ENTRETENIMENTO MÚSICA

Músicas patológicas: “patologicamente” cantando

melinasouza01

Estava cantarolando uma música que marcou minha pré/adolescência e isso me inspirou a montar um post com músicas que acabam servindo de exemplos de algumas patologias. São músicas que, assim como eu, muitas pessoas gostam e cantam por aí, mas também são músicas que não são exatamente legais de enviar para alguém declarando um sentimento :P

Se eu fosse professora no curso de Psicologia (ou Psiquiatria), com certeza usaria essas (e outras músicas) em provas e trabalhos (fica a dica para os professores ;D):

The Police – Every Breath You Take

The Cardigans – Lovefool

Clarice Falcão – Oitavo Andar

Clarice Falcão – Qualquer Negócio

Nirvana – Lithium

Eminem feat Rihana – Love The Way You Lie

Placebo – Meds

John Lennon – Jealous Guy

Silverchair – Ana’s Song

Radiohead – Fake Plastic Trees

Ok, vou parar por aqui pro post não ficar gigante, mas antes quero saber duas coisas: 1) Alguém aí conseguiu identificar alguma patologia nas letras dessas músicas e 2) Que música ficou de fora que você colocaria na lista?

Quero fazer um agradecimento especial para o pessoal que comentou no tópico em que falei sobre isso no facebook :)

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

Quem quiser acompanhar o A Series of Serendipity é só seguir: Twitter ❤ Fanpage ❤ Instagram ❤ Youtube

Posts relacionados

23 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
agosto 8, 2013
Próximo post
agosto 8, 2013
  • Alyne Adriana

    Gostei bastante da sua seleção Mel, principalmente as da “Clarice Falcão”.

    Beijos.
    Páginas na Estante
    Sorteios ativos.

  • Camila

    Macaé é pra caramba tb, aliás praticamente todas da Clarice são!

    Adorei esse post, li uma vez que o Sting fica horrorizado com o sucesso da música, que tem gente que coloca no casamento e tudo e nem percebe o quão “creepy” é isso.

    Beijo

  • Lidiane Pessoa

    Post muito interessante Mel, to estudando psicologia esse semestre e falamos um pouco sobre muitos dos comportamentos apresentados nessas músicas… Eu acrescentaria talvez MENTI PRA VOCÊ, MAS FOI SEM QUERER do Pato Fu… Lembrei dessa agora.

  • Ana

    Sou apaixonada por “Oitavo andar” e “Ana,s song”. Adorei a seleção.

  • Caroline

    Patologia, dentre todas, eu sei que há em Ana’s Song: anorexia.

  • Leila Leydiane

    Olá Mel, achei bacana a postagem.
    Me fez até interessar um pouco mais pelo curso de psicologia.
    De qualquer forma, fale mais sobre a sua faculdade aqui (se possível, é claro!)

    xx

  • Marcella Carolina

    Muito bom o post Mel, parabéns! No semestre passado em uma prova de Psicopatologia Geral (curso hoje o 8º semestre de psicologia) caiu uma música do Charlie Brown Jr. – Só os loucos sabem :) E Mel, tenho uma curiosidade, qual foi o tema abordado por ti no trabalho de conclusão do curso? Bj.

  • Amanda Beiral

    Minha mãe é psicóloga, mas dá aula de psicologia no curso de formação de professor.
    Talvez se eu perguntar a ela eu descubra ^-^

  • Renata Luna

    Every Breath You Take eu AMO, mas parece música de stalker, kkkkkkkkkkk.

  • Andressa

    Apesar de nunca ter me pronunciado por aqui, encontrei seu blog há um tempo e desde então estou sempre aqui (quase um vício. haha)… Simplesmente AMEI esse post! Parabéns pelo trabalho, sucesso!

  • Kate

    Silverchair – Ana’s Song

    Mel, você sabe que a Ana dessa música é a Anorexia, né?

  • Juci

    Faltou “Never Gonna Give You Up” (não a do Rick Astley, a do Jerry Butler [só que eu gosto mais do cover do Black Keys dessa música]). A melodia é a coisa mais linda, mas quando se presta atenção à letra… é tenso :P Tem também Cornerstone do Arctic Monkeys, One Of Us Cannot Be Wrong do Leonard Cohen e Crazy do Gnarls Barkley (conta?). Mas todas essas são de problemas psicológicos, não consegui lembrar de nenhuma que se relacione à uma doença física no momento…

  • Juci

    Lembrei de mais duas: Medicine – Daughter (muito boa!) e Blood Bank – Bon Iver (:

  • Ale

    Não sei se posso afirmar isso, mas sinto que Oitavo Andar (e outras músicas da Clarice) tendem para a Síndrome de Borderline. Tenho esse distúrbio e por sentir tudo à flor da pele, o exagero das emoções descrito nas músicas acaba sendo real para mim e outros portadores. Mas não somos perigosos, viu? hahahaha. Somos apenas pessoas com uma sensibilidade emocional elevada a níveis extremos. Com o tratamento adequado tudo fica mais simples.
    Beijos, Mel!

