culinária

Posts na tag culinária

14. Jul. 2014

Economize com Jamie (Jamie Oliver)

Arquivado em: Livros são amor

Uma das coisas que mais gosto de fazer é preparar uma refeição (coisa simples, porque não sou chef nem especialista) e receber os amigos em casa. Como nem sempre o orçamento está folgado, a proposta do livro Economize com Jamie foi extremamente bem vinda: receitas simples, saborosas, que não saem caras; além de uma porção de métodos para economizar nas compras e evitar desperdícios.

O livro está dividido em 10 capítulos: Introdução, Compre bem, receitas Vegetarianas, receitas com Frango, receitas com Carne Bovina, receitas com Carne de Porco, receitas com Cordeiro, receitas com Peixe, receitas Extras, e Nutrição.

Na Introdução, como nos outros livros do Jamie, há uma série de dicas sobre ingredientes e utensílios, além de dicas específicas sobre como economizar na hora das compras – coisas simples, mas que muita gente acaba esquecendo, como pesquisar preços em vários mercados, ficar de olho em promoções semanais, e o já clássico “não faça compras quando estiver com fome”!

Os capítulos seguintes (exceto o de receitas vegetarianas) começam com uma receita “de base” (como “Frango assado de domingo”), seguida por algumas em que é possível aproveitar “sobras” dessa, e receitas “independentes”. Usar sobras é sempre opcional, mas se você puder preparar uma das receitas “de base” e aproveitar o que sobrou, melhor ainda!

Há também várias dicas sobre como aproveitar sobras sem ser em receitas: fazer vinagre a partir de vinho que sobrou; fatiar verduras e fazer picles; usar gordura de carne (nada de exagerar!) como tempero; congelar ervas com azeite; fazer geleia, pudim ou picolé a partir de frutas maduras…

Jamie também dá dicas sobre cortes de carne e sobre como pode ser bom contar com a ajuda de açougueiros e peixeiros locais ao invés de comprar apenas em supermercados.

Gostei muito do livro em si (o projeto gráfico é muito bonito, e a capa dura facilita o manuseio; a jacket – essa capa “sobressalente” – é um diferencial bacana) e da proposta – culinária acessível, tanto pela simplicidade das receitas como pelos custos relativamente baixos. Ah, e a maneira como é escrito é muito divertida. Você sente como se conhecesse o autor e ele estivesse conversando com você. Cada receita tem uma pequena história, o que torna a experiência de prepará-la ainda mais pessoal (dê uma olhada nos Aperitivos a seguir – trocadilho não intencional hehehe)!

Agradeço à editora Globo Livros por ter nos mandado um exemplar, e a vocês, leitores, pela atenção!

Semana que vem tem mais ;)

ISBN 9788525056085 Editora Globo Livros Nota 5/5 Páginas 289

Aperitivos

“Esta refeição super-rápida e saborosa é perfeita para quando você estiver se sentindo meio devagar ou com um pouco de ressaca, já que ela é cheia de coisas boas. Temperar os noodles com um molho é genial, e um ovo frito com gema mole por cima é um bônus. Regue com muito molho de pimenta para garantir que você vai acordar.”

(p. 32 – Noodles para ressaca)

“É assim que eu e minha família gostamos de comer uma boa e velha massa com molho de tomate. Simples demais, rápido demais, saboroso demais – aproveite.”

(p. 72 – Massa com molho de tomate, 4 modos fantásticos)

“Todos nós amamos uma tigela de frutas… mas não gostamos quando elas amadurecem muito depressa – congele antes que estraguem. Praticamente todas as frutas podem ser congeladas, em separado ou misturadas, conservadas em caixas plásticas ou em sacos de sanduíche. Elas ficarão lá, esperando que você as transforme em uma das deliciosas ideias abaixo.”

(p. 266 – Todos amamos uma tigela de frutas…)

Receitas

Picles caseiro

Pode ser preparado com uma grande variedade de vegetais firmes e crocantes: brócolis (inclusive o talo), cenoura, rabanete, nabo, vagem, pepino, repolho, cebola, couve-flor, beterraba etc.

Pegue um vidro que feche hermeticamente e coloque 1 caneca de água e 2 de vinagre (pode ser de vinho branco, de vinho tinto, de maçã… você escolhe), acrescente 1 colher (sopa) de sal e 1 colher (sopa) de açúcar e mexa até dissolver. Acrescente ervas ou sementes de tempero, e coloque os vegetais fatiados.

Você pode aumentar ou diminuir as medidas, de acordo com o tamanho do vidro e a quantidade de vegetais, mas procure manter a proporção. Ah, e cuidado com vegetais vermelhos e roxos (como cebola roxa, beterraba e rabanete), porque eles tingem tudo. Se for preparar picles com eles, é melhor fazer em vidro separado.

