resenha

Posts na tag resenha

25. Fev. 2013

a caminho do verão (sarah dessen)

Já fazia um tempo que estava com vontade de ler os livros da escritora Sarah Dessen e, graças ao Thi (merci, mon amour), o primeiro livro dela que li foi A caminho do verão (Along for the ride). Como disse aqui, acredito que ela será uma das minhas autoras favoritas em breve (quero ler os outros livros dela logo!).

A protagonista Auden é uma garota prestes a entrar para a faculdade que não teve uma infância como a maioria das crianças. Seus pais sempre a trataram como uma pequena adulta e a cobrança pelo sucesso acadêmico e profissional sempre esteve presente em sua vida. Auden acabou crescendo sem ter vivido grandes aventuras e pequenos prazeres da vida como andar de bicicleta, ao contrário de seu irmão mais velho Hollis, que decidiu se aventurar pelo mundo.

Um dia ela recebeu de presente um porta-retrato com a frase “O melhor de todos os tempos” junto com uma foto de Hollis em pé na frente do Taj Mahal. Isso acabou servido como uma motivação para que esse ano Auden fizesse algo diferente em sua vida e foi o que ela fez: decidiu passar o verão na casa de seu pai e de sua madrasta com sua irmã recém-nascida. Muitas coisas acontecem nesse verão que ajudam Auden a ir atrás de várias coisas que ela tinha perdido e é claro que para isso ela conta com a ajuda de algumas pessoas e…um garoto apaixonante. Ai ai, Eli *-*

Em A caminho do verão, Sarah Dessen foge do clichê e nos faz refletir sobre vários assuntos como separação dos pais, entrada na vida adulta, acidentes traumáticos, pressão que o adolescente sofre pré-faculdade, a importância de uma infância saudável etc. E nada disso de uma forma cansativa, pois a leitura é muito agradável.

A caminho do verão foi publicado pela Editora iD e, embora algumas coisinhas tenham me incomodado na edição, eu gostei muito dela. Vou fazer um comentário mais detalhado dessas “coisinhas”:

Achei a imagem da capa brasileira muito mais legal do que a dessa capa americana (mas gostei muito dessa também), mas o fato de terem usado 4 fontes diferentes no título me incomodou um pouco.

Achei muito amor o poá da quarta capa e da lateral do livro. Sério, fiquei olhando o livro e pensando “aaaah que gracinha essas bolinhas *-*” (pois é, eu sou assim)

Poá *-* E a Eve fofinha!

Adorei a diagramação (fonte, espaçamento e margem) e as páginas amareladas, mas algumas horas a tradução me incomodou.

Agora duas fotos do momento “Spock sendo folgado“:

(patinha aaaawn *-*)

(pouco folgado, né?)

No final do livro a Sarah Dessen colocou uma lista de músicas que a motivaram/inspiraram no processo da escrita e a aproximaram de seus personagens. São dez músicas e eu montei uma lista no 8tracks com todas pra vocês:

along for a ride – sarah dessen from melinasouzabr on 8tracks Radio.

ISBN: 9788516065300 Editora: Editora iD Páginas: 416

Onde comprar o livro: Saraiva / Submarino / Livraria Cultura

Para saber mais sobre o autora Sarah Dessen: página oficialtwitter / fanpage / tumblr :)

E aí, alguém já leu? O que achou?

Obrigada por tudo, pessoal!

Quem quiser me acompanhar pelo skoob é só clicar aqui!

xoxo

15. Fev. 2013

a espetacular vida da morte (mj macedo)

Arquivado em: Livros são amor

A espetacular vida da morte, do escritor e quadrinista MJ Macedo, foi publicado pela Editora Gutenberg em 2012 (aliás, a Gutenberg está com vários livros interessantes que pretendo resenhar por aqui). A diagramação está incrível, as páginas são amareladas e o livro tem um cheiro bom (é, vocês já sabem que eu gosto de cheirar livros).

A capa é bem diferente das de livros que eu costumo resenhar por aqui. Nela e na quarta capa há várias referências sobre o livro e alguns comentários engraçados. Ah, e a textura dela também é bem diferente das texturas de outros livros.

(capa)

(quarta capa)

(diagramação)

No livro conhecemos Horácio, um jornalista extremamente desastrado que, depois de perder o emprego, passou a se sustentar vendendo cachorro-quente. Seria apenas mais um dia de trabalho se a Morte não aparecesse para comprar “um dogão duplo sem purê”. A partir daí, Horácio deixa de ser apenas um jornalista-desempregado-que-vende-cachorro-quente e vira um jornalista-desempregado-que-vende-cachorro-quente-e-que-vai-escrever-a-biografia-da-Morte! Sim, isso mesmo: a Morte contrata Horácio para escrever a sua biografia. Em cada um dos capítulos com títulos bizarros, lemos crônicas sobre acontecimentos “vivenciados pela Morte” (meio irônico isso, não?) e também sobre situações complicadas em que Horácio se meteu.

