ALEATORIEDADES

Falando de…troll, bullying etc

Quando criei o meu blog, tinha como objetivo colocar nele minhas fotos que ficam de fora do flickr. Foi assim por um tempo, até que a vontade de começar a escrever um pouco sobre mim, sobre minha rotina e sobre minhas coisas foi surgindo e esse blog, que inicialmente era pra ser fotográfico, acabou se tornando um blog pessoal-fotográfico :)

Já faz um tempo que decidi falar sobre outras coisas nele, coisas que podem ajudar os outros (aliás, fico muito feliz quando as pessoas falam que ver as minhas fotos as ajudam a se sentir melhor! obrigada, pessoal!!!). Hoje, como vocês podem perceber pelo título, falarei sobre bullying e os “temidos” trolls.

Pra quem não sabe, bullying é um termo inglês que se refere a um “conjunto de atitudes de violência física e/ou psicológica, de caráter intencional e repetitivo, praticado por um bully (agressor) contra uma ou mais vítimas que se encontram impossibilitadas de responder” (coloquei entre aspas porque retirei esse trecho do livro Bullying da Ana Beatriz Barbosa Silva). Dificilmente alguém pode dizer que nunca foi vítima de um bully. Eu sofri bullying algumas vezes  (uma delas foi por ser estudiosa) e isso me deixou mal por um tempo, mas eu vi que não valia a pena sofrer por isso, afinal eu estava sendo eu mesma e não estava fazendo nada de errado ou prejudicando alguém sendo assim. Algumas pessoas sofrem por causa da aparência, por ter alguma dificuldade ou até mesmo por ser bonzinho demais. Infelizmente qualquer um pode virar vítima!

Atualmente tem sido estudado um tipo específico de bullying chamado cyberbullying, que diz respeito a essa atitude agressiva por meios virtuais. Durante todos esses anos em que eu estou na internet (já tive outros blogs e fotolog) eu não lembro de ter sofrido com esse tipo de pessoa, mas de um tempo pra cá ando recebendo mensagens ofensivas no meu formspring. Aliás, quero aproveitar a agradecer publicamente ao troll (que é o nome dado a esse tipo de pessoa) que tem mandando mensagens assim no meu formspring porque graças a ele eu consegui uma motivação para escrever sobre isso aqui no blog então muito obrigada! :)

Há alguns minutos recebi uma pergunta ofensiva que terminou assim “Se sente intimidada? Pelo visto sim, só responde as “coisas boas” pra essa sua aparencia “fofinha” continuar. Se toca.“. Minha resposta, querido troll, é: não, não me sinto intimidada :) Como já é difícil conseguir responder as perguntas de pessoas que gostam de mim, não acho necessário gastar o meu tempo respondendo “perguntas” ofensivas, que não irão acrescentar nada a ninguém (nem mesmo a você). E se você gastar um pouco menos do seu tempo mandando essas coisas, poderia ver que eu não respondo apenas “coisas boas”/elogios. Também respondo mensagens com críticas (algumas feitas até de forma grosseira), mas, como já disse, mal tenho tempo para responder as perguntas educadas que acho melhor não gastá-lo com as desnecessariamente agressivas (só estou respondendo a sua agora porque está servindo de exemplo pro meu post, então, fique feliz: finalmente você recebeu a atenção que queria :D).

Bom, não vale a pena ficar um post inteiro falando só sobre o que é bullying/cyberbullying/troll e como é ser chato ser vítima de um (isso é fácil de imaginar, não?). Então, agora irei dar duas dicas de ouro para duas pessoas:

  • Vítima de qualquer tipo de bullying: ser ofendido, agredido não é fácil e afeta de diversas formas, inclusive na autoestima. Se você for vítima “no mundo real”  ou virtual de atos de violência, for ameaçado etc. tome coragem de pedir ajuda, não guarde isso para você! Se você estiver sofrendo com um troll na internet, lembre-se que a melhor maneira de “combatê-lo” é ignorando :)
  • Troll ou Bully: se você acha que  a melhor maneira de se manifestar e conseguir atenção é agredindo alguém, não tenha vergonha de procurar ajuda (isso vai fazer bem não só a você, como a todos da sua convivência). Da mesma forma que você é o agressor, pode, um dia, virar a vítima (e pode ter certeza de que nenhuma dessas posições é boa).

Agora um recadinho específico para o troll (tem mais de um?) que tem ficado incomodado com as minhas fotos, meu blog, minhas respostas no formspring, com os elogios que eu recebo, com o meu namoro, com as minhas roupas, com o meu quarto, enfim, com a minha vida: se te faz mal ver tudo isso, você tem a opção de não entrar nas minhas redes sociais e ser feliz :) Seja feliz!

Ah, lembrei agora das tirinhas do Peanuts. Nela, o grande Charles Schulz aborda o tema bullying com o seu personagem Charlie Brown! Há várias tirinhas que tratam do assunto e mostram como a vítima sofre, tem baixa auto-estima e chega a passar por momentos depressivos. As melhores tirinhas que eu li nos livros não encontrei na internet pra colocar aqui, mas achei essas duas interessantes:

 “Eu vou segurar a bola, Charlie Brown, e você vem correndo e chuta!”, “Certo! Está combinado!”

