LIVROS

A Fantástica Fábrica de Chocolate (Roald Dahl)

melina souza

Depois de ver os dois filmes (1964 e 2005) de A Fantástica Fábrica de Chocolate, fiquei curioso para ler o livro no qual eles foram baseados. Vários anos (de enrolação) depois, finalmente li, adorei, e vou contar pra vocês o que achei dele.

Convido vocês para assistir minha resenha em vídeo!

Em tempo: a Mel publicou uma resenha no ano passado.

melina souza

ISBN 978014310633 Editora Penguin Books Nota 5/5 Páginas 168

Quem quiser me acompanhar em outras redes, é só seguir: Twitter ✎ Facebook ✎ Instagram  Tumblr  Youtube

Redes sociais da Mel:

 Youtube  Instagram ❤ Twitter ❤ Facebook ❤ Bloglovin’ ❤ Pinterest ❤ Tumblr ❤ Goodreads  Flickr

18 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
agosto 18, 2015
Próximo post
agosto 18, 2015
  • Adeeh Mello

    Os filmes são bem legais, embora eu prefira o de 2005, não sei porque, acho que é porque é mais novo e tem uma visão melhor. Mas enfim eu adoro todos! Abraços!

    Blog Sorriso de Vida, clique e saiba mais!

    • Gui

      Acho que é porque ele tem uma riqueza visual (e narrativa, porque inclui a história do pai do Willy Wonka) maior que o de 1964, Adeeh!

  • Paola Alves

    Nunca tomei nada com marshmallows HAHAHAHA acho que não sou desse mundo né? Tbm nunca assisti a Fantástica fábrica de chocolate. Lembro que peguei bode na época, porque tava famosão e todo mundo ficava falando.. Vamos ver se assisto agora =) http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

    • Gui

      Não vai se arrepender, Paola – nem dos marshmallows, nem dos filmes de A Fantástica Fábrica de Chocolate!

  • Luana

    Adorei, agora estou ansiosa para ler!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    • Gui

      Bom saber, Lu! Espero que goste tanto quanto eu!

  • Do Cais Do Porto

    Me sinto muito noob. Já vi várias vezes esse livro e nunca o liguei ao filme.
    Achei que era coisas separadas e histórias distintas.
    Fiquei com muita vontade de ler, essa versão é muito amorzinho.

    Beijos,
    Isabella Dias Gomes.
    https://docaisdoporto.wordpress.com/

    • Gui

      Não há com o que se preocupar, Isa! Muitas pessoas não sabiam do vínculo entre o livro (que não é tão famoso, pelo menos aqui no Brasil) e os filmes (que já tiveram seu momento de auge)…

      Essa edição é muito simpática, não?

  • joicy recco

    Adorei a resenha, sempre amei esse a historia. Sempre ”viajei” na historia do filme de 1964, ainda não assistir o de 2005. Mas agora depois da resenha quero comprar esse livro. Me apaixonei <3

    http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    • Gui

      A versão de 1964 exige mais imaginação por parte de quem assiste, já que tem efeitos muito mais simples… Isso faz parte do “charme” dela :D
      Espero que goste do livro e do filme de 2005, Joicy!

  • Maisa

    OOi Gui, amei a resenha. Não sabia que existia o livro, só os filmes. O único filme que assisti foi o de 2005 e realmente, o Wonka era meio perturbado, porém lindo (Johnny ♥) Hahaha!! Entrou na minha lista de livros que eu preciso ler.

    • Gui

      Não vai se arrepender, Ma!

      Aliás, aproveitando que você também gosta do Johnny Depp: assista Gilbert Grape – Aprendiz de um Sonhador. Ele e o Leonardo Di Caprio são protagonistas, e a história é comovente!

  • Paula Luna

    Eu amei a resenha Gui, ficou muito bom, sou apaixonada por esse filme!!! :)

    • Gui

      Fico muito feliz que tenha gostado! :D

  • Julia

    Que calma, que tranquilidade que vc passa Guilherme.
    Assisti as duas versões do filme, mas quero ler o livro que parece ser bem mais detalhado.

    :)

    • Gui

      Hehehe não consigo fazer diferente nos vídeos, Ju, especialmente quando gravo sozinho! Tem gente que fica agitada na câmera, mas no meu caso fico “sossegado” (às vezes até mais do que gostaria ) :P

  • Bianca

    Não sabia que os filmes tinham sido inspirados em um livro :P

    • Gui

      Não me surpreendo, Bianca: o livro não tem muito destaque aqui no Brasil… Nunca o encontrei em livrarias, por exemplo :X

Deixe seu comentário

Instagram

  • Como vocês costumam guardar os registros das viagens que fazem? Acabei de liberar um vídeo no canal do dia em que comecei a fazer o meu diário de viagem 😌 o link está na bio aqui do insta ✨
  • Alguma dica pra deixar a insegurança de lado e começar um sketch? É engraçado como colocamos obstáculos bobos até mesmo em coisas simples e que não vão ter nenhuma grande consequência como usar um caderno ou um novo estojo de aquarela, né? Aquarela e “rabiscos” são apenas hobbies pra mim e não tenho pretensão de transformar em trabalho, mas mesmo assim fico levemente ansiosa sempre que vou usar algo novo 😶 O sketch de espiral comprei há quase um ano e ainda está limpinho. O bloquinho de aquarela ganhei da @sharoneve em 2015 e hoje foi a primeira vez que usei uma de suas folhas. Esse estojo de 12 cores me acompanha há alguns anos (quem lembra dele?) e o de 24 comprei hoje por influência da @thebluemornings e ainda não usei 😬 quem mais é assim?
  • praticamente a primeira selfie do ano e segunda foto preto e branco desse feed (preciso dar um jeito nisso 🖤). Como está sendo o dia de vocês? Estou pensando seriamente em arrumar a minha estante, mas confesso que tô com um pouco de preguiça 😬
  • sabe quando você abre um livro e se vê praticamente em todas as páginas? Qual livro fez você se sentir assim? Esse aí parece que sou eu em todos os momentos (vou mostrar um pouquinho dele lá nos Stories) ✨
  • como se llama? Aceito sugestões de nomes pra essa 🦙 fofa que ganhei da @maruyamacamila @yumiyume_store ✨ ah, hoje é dia e isso significa que o blog foi atualizado 🖤 espero que gostem das fotos que preparei pra hoje 😌
  • Vocês têm algum hábito de começo do dia “pré-rotina”? Tipo, ler, meditar, se alongar etc.? Eu vi esse livro quando estava passeando pela Indigo em Toronto e achei a ideia dele muito fofa: pequenos textos para inspirar o leitor no começo e no final do dia ✨ vocês gostariam que eu mostrasse ele por dentro no blog, no youtube ou aqui nos stories? 😌

instagram