O humor do MJ Macedo me lembrou o do Douglas Adams (autor da série O Guia do Mochileiro das Galáxias), embora os seus livros sejam bem diferentes. A espetacular vida da Morte é um livro engraçado, mas algumas vezes eu apressava a leitura pra ver se chegava logo em outra parte engraçada. O excesso de confusões provocadas pelo Horário me incomodaram um pouco, mas como o foco maior estava nas histórias da Morte isso acabou não me atrapalhando. Ah, no livro também tem várias referências a filmes e eu achei isso muito legal :)

Importante: o livro tem alguns palavrões e piadas meio “pesadas”, então não acho que seja uma leitura recomendada para leitores muito novos.

ISBN: 9788565383394 Editora: Editora Gutenberg Páginas: 245

Onde comprar o livro: Livrarias Curitiba / Saraiva / Submarino / Livraria Cultura

Para saber mais sobre o autor MJ Macedotwitter / fanpage :)

E aí, alguém já leu? O que achou?

Obrigada por tudo, pessoal!

Quem quiser me acompanhar pelo skoob é só clicar aqui!

xoxo

12. Fev. 2013

sorte ou azar? (meg cabot)

Arquivado em: Livros são amor

Se você está procurando livros leves e tranquilos para ler em um dia, pode anotar na sua listinha “Sorte ou azar?” da Meg Cabot. Esse foi um dos 11 livros que eu ganhei de Natal (obrigada de novo, Thi e cunhadinho) e, quando tirei ele da estante, não tinha a menor ideia do que se tratava (não tinha lido a quarta-capa nem a orelha do livro). Assim como “Ela foi até o fim” e “Pegando fogo!“, “Sorte ou azar?” não faz parte de uma série e foi por isso que escolhi ele logo após ler “Sussurro” (queria algo com começo-meio-fim pra relaxar e não ficar pensando no Patch).

A protagonista é uma garota ruiva do ensino médio chamada Jean Honeychurch que parece ter nascido junto com a sua falta de sorte. Assim que nasceu, um raio atingiu o hospital fazendo com que 1. todos os pacientes precisassem ser transferidos de helicóptero e 2. o médico a apelidasse de Jinx (= pé frio, azarada). Depois que algo aconteceu em sua antiga cidade (Hancock, Iowa) – provavelmente por causa da sua terrível falta de sorte -, Jean precisou se mudar para a casa de seus tios ricos em New York.

Chegando em New York, depois conseguir chegar até o seu novo lar e de conhecer Petra (a au pair alemã muito querida), Jean foi até o caramachão no fundo das casa para cumprimentar a sua prima Tory (da mesma idade) e, bem, o que era pra ser algo simples não aconteceu bem como ela imaginava afinal, não é sem motivo que ela recebeu o apelido de Jinx, né?

A história é fofa, leve e bem gostosa. Sabe quando você termina o livro com um sorriso? Então! É previsível, sim, mas isso não torna o livro o ruim. Aliás, confesso que fiquei feliz por ele ter terminado do jeito que imaginei. Só mudaria algumas coisas na Jinx (ela é meio lerdinha/bobinha algumas horas), mas nada demais.

Ah, tem uma parte “mágica” no livro que eu preferi não incluir na resenha porque, como disse lá em cima, eu li sem saber do que se tratava e foi uma surpresa agradável pra mim. Isso tem na orelha e na quarta-capa do livro então quem estiver passando pela livraria e quiser saber do que se trata é só ler essas partes ;)

O livro foi publicado pela Galera Record e eu amei a edição. A capa tem tudo a ver (achei mais bonita do que a versão em inglês que vi), as páginas são amareladas (❤), a diagramação, fonte, espaçamento e margem são ótimos.

 Moleskine página 115 

(foquinha)

(ao lado de Sussurro)

♥.♥.♥.♥.♥.

(parece que o Spock está lendo, né?)

ISBN: 9788501080912 Editora: Galera Record Páginas: 288

Onde comprar o livro: Saraiva / Submarino

Para saber mais sobre a autora Meg Cabotsite oficial / fanpage / twitter :)

E aí, alguém já leu? O que achou?

Obrigada por tudo, pessoal!

Quem quiser me acompanhar pelo skoob é só clicar aqui!

xoxo