LIVROS

Máquina do tempo de emoções

melinasouza01

Ontem estava pensando como seria bom poder voltar no tempo e ter a oportunidade de ler um livro pela primeira vez de novo. Imagine que mágico seria poder reviver as emoções que o livro nos provocou naquele dia *-* Estava super empolgada com essa divagação, mas aí parei pra pensar e lembrei que as emoções que sentimos durante a leitura também tem muito a ver com o momento da nossa vida em que estamos. Algumas vezes nós nos identificamos muito com um personagem porque parece que, naquele momento, ele consegue estar tão próximo que parece que somos nós ali naquelas páginas.

Cada leitura é única e mesmo que você esteja relendo um livro pela décima quinta vez, a sua experiência será única e diferente de todas as outras 14 vezes, porque muitas coisas aconteceram desde que ele foi lido pela última vez. Acho isso tudo tão incrível. Comecei a pensar em livros que me marcaram muito e como seria se eu não tivesse lido eles na época em que li e se eu tivesse a oportunidade de lê-los pela primeira hoje, amanhã ou semana que vem. Como seria que eles iriam me marcar?

Fiquei com vontade de compartilhar essa minha divagação aqui no A Series of Serendipity e perguntar uma coisa: qual foi o livro que te marcou que você tem curiosidade  de saber como seria se pudesse lê-lo pela primeira vez hoje?

109 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
junho 25, 2013
Próximo post
junho 25, 2013
  • nathalia pimentel

    o livro que me marcou muito foi “a probabilidade estatistica do amor a primeira vista” pois eu tava naquele momento de nao conseguir gostar de ninguem, se apaixonar e essas coisas, ai li o livro e me senti tão apaixonada, sabe? nao por uma pessoa mas aquele sentimento de paixão, aquele sentimento gostoso sabe?

  • Ana Luiza Moraes

    Acho que o meu seria Sussurro, da série Hush Hush. Foi a série que me fez voltar ao vício do livro e as sensações que eu tive ao lê-lo foram maravilhosas. Quero elas de novo e de novo, para sempre. s2

  • Nina

    A culpa é das estrelas,e a saga Harry Potter (:

  • Laryssa

    O livro que tá na foto! A culpa é das estrelas! Esse livro eu li há pouco tempo e me marcou muito (chorei horrores!)…É simplesmente incrível! Sem palavras…

  • Beatriz Cavalcante

    Esse livro seria “Querido John”. O livro não é OMG!, sabe? Mas foi um livro que eu ganhei de uma prima e que fez eu com que eu começasse a gostar de ler. É um livro especial pra mim. Eu lembro que na metade do livro eu comecei a ler e não parei mais, virei a noite endo. Aí ele tem uma dedicatória fofa também e é o meu preferido do Sparks. Se eu pudesse ler um livro pela primeira vez hoje, seria Querido John. ♥

  • Marijleite

    Compartilho da sua divagação, tem livros que já li e que quando abro para reler, encontro várias coisas que não tinha prestado atenção ou gravado na primeira leitura. Confesso que acabo lendo mais rápido na segunda ou terceira vez, mas nem por isso perde a graça.
    Acabei de ler “A culpa é das estrelas” mas já quero ler de novo, livros são companheiros realmente. A Hazel do livro sabe disso: UAI .
    http://www.petalasdeliberdade.blogspot.com.br

  • Camila Ramos

    Mel, eu leria A Culpa e das Estrelas. Melhor livro que li, chorei rios e adoraria sentir o que senti ao ”ver” meu namorado literário Gus outra vez. Bjs ;*

  • Renata

    Um livro que me marcou muito (talvez o que mais me marcou) foi If You Could See Me Now, da Cecelia Ahern (mesma autora de Ps Eu te amo, A vez da minha vida, O livro do amanhã). Já o li tantas vezes, mas queria poder ler como se fosse a primeira vez e ver se iria chorar por horas, se iria me identificar com a personagem, se iria sorrir nas mesmas partes, ficar em depressão-pós-livro, esses detalhes… *-*

  • Jéssica

    Nossa! Que texto perfeito, Mel! <3

  • camyli alessandra da silva

    Posso responder essa pergunta com um post no meu blog? pois aqui vai ficar aqueles comentários maior que o post.

    • Melina

      Claro que pode, chuchu! Mas depois coloca a resposta aqui também ;)

  • Flavia

    A menina que roubava livros ♥ li pela primeira vez em dezembro de 2012, estava me decidindo o que estudar na faculdade, optei por História. Li esse livro e me emocionei com as dificuldades e crueldades do período da 2ª Guerra Mundial. Hoje como estudante de História leria esse livro com outros olhos e teria emoções ainda mais fortes…
    Adoro esse livro, é o meu favorito!

  • Ana

    A saga Harry Potter *.*

  • Isa

    Acho que ‘Tempo Fechado’ do Ken Follet que é meu livro favorito ever! Li na época da escola, emprestei pra uma colega e nunca mais vi o livro na minha frente e ANOS se passaram, tanta coisa mudou.. Comprei de novo e vou reler em breve.. Vamos ver como vai ser!

