ALEATORIEDADES

3 DICAS PARA ESCREVER MELHOR

Já faz um tempo que tenho sentido vontade de produzir mais conteúdo aqui no blog (e no canal também) com dicas práticas para ajudar o leitor a melhorar algo. Algumas ideias que já estão há mais de um ano no meu super-caderno-de-ideias-para-conteúdo-do-blog-e-youtube envolvem escrita e é justamente sobre isso que vou falar hoje.

Vou compartilhar três dicas que acredito que podem ajudar muito quem tem interesse em melhorar sua escrita, seja para escrever um livro ou para conseguir se expressar melhor na internet, no trabalho, na escola etc.

LEIA, LEIA, LEIA

Essa dica é óbvia, mas não conseguiria não incluir nesse post porque já ouvi/li muitas pessoas falando “nossa, eu queria muito escrever um livro, mas não gosto de ler” ou “não gosto de ler, mas estou escrevendo um livro”. Sei que nem todo mundo tem vontade de escrever um livro, mas escrever é importante (muitos de nós precisam disso no trabalho) e já é fato que ler ajuda ~muito~ a melhorar nossas habilidades com a escrita.

Estar em contato com a forma de escrever de diferentes autores que têm realidades, experiências e forma de se expressar diferentes é algo extremamente enriquecedor. O ato de ler, por si só, já nos ensina muito, mas a partir do momento em que começamos a prestar mais atenção no que o autor quis dizer com aquela frase e começamos a pensar em outras formas como ele poderia arranjar palavras para dizer aquilo, a experiência torna o aprendizado ainda maior. Não estou dizendo para fazer isso com todos os livros e toda hora. Isso tornaria a leitura cansativa (e até um pouco chata), mas tentar fazer isso quando uma frase chama a nossa atenção é incrível. Ficar mais um tempinho internalizando aquelas palavras e sentimentos antes de passar para a próxima linha é muito bom e super recomendo.

TENHA UM CADERNO (OU VÁRIOS)

Desde a primeira vez em que ganhei um caderno fiquei encantada com as várias possibilidades que ele me dava. Tenho até hoje um caderno pequeno, no formato de diário (aquele com cadeado/chave, lembram?), que ganhei quando tinha 5 anos. Preenchi suas folhas com palavras que começavam com cada uma das letras do alfabeto. Na primeira página, a letra A (com um rostinho que incluía olhos com cílios bem longos hehe) e em seguida uma sequência de palavras como amor, amizade, ameixa… e por aí foi até chegar na letra Z.

Você pode usar cadernos para tantas coisas que fica até difícil de listar aqui. Aliás, esse é um dos temas que estão no meu caderninho de ideias que mencionei no começo desse post :)

Ter um caderno sempre por perto é uma forma de manter a escrita por perto (lembre-se de ter uma caneta ou lapiseira junto também hehe). Se você quer escrever um livro, por exemplo, pode usar um caderno para anotar todas as inspirações que vão surgir em momentos aleatórios do seu dia. Você pode estar andando pela rua e ver um estranho que, por algum motivo, te inspira a criar ou dar alguma característica a uma personagem.

Claro que o caderno não precisa ser tipo esses aí da foto. Existem “cadernos virtuais” que você consegue anotar no celular e sincronizar com o computador quando chegar em casa. Hoje em dia existe aplicativo pra tudo, inclusive pra isso.

INVISTA NA SUA PREPARAÇÃO

Há pouco mais de 5 anos apresentei para vocês o autor Fábio Barreto em um resenha dupla feita com meu irmão (alguém aí lembra?). Desde essa resenha até os dias de hoje acabei podendo acompanhar mais o trabalho do Fábio e agora estou bem feliz aqui para apresentar pra vocês o Professor Fábio M. Barreto. Isso mesmo, o Fábio acabou de abrir vagas para uma nova edição do C.R.I.E., seu Curso de Redação Intensiva para Escritores.

O C.R.I.E. é um curso online de 8 semanas em que ele ensina o aluno a escrever melhor. O curso inclui duas aulas semanais (uma gravada e uma ao vivo), totalizando 16 aulas, uma apostila de 60 páginas, exercícios, plantão de dúvidas e atendimento pessoal com o Fábio.

