CLUBE DO LIVRO LIVROS

EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS (CLARE VANDERPOOL)

Quando eu e as meninas decidimos que o livro de Abril do Infinistante seria Em algum lugar nas estrelas fiquei muito feliz por finalmente tirá-lo da minha estante e colocá-lo na minha TBR do mês. Esse livro chamou minha atenção desde seu lançamento e, sinceramente, não sei como demorei tanto para ler. Ok, na verdade eu sei: quando se tem muitas opções incríveis de livros para ler acabamos nos perdendo no meio de tantas opções e isso é algo que acontece comigo com frequência. O que importa é que uma hora a leitura acontece :D

Em algum lugar nas estrelas conta a história de dois garotos – Jack e Early – e de Pi. Sim, Pi, o número infinito que começa com 3,14. Após a morte de sua mãe, Jack deixa o Kansas e vai morar em um internato no Maine. Ele não está muito empolgado com a mudança, pois além de sentir falta de sua mãe, sente que seu pai não se preocupa muito com ele (seu pai é militar e a história se passa no fim da Segunda Guerra Mundial) e também não está fazendo amizade com facilidade no colégio militar e nem conseguindo se adaptar direito.

Early Auden é um garoto diferente de todos os outros alunos do colégio. Ele não parece ter amigos, vive isolado e tem alguns comportamentos peculiares.

Aos poucos, eles acabam se aproximando, e quando as festas de final de ano chegam e somente eles ficam no colégio, eles partem em uma jornada em busca do Urso Apalache. Essa aventura acaba sendo muito mais rica e cheia de experiências do que eles – e nós leitores – esperavam.

Esse é um livro sobre amizade, respeito, luto, ser diferente…é um livro lindo.

A medida que a história de Jack e Early vai acontecendo, nós conhecemos também a história do número Pi, que aparece em capítulos intercalados com a história dos garotos. Achei incrível e linda essa ideia da autora. Inclusive marquei todos os capítulos que contam essa história só para poder reler “direto” quando sentir saudade.

Nós escolhemos esse livro para o mês de Abril, porque, apesar de não ser dito ao longo da história devido ao contexto histórico em que ela acontece, Early faz parte do espectro autista (TEA) e suas características se assemelham ao que, durante muito tempo, classificamos como Asperger (hoje não usamos mais esse termo). A forma com que a autora fez esse personagem é linda e emocionante. Sério! Acho que é impossível o leitor não se encantar por esse garoto e sentir vontade conhecê-lo. Também acho impossível não querer começar a ouvir Billie Holliday em dias de chuvas :)

Esse livro me prendeu já em suas primeiras páginas – vi que algumas pessoas demoraram um pouco pra se apegar a história e aos personagens – e depois que chegou um determinado momento, eu não conseguia parar de ler. Enquanto meus olhos aguentavam ficar abertos, eu estava com o livro na frente do rosto lendo.

Esse livro é especial e com certeza vou guardar na minha lembrança não só coisas que li em suas páginas, mas também lembranças de como me senti enquanto lia e quando cheguei no final. Eu amei tanto que fiquei triste. Me senti com um buraco no corpo e com uma sensação esquisita que até hoje não sei explicar algumas horas depois de ter acabado. Me senti de uma forma diferente de todas as outras vezes que terminei um livro.

A edição da Darkside, como sempre, ficou maravilhosa e com muitos detalhes que tem a ver com a história. A capa dura é linda. Não dá pra ver na foto, mas eles colocaram estrelas com verniz localizado em algumas partes. As páginas são amareladas, a diagramação está ótima e cada capítulo abre com uma constelação.

É um livro que com certeza vou guardar na estante e no coração e volta e meia vou pegar para reler as várias partes que destaquei. Sério, fazia tempo que não colocava tantas marcações em um livro.

Espero que vocês tenham gostado da resenha e tenham se animado pra ler o livro!

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

ps: quem quiser mais indicações de livros que têm personagens com TEA ou que falam sobre o assunto, é só clicar aqui e assistir o vídeo que lancei no dia mundial de conscientização do autismo.

Posts relacionados

22 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
maio 1, 2018
Próximo post
maio 1, 2018
  • Jessica Belotto

    Mel, li esse livro algum tempo atrás e me apaixonei pela história! Inicialmente tinha comprado ele por conta do título que me chamou muito a atenção e depois pela edição linda da Darkside. Depois que li fiquei ainda mais feliz por tê-lo na minha estante, a história é emocionante, nos prende do início ao fim, e essa edição maravilhosa nos faz ficar com aquela sensação de quentinho no coração ❤️. Fiquei muito feliz em saber que você leu Mel, lembrei muito de você lendo, pois sei que você ama o universo e ele está presente em cada página desse livro. Não sei explicar o que senti quando terminei de ler, fiquei com uma sensação estranha também, depois do seu post fiquei com vontade de reler para tentar descobrir qual é essa sensação (se é que isso é possível). As fotos ficaram muito delicadas, conseguiram mostrar um pouco do que é o livro, eu amei o post Mel ❤️