  • Andreza

    Um livro marcante é A Invenção de Hugo Cabret, é misterioso e emocionante ao mesmo tempo.É como se eu tivesse vivido a história, que além do mais se passa em Paris.
    Abraços!

  • Barbara Sá

    Acho que o livro que me marcou foi o ‘Como eu era antes de você’, não tenho nada que me faça me identificar com os personagens do livro, mas lendo a história eu me senti mais humana e passei a perceber o quanto meus problemas são ínfimos perto dos de outras pessoas.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com

  • Amanda Sousa

    E se eu disser que eu A-CA-BEI de ler “A culpa é das estrelas”?
    Sim, eu li há poucos minutos e ainda com os olhinhos inchados, fui logo ligar o computador para adicionar no Skoob como lido (porque sou dessas). Logo depois, abri o Facebook e vi o link desse post, justo com a foto do tão adorável (e sofrido) livro do John Green. E agora fico imaginando que daqui a algum tempo, vou querer sentir o mesmo que senti a minutos atrás enquanto lia “A culpa é das estrelas”.

  • Leticia

    Tenho muitos livros que eu gostaria mas eu acho que A culpa é das estrelas é o que eu mais sinto curiosidade. Li quando estava em um momento muito ruim, comigo mesma entende? Eu estava mal e não conseguia falar com ninguém sobre isso, estava naqueles momentos depressivos tentando achar algum motivo pra viver… E quando li aprendi como nunca a ver a vida com outros olhos, e a valorizar cada momento por mais simples que tenha sido.

  • Renata Losilla

    A menina que roubava livros, do Zusak.
    Pretendo reler, mas sei que não vai ter a mesma emoção que tive na primeira vez. Acho que estava numa época desiludida (com faculdade e vida e leituras) e o livro me deu um up, em parte pq enlouqueci com a leitura do Zusak.

  • Laura Rodrigues

    Um livro que NÃO me marcou, mas que eu acho que seria diferente se o lesse hoje é o Depois dos Quinze. Na época que li eu estava sentindo como se tudo que o amor fizesse fosse machucar, sangrar. Agora eu tenho uma pessoa maravilhosa ao meu lado pra tudo, meu melhor amigo, e com certeza leria esse livro com diferentes olhos (ok, não é piada com minha heterocromia).
    Outro que tenho certeza que me marcaria muito seria Contato Imediato, apesar de ter o lido e chorado rios, eu teria feito um oceano se fizesse a releitura (e acho que vou!).

    Beijos!

  • Francieli

    “Como eu era antes de você”, apesar de ter achado o livro bem triste, me marcou de uma forma profunda, de um modo que tenho certeza que me mudou e que vou levar as mudanças por toda a minha vida. Porém, não tenho certeza se conseguiria ler ele de novo, mas se fosse para escolher um para voltar no tempo e ler “pela primeira vez” seria com certeza esse!

    Beijos, Mel!
    http://www.blogdaruiva.com

  • Daniela

    Nossa Mel!
    Que post mais lindo e inspirador!
    Bom o livro que me marcou, que deu o grande impulso a minha vida literária e que já está gasto de tantas vezes que foi relido é “A Marca de uma lágrima” do Pedro Bandeira.

    Eu o comprei na época em que tinha a mesma idade que a personagem principal e lembro que certos questionamentos e pensamentos dela eram muito compatíveis com os meus naqueles tempos.
    Não sei explicar, mas esse livro até hoje é um dos que mais me marcou, do que eu mais lembro e tudo o mais :)

    Beijinhos e espero que muitas pessoas respondam este post!
    Fiquei curiosa!

  • Luany Consalter

    Fazendo meu Filme, sem dúvidas. Foi um livro que até hoje me faz chorar e rir só de lembrar da minha empolgação em lê-lo.

  • Renata Luna

    Um livro que li recentemente e mexeu muito comigo, como vc disse, pelo momento que estou vivendo, foi justo o livro que você segura na foto: A Culpa é Das Estrelas. Comecei a ler e poucos dias depois uma coisa aconteceu… até hoje ainda não tive respostas de como as coisas vão ser daqui pra frente. Me desculpe se estou sendo enigmática, Mel… é que várias pessoas não sabem o que aconteceu – pelo bem delas. Só espero que fique tudo bem. Bjos lindinha, obrigada por nos envolver tanto nesse seu mundo.

    • Melina

      Poxa vida :/ Vou torcer muito pra que fique tudo bem e que você receba respostas boas <3
      :*

      • Renata Luna

        Obrigada Melzinha! :*

  • Melinetes da Mel

    “Fazendo Mel Filme”, acho que se não tivesse lido naquela época não seria o mesmo sentimento hoje (pela primeira vez, é claro!)

  • Melinetes da Mel

    Opa, sem querer comentei pelo fc! Sorry :S
    Aqui era/é a Ju! <3

  • Camila

    As crônicas de Nárnia!

