sumir mais!
    Beijos
    Camila

  12. Gabriela says:

    Oiiii mel
    Adorei o vídeo e as fotos,muito lindo o livro;parabéns pelo seu trabalho muito amorzinho 😍😍
    Adoro seus vídeos e indicações de livros !!


Deixe seu comentário