    • Melina

      Oi, chuchu ♥
      Que alegria ler seu comentário por aqui :)
      Esse livro é especial, né? Quando comprei ele também foi por conta do título e pela edição. Não sabia muito da história, mas como amo coisas relacionadas ao universo já sentia que iria amá-lo ♥
      Fiquei feliz em saber que já leu e que também tem um carinho especial por ele. Aliás, amei saber que lembrou de mim enquanto lia ♥ *-*
      Seu aniversário está chegando, né? ♥ que dia que é mesmo?
      :* e uma semana linda pra você

  • ALANA ANDRADE

    OMG!! ♥♥♥
    Mel que encanto suas fotos, se eu amei? Nossa!!! Muito, muito, muito. De verdade!
    Me dá vontade de chorar, sério! Exagero? Não, não é exagero, fico emocionada com a delicadeza que transmite.
    Você é única ♥
    Comprei e estar a caminho está bela arte e não tenho dúvidas que irei amar rsrs.
    Obrigada por existir.
    Abraços e uma perfeita semana

    • Melina

      Oi, Laninha linda ♥
      Fico tão feliz em saber que gostou das fotos e que vai ler esse livro em breve :) ele é especial e lindo que nem você ♥
      Muito obrigada por todo carinho e apoio :*

  • Anne Rios

    Peraí… o número pi é um personagem tipo o Jack e Early? Com personalidade própria e opiniões? Fiquei confusa…
    Quando a gente tem muitos livros, por mais que a gente queira ler esse ou aquele, as coisas saem um pouco do controle. Aí quando alguém indica vem aquele pensamento de “nossa, é mesmo, eu ainda não li”

    E essas fotos em preto e branco? Uma fofura sem tamanho. Tudo bem que sou suspeita para falar sobre isso, mas adorei ver esse tipo de fotografia por aqui
    Tomara que o pessoal não desanime e continue firme no clube do livro [eu ainda estou lutando para terminar Belle Époque, por mais interessante que seja a história].

    • Melina

      Siiiim! O número Pi é um personagem também. Deixa eu ver se consigo explicar sem ficar confuso. O Early enxerga/sente os números de uma forma diferente que as outras pessoas. Ele vê Pi (cada um de seus números) como uma história e a forma com que a autora narrou isso foi muito lindo e especial ♥

      Feliz em saber que gostou das fotos em preto e branco. Raramente eu coloco, mas sempre que coloco eu gosto hehe na verdade deveria fazer isso mais vezes :)

      O pessoal do clube do livro que você diz sou e as meninas (Maki e Lominha) ou o pessoal que participa dele? Espero que ninguém desanime também ♥ amo esse clube e tô bem feliz com a interação do pessoal :D

      Boa sorte com a leitura de Belle Époque, chuchu! Vou torcer pra você conseguir finalizar ele logo ♥

      :* e uma semana linda pra você

  • NatiiLuiiza

    Awn, as fotos desse post ficaram muito amor. Com um destaque especial pro Spock! 😍

    Toda indicação sua me deixa com mta vontade de ler o livro; vc coloca muita verdade e amor em tdo que faz.

    Segunda Guerra é sempre um assunto que me interessa. Ja ta na lista!

    😘

    • Melina

      Nati querida ♥
      O Spock sempre rouba a cena, né? ♥ Amo quando estou fazendo fotos e ele acaba se metendo no meio hehe
      Fiquei com vontade de saber que se interessa pelas minhas indicações ♥ e que sente o amor e a verdade que coloco em cada coisinha que compartilho *-*
      Esse livro é muito especial então vou torcer muito pra você conseguir ler e amá-lo tanto quanto eu amei :* e uma semana linda pra você

  • keli d'angelo

    Está MARAVILHOSA a resenha, como sempre. Este livro já está na minha listinha pois no momento estou lendo no Kindle Tartarugas até lá embaixo e o livro físico Ninguém vira adulto de verdade (ambos por recomendação sua). Melzinha você pode me dizer aonde você comprou as almofadas cinza que aparece neste post? Beijinhos, adoro você.

    • Melina

      Oi, chuchu ♥
      Nossa, fiquei tão feliz em saber que gostou da resenha e que está lendo dois livros que indiquei ♥ *-*
      Claro, as almofadas cinza com listras são da Tok&Stock e as outras são da Havan.
      :* e uma semana muito linda pra você! Muito obrigada pelo carinho ♥

  • Loma

    Que resenha maravilhosa, Mel! Eu fiquei com tanta vontade de ter o livro físico, suas fotos são encantadoras. A DarkSide capricha demais no design, eles levam muito a sério o “julgar o livro pela capa” hahahaha! Eu tô terminando ainda mas tô bem encantada com essa história que é tão simples e tão mágica ao mesmo tempo! Um beijo!