  • Letícia Mendes

    São incontáveis os livros que eu li e me marcaram, mas os livros que me marcaram profundamente (nos últimos meses) foram “A culpa é das estrelas” e “Antes de morrer”, eu estava sofrendo tanto por VÁRIAS perdas relativas ao cancêr, pelo cancêr ter se instalado em várias pessoas da minha família e por eu ter perdido pessoas tão importantes. Eu não conseguia ler sem sentir um nó no peito, uma dor angustiante, mas ao chegar ao fim eu chorava e chorava com os personagens sabendo que mesmo sendo fictício, é a realidade de pessoas com essa doença. São dois livros lindos e muito fáceis de ler. E não posso esquecer da triologia Delírio, ao ler o primeiro livro, Delírio mesmo, passei meses sem conseguir pegar outro livro só sentindo todas as emoções dele ainda, para ter um ideia nem o segundo livro consegui ler, mas isso não foi relativo a coisas que aconteceram comigo, conversando com pessoas que leram eu percebi que aconteceu com TODOS hahaha, indico os três ;) Beijinhos, Mel.

  • Bruna

    Só um?! Certo.
    Hã… Outsiders – Vidas sem Rumo; foi um dos primeiros livros que mexeram comigo a ponto de lágrimas rolarem.
    Até hoje não consigo definir o que gerou tal reação de forma que não sei dizer o quanto e como a fase da minha vida influenciou na leitura. Tudo o que sei é que, se pudesse decidir, só faria leituras que me marcassem como essa.

  • Najara Glenda

    Harry Potter, hihi marcou minha infância, não tem jeito…
    Mel, não tem a ver com o post maaaas, estou reformando meu quarto e gostaria de saber como você pregou os quadrinhos na parede, método convencional mesmo? pregos… pq eu n queria estragar as paredes, já basta as estantes =/

  • Ellen Alves

    O caçador de pipas… Chorei tanto! Fiquei com vontade de ler novamente com essa sua divagação agora! Já leu Mel (sua linda)!?

  • Luana S.

    Muito olham torto quando eu digo isso mas um livro que me marcou e ainda marca até hoje pra mim é “Crepúsculo”, não pela história e tals pq eu acho que eu lendo ele hoje eu acho que não teria a mesma reação de quando li pela primeira vez mas pelo fato dele ele ter sido o primeiro livro que eu li sem ser obrigada por ninguém, li por vontade própria e tals pq via todo mundo comentando e foi a partir dai que eu comecei realmente a gostar de ler e não parei mais até hoje. Mas depois vieram muito outros livros que são meus xodó e que me fizeram ver o quanto tempo eu estava perdendo por não gostar de ler.

  • Gabriela

    Acho que Melancia da Marian Keyes, quando li me identifiquei muito com a história da personagem e hoje acho que me identifico bem mais! ou seja, a leitura ficaria ainda mais interessante

  • Luana S.

    Mel,
    Sei que não tem muito a ver com esse post mas eu queria saber qual livro é melhor em questão de material e diagramação e essas coisas, hardcover ou paperback, estou em dúvida qual comprar e como vi que você já fez compras na the book depository, acho que é uma boa referência.
    beijos e obrigada :)

    • Melina

      Nossa, eu estou programando um post sobre isso pra essa semana *-*
      Te respondo no post, pode ser? <3
      :*

  • Gabriela Rosa

    Gostaria de poder reler Quem é você, Alasca ?, quando li esta num momento parecido com uma das personagens e me tocou muito. Acho que talvez não fosse gostar tanto do livro se me sentisse diferente. Ou talvez sim né?

    Beijo, Mel !

    • Raquel Moritz

      Amo Quem é você, Alasca?, é ótimo! Ler ele pela primeira vez novamente deve ser fantástico mesmo ♥

  • Mariana Almeida

    Mel, com certeza seria Anna e o Beijo Francês! Para muitos, esse é apenas um romance a mais na estante, sem tanta importância. Mas para mim a leitura foi muito marcante! Li no comecinho deste ano, quando ainda não sabia que iria para Paris, e o livro me tocou muito! Imagino que se eu o tivesse lido hoje, faltando apenas 10 dias para a viagem, me tocaria ainda mais!
    Amei o post! Às vezes também me sinto assim.

    Beijos!! Adoro você! <3

  • Bianca Zaene

    Jornada Pelo Rio Mar da Eva Ibbotson foi um que marcou. Me encantou muito esse livro escrito por uma inglesinha com um história que se passa no Brasil! Devorei ele em um dia, à 4 anos e lembro-me ainda nitidamente de passagens dele…como uma fotografia, um vídeo.
    Ele me fez ter vontade de viajar pela região amazônica…me fez olhar para as belezas que temos por aqui no Brasil, e fez com que meu já grande amor por livros aumentasse…
    Seu texto me fez ter vontade de ler ele novamente :)

  • Beatriz

    Eu poderia voltar varias vezes, porque tantos livros foram importantes. Harry potter com certeza seria um, viver tudo aquilo novamente. A mediadora da meg cabot foi um dos meus primeiros livros. Fazendo meu filme.

