LIVROS

Fortunately the Milk (Neil Gaiman e Chris Riddell)

Eu tinha um grande defeito (e, agora que já o corrigi, posso admitir para vocês sem medo): nunca havia lido uma obra do Neil Gaiman. Com certeza já ouvia falar dele há anos, seja por causa de Sandman, de Deuses Americanos, de Coraline (fiquei surpreso quando soube que ele havia escrito o livro que inspirou a animação) ou de Stardust, mas nunca lhe dei a merecida atenção. Até recentemente.

Depois do choque que a Anna levou quando descobriu esse meu defeito, pedi à Mel um livro do autor, e felizmente* ela tinha Fortunatelly the Milk na estante. Simples, divertido, criativo e belamente ilustrado, foi uma bela introdução ao mundo de Gaiman.

A história começa quando a mãe de uma família viaja, deixando o marido e os dois filhos por conta própria durante alguns dias. Na manhã seguinte, quando vão tomar café da manhã, os três percebem que o leite acabou, e o pai sai para comprá-lo numa mercearia.

Para a surpresa das crianças, o pai demora um bom tempo pra voltar. Quando chega em casa, felizmente com o leite em mãos, logo lhe perguntam por que demorou. Ao invés de uma simples desculpa (como “encontrei um amigo no caminho e fiquei conversando com ele”), o pai conta uma intrigante história envolvendo aliens, piratas, dinossauros, aborígenes e viagem no tempo.

O humor é extremamente inteligente e criativo, e o leitor se surpreende a cada página, com uma reviravolta atrás da outra. Mesmo quem não está acostumado a ler livros em inglês vai conseguir acompanhar (uma ou outra palavra pode gerar dúvida, mas um bom dicionário por perto deve resolver) a história, em especial graças às excelentes ilustrações.

ISBN: 9781408841761

Obrigado, Neil, e desculpe a demora!

*jogo de palavras intencional

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube (Novo)

Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

Posts relacionados

33 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
abril 23, 2014
Próximo post
abril 23, 2014
  • Ceci

    Adoro o Neil Gaiman, já li tudo dele e recomendo fortemente o Neverwhere, é uma fantasia urbana linda. Uma das minhas favoritas.

    • Gui

      Opa, vou anotar a recomendação! :D

  • Helen saez

    Oie Mel, seu blog tem me feito muito bem. Eu descobri um problema de saúde e seu blog está sendo minha distração e felicidade para levar a frente os exames e as coisas que precisamos enfrentar! A leitura ta me fazendo otimamente bem. Obrigada xuxu bjs :)

  • Juliana

    Neil Gaiman é meu autor preferido. Minha missão literária é completar a bibliografia dele. E estou indo até que bem :)

    Esse livro eu ainda não tenho, nem li. Mas está na listinha.
    Adorei as fotos :)

    • Gui

      Acho uma missão digna, Ju!

      Esse livro, infelizmente, ainda não foi lançado em português… Mas você pode encontrar no Book Depository a um bom preço!

  • Tati

    Oh, queria tanto essa edição!

    • Gui

      Sim, é muito bonita, e veio autografada ;) infelizmente era exclusiva de uma livraria específica :/ mas as outras edições são tão bonitas quanto!

  • Anna Schermak

    Eu disse que você não iria se arrepender de ler Neil Gaiman (:

    Make. Good. Art.

    • Gui

      Foi uma indicação muito acertada, meu bem ;)

  • Selma Marina

    Eu li apenas um livro do Neil e me apaixonei lindamente. Inicialmente eu achei que seria um livro bem infantil, e foi, mas foi nostálgico, fascinante e quando acabou eu queria mais e mais. Eu li “O Oceano no fim do caminho”, eu super recomendo. Ele está na maioria das livrarias, este livro ganhei de presente, mas vale se dar de presente também, vale a pena (: Ótima resenha, fiquei mais interessada no autor!

    • Gui

      Confesso que fiquei surpreso quando você disse que achou “O Oceano no fim do caminho” infantil XD tinha a impressão de que seria mais “adulto”. De qualquer forma, estou ansioso pra ler e resenhá-lo pra vocês!

  • Ana

    Neil Gaiman é muito bom! Acho ele um dos autores mais criativos que eu já li. Dele, adoro muito Stardust. Já li O Livro do Cemitério também, que é muito fofo *-* Fiquei curiosa agora de ler esse !

    • Gui

      Estou lendo Odd e os Gigantes de Gelo e coloquei O Livro do Cemitério na lista! Até o momento, só alegria ;D

  • Ana Elisa

    Sempre tive vontade de ler os livros, e pelo trechinho que li
    nas fotos, parece que a escrita dele é bem divertida…
    Aumentou mais minha vontade :)

    • Gui

      E é mesmo, Ana! Por sinal, as ilustrações casam muito bem com o texto ;)

  • Evelyn

    Que coisa mais linda! Das obras dele até hoje só li Coraline e me apaixonei.

    Eu já tinha adicionado esse livro na minha wishlist mas não era a edição desse ilustrador. Esse é muito mais lindo! Desse aí não tem no Book Depository não :/

    • Gui

      Será? Eu pesquisei e, pelo que entendi, as outras edições foram ilustradas pelo mesmo artista! A diferença dessa é o box e os autógrafos

  • Duda Barreto

    Confesso que sai catando o asterisco para saber onde você tinha feito o jogo de palavras intencional.