“Às vezes eu fico deitado pensando ‘por que eu estou aqui?'”

Nesse desenho chamado “He’s a bully, Charlie Brown” (Ele é um bully, Charlie Brown), esse assunto é tratado de uma forma genial. Infelizmente só encontrei o original em inglês (nem com legenda em português achei), mas coloquei aqui para quem tiver interesse (vale a pena!!!):

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=2zOlO7ckxas]

O Bill Watterson, criador das tirinhas do Calvin e Haroldo, também trata do assunto:

Eu tenho outras tirinhas sobre o assunto, mas só em livros, não no computador. Só consegui encontrar essas!

Pra não perder o costume, vou terminar com uma música que eu adoro: a versão do Cake de Perhaps, perhaps, perhaps :D

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=AV5PwN2e88Y]

Obrigada pelo carinho, pelas visitas e pelos comentários, pessoal! Em breve farei o post do chocolate quente mais delicioso do mundo!

xoxo

51 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
agosto 24, 2011
Próximo post
agosto 24, 2011
  • flavieleapl

    Eu esperei por um post desses a mais tempo. Imaginava como você tratava assuntos como esse. Fiquei mais orgulhosa ainda. Faça mais posts desses Mel. Vai ajudar muita gente [tenho certeza]! Você deve ser uma ótima amiga. Sorte de quem lhe tem por perto.
    Que você continue sendo abençoada.
    Abraço de urso, Moranguinho. :*

  • flavieleapl

    Que ele também seja abençoado. Pq o melor a fazer é querer o bem deles.

  • Luciana Bezerra Dos Santos

    arrasou no post, mel!
    com certeza um tema que tá cada vez mais presente na realidade de todos e que deve ser tratado com muita cautela.
    espero que esse troll finalmente pare de te atazanar.

    ps: uma diquinha, tem um filme chamado “odd girl out” que trata muito bem a questão do bullying, principalmente o cyberbullying. se não tiver assistido ainda, fica a sugestão.

    um beijo, querida! :*

  • amyntaamoon

    Nossa guria, até você “sofre” com isso. Meses atrás eu recebí umas perguntas ofensivas no meu form por causa do meu corpo. Engordei 20kg na gestação que se recusam a sair de mim …. hihihihi … Como faço dança do ventre uso roupas justas, o que serviu para a pessoa se incomodar MUITO!

    Semana passada eu pensei em dar uma abordagem assim no meu blog, usando o assassino de Realaengo como exemplo, mas achei que o post ficou “tenso” demais e apenas mencionei o fato, sem dar tanta ênfase no bullying. Acho que na próxima postagem eu vou falar sobre isso e colocar o link do seu! É bom ter o ponto de vista de uma quase psicóloga.

    Beijinhos flor, e continue nos presenteando com seu romantismo e suas inspirações!!!

  • Carol Rodrigues

    Um troll implicando com uma fofa que nem vc, dá vontade de dar uma surra de gato morto até ele miar. rs

    Abordou o tema muito bem, Melzinha! Falou tudo! Espero que se alguém que sofre com esses abusos passar por aqui, se sinta encorajado e motivado com suas palavras =)

    Bejos lindinha

  • Simoninha

    own Melzinha, não fique chateada, aconteceu algo parecido comigo essa semana, e céus, o que querem é isso mesmo, atenção, fico pensando que são pessoas extremamente carentes ;P
    Mas também, a gente sabe que o que é bom causa inveja, e tem gente que não suporta ver os outros felizes simplesmente porque não consegue ser feliz.

    (Tenho zilhões de tirinhas do Calvin no pc *-*)

    Seu post tá lindão, como sempre, arrasando docemente e com estilo.

    Seja você, sempre. Porque a cada 1 pra te invejar, tem 1000 pra te amar e admirar pela doce pessoa que você é ♥

    Beijinhos

    @sicasalander

  • Luana {Candy Cute}

    Arrasou!!
    Parabéns pelo post, enho certeza que vai ajudar outras pessoas que sofrem com isso.

    beijinhos

  • Zezinha Souza

    Que maravilha de post, adorei a abordagem! Como sempre você vive me dando motivos para me orgulhar cada dia mais e mais de você, mandou muito bem, pin! Infelizmente, você não é a primeira nem será a última a ser vítima desse tipo de ataque. :(

    Queria ter o seu conhecimento e delicadeza pra saber lidar com pessoas desse tipo, mas sei que isso é para poucos…você tem valores preciosos e jamais desceria de nível, ainda mais se tratando de uma pessoa que necessita de ajuda para poder deixar de ser invejosa, se tornar uma pessoa melhor e menos infeliz. Na minha opinião de leiga, quem age dessa forma além de ser desequilibrada, é covarde porque usa o anonimato para destilar o veneno que tem dentro dela, sente prazer ofendendo os outros, espalhando discórdia….infelizmente, cada um dá o que tem, né?!!!! Que ela pare, leia a sua resposta, reflita e busque uma orientação psicológica..com certeza, se tornando uma pessoa feliz deixará de se incomodar com a felicidade dos outros e vai cuidar melhor da própria vida!