  • Clara

    Definitivamente, “A Elegância do Ouriço”!
    O livro é narrado por uma menina de 12 anos e uma concierge de meia-idade. Esse livro é… quase filosófico! As protagonistas pegam assuntos normais do dia a dia e os transformam em temas totalmente profundos e cheios de significado.
    Da primeira vez que li, fiquei pensando: “nossa, como eu nunca vi isso antes? Passo por isso todos os dias!”.
    Gostaria de ter essa sensação de novo ^^

  • Di.

    Qdo eu era adolescente (acho q uns 15, 16 anos), li A Mulher que escreveu a Bíblia, do Moacyr Scliar e quando eu terminei de ler tive uma pequena “depressão” literária, pq parecia que nunca mais eu leria algo tão bom, tão marcante tão tão, sabe?! Tanto q eu demoreeei a engrenar outro livro q me deixasse tão interessada quanto ele havia deixado.

    Muuuuito tempo depois (coisa de 10 anos) eu comprei o bendito livro. E não lembrava bem do livro em si, mas sabia mto bem como havia sido a sensação de lê-lo e qdo eu comecei a ler, fiquei até meio decepcionada, pq o livro foi bom. E só isso: bom! Pode ter sido a expectativa q eu criei, mas acho ta mto mais relacionado com o q vc falou, hj eu sou mto diferente do q era há 10 anos e isso logicamente influenciou a minha relação com o livro

    (e eu acabei lembrando q tive uma professora q dizia q periodicamente deveríamos reler Dom Casmurro, pq ora acharíamos q a Capitu traiu o Bentinho e ora acharíamos q era tudo coisa da cabeça dele)

  • Isabella Dias Gomes

    Um livro que me marcou muito quando li foi “As vantagens de ser invisível”, pois eu descobri um pouco sobre mim, na leitura dele, vi o quanto eu era “invisível” e não percebia, confesso que fiquei muito assustada e um pouco perturbada com isso. Se eu o relesse hoje, não sei se sentirei a mesma coisa ou se mudei. E qual é o seu livro, Mel?

    • Melina

      Tenho tantos…mas acho que o primeiro que me vem em mente é Harry Potter :)

  • Isa Aragão

    Acho que Harry Potter e a pedra filosofal, porque foi o primeiro livro que li que não era obrigatório da escola. E eu sei que me encantei por aquele livro e hoje eu amo aquela saga, mas eu queria ler como se fosse a primeira vez e senti o que senti, ver aquele livro pelos olhos de uma criança e não pelos de uma adolescente.

  • Yane Alita

    Harry Potter e A culpa é das estrelas, ambos me fizeram chorar muito, eu os li em épocas marcantes da minha vida e jamais vou esquecer a emoção que cada pagina me proporcionou.

    http://www.queridosdevaneios.com

  • Cassy

    O meu é Harry Potter <3 eu já li todos os livros mais de uma vez e cada vez que eu leio eu percebo novos detalhes e me sinto dentro da história *-*

  • Kévilin

    Acho que Fazendo Meu Filme 4! Na época eu estava vivendo algo muito parecido com o que a Fani viveu, de alguém se mudar, de ficar vários anos sem se falar… Será que hoje eu pensaria nas mesmas pessoas a lê-los?
    aiai…

  • Gizelle

    Eu tenho um jeito de reviver um pouco desses momentos. Eu escrevo nos meus livros, pequenos comentários, algumas reações, e meus amigos tbm escrevem é muito legal. Para mim isso é bacana, porque torna meu livro único, engraçado e bem interativo ( uma vez que amigos responde há algumas das minhas reações).
    Eu sei que tem gente que não curte e zela pelas páginas impecáveis, eu respeito isso, mas os MEUS livros tem varias marquinhas, e historias que vão alem das que eles contam. Reler ou rever eles são quase que uma obrigação

  • Aline 07

    Oi Mel! Tudo bem? Teve um dia que estava pensando nisso… Quando eu tinha 15 anos eu li o mundo de Sofia, e a Sofia ia fazer 15 anos… então eu fiquei muito ligada nesse livro! Foi uma leitura incrível! Por exemplo: Era dia 23 de junho e Sofia ia completar 15 anos de idade, e no dia 23 de junho lá estava eu lendo isso no livro. Mel, se você poder leia esse livro e fala aqui no blog sobre ele? Eu irei amar um post seu sobre ele aqui no blog!

    • Melina

      Pode deixar que quando eu ler esse livro irei resenhar aqui :)

  • Larissa Mirandah

    Essa resposta não poderia ser mais clássica, mas eu gostaria de ler pela primeira vez novamente Harry Potter e as Relíquias da Morte, quando eu o li há alguns anos eu me senti unicamente completa, como se não houvesse mais nada no mundo que pudesse me fazer tão feliz do que aquela história que estava em minhas mãos, e quando eu fechei o livro eu não consegui acreditar que havia acabado, então você começa a passar por aquela depressão descomunal, mas ao mesmo tempo uma sensação quente integra todo o seu corpo, você entende e absorve tudo que o livro é pra você, e você sabe que nunca vai acabar, o seu coração sabe que quando aqueles que nos amam verdadeiramente nunca nos deixam, é complicado de explicar, mas eu tenho certeza de que você entende Mel!
    Beijos