Embora o “e” do C.R.I.E. seja “escritores”, o curso não é somente para quem quer escrever livros: ele trabalha com a construção de frases, ou seja, é para quem quer escrever melhor independentemente do conteúdo ou tipo de texto. É um curso teórico-prático bem dinâmico e o Fábio se adequa ao nível de cada um dos alunos (em uma das turmas tinha um poeta. Achei isso tão legal!).

Além de aprender a escrever melhor, quem fizer o C.R.I.E. ganha o C.O.N.T.E., um curso narrativo para escritores, ou seja, leve dois pague um hehe amo esse tipo de promoção. Isso é para todos os alunos, tá? E os 10 primeiros ainda ganham uma leitura crítica de um conto/texto feita pelo Fábio. Quem escreve sabe o quanto leitura crítica é importante e faz muita diferença.

E outra notícia incrível: vocês ganham R$200,00 de desconto se colocarem o cupom Mel no campo de cupom antes de finalizar o pagamento. Ou então se fizer a compra diretamente por esse link aqui.

Quem tiver se interessado, pode assistir algumas aulas gratuitas clicando nos links (Aula 1Aula 2Aula 3) para ter uma ideia de como o Fábio trabalha.

Se você ainda está na dúvida se vale a pena ou não investir no curso, aqui vai o meu conselho: investir em conhecimento é uma das melhores coisas que podemos fazer por nós. É algo que ninguém pode tirar de nós e, quando o conhecimento vai nos ajudar a transformar um sonho em objetivo e esse objetivo em realidade, é algo mais incrível ainda. Invista em você e nos seus objetivos sempre que possível!

CONHEÇA O C.R.I.E (E O FÁBIO)

Resolvi incluir esse vídeo do Fábio porque adorei a forma como ele apresentou o curso e assim vocês já vão conhecendo o futuro professor de vocês :)

As vagas são limitadas e as inscrições estarão abertas até o dia 10 de agosto, ou seja, até sexta. Aproveitem!

Espero que tenham gostado da dica e que aproveitem o cupom de desconto (Mel) que o Fábio ofereceu pra vocês. Lembrem-se: as inscrições são até essa sexta, dia 10 de agosto.

Vocês querem mais posts desse tipo por aqui? Quem aí gostaria de lançar um livro ou tem um projeto que envolva escrita (tipo um blog)?

Obrigada por tudo, pessoal!

xoxo

p.s.: parabéns pelo curso, Fábio! Seu trabalho é incrível e tô muito feliz por divulgar ele aqui no Serendipity.

Posts relacionados

24 Comentários + Comentários pelo Facebook
Post Anterior
agosto 7, 2018
Próximo post
agosto 7, 2018
  • mandy

    adorei o post mel, estou com o projeto de escrever meu livro e espero que consiga, infelizmente não vou conseguir fazer o curso do Fábio, mas irei aproveitar suas outras dicas <3 adorei o post, se você tiver dicas de livros para ajudar na escrita, sera bem vinda
    http://hey-mandy.blogspot.com.br

  • Natalia de Castro

    Adorei o post! Quero mais posts com dicas assim! 💜
    Sempre tive vontade de escrever um livro, e não sabia que haviam cursos para isso! Gostei do curso do Fábio mas por ora eu não vou conseguir fazer. Quem sabe nas férias?
    Mel, tenha uma boa noite!! 💜

    • Fábio M. Barreto

      Tudo na hora certa, Natalia. Já passei muito por isso, o livro certo na hora errada, a oportunidade errada na hora certa. Temos que respeitar o tempo das coisas. :D

  • Laura Nolasco

    Adorei o post, Mel!
    Estou fazendo faculdade de letras e acabei de sair de uma aula incrível na qual o professor falou sobre escrita criativa e sobre a importância de editores (faço bacharelado em edição) escreverem para serem editores melhores. Teremos vários exercícios voltados pra isso e estou empolgadíssima… Escrevo desde que me entendo por gente, mas é sempre ótimo ter orientação, né?
    Beijos!

  • Anne Rios

    Mel, não se sinta culpada por ter dito que fica esperando meus meus comentários, aquilo me deixou muito, muitississmo feliz! Mesmo, de verdade <3 Me desculpe se te deixei pressionada.
    Ah, eu não vou estar na Bienal no sabado, e sim na sexta. Espero conseguir te encontrar, aí eu posso levar um presentinho. Que pena que você vai estar na correria, mas se rolar tempo para um outro café da manhã me avisa, que vai ser massa.