  • Leela

    1 – obsessão – stalker
    3 – obsessão e ideias suicidas
    5 – bipolaridade (Lítio é indicado como tratamento)
    6 – obsessão e violência doméstica
    9 – anorexia
    (sem nomes científicos porque não sei mesmo, e as outras não consegui ouvir! além disso, deu preguiça de procurar as letras hahaha. tem uma que adoro que fala de vícios – nicotin marijuana ecstasy alcohol cocain a música inteira, mas não lembro o nome e ai! minha internet tá horrível e não consigo abrir nem o google pra procurar)
    ps.: Adoro seus posts que misturam cultura e psicologia! Faço pós em psicologia jurídica, sou formada em Direito, e sempre me interessei pela matéria!

  • Hanna

    Olá Mel! Que post interessante hein? Amo psicologia e música, então já viu né?
    Eu incluiria “Emotion Sickness” do Silverchair. É óbvia mas combina muito com o post!
    Beijos!!

  • Fernanda Fischer

    Oii Mell… adoro as músicas da Clarice Falcão,
    sou louca por Oitavo Andar e Macaé. ; )

    Bjs

  • Leila Leydiane

    Oie Mel!
    Tudo bom? Então, gostei bastante dessa postagem. Não conhecia muitas músicas, mas enfim acabei conhecendo. Estou começando a me interessar pela psicologia e isso me alegra bastante pois é uma área muito gostosa. De qualquer forma, gostaria de saber se você poderia fazer alguma postagem relacionada a essa área, ou então se puder corresponder comigo por e-mail sei lá!
    Acho que me ajudaria muito, pois ainda tenho dúvidas a respeito.. De qualquer forma, obrigada tá?

    xx

  • Rose Linon

    Adorei o post!Vivo fazendo isso nas aulas de saúde mental.
    Eu não gosto de Clarice Falcão justamente por causa de 8º andar. Uma música macabra, de um personagem deprimido e ciumento patológico.
    Basicamente são deprimidos/ciumentos patológicos.
    Sugestão: All I need, Mötley Crue(psicopata)

  • Maria

    Mel, você já ouviu falar da gêmeas cantoras Megan & Liz??? Elas tem uma música perfeita que chama Karma’s Coming Back For Me, acho que você iria gostar. OBS: Me diz o que achou depois de ouvir

  • Vanessa G. Ferreira

    Acho que eu colocaria ainda a Unwell do Matchbox Twenty.

  • Vanessa Duarte

    Creep do Radiohead boa musica.

  • Karinne

    Gente, porque a maioria está na minha lista de favoritas ? USHAUSHUSAH
    Adorei a lista Mel! Você podia fazer mais posts sobre música.
    Beijo,
    Karinne.

Deixe seu comentário

Instagram

  • Conhecendo lugares fofos e desejando morar neles 😌✨ (obrigada pela dica @patricia_belz ♡ )
  • eu já estou no clima de halloween 🎃 quem aí também se empolga com o dia das bruxas? Desde criança essa sempre foi uma das minhas datas favoritas (junto com o Natal) 🧡 e sempre fico muito feliz quando conheço pessoas que gostam de comemorar e viver esse clima tanto quanto eu 😌 (mesmo que a primavera não ajude muito a entrar no clima hehe). Já estou pensando nos vídeos e nos posts do blog que pretendo fazer para essas épocas. Aliás, o que vocês gostariam de ver de conteúdo referente ao dia das bruxas? Vou ficar de olho nas sugestões de vocês. E quem aí já leu essa graphic novel da @rainbowrowell e da @faitherinhicks ? Querem resenha? 🙃🎃🧡🖤
  • apaixonada por esse Van Gogh que ganhei de presente da @mundosemente 😍 (obrigada pela cartinha e por todos os presentinhos que você fez, Carol!) ♡ se vocês pudessem ter um amigurumi de alguém que vocês admiram, de quem seria? 😌
  • Me conta alguma coisa que te deixou feliz hoje? 😌 eu liberei um vídeo com uma tag muito especial e que me deixou muito feliz em todas as etapas: descobrindo, respondendo/gravando, editando e liberando o vídeo 🌻 tô feliz com esse vídeo e espero que vocês também fiquem (coloquei o link na bio aqui do insta e nos stories também) 😌
  • Setembro amarelo chegou e é sempre bom (e importante reforçar) que depressão não é frescura, não tem classe nem gênero e que pensamentos suicidas não são sinais de fraqueza. Saúde mental é tão importante quanto saúde física. Se você tem depressão, saiba que você não está só e nem precisa passar por tudo em silêncio. Tente conversar com algum profissional da área por mais difícil que seja. E nunca, nunca, nunca pense que tirar a sua vida é solução. Sua vida vale muito e ela importa, sim 💛 E se você tem a sorte de não saber o que é ter depressão, tenha empatia. Nunca julgue nem minimize o sofrimento alheio. A vida de todos nós têm o mesmo valor e esse valor é imenso! #setembroamarelo #setembroamarelo💛
  • como está sendo o sábado de vocês? O meu está sendo de leituras, chá e agora à noite vai ter pipoca e f.r.i.e.n.d.s 😌 querem um vídeo falando sobre esses livros aí da foto? Espero que sim porque eu quero muito falar sobre eles hehe falando nisso, acabei de liberar um vídeo extra no canal (link na bio) ✨ espero que vocês passem por lá 😌

instagram