    • Melina

      Entendo sim, chuchu <3 Senti isso também! :*

  • Laura

    Um livro bem antigo que marcou minha adolescência: “A Moreninha” de Machado de Assis… Gostei muito do livro e as partes em que a Moreninha passeava na praia, só me remetia a praia aqui em frente de casa, em que brinquei muito com minha irmã quando criança. Adoro ler livros e imaginar os personagens, as cenas, os cenários… e quando o livro é bom fica aquela saudade dos personagens, daquela história, por isso também é bom ler novamente… Aconteceu hoje quando terminei de ler “Anna e o beijo francês”. Eu já sofro de saudades de Paris todos os dias e quando leio coisas que me remetem a essa cidade linda a saudade aumenta mais! rsrs

  • Andressa Coutinho

    Com certeza o livro que me marcou foi o ”Fazendo Meu Filme 1”, ”Querido John” e acho que ”Diário de uma Garota nada Popular” :p

    Sim, eles me marcaram (principalmente a série FMF) e poder reviver aquilo, seria muito bom :)

  • Cintia Luz

    Esse post me fez lembrar de quando li “Água para Elefantes”. Eu estava em um momento da vida meio sem graça, digamos assim. Todo o encanto da história me fez sentir de uma forma que eu nem sei como explicar. E foi tão triste terminar de lê-lo! O livro se tornou tão significativo pra mim que eu queria que fosse possível o ler pela primeira vez novamente sempre que eu precisasse, sempre que minha vida fosse “sem sentido”, para que eu pudesse sentir tudo novamente, como eu me senti quando o li pela primeira vez.

  • Fernanda Piovani

    Com certeza é Harry Potter e a Pedra Filosofal, li quando ainda era bem nova e me lembro de ter devorado o livro em praticamente um dia e de ficar encantada, queria saber como seria minha reação hoje em dia, apesar de ter quase certeza de que seria de ainda mais deslumbramento!rsrs

  • Giovanna

    Mel, acho que o livro que mais me marcou foi Harry Potter e a Pedra Filosofal. Na época eu nem tinha asistido aos filmes ainda, aí resolvi ler. Foi amor à primeira vista. Eu realmente me transportei para o mundo de magia e vivi todas as aventuras junto com o Harry, o Ron e a Mione. Foi maravilhoso! E eu queria tanto poder ter a sensação de ler pela primeira vez de novo…
    Mas não foi só Harry Potter que me marcou. Teve um momento da mina vida que eu estava gostando do meu melhor amigo, e foi bem nessa época que eu li Fazendo Meu Filme. Apesar de eu ser mais nova do que a Fani (mas o meu melhor amigo ter a mesma idade do Leo), eu me identifiquei tanto com a história deles… Ri, chorei, fiquei com raiva e me apaixonei junto com a Fani. Foi tudo muito intenso. Acho que se eu pudesse ter essas mesmas sensações de novo, seria incrível!
    Bem, Mel, acho que é isso. Amo muito o seu blog e você é muito linda! Beijos!

  • Amanda

    o livro que marcou pra mim foi a saga inteira de Fallen (deveria ler) depois ali nunca mais parei de ler qualquer livro, me apaixonei por livros, o segundo livro que sou apaixonada é “a culpa é das estrelas” sempre me apaixono por livros *—* http://meninascapricho-dada.blogspot.com

  • Milena Brito .

    Meel , como você tem muuuuitos livros e sempre ta ganhando e comprando novos , sobra tempo pra repetir outros ? Qual foi o livro que você mas repetiu a leitura ?

    • Melina

      Na verdade não sobra muito tempo :P O que eu mais repeti foi Alice no País das Maravilhas :D

  • Alline Almeida

    Oi Mel! Primeiramente quero parabenizar o blog, pois descobri há poucos dias e estou apaixonada! rsrs
    Acho que os livros que marcaram boa parte da minha adolescência foi a série “O Diário da Princesa” da Meg Cabot… simplesmente TUDO! Eu me lembro de como me identificava com a Mia, ria, chorava, suspirava (Michael ♥)… nao sei como seria a sensação hoje, se eu lesse novamente a série, mas acredito que como vc falou, eu sentiria outras sensações, mas não deixaria de ser bom…
    Obrigada Mel, beijos :)
    Ps: Adoro as resenhas e meu sonho é ter um Moleskine Book como o seu haha ♥

    • Melina

      Fico feliz em saber que gosta das minhas resenhas :)
      Chuchu, a moleskine de livros tem um preço bem legal no Book Depository <3
      :*

  • Amanda Gomes

    Um livro que me marcou MUITO foi Tormenta, o segundo da saga Fallen! Não porque eu estava vivendo um romance como no livro, mas porque eu queria e desejava um romance como aquele.
    Já o li pela segunda vez e tive a mesma sensação.

  • Lúcia

    Eu já li “O Pequeno príncipe” várias vezes, e a cada vez tenho uma interpretação/sentimento diferente.. ele é o meu favorito do mundo.