    Adorei o tema do blog! Você acredita que estou estudando mais isso para melhorar meus textos? É que faz parte da minha metas escrever para um site legal, como o Petiscos ou alguma VOGUE *-*
    Adorei e anotei TODAS as dicas.
    E se ee eu não aparecer por aqui no ou insta, até sexta!

    Kissy Kissy

    ps obrigada por me deixar utilizar a foto =* e sim, ela é do encontrinho

  • Diego Bonadiman

    Adorei as dicas. Realmente ler ajuda bastante além de conhecer as diferentes formas de pensar/expressar uma ideia a dar inspiração pra gente na hora de escrever. Muito bacana essa dica também de buscar orientação com quem sabe e trabalha com isso. Uma coisa que tenho feito pra melhorar a escrita é tentar escrever um pouquinho a cada dia, mesmo algumas linhas ou parágrafos só pra manter a prática ajudam a criar uma consistência e com o tempo você mesmo vai percebendo onde tá legal e onde não tá.

    Beijo grande! :D

  • Claudia Hi

    Adorei as dicas de escrita Mel. Eu confesso que sou bastante preguiçosa e isso me atrapalha em todas essas etapas rs Mas eu adoro escrever. Dá uma sensação de liberdade, por passar o que você quer, e por simplesmente deixar o pensamento fluir, e tirar aquele peso da nossa cabeça.

  • Luciana Souza

    Moça adorei as dicas, tambem sempre ouço ou lei que devemos ler mais até mesmo na faculdade o semestre mal começou e os professores já estão nos lembrando que ler faz com possamos escrever de uma forma melhor. Sempre tenho um caderninho a mão tambeem. Adorei as dicas e com certeza vou dar uma conferida nesse cruso do Prof. Fabio. Um beijo!

    • Fabio M Barreto

      Oi, Luciana!
      Falando de uma pespectiva bem pessoal (sem querer vender o peixe do curso), eu gosto da ideia de “ler ajuda a escrever melhor”, mas ela é apenas o primeiro passo, sabe?
      A leitura serve para algo fantástico: a gente consegue identificar o que está “estranho”, “não combina”, ou está “fora do lugar”. Ler nos ensina a ter a noção do que é bom. E muita gente não tem essa habilidade! :D
      Mas sem treinar todos os dias, ler livros teóricos, procurar uma ajuda aqui e ali (quando possível, claro), começa a ensinar a, de fato, escrever bem.
      Fiz 4 anos de jornalismo e, te juro, escrever foi uma das coisas que menos fiz na faculdade. Eu achava que me ensinariam mais, sabe? E sei que a coisa só piorou. Então, tive que aprender fazendo, na raça, na redação do jornal, com livros, perguntando, etc. A gente tem que se esforçar bastante, essa é a real.
      É por isso que dizem que “quem dá certo” são as pessoas que não desistiram. (nossa, quanto “que” numa frase só!)
      bjs!

  • celle coelho

    nunca me considerei escritora, mas só de ter um blog já significa que isso faz parte de mim, né? hahaha amei a ideia do curso do fábio e só pelo vídeo já dá pra notar como ele é didático, parece ser incrível!

    beijo

  • Érika Silva

    Adorei as dicas. Criei um blog no ano passado para tentar melhorar a forma como eu escrevo e sinto que tem ajudado um pouco.
    Fazia tempo que eu não visitava o blog e admito que senti falta dos seus posts rs. Acho maravilhoso que você continua a escrever no blog. Faz falta poder ler conteúdo além de somente assistir vídeos

  • Jandyllson Costa

    Ótimas dicas! Quero ter um blog (na verdade reviver um velhinho hahahha), mas sinto que preciso de uma câmera para o conteúdo ficar mais “palpável”, sei lá! Por enquanto, sigo acompanhando a blogosfera. <3