    Adorei as tirinhas e o vídeo…

    Vou ficando por aqui deixando essa frase: Ipse Venena Bibas, proteção nunca e demais, né?!!!

    Beijinhos, florzinha minha, amo muito você!

  • Mel, você tem uma delicadeza impar pra falar com as pessoas, sempre muito educada. Confesso que já fui vitima de cyberbullying, uma vez uma pessoa me ofendeu diretamente por que eu tinha pintado meu cabelo. E também tem as indiretas através das redes sociais, sabe? Confesso que eu não sou tão paciente. Me irrito muito com pessoas preocupadas com meu relacionamento, meu peso, etc…com gente claramente invejosa. Já respondi diversas vezes, mas não da mesma forma, porque eu não consigo ser tão má…também deixei de me expressar tanto no twitter, pq uma vez que eu estava triste e escrevi, ai a pessoa usou isso pra me atacar, dizendo que se eu estava me sentindo depressiva deveria me matar…Estou a prendendo a ignorar…Obrigada por esse post estimulante!
    Você é um exemplo de pessoa, obrigada por existir.s2.

  • Teresa

    Olá Mel :)
    Sou portuguesa e visito o seu blog desde ontem, desde então nunca mais o deixarei de visitar ;D
    As fotografias são demasiado bonitas e acho PERFEITO esta junção com coisas pessoais ;)

    Quanto ao post: você brilhou! Sabe como é, estes invejosos -.-‘

    Beijinhos,
    Teresa*

  • Noemyr

    Sigo seu blog há um tempo e nem lembro se já comentei, mas este post realmente é muito bom! Parabéns, vc soube abordar um tema tão polêmico de uma forma mais ‘leve’ (se é q é possível), exatamente como vc parece ser.

    Um beijo, flor.

  • tesla

    Muito bom o post Mel! Tanto por dar uma ajudinha pra quem sofre com esse tipo de ataque quanto por dar a atenção que o troll tanto queria. Eu já fui atacada por meus próprio “amigos” no colégio por ser estudiosa e boasinha demais. Nunca comentei sobre isso com ninguém, por isso fiquei muito tempo remoendo o assunto e acabei sofrendo mais ainda, mas nessa época o bullying não era tão comentado. Enfim, parabéns pelo blog :)

  • Dedyane

    Oi, Querida! Conheci seu blog e de já, me encantei por suas fotos. Agora, em relação ao tema do post, não entendo o que leva uma pessoa a fazer esse tipo de coisa, perseguir, insultar, maltratar. O que ganha? A não ser a raiva do ofendido e de todos os que sabem desse tipo de coisa. De um que te insulta você ganha mil que te curte, e esse é um número em constante crescimento e que apaga a minoria, não acha? Já é um motivo, mais que suficiente pra ignorar e esquecer, podemos dizer, esses insignificantes percalços da vida. Sucesso!

  • Camila Siqueira

    Ai ai Meel .. esses haters, todo mundo tem, né? Se nem Jesus pode agradar a todos, quem somos nós para agradá-los, nao?
    Isso é realmente terrível, já sofri de bullying na escola, por ser orelhuda e com só 10 anos de idade implorei pro meu pai e minha mãe para fazer uma cirurgia plástica, e eu fiz, pelo tanto que isso me deixava mal! Mas, eu nunca pratiquei esse tipo de coisa, não que eu seja Santa né, mas acho feio julgar uma pessoa pela ‘capa’ sem conhecê-la.
    Ai Mel se nem você agrada a todos… oq deveria ser impossible! han?
    heehehhe
    Você é mágica *-*

  • Lady

    Mel, linda a forma como você tratou desse assunto, sem grosserias.
    Penso que essas pessoas são carentes de afeto ou coisa assim, ou simplesmente não gostam de ver as pessoas felizes.
    Adoro o seu blog visito sempre, adoro tudo aqui, seu jeito doce e tuas músicas que me identifico muito, coisa rara de encontrar alguém com gosto musical parecido com o meu.
    Quanto ao builling já sofri por ser vista como a boazinha e por estudar demais, mas essas coisas me fazem bem e então não me importo, mas tem horas que realmente as ofensas pesam e como na tirinha já me perguntei por que estou aqui.
    Já cheguei a receber quase ameças via mensagem de gente da minha sala de aula me dizendo que eu vivo num mundo cor de rosa, que eu só má que eu influencio as pessoas com o meu jeito…enfim.
    Enfim, adorei o post.
    E continue assim sempre verdadeira não ligue pra essas pessoas que não querem o bem das outras.