    E também confesso que tenho esse defeito.
    :(

    • Gui

      Felizmente é um defeito fácil de consertar, Duda! Estamos muito bem servidos de livros do Neil Gaiman no Brasil ;D

  • Gabriela

    Gui, a Mel não ficou agoniada com o buraco na estante por te emprestar o livro? Hahaha!

    • Gui

      Hehehe a gente preenche ele temporariamente com outros livros! ;P

  • Carol

    Adorei a resenha, o livro parece ser bem interessante, vc sabe se ele ja esta disponivel em portugues?

    • Gui

      Fico feliz que tenha gostado, Carol!
      Procurei mas não encontrei em português… espero que lancem por aqui!

  • Dani

    Ahh, Neil Gaiman é amor!
    Descobri as obras dele há pouco tempo e já estou apaixonada.
    Super recomendo Coraline e O Oceano no Fim do Caminho.
    E sobre o Oceano, ao contrário do que disseram não o achei um livro infantil, não. Diria que o livro tem um ‘disfarce’ infantil para situações adultas, e o final em aberto te da a possibilidade de acreditar ou não no acontecido.

    Ótima resenha. Esse ainda não li, mas já coloquei na lista ;)

    • Gui

      Gostei das recomendações, Dani! Pretendo ler várias obras do Neil Gaiman ainda esse ano – em especial O Oceano no Fim do Caminho, que você e várias outras pessoas sugeriram!

      • Carol

        Tomara que seja logo.

        • Carol

          Porque estou esperando mais resenhas

          • Gui

            Conhecendo o trabalho dele, Carol, tenho quase certeza de que você vai gostar ;)

  • Ariane Felix

    Confesso que também nunca li nada do Neil Gaiman, mas vou corrigir isso nesse final de semana :P

    Aproveitei uma promoção maluca da Submarino e comprei dois livros dele: “O oceano no fim do caminho” e “A Comédia Trágica ou a Tragédia Cômica de Mr. Punch”, vou passar um café e iniciar essa leitura hehe :)

    Sempre tive vontade de ler “Sandman”, mas os livros são super caros pro meu orçamento mensal ;~~~~

    Tu conhece Robert Crumb e Harvey Pekar? Tem até um filme (muito muito muito bom) sobre o trabalho deles, se chama “O Anti-herói Americano” :)

    • Gui

      Sim! Faz muito bem em corrigir esse defeito hehehe ;)

      Conheço o Crumb, gosto de alguns trabalhos dele (confesso que não sou grande fã de quadrinhos underground, mas acho que os dele são muito bem escritos e bem desenhados). O Harvey Pekar eu ainda não conheço, mas vou dar uma olhada! :D

  • Giovana

    Que legal a dica, amei o livro. Já entrou pra minha (longa) lista de livros desejados <3

    • Gui

      Fico feliz em saber, Gi, e espero que goste do livro tanto quanto eu gostei! ;D

  • Odd e os Gigantes de Gelo (Neil Gaiman e Brett Helquist) | A series of serendipity

    […] de corrigir um grande defeito que eu tinha e ler Fortunatelly the Milk, assumi uma missão: ler todos os livros escritos pelo Neil Gaiman (ainda estou pensando se dou […]

Deixe seu comentário

Instagram

  • quem quer ganhar um exemplar da edição brasileira de Nimona? 🖤
Como prometi, vou sortear alguns livros nas próximas semanas para vocês que acompanham o @teawithmel ☺️
Para concorrer, basta comentar nessa foto falando que quer o livro (e seguir meu perfil, é claro!) 🖤
Resultado: domingo, dia 19/08 🙃
  • depois de alguns dias sem aparecer por aqui, vim agradecer todo carinho que recebi de vocês esses dias em que estive na bienal 🖤 muito obrigada por tudo, pessoal! E muito obrigada por todos os comentários na foto anterior 😍 estou animada para mostrar mais do meu caderno pra vocês 🙃 • Onde vocês estão nesse exato momento? Eu tô no meu quarto sentada na minha mesa me preparando pra estudar um pouco de japonês 🤓
  • depois de ficar muito frustrada com a minha moleskine comprei um @ciceropapelaria e comecei um novo caderno de memórias, inspiração etc ☺️ tô feliz! Vocês gostariam que eu fizesse um post e/ou vídeo falando sobre ele?
  • atenção você que quer escrever melhor 📝 no post novo lá no blog, uma das dicas que dei foi investir no C.R.I.E., um curso de redação intensiva para escritores criado e ministrado pelo meu amigo Fábio M. Barreto ☺️ no post também tem um cupom de R$200,00 de desconto pra vocês 😱 passem lá e divulgem pros amigos que querem/precisam escrever melhor 🖤 • publi
  • Quem já conferiu o post novo no blog? (Link na bio) 🖤 ontem respondi mais de 50 comentários que vocês deixaram nos posts anteriores e já já vou responder mais ☺️ obrigada por todo carinho que vocês me dão 🖤 • qual o maior sonho que vocês gostariam de realizar ainda esse ano? ✨
  • acabei de liberar um post novo no blog com 3 dicas bem legais (link na bio) 🖤 • esse livro chamou minha atenção pela capa e pelo título (amei!), mas depois que vi a sinopse fiquei ainda mais interessada. A narradora é uma mulher “magra, loira, com um apartamento incrível em NY e que parece ter tudo” que tem depressão. Acho muito importante trazer personagens assim na literatura e no cinema porque depressão não é frescura e qualquer pessoa pode sofrer com ela independente da “classe e status social”. Espero que alguma editora goste dessa sinopse e traga o livro pro Brasil. Quem aí se interessou por ele? Ou quem aí também se interessa primeiro pela capa/título? ☺️

instagram