    • Fabio M Barreto

      Independente do curso, Jandyllson, dê uma olhada em materias de referência de roteiro. Pq pensa uma coisa: mesmo na frente das câmeras, precisamos de roteiros para guiar o caminho. Na real, quando queremos produzir qualquer tipo de conteúdo bom, um bom texto precisa existir. Se não tiver isso, e tudo for no improviso, cada vídeo sempre será uma batalha insana. Com roteiros preparados, é só uma questão de executar e melhorar alguns detalhes. Então, com ou sem câmera, escrever melhor ajuda bastante. :D

  • Carol Mancini

    Nooooossa, que legal esse curso do Fabio! Já quero!!! *-*

  • Larissa Zorzenone

    Oi Mel
    Eu sempre faço pequenos cursos sobre escrita, geralmente cursos gratuitos, já que, infelizmente, ainda não consigo pagar por mais cursos. Achei bem legal a ideia do Fábio. Eu sempre amei escrever e sempre escrevo, seja no blog, no meu caderno, na minha tentativa de livro… A escrita e a leitura são tão partes da minha vida que não me lembro de um momento da minha vida onde eles não estavam inseridos.
    Um beijo enorme

    Vidas em Preto e Branco

  • Daniela Farias

    Eu amei esse tipo de conteúdo, se eu tivesse dinheiro eu faria com toda a certeza.
    Quero trabalhar com escrita, estou tentando em ser redatora em agências daqui mas está difícil! :(
    Mas ao menos tenho o meu blog onde eu consigo praticar um pouco. Adorei a dica do caderninho, preciso mesmo! Sempre anoto ideias na pasta rascunhos do blog mas sempre esqueço! hahaha
    Mel, não sei se tua mãe te falou mas eu passei por você e o Beni no sábado (04/08), lá no shopping Curitiba (acredito que seja esse o nome :P).
    Passei bem do teu ladinho porque fiquei com muita vergonha porque você estava conversando com o Beni e aí não quis atrapalhar! hehehe
    Depois eu voltei para ver se tu estava lá mas já tinham saído. Mas enfim, que sabe uma próxima, espero voltar esse ano para Curitiba de novo!
    Beijo grande! <3

  • Júlia Viana

    Oi, Mel! Tudo bem com você? Espero que sim!
    Amei o post de hoje! Dicas práticas que qualquer um pode usar. Realmente, a dica “leia, leia, leia” faz muito sentido. Estou cursando o segundo ano do ensino médio, e toda semana tenho que fazer uma redação dissertativa-argumentativa com o tema que a professora passa. Eu me lembro da primeira vez que fiz uma redação nesse estilo no ano passado e me lembro mais ainda da minha nota: 0. Eu tenho desenvolvido a minha leitura com a sua ajuda e hoje as minhas notas não são menores que 800. Claro, que envolve muita prática e persistência. Amei o post!
    Beijos, Juh. 😄

  • Eva Camargo

    Eu achei demais esse tipo de post, Mel, pois também auxilia quem é blogueiro – com dicas para escrever melhor.
    Também acho que seria legal trazer dicas para blogs, mas não no formato comum que vemos pelos blogs – de forma técnica, mas sim baseada na sua experiência de anos na blogsfera, com histórias que vivenciou/passou, assim acredito que seria ótimo para nós leitores e você não afastaria do tipo de conteúdo que produz e sim, traria o conteúdo para seu formato.

    beijos
    com amor, Eva.

  • JULIANA

    Ahhhh, eu amei demais esse post Mel! Se eu tivesse disponibilidade faria o curso, vou deixar anotado para uma próxima! <3

    Hoje eu trabalho escrevendo para redes sociais, confesso que não gosto muito. Não me acho boa nisso, mas eu amo escvrever sobre assuntos que eu gosto, que eu entenda de verdade, ou que venham do coração. Já tentei ter um blog, mas acabei desistindo, porém quem sabe um dia?
    Ansiosa por mais dicas! *-*

  • Fernanda Palhari

    Amei as dicas! Ler realmente ajuda muito, né? E treinar a escrita também! Por enquanto não consigo, mas quero fazer um curso para melhorar a minha, sim ☺ Espero que o C.R.I.E dê super certo!

  • Fernanda N

    Oi, Mel! Concordo bastante com o seu post e adicionaria um outro item importantíssimo na lista: ter um local específico para escrever, que te inspire de alguma forma. Sei que muitas pessoas escrevem em cafés ou em qualquer lugar, mas eu só consigo escrever com um foco maior