Massa com molho Caponata

Serve 4
Tempo total: 35 minutos

Corte 1 berinjela grande em cubos de 1cm e frite-os em uma panela com um fio generoso de azeite de oliva sobre fogo médio por 15 minutos, mexendo com frequência. Adicione 1 colher (sopa) de açúcar mascavo e 1 colher (sopa) de vinagre de vinho tinto. Descasque e fatie 2 dentes de alho, acrescente à panela e frite por 1 minutos. Despeje 2 latas (400g cada) de tomate pelado picado, coloque uma borrifada de água em uma das latas vazias, dê uma girada e adicione ao molho. Quando ferver, reduza o fogo e cozinhe por cerca de 15 minutos. Enquanto isso, cozinhe 320g de tagiatelle seco e escorra. Tempere o molho a gosto e misture com a massa. Sirva polvilhado com queijo parmesão ralado.”

Sopa de cenoura, laranja e gengibre

Serve 2
Tempo total: 35 a 40 minutos

Descasque 6 cenouras e 1 cebola, pique e coloque em uma panela sobre fogo médio com um fio de azeite de oliva, as raspas e o suco de 1 laranja e um pedaço de 2cm de gengibre descascado e picado. Cozinhe por 15 minutos, mexendo às vezes, retire do fogo e amasse 2 colheres (sopa) da mistura sobre uma tábua. Adicione 750ml de água fervente à panela, espere ferver e cozinhe em fogo baixo por 15 a 20 minutos, depois processe com um mixer até ficar lisa e cremosa. Retorne para a panela, tempere a gosto e cozinhe em fogo baixo. Toste 2 lindas fatias de pão e espalhe sobre elas a mistura amassada. Corte-as em tiras e sirva sobre a sopa. Rale 20g de queijo cheddar por cima e sirva.”

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

16. Dez. 2013

Na Cozinha com Zezinha: Bolo de Chocolate “Molhado”

Arquivado em: Culinária

Como vocês gostaram do primeiro post da série, trago mais uma edição do Na Cozinha com Zezinha!

Dessa vez, ela vai ensinar a preparar um bolo de chocolate “molhado”. Espero que gostem! :D

 

Quem quiser me acompanhar em outras redes: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram ✎ Tumblr (novo!)

Quem quiser acompanhar o A Series of SerendipityTwitter ❤ Fanpage ❤ Instagram ❤ Youtube

03. Dez. 2013

Revolução na Cozinha (Jamie Oliver)

Jamie tem uma proposta interessante: qualquer pessoa pode aprender a cozinhar, contanto que queira e pratique. Ele diz que, se esse desejo existe, desculpas como “não tenho tempo” ou “é muito caro” ou, ainda, “não levo jeito pra isso”, não deveriam ser motivo para não colocá-lo em prática.

Eu, que sempre admirei pessoas que sabiam cozinhar, mas nunca tive empenho suficiente para aprender isso, comprei a ideia (em boa parte graças ao meu irmão Tiago, que há mais ou menos seis anos entrou nesse esquema e hoje cozinha para a família e para os amigos numa boa – e o mesmo vale para minha cunhada, Louise, que inclusive fez curso de chef!), e não me arrependo nem um pouco!

Revolução na Cozinha traduz muito bem esse espírito: tem várias receitas simples, dicas de utensílios e ingredientes essenciais, conselhos para manter a cozinha organizada… Um excelente começo (e que também é um ótimo material para quem é mais experiente, em especial porque tem receitas mais complexas).

A diagramação é muito boa, e a maneira como as receitas estão organizadas e descritas facilita seu estudo – uma dica importante é ler várias vezes antes de fazer, para se preparar bem. A boa quantidade de fotos (que são muito bonitas, por sinal) também ajuda.

Como é praticamente um “guru da culinária”, Jamie (sentiram a intimidade? Hahaha) passa confiança e é uma boa referência para quem tem vontade de começar a cozinhar ou que já cozinha há tempos. Além disso, ele é bem-humorado (e, se não for, pelo menos parece!), o que afasta aquela ideia de que “cozinhar é só trabalho e pouca diversão”.

Por fim, ao longo do livro há pequenos depoimentos de pessoas de várias profissões que aderiram ao projeto “revolucionário”, para encorajar cozinheiros em potencial.

Recomendo fortemente para quem quiser começar a cozinhar (seja profissionalmente ou sem compromisso)!

ISBN 9788525046956 Editora Globo Nota 5/5 Páginas 360

Quem quiser me acompanhar em outras redes: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram ✎ Tumblr (novo!)

Quem quiser acompanhar o A Series of SerendipityTwitter ❤ Fanpage ❤ Instagram ❤ Youtube