    Livros que me marcaram e que eu gostaria de reler são “O dia do Curinga”, “Eu sou o Mensageiro” e “O Circo da noite” … São maravilhosos e eu gostaria de saber o que iria sentir se eu terminasse de ler um desses agora.

  • Lala

    O livro seria Fazendo Meu Filme 3 .
    Fiquei com vontade de contar algo que aconteceu comigo recentemente (final de semana passado), haha. Eu estava com vontade de ler algum livro bom e legal pra passar o tempo. Decidi re-ler Apaixonada por Palavras da Paula Pimenta. Assim que peguei no livro pensei na primeira vez em que o li e que eu não tinha me interessado taanto assim pelo livro. Fui abrindo em crônicas aleatórias e fui me interessando cada vez mais pela leitura e percebi que se encaixava direitinho com o que eu estava passando e o que eu tinha passado recentemente. Eu achei bem interessante essa minha experiência, haha.
    Beijos, Lala.

  • Victorya

    Acho que foi Os miseráveis. Li muito pequena, com uns oito anos e foi o primeiro livro sério que eu li. Fiquei encantada, parecia um outro mundo. Falei disso por meses com meu pai, pesquisei tudo sobre a historia. Mais de 10 anos depois e eu ainda não voltei pra ele, morro de medo de perder todo o encanto. E O cão da morte (ou algo assim) da série dos Karas do Pedro Bandeira. Aí surgiu toda minha paixão por história.

  • Jussara Freitas

    Nossa, que fofo isso! Eu pensei em inúmeros livros que marcaram a minha vida, mas A Ilha Perdida de Maria José Dupré me levou a lugares nunca sonhados. Foi o livro certo, no momento certo. Eu tinha 7 anos, o mundo ao meu redor estava desmoronando, daí eu colocava uma manta no chão para fingir que era a minha jangada, sentava nela…e simplesmente tudo mudava. Acho que hoje seria muito diferente, mas foi muito bom relembrar esses momentos :)

  • Nathyane Caroline

    “A Última Música”, do Nicholas Sparks (que, por um acaso, é o meu autor favorito. rs). No ensino médio tive uma experiência que marcou o resto dos meus dias, até hoje. Nunca fui muito de ler livros, sabe? Só os famosos paradidáticos, que o professor de literatura nos obrigava a ler. Minhas amigas sempre foram mais próximas de livros etc. Lembro bem que, certo dia, minha melhor amiga virou e disse: “não aguentei e chorei com o final”. Me recordo que pensei: “como alguém pode chorar com um livro?”. Haha. Hoje, acho essa pergunta absurda. The Last Song foi o primeiro livro que li (p.s.: li em duas tardes) e, sem perceber, tinha de fechar o livro para poder chorar, de tão emocionada que fiquei. Sendo assim, o livro que eu iria desejar ler pela primeira vez, hoje, seria ele. Pelo simples fato de ter me “arrastado” para esse mundo único, o da leitura. Sou apaixonada por livros e não abro mão de uma leitura.

    P.S.: Mel, vou te mandar, via Caixa Postal, o único livro que li duas vezes. Espero que você goste. <3

    • Melina

      Nossa, obrigada, chuchu <3 fiquei curiosa para ler também :)

  • Ris

    Nossa COM CERTEZA Minha Vida fora de série e a culpa é das estrelas
    Minha vida fora de serie fez eu acreditar novamente no amor. Foi em um momento muito decisivo pra mim.
    Pode ser um livro que para muitos é bobinho mas realmente mudou meu modo de pensar sobre as coisas e a vida >.<

  • Ana Júlia

    O meu foi a “Culpa é das Estrelas”, foi o único livro que eu consegui chorar enquanto lia o primeiro cápitulo e rir enquanto lia o segundo. Qual foi o seu Mel?

    • Melina

      São vários, mas acho que Harry Potter é um que eu adoraria poder ler pela primeira vez de novo <3

  • odyle torres

    Achei que seria super fácil falar o livro que gostaria de reviver a primeira emoção. Mas eu não consigo.
    Estranho. talvez não ainda não tenha lido “aquele livro”. Mas todos que li gostei.
    Com toda certeza, isso me fez repensar as minha leituras.

  • Rafaele Souza

    A culpa é das estrelas e Crianças na escuridão.
    Esse segundo é sobre crianças de rua,e dá ate um apertinho no peito só de pensar que aquela realmente é a realidade não só no nosso país,mas no mundo inteiro :(

  • Gabriele

    Eu to relendo a série Percy Jackson e os Olimpianos, e nossa, quanta coisa mudou em um ano. Eu li enquanto passava por uma fase super difícil na minha vida, e ler os livros agora novamente é tão diferente… Mas se tem um que eu gostaria de reler e que faz muitos anos que eu li é Harry Potter e as Relíquias da Morte, porque é épico e com certeza eu iria matar a saudade dos meus 12 anos ;’)

  • Julia Bittencourt

    Com toda certeza A menina que roubava livros , é meu livro preferido e tenho muita vontade de apagar ele da minha memoria só pra poder ler de novo e ter as mesmas emoções que tive da primeira vez que li *-*

    Beijinhos Mel

  • Rana Mendes

    O livro que me marcou foi Anjos e Demônios, do Dan Brown, foi o primeiro livro que eu comprei, lá em 2008, mas eu fiquei enrolado pra ler (na época eu não era apaixonada pela leitura, isso é recente) e as vezes eu penso como seria se eu tivesse lido naquela época, talvez esse amor pela leitura tivesse chegasse mais cedo, ou talvez eu nem gostasse do livro, não tem como saber.