  • Mariana Regina

    Infelizmente, existe muita gente assim no mundo. Não aguenta ver os outros felizes. Talvez tenha até inveja.
    Mas, pra cada troll desses, querida Mel, existem uns… sei lá… 50? fãs que te adoram muito, te admiram, e ficam felizes por cada conquista sua. É um carinho infinito e muito, muito merecido.
    E o jeito que vc tratou o assunto foi ótimo. Já sofri bullying por ser estudiosa, por ser muito alta, por ser a “estranha”… mas passa… é ruim, uma das piores sensações do mundo. Cheguei ao ponto de passar um mês aos prantos, na pior fase. Hoje tá tudo certo, graças a Deus.
    Parabéns pelo post (:
    Beijos.

  • Bruna

    Incrível como você conseguiu mandar um recado pra esse(a) recalcado/desocupado sem deixar sua delicadeza de lado. Isso só reafirma que você é mesmo uma moça especial e madura.
    Saiba que para cada ofensa você tem centenas de elogios e pessoas mais felizes quando veem suas fotos e palavras.

  • Rêh

    Amei o post Mel, muito bom mesmo
    E sabe que tenho sofrido com isso ultimamente?
    Por que as pessoas não cuidam de suas próprias vidas, em vez das nossas, né?

  • Nizer Freitas Fontoura

    Linda,eu simplesmente a-m-e-i esse post *————* realmente acrescenta e nos dá informações muitíssimo interessantes!
    Continue assim,não dê bola para essas pessoas invejosas porque elas são pobres de espírito :)
    Não consigo expressar em palavras o que sinto quando vejo suas fotos
    Você é uma fofa lindaaaaaaa *——–* sou uma eterna admiradora do que vc faz,do que vc escreve,do que vc fotografa e do que vc é
    Um post como o seu dá realmente gosto de se ler porque tem conteúdo
    Vc aborda o assunto de maneira clara e com uma dissertação extremamente bem escrita
    Você tem realmente a vocação para a psicologia,fotografia,jornalismo e tantas outras coisas
    Você faz tudo com maestria e és muito talentosa!!!
    Tudo que vc faz é maravilhoso,mel ;)
    Tem blogs que visito e que simplesmente não me acrescentam em nada mas com o teu blog é diferente,ele enriquece o meu conhecimento e a minha imaginação
    Seu blog é nota 10!É completo em todos os sentidos: tem imagens maravilhosas,conteúdo muito bem exposto e muito bem escrito,tem tutoriais,tem tudo.
    Sei que não costumo comentar aqui nem no teu flickr mas eu os visito todos os dias
    Porque o seu mundo me faz bem,me faz sentir uma pessoa melhor
    Você é uma inspiração pra mim e eu amo a forma como vc vê a vida e como a sente tbm
    Sei que não é tão fácil fazer amizade virtual mas eu gostaria muito de ser sua amiga
    Com o tempo vamos percebendo se a pessoa é confiável etc… E de cara vi que você é uma pessoa,confiável,amorosa e honesta e eu me sentiria orgulhosa de ser sua amiga
    Te conheço há um bom tempo (via internet) porém nunca tive coragem de expressar toda a admiração e o carinho que sinto por você
    Te adoro,mel e nunca desista dos seus sonhos

    Nick

  • Nuria

    Mel, há tempos que acompanho o seu blog, gosto muito e é isso mesmo que você disse “faz-me sentir bem”, além de eu aprender muita coisa criativa com você.

    É pena essas pessoas andarem a perder o tempo e as energias a criticar o que outras fazem e não a tentar fazer elas próprias alguma coisa de criativa…

    Beijocas desde Espanha, fofinha

  • Fran

    Ótimo post Mel!
    Isso com certeza ajudou muitas pessoas que sofrem com esse tipo de gente. Que na minha opinião não tem um minimo de caráter e que acho que só vai ser feliz fazendo os outros infelizes, esse tipo de gente realmente precisa parar de achar que isso é uma coisa legal, porque não é.
    Eu também sofri bullying por volta dos 11 e 13 anos, eu sofria muito porque sempre fui um pouquinho “cheiinha”, e acabei sofrendo com bulimia, mas graças a ajuda da minha família consegui ver que isso não iria me levar a nada e que essas pessoas só queriam me ver pra baixo. Hoje em dia não dou mais bola para o que falam e pensam sobre minha aparência, estou feliz assim como sou e isso já basta!

    beijos, tudo de bom pra você.

  • Jéssika Tavares

    Otimo post, esse troll conseguiu a atenção que queria
    e que este post sirva de exemplo pra todos os outros trolls que tem prazer em ver as pessoas tristes, tristes são eles que não enxergam o amor nas coisa e nas pessoas!
    Acho que quando alguem se sente tão encomodado com o que os outros fazem, devia parar pra pensar que talvez o problema não seja os outros!
    Melzinha não se deixe abalar, continue assim, transmitindo esse amor todo que você tem pro mundo, adoro seus posts, suas fotos, suas coisas, adoro você minha querida encantadora *-*

  • Luana Pagung

    Que post ótimo Mel, fiquei feliz de apesar da correria da tarde de hoje ter tido um tempinho para o ler ao ver a sua atualização na listinha lateral do meu blog. Parabéns pelo post, com certeza irá ajudar muita gente que passa por isso.
    Bullying é mesmo algo terrível pra quem sofre, seja em presença ou virtual. É uma situação difícil, e pra quem não consegue lidar com isso, até traumática.

    Eu não imaginava que você estivesse passando por essa situação, não consigo entender o contentamento de uma pessoa em fazer isso com alguém, mas é evidente, ainda mais pra quem estuda psicologia como nós, que pessoas assim tem sérios problemas e precisam de ajuda.
    Sei bem como é passar por isso, pois já passei e passo pelo mesmo (e por coincidência ou não, no momento, também no Formspring! :t ) e é preciso ter muita paciência e compreensão com pessoas assim. Você esta tendo a atitude certa, com certeza. {E parabéns por tê-la!}
    Desejo que esses trolls realmente enxerguem o quão desagradável é agirem dessa forma (pra si mesmos e para os outros) e procurem ajuda de alguma forma.

    p.s: “Peanuts” e “Calvin” sempre nos passam lições ótimas, né? ♥

    Bisous, Mel.

  • welcome april

    Você conseguiu explicar tudo tão bem, adorei o post :}
    Tem um menino na minha sala que é muito criticado pelo simples fato de que ele tem cabelo grande e várias espinhas. A cada xingamento contra ele tenho vontade de dar um tapa na cara de cada um, mas a educação não permite.
    Ele tem faltado esses dias e algumas pessoas falaram que provavelmente ele irá sair da escola por causa do bullying. Sabe o que tiveram coragem de falar? ” Ainda bem que ele vai embora, credo!”
    Eu também já tive um outro blog onde a maioria dos comentários eram xingamentos totalmente sem função. Eu nunca tinha feito nada para aquelas pessoas (anônimos, aliás).
    Falta uma coisa: educação.
    Acho que já falei demais :~ Bom, parabéns pelo post, Mel! Beijinhos.

  • fernanda prestes

    ai ai Mel.. nao sou nenhuma psicóloga mas tenho certeza que esse tipo de gente tem complexo de inferioridade aguda e não tem o que fazer!! Q bom que vc é educada.. eu não teria tratado da mesma forma…sorte dessa pessoa hehe

  • Gabriella

    Nossa, eu nunca imaginei que você sofresse disso também. Já fizeram cyberbullying comigo várias vezes, tanto é que eu desativei meu formspring por isso. Tantos livros e filmes para ver, e a criatura vem crítica os outros. Teve uma vez que eu postei uma foto de biquíni e já vieram “nossa, esse pneu ai hein”, porque eu tenho escoliose (problema na coluna), o que deixa um lado da minha cintura mais largo que o outro (por causa dos meus 30º graus de desvio!!!!!!!!!!!!!), e a criatura veio me dizer que era “pneu”!!!! Não, eu mereço esse tipo de coisa mesmo hein kkkkkkkkkk.
    São um bando de desocupados mesmo. Adorei o post Mel!!!

  • HerLovelyHeart

    Primeiro o assunto desagradável: sobre o seu troll, continue assim, nem liga, palhaço sem platéia não faz graça (:
    Agora sim, como sempre, este post está magnífico Melzinha ;)
    Você abordou super bem o tema! Eu já participei da Semana da Saúde da minha escola onde minha sala falava sobre DSTs e Bullying, e como eu era palestrante de Bullying, comecei a entender bastante do assunto, e eu acho que seu post está bem completo, bem explicado, sem contar que sempre tem um “peanut” do Charlie Brown pra fechar com chave de ouro né? hahaha
    Parabéns, chuchu, haha ;)

  • maramodesto

    Realmente, otimo post, dei ate RT! (Adoro as tirinhas do Calvin sobre o bullying do Moe na escola – alias, adoro todas as tirinhas do Calvin!) Conheço pessoas que ja sofreram e que ja praticaram bullying, e como professora e futura psicopedagoga – ando ate achando inspiraçao no seu blog pra caminhar mais alguns anos pela psicologia, who knows? – fiquei muito feliz em ler este post e descobrir que ha tantas pessoas BOAS e comprometidas com o BEM no mundo, sabe? E so consigo imaginar um motivo pra uma pessoa agir tao negativamente assim com vc, Mel. Invejinha. Mas um dia essa pessoa se liga e cuida da vida dela, vai ser feliz. Fingers crossed!
    xoxo
    Mara Modesto

  • Carol

    O problema é que as pessoas não conseguem lidar com o que não aceitam, intendem, n

    ão gostam, simplesmente não conseguem lidar com aquilo que não as agrada e este tipo de pessoa também não consegue aceitar que a outra pessoa é feliz dessa forma.
    Isso é um problema.

    Suas fotos, seus posts são fofos, bonitinhos e todos os adjetivos lindos que eu pudesse colocar aqui, se eu não gostasse simplesmente não entraria mas em nenhuma das suas contas, como você disse no post.

    Meu ponto de vista é o seguinte: (espero que entenda):::
    Acho que não passa da “falta do Eu” que as pessoas tem porque talvez a tal pessoa do formspring não tenha inveja de você, não queira ser igual a você ou ter o que você tem (roupas, criatividade, estilo, personalidade, namorado…), mas ela se ofende por você ter o o seu próprio Eu, então, ela se sente menosprezada por isso, logo, entra no seu forms e faz “caca” por lá.
    Resumindo (eu penso de mais srsrsr) esse tipo de pessoa não tem personalidade e se encomoda por você ter. (podia ter dito isso logo né srsr)

    Beijo Mel!

  • Patricia Morais (@patricia_relax)

    Mel,minha idola(é assim que se fala?)!!Linda,super diva,respondendo a grosserias com respostas altamente classudas!Mostrou,que além de ser super fofa,você também sabe se defender muito bem!
    Linda!

  • Carol

    Oi moça!
    Como já era de se esperar, você se saiu muito bem ao tratar do tema!
    Essas pessoas são tão infelizes e pequenas que se sentem incomodadas com a felicidade, beleza, paz, enfim, com o bem estar do outro. Ao invés de se esforçarem para ter uma vida feliz e digna, acham que atacar quem tem uma vida propria e é feliz sendo o que é, é a melhor solução. Losers!
    Gente assim deve sofrer de algum tipo de psicopatia porque, se é incomodado com o que vê por aqui, porque continua visitando seus ambientes virtuais? Vê suas fotos, não gosta, comenta agressivamente, vai no seu formspring, não gosta, ofende,…ciclo vicioso e doentio.
    Adorei a forma como você tratou o tema, adorei as tirinhas enfim, parabéns!
    Beijnhos Mel, continue assim…sua alegria e docilidade inspiram muita gente e é isso que importa. Que as boas energias cheguem ate você e neutralise esse invejoso que anda te rondando.
    :)

  • Camila

    Mel, vc é uma fofa, eu amo seu blog e acho muito legal vc usar esse espaço pra expressar diferentes temas, coisas q vc aprende na faculdade etc. Infelizmente tem muita gente no mundo q ao invés de se ocupar de coisas boas, de buscar um crescimento pessoal e tals, prefere gastar o tempo fazendo mal e ofendendo as pessoas gratuitamente. Mas não se abale mesmo, pra cada troll que vem aqui te perturbar tem 10, 100, 1000 que vem aqui buscar fofura, carinho, fotos lindas, inspiração mesmo.
    Beijos e boa semana

  • Nay Marcula

    Mel amei tanto esse post! Eu sofri bullyng a vida toda… Primeiro por ser negra em uma escolinha particular quando criança, depois por ter cabelo crespo, na adolescencia por ter espinhas… Mas isso não me fez parar, eu realizei meu sonho e sou uma universitária feliz cheia de amigos que realmente me amam!
    Algumas das pessoas que me faziam mal não tiveram a mesma sorte que eu.
    Você me fez repensar em como o modo que nos posicionamos diante do bullyng é primordial pra nossa vida!
    Obriii
    bjo ;*

  • Amandinha Leahy

    Venho sempre aqui mas nunca comentei mais por vergonha do que por preguiça :( mas hoje lendo esse post maravilhoso tive que deixar a minha marquinha.
    Sofri bullyng por quase 1 ano sem saber que o troll era uma “amiga” íntima,dá pra acreditar?deletei meu orkut,parei de usar o msn,acabei com o meu blog,foi um período bem tenso,acabei descobrindo por acaso,ligando os pontos e não querendo acreditar até ter certez absoluta.Sofri muito,perdi peso,fiquei deprimida,me afastei das pessoas,quase surtei mas superei fazendo terapia.Hoje acredito que existe amizade sincera mas agente tem que ficar esperta,bem atenta.
    Sempre admirei a visão romantica que você tem da vida e o seu jeito suave de tratar as pessoas que passam aqui e no seu flickr porisso to sempre aqui,seus posts e suas fotos me ajudam a acreditar que o mundo pode ser melhor,que ainda tem gente que se importa com os outros,que é educada e mesmo sendo muito linda não esnoba os outros.
    Queria muito morar perto de você,ia fazer de tudo pra ser sua amiga e aprender muito com seu modo de ser.
    Nem ligue pra essa pessoa ridícula e invejosa,se ela não aprender a ser uma pessoa melhor depois de ler o seu post vai acabar se contaminando com o proprio veneno.
    Beijos

  • Kelly B.

    Oi, muito bom o post e eu não poderia deixar de comentar. Até você sofre com isso? Tem que ser alguém mesmo muito invejoso e sem nada pra fazer da vida. É realmente um situação super chata né? Se é ruim na internet, imagina quando é na vida real, ali na escola, onde você tem que ir todos os dias. Espero que essa pessoa sem noção pare de te encher a paciência e vá fazer algo melhor da vida. Gostei das tirinhas. Bjs

  • sulamita

    É isso ae adorei essa sua atitude de falar sobre esse assunto!
    todo mundo está sujeito a sofrer c esse mal, falar sobre ele é importante é assim q conseguimos vencer nossos medos e nos unir pra combater esse mal!

    bjos adoro vc :)

  • Marcela

    Te admiro muito Mel, você é uma daquelas pessoas que me inspiram. Agradeço muito ao
    Papai do céu por ter conhecido o seu blog, ele sempre faz com que o meu dia fique melhor. Não, isso não é um exagero. Uma das melhores qualidades do ser humano é a educação e você tira de letra. No fundo essa pessoa vai perceber que cometeu um desvio no seu caminho e vai querer reparar o seu erro.
    Nós só temos que pedir para que Deus o ajude e ele com certeza enviou você para ajudar essas pessoas.
    Um beijo linda :)

  • Giovana Ceregatto Mangini

    Meu Deus Mel, que ódio dessa pessoa, não é capaz de ser feliz e fica pisando nas outras acho o fim, vc é linda mesmo, e sua manifestação é um bem pra todos que sofrem desse mal.

    Continue sempre inspiradoras, não deixe de encantar o mundo nunca, vejo que é muito inteligente de seguir em frente.

    Um beijo doce :)

  • Leila Agnoleti

    Seja dicas, sobre sua semana, assuntos da faculdade ou um tema tão sério como esse, vc sempre manda muito bem!
    Eu adoreeeeei o post Melzinha querida, tratou o tema com muita sensibilidade e desenvoltura!
    Não tenho tido tanto tempo para acompanhar mais suas redes sociais ( snif snif ), mas há um tempo atrás quando eu ia no seu formspring, eu havia vsito duas perguntas mesmo e admirado a forma como havia respondido as pessoas, é muito difícil não reagir bruscamente a atitudes ofensivas como essas, mas vc sempre manteve sua educação, contrariando cada vez mais esses bullys e trolls, porque com certeza não é uma coisa que eles tem, infelizmente e nem conseguem ser felizes com o que são, porque precisam de sentir inveja de uma pessoa tão doce como vc!

    Lembra-se daquilo que disse com pouco tempo que te conheci?
    ” O amor cresce a medida que se reparte ”
    Vc encantaou e inspirou muitas pessoas Mel desde que fez seu blog, flickr e outras redes, e como a Simoninha disse, se há alguém para criticar e invejar, existirão uma parte muito maior para se encantar pelo seu trabalho e valorizá-la pelas suas infinitas qualidades! Os bons são maioria linda!

    Seu jeitinho é único e especial, jamais mude!

    Beijos!

  • Dasty-Sama

    Melina, não dê a mínima para o que falam sobre você. Seria um problema se você estivesse fazendo algo de ruim, mas não está. Suas fotos, seu blog, sua vida, as coisas que escreve, tudo é encantador, e por ser desse jeito, tem gente que tem inveja. Sei que inveja parece aquela desculpa esfarrapada, mas é verdade. Eu já sofri bullying também por ser estudiosa, aluna modelo e mais mil coisas. Até hoje sou julgada pelo meu modo de ser, mas não vou mudar de forma nenhuma só porque não agrada algumas pessoas. Que eu saiba, não faço mal a ninguém. Ignore as perguntas no formspring, eles só querem ver se você dá respostas maldosas para ficar falando “olha só, ela não é tão fofa quanto aparenta”. São apenas um bando de idiotas :)

  • Camila

    Mel, também já sofri bullying simplesmente por ser estudiosa… como pode uma coisa dessas???
    Antes me sentia triste com a situação… mas minha mãe dizia: “azar o deles, continue estudando que é o que você faz de melhor… ”
    E foi o que eu fiz! Mamãe estava certa… e sou muito grata ao conselho que antes parecia chato e sem importância. Sou como você, não gostava de estar simplesmente na média… sempre buscava um dez ou a melhor nota que eu pudesse tirar.
    Não se preocupe com esse troll… você é muuuuito melhor do que qualquer tipo de ofensa que tentam te atingir =)
    xô, inveja, xô, tristeza!!!! =)))

  • Carolina Rosinelli

    Arrasou Mel! Maravilhoso o post..também amey a versão perhaps, perhaps,perhaps…muito boa! Eu também sofri bullying já mas nunca liguei! Nunca deixei isso me abalar psicologicamente:P

    Beeijãaao

  • Karin Bezerra

    Ai Mel, nem sei o que falar.
    Muito desagrádavel essa situação. Não sei o que faria se fosse comigo. Nunca passei por uma situação dessa ainda (na internet nunca se sabe o que está por vir).

    Mas complementando o que a Luana Pagung falou:
    Peanuts, Harold e a “Mafalda” para nos fazer pensar

  • Marie

    Chuchu, como vc ficou mais conhecida e se tornou até modelo de comportamento e estilo entre o pessoal mais jovem é normal que apareçam pessoas que, ao invés de fazer como você e viver do jeito que elas gostam e fazer amizades com pessoas que fazem o mesmo, preferem depreciar, insultar, tudo anonimamente é claro. Já sofri muito bullying na vida, de todos os tipos. Hoje em dia é diferente, na nossa idade a gente já sabe como lidar, como ignorar e passar por cima. Mas o pessoal mais jovem muitas vezes sofre demais com isso, portanto achei super útil vc fazer esse post, pras pessoas lerem e perceberem que um troll é só uma pessoa perturbada, e que não é por causa dele que você precisa ficar pra baixo. É só ignorar e seguir fazendo as coisas do seu jeito, vivendo a sua vida… trolls e bullies não valem o nosso stress. Nem stalkers (eu já tive a minha quota desses, vou te contar… é cada louca que aparece). Toda pessoa bem-sucedida em alguma coisa, pode ser arte, fotografia, literatura, esporte, cinema, sei lá, qualquer coisa mesmo…. terá aqueles que invejam e querem destruir a pessoa com palavras porque não suportam encarar a falta de propósito da própria vida e fazer mudanças positivas nela. O melhor é fingir que eles não existem, pra que percebam que esse comportamento não vai melhorar a vida deles mesmos em nada – e nem piorar a nossa. Se alguém não curte o seu estilo e o seu gênero de blog, a coisa mais fácil é não acessar o blog e não ler, não ver as fotos, como você mesma frisou. Bjocas!

  • shame on you REALLY! - A series of serendipity

    […] sim para falar o quanto um blog como o Blogueira Shame pode ser nocivo. Sabe, muitas pessoas sofrem bullying diariamente “na vida real” e tentam fugir disso na internet, criando uma “nova […]

  • Fernanda Maria

    Olá Mel, gostei muito deste post e me inspirei a escrever sobre o assunto pois eu passei por isso também, se puder dê uma olhada: http://diaryofmydailylife.tumblr.com/post/21656361574/faz-um-tempo-que-vejo-falarem-sobre-bullying-na

    Abraço grande.

  • linhas (sophia bennett) - A series of serendipity

    […] da sala e quer salvar o mundo) e Crow (uma garota refugiada da guerra civil em Uganda que sofre bullying por ser […]

  • Sara Ramos

    MEl, sempre passo atrasada nos seus posts pela correria do dia-a-dia. Minha vida não tem sido fácil. Mas como você sempre cuidadosa linka seus assuntos me levando a posts “antigos” mas que sempre me encantam. Sua abordagem é simplismente 10.
    Continue compartilhando conosco seu ponto de vista. Nos fazendo pensar sobre assuntos tão delicados como o deste post.
    Bjinhos

  • mais um pouco sobre trolls - A series of serendipity

    […] falei sobre troll/bullying, corpo perfeito e sobre o perigo de bullying virtual aqui no blog, mas a verdade é que falar […]

  • Mariane

    Mel queria muito que você fizesse um post falando sobre Automutilação, Transtorno de Borderline, Transtorno Bipolar, etc. Porque eu sofri/sofro de automutilação e ficaria muito feliz se você fizesse um post sobre o assunto

Leave a Reply to Fernanda Maria

Instagram

  • hoje de manhã liberei um vídeo novo no canal respondendo uma tag bem legal e compartilhando uma parte da minha tbr desse mês 🖤 vou adorar ver vocês por lá respondendo a tag nos comentários ☺️ ah, muito em breve vai ter uma surpresa pra vocês lá no canal ✨
  • spockinho lindo mesmo quando tá chateado 😍
  • ontem encontrei esse poster no bazar da @lojasantacomposicao e nem pensei duas vezes se iria comprar ou não hehe 😂 na mesma hora pensei em fazer essa foto pra mostrar esse lançamento lindo que recebi da @tutusapatilhas 🖤✨ #vaidetutu
  • fechando minha sequência de fotos da #ccxp2017 com essa turma que marcou minha infância 🖤 foi quando comecei a assistir Hey, Arnold que o sonho de ter uma “janela no teto” pra ver as estrelas surgiu ✨ #nickelodeon #heyarnold #zaxywonderwoman • 📷: @hasegawaphoto 💙💜💜
  • muito muito feliz de finalmente conhece pessoalmente a @lovemaltine que é minha amiga virtual há anos 🖤 e olha que mágico: poucos segundos antes tava pensando “nossa, quando será que vou conhecer a Ari e a @jeskagrecco ?” 😱 ai ai como amo serendipidades 🖤✨ • 📷: @hasegawaphoto 💙💜💙
  • saudade #ccxp já! eu e o @hasegawaphoto fomos só na sexta, mas conseguimos aproveitar bastante ☺️ (aguardem vlog!) quem for hoje, passa lá no cantinho da @zaxyoficial pra fazer uma foto 360° 😍 é muito legal (mas confesso que dá um pouco de vergonha hehe) ps: ainda bem que eu e o Beni não caímos com as bundadas que demos um no outro 😂🤣 #zaxywonderwoman

instagram