    • Melina

      Lominha maravilhosa ♥ Quando eu for pra Coréia de visitar vou levar a versão física do livro pra você :D
      Esse livro é maravilhoso, né? Feliz de termos escolhido ele pro nosso clube lindo ♥ ♥ ♥
      :*

  • Carol Mancini

    Eu gosto mas desgosto dessa sensação de “buraco” ao final de uma história. A última vez que me senti assim foi com “Tópicos Especiais Em Física Das Calamidades” (é um romance, apesar do título – acho que você iria curtir esse livro, se é que você já não leu hahahaha), cheguei no final e me senti vazia… E isso é bom também, porque aí a gente precisa de outro livro para ficar assim de novo, né? Vou procurar este na versão impressa, fiquei com a sensação de que não dá para “aproveitar” ele tão bem no Kindle. Eu adoro suas indicações <3

    • Melina

      Eu também gosto e desgosto hehe é esquisito, né?
      Nossa, ainda não li esse livro que você recomendou. Vou anotar aqui. Adorei o título hehe
      Eu acho que os livros da Darkside merecem ser lidos na versão impressa sempre ♥ eles tomam cuidado com cada detalhes *-*
      :* e obrigada pelo carinho e apoio sempre! Uma semana linda pra você :)

  • Larissa Zorzenone

    Oi Mel
    Linda a sua resenha. Eu qeuro esse livro. Eu ia trocar com um garoto pelo Skoob, mas ai ele não me respondeu mais. Fiquei chatiadíssima. Enfim. Suas fotos fiacram maravilhosas, pra variar um pouco, né? Sei que não tem haver com o post, mas vou falar. Eu semrpe achei pircing no septo meio estranho, mas agora quero pôr, proque você mostrou que ele pode ficar delicado e feminino. Obrigada por isso. Voltando ao post, achei muito interessante teer um personagem no espectro autista. Não sabia que não se usava mais o termo Sindrome de Asperger. Bom saber.
    Um beijo de brigadeiro

    Vidas em Preto e Branco

    • Melina

      Oi, Lari ♥
      Feliz que gostou da resenha :) espero que você consiga ler esse livro, logo ♥ ele é lindo *-*
      Awn! Que fofa você! Achei legal saber que você gostou do piercing no sépto ♥ ♥ ♥ eu amo o meu :) ficou doendo por meses, mas acho que valeu muito a pena :* e uma semana linda pra você

  • Eliziane

    Esse livro parece que é tão lindo , esse post ficou maravilhoso 😍😍

    • Melina

      O livro é bem lindo mesmo ♥ amo :D
      Feliz que gostou do post :*

  • emy elizabeth

    Amei as fotos, meu deus! Que lindaaaas ~ mas suas fotos também sempre são todas lindas né, ainda mais com o spock nelas hahaha. Adorei a resenha Mel. Assim como você, eu me prendi logo nas primeiras páginas. É aquele livro que marcou de um jeito totalmente diferente, tanto que senti esse mesmo buraco. É como se o livro fizesse parte da gente e então do nada, não está mais lá. Só me senti assim antes com “Eu te Darei o Sol” da Jandy Nelson. Vocês acertaram em cheio para o livro desse mês! E também fui lendo e pensando “nossa, um filme desse livro ia ficar LINDO”. O que você acha dessa ideia de ter um filme de “Em Algum Lugar nas Estrelas”? Eu acho que ia ficar lindo, mas também não sei se eu ia gostar do mundo inteiro conhecendo a história haha, aquela invejinha da história.
    Beijos, Mel!! <3 keep inspiring.

    • Melina

      Aaaah eu iria amar assistir um filme de Em algum lugar nas estrelas ♥ ficaria lindo mesmo *-*
      Feliz que você gostou das fotos, da escolha do livro e da resenha, Emy ♥
      Obrigada pelo carinho e por comentar por aqui sempre ♥ :* e boa leitura pra nós :D

  • Clara

    Esse livro já está na minha lista, e agora que quero ler ainda mais!

Deixe seu comentário

Instagram

  • Vocês gostam de ler livros de poesia? Qual o favorito? Querem indicações? 😌
  • hoje faz quatro anos que tomei bubble tea pela primeira vez e por isso declaro que 14/11 é dia de tomar bubble tea 🙃 quem também quer/vai tomar hoje? 😆 ei, liberei um vlog novo no canal (link na bio) vocês já viram? 🖤✨
  • o que vocês colocariam no seu kit anti-tédio? 🙃 tava aqui pensando, isso seria um tema legal pra um post no blog (aliás teve post novo ontem ✨ ou pra um vídeo 🤔
  • acabei de liberar no blog o vídeo ensinando a fazer #bubbletea em casa 🖤 ah e quem assistir até o final vai encontrar um momento nostalgia ✨
  • o que faz com que você se sinta “aconchegado”? • what make yourself cozy? (I’m in love with your book @katiemarievaz ✨)
  • hoje foi dia de tomar chá com a fofa da @jucirqueira 😌 e encontrar a @enehbria enquanto atravessávamos a rua ✨ como está sendo o dia de vocês? O meu está ótimo 🖤 📸: @enehbria

instagram