20. Mai. 2013

o tempo que o tempo tem

Arquivado em: Aleatoriedades
Tags: ,

tempo co?pia

Havia perdido cinco ou seis minutos dando ouvidos a duas dúzias de palavras, vindas de alguém que não sabia ao certo quem era. Perdera também, um dia e meio as tentando entender e outro procurando esquecer. E de minuto em minuto escondia vontades que nem ao certo conseguia explicar: coisas suas, que o mundo havia roubado de si sem muita força, em pouco mais de um segundo ou dois.

Gastou quinze minutos explicando seus motivos e mais quinze contornando com palavras, verdades e mentiras vindas de alguém que o chamava de inimigo. Assim, de tempo em tempo, o tempo se desfez. Tomou dores, tirou cores, escondeu amores. Assim, de tempo em tempo, o tempo se foi de vez. Soubesse, guardaria um dia ou dois para ser feliz, fosse assim, perderia mais vergonha e menos oportunidades.

O mundo não nos avisa, mas se não cuidamos do que somos, uma ou duas vidas são roubadas do tempo que o tempo tem.

20. Mai. 2013

Danmark #3

Arquivado em: Aleatoriedades

Hej! Hoje vou continuar falado sobre alguns passeios que fiz enquanto estive na Dinamarca e que considero interessantes para outras pessoas também fazerem quando forem para lá.

Para mudar um pouco, vamos sair das redondezas de Copenhague [København] e vamos mais para o norte da Zelândia [Sjælland], até Helsingør. Chegar até lá, partindo de København, é uma viagem de trem que dura uns 45 minutos, mas só esse trajeto já é um passeio em si, com paisagens lindas e diferentes, sem contar que andar de trem é sempre divertido.

Helsingør é uma cidadezinha bem pequena com uma localização privilegiada: é o local de maior proximidade geográfica entre a Dinamarca e a Suécia.

foto 1 copy1

Olha a Suécia do outro lado do estreito de  Øresund!

E agora vocês devem estar se perguntando “O que raios irei fazer em uma cidade dinamarquesa minúscula com menos de 60.000 habitantes além de sentir frio e olhar a Suécia lá do outro lado?” A resposta é muito simples: visitar o castelo de Kromborg [Kromborg Slot]!

foto 2

Entrando no castelo

O castelo de Kromborg também é conhecido como Elsinore, o cenário de Hamlet, uma das peças teatrais mais famosas de todos os tempos escrita por Shakespeare, por isso muitas pessoas também se referem a ele como o castelo de Hamlet.

foto 3

A lateral do castelo e uma pequena obra de manutenção

No interior do castelo, indo em direção às masmorras, a gente se depara com uma estátua enorme de um cara barbudo. Esse é Holger Danske, ou Holger o dinamarquês. De acordo com a lenda, Holger Danske lá descansa até o dia em que um grande perigo ameaçar a Dinamarca, quando então ele despertará para salvar a nação! Vocês me perdoem, mas não sei por que cargas d’água eu não tirei nenhuma foto do Holger! Não lembro se era muito escuro ou se não podia tirar foto… ou talvez foi por causa de alguma influência mística do Holger que por ser de um século há muito passado vê com desconfiança as máquinas fotográficas.

foto 4

Diferente do Holger, não vejo as máquinas fotográficas com tanta desconfiança e até tirei uma foto com o castelo ao fundo

Para visitar as masmorras do castelo é preciso levar uma lanterna, eles até vendem umas pequenininhas lá, pois é bem escuro e tem umas inscrições nas paredes (e dentro de buracos na parede) sobre a história da Dinamarca e alguns fatos lendários.

foto 5

Portinhas suspeitas que levam ao subterrâneo do castelo

Além do castelo, Helsingør não tem outros pontos turísticos de grande interesse, mas é bem simpática e agradável de passear.

foto 6

Fonte que tem em uma praça fofa

foto 7

Ruazinha de Helsingør

Este post ficou curtinho para combinar com o tamanho da cidade, mas para deixá-lo mais interessante, vou liberar uma foto bônus que talvez queime um pouco o meu filme:

foto 8

Brasileiros esculhambando o livro de assinaturas do castelo com codinomes cafonas

E para quem sabe ler em inglês e quiser saber mais sobre Kromborg, aqui está o link do site do castelo: http://www.kronborgcastle.com. Gostei bastante desse site, é bem informativo e tem boas fotos. Na parte sobre o Holger Danske tem inclusive um vídeo que conta a história dele. Para quem não sabe ler em inglês, mas quer ver alguma foto do Holger, aqui está o link que vai direto para a página sobre ele: http://www.kronborgcastle.com/en/HolgerDanske.aspx. Vocês também podem dar uma olhada no vídeo só para ver a imagem da estátua e ter uma noção do tamanho dela.

Hej Hej!