  • Citações | A series of serendipity

    […] amei os comentários do post em que falei sobre emoções que os livros provocam. Eu fico muito feliz com  possibilidade de […]

  • Thalissa

    Tenho o Querido John que é minha paixão, perdi as contas de quantas vezes o lí, acho que isso se deve a um valor sentimental que tenho ao livro, um dos primeiros que ganhei em uma época muito feliz.
    E tem também outra eterna paixão que é Harry Potter *-*

  • Lívia A.M.

    Muito dificil pois livros despertam o melhor de mim, mas acho que seria Harry Potter e As Vantagens de ser invisivel

  • Priscila Medeiros

    O livro que mais me marcou COM CERTEZA foi “O futuro da humanidade” do Augusto Cury, gostei tanto que acabaram sendo meu livro e autor favoritos! O livro é incrível, fala sobre a vida e sua simplicidade, sobre como encaramos as situações, a maneira de pensar e as opiniões…. E como o autor é psiquiatra, o livro tem muita psicologia envolvida além de um pouco de filosofia…. Fiquei apaixonada pela escrita do Augusto Cury, não só nesse livro.
    O personagem principal é estudante de medicina (e isso já me ganhou de primeira) e depois da sua primeira aula de anatomia começa a tentar descobrir a identidade de um dos corpos que estavam no laboratório e serviriam de estudo nas aulas durante o ano. Ela começa a busca depois de ter sido desafiado pelo professor ai perguntar quem um dia foram aquelas pessoas que agora estão mortas na sua frente. Ele encontra uma pessoa totalmente inusitada e com muita lição de vida para o ensinar.
    Recomendo muito esse livro, muda totalmente a visão do que é a vida e de como viver….

  • Priscila Medeiros

    *depois de perguntar quem eram aquelas pessoas que estavam mortas na sua gente.
    Desculpe pelo erro rs

  • Fernanda Gaiovicz

    Fazendo meu Filme <3 Estou terminando de ler o ultimo da série, dá uma tristeza rss

  • Gabrielle

    Com certeza Harry Potter e a Pedra Filosofal,porque eu não sabia que essa saga viraria uma parte inesquecível da minha vida,que aquela saga mudaria tudo em mim. Com certeza Harry Potter.

  • Lívia

    O livro que eu gostaria de ler de novo é A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista, quando eu li estava meio que numa fase deprê, em que nada me fazia acreditar que o amor e pessoas verdadeiras realmente existiam, depois que li ficou um vazio sabe , quando a gente se apega mt a uma história , eu queria saber o que tinha acontecido a Hadley e Oliver depois daquela noite , mas sabia que como pra Hadley algum dia ia ter alguém pra mim tb , por isso nunca desista do amor (ele pode estar te esperando em um aeroporto) <3

  • Duda Barreto

    O menino do dedo verde.
    Com certeza um livro fofo-lindo-inspirador.
    Não foi o primeiro da minha vida de leitora, mas com certeza foi um bem importante do início dessa parceria gostosa.

    Lá no meio da roda de leitura da 3ª serie, escolhi ele para ser meu companheiro por alguns dias. Acredito que agora com 21 fosse achar ele bobinho, mas adoraria reler, pois acredito que iria ter um carinho pelas palavras que me tocaram tanto com 9 anos de idade.

    Acho que se eu relesse ele ia até lembrar de quem eu era naquela época, do que eu acreditava e de como eu via o mundo. Pra mim esse é definitivamente um motivo dos bons bons.

  • Carolina Fortes

    Foi “A Culpa É Das Estrelas”. Li ele ano passado, e ele me marcou muito porque foi o primeiro livro que li que depois que perdi minha mãe. E ele abordou a morte como uma coisa tão real. Sem aquelas fantasias e romantização que normalmente a gente vê. Alguém morreu, e essa pessoa não ficou melhor ou pior depois disso, ela continuou o que era antes. Sem galanteios sobre a personalidade dela, sem engrandecimentos nas suas ações. Ela só continuou sendo o que sempre foi. Acho que isso que me marcou mais.
    Eu entendi que a morte é um efeito colateral de estar vivendo (parafraseando a linda da Hazel Grace). Um dia a sua mãe está aqui e no outro dia uma médica diz que ela morreu. Simples assim.

    E ah, a minha citação favorita é uma do Gus, logo no final, na última página:

    “Não dá pra escolher se você vai ou não vai se ferir neste mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas. Espero que a Hazel aceite as dela.”

  • Renata Pereira Pinheiro

    “O amor pode esperar”, é um dos livros daquela série primeiro amor!
    Haha, nossa, faz tempo! Mas é uma história linda de amizade e amor! s2
    Você já leu Mel? Vale à pena!
    Beijinhos.

  • Tátila Florentino

    Fiquei em dúvida e não consegui escolher entre os dois. Então vou citar os 2:
    1 – Meu pé de laranja lima
    2 – Vida de droga

  • Gabriela Ferreira

    Dois livros me marcaram. Anna e o Beijo Francês e A Culpa é das estrelas. Anna e o Beijo Francês me marcou MUITO por falar sobre se apaixonar pelo melhor amigo, toda aquela tensão e os prós e contras disso. Ou seja, Anna me ajudou. Mais ou menos. E “A Culpa” me marcou por falar de uma pessoa que você ama estar morrendo/morrer, o que aconteceu comigo. Mas não enquanto eu lia o livro. Foi uns meses antes. E mesmo que essas coisas pareçam meio trágicas e muito dramáticas, são livros lindos, que resgatam emoções super intensas e são livros que eu vou levar pra vida toda e vou forçar meus filhos a lerem.

  • Thays Berthollo

    Essa é a pergunta mais dificil que já ouvi…

    Tantos livros marcaram minha historia de uma forma tão intensa, como voce disse cada um teve seu momento na minha vida, mas todos eles me causaram uma emoção diferente, em proporções diferentes, mas todos imensamente especiais..

    Mas se tivesse que escolher, tenho quatro eleitos :
    – Pollyana
    – A Culpa é das estrelas
    – A ultima Musica
    – Marley e eu.

  • Tany

    Melhor pergunta, Mel. :)
    Eu provavelmente falaria Harry Potter de primeira porque tive uma dificuldade imensa pra ler, mas depois que comecei, me apaixonei perdidamente e nunca imaginei que a série seria algo tão importante pra mim no futuro. Memórias de uma Gueixa é outro livro que amo, e comecei a ler numa época em que eu ainda não tinha um hábito de leitura diário e devorei o livro imenso (pelo menos na época eu considerava) em menos de um mês.

    Falaria O Pequeno Príncipe que é meu livro preferido, e até tatuagem dele tenho nas costas, mas acho que eu gostei de ter lido ele quando mais nova. Fez todo sentido pra mim. Foi na época certa. :)

  • Mari

    A série A Mediadora, da Meg Cabot. Não vejo espíritos nem nada, mas meio que tenho um Jesse na minha vida. <3

  • Glaucia

    Melina, os livros que marcaram bastante foram os da seríe “HUSH HUSH”, e “Antes que eu Vá” da Lauren Oliver, este livro faz com que voce passe a tentar fazer, tudo o que você quer sem ficar esperando o amanhã e acreditar e seguir o caminho que o seu coração manda. Mas eu gostaria de saber onde você comprou este STUART o minion que esta no seu colo, eu quero muito um do tamanho deste, mas nao encontro, pode me ajudar???? Beijos ;D

  • Maria Eduarda

    Acho que um livro que eu gostaria de ler de novo é A Culpa é Das Estrelas,é o melhor livro d todos os tempos e gostaria de saber se me sentiria do mesmo jeito,eu terminei o livro em dois dias e significou muito pra mim pq foi o que me fez voltar e lembrar de como os livros me fazem….feliz,me fazem completa,me fazem ser eu mesma!

Deixe seu comentário

Instagram

  • acabei de liberar um post novo no blog 🖤 hoje é dia de #projetodetalhes e espero que vocês gostem do que preparei ✨ • as estrelinhas lindas que estão no meu rosto foram presentes da minha amiga querida e talentosa @flamboesa 🍭☺️
  • Yay! Tô preparando vários conteúdos pro blog e pros canais e vou aproveitar pra apresentar pra vocês mais um dos lançamentos da Kellogg's que mencionei na semana passada. Essas rosquinhas da foto são de aveia e mel e eu simplesmente amei *-* sério, queria que o pacotinho fosse eterno hehe ainda bem que vem bastante :P alguém aí já comeu? | publi
  • eu tô 😍 com essa ilustra amorzinho surpresa que a @imalenaflores postou no insta dela 🖤 o trabalho dela é lindo e ela é uma fofa (acompanho há anos) ✨ ela abriu seis vagas extras pra quem me acompanha e quiser encomendar ilustras de avatar nesse estilo com ela 🖤✨ as informações (valores etc.) estão no perfil dela ☺️
  • inspire 🌿🖤 foto do meu cachepô novo (é da @lojasantacomposicao ✨) pra avisar que hoje cedinho liberei um post novo no blog e ontem liberei um vídeo no canal serendipity ☺️ espero que vocês gostem 🖤 quando eu voltar pra Curitiba vou responder os comentários de vocês 🌿 obrigada por tudo, pessoal.
  • acabei de liberar um vídeo novo no canal serendipity 🖤 espero que vocês gostem ☺️ #bookshelf #bookhaul
  • acabei de liberar o vlog da semana no canal mel in wonderland 🖤✨ estou esperando vocês por lá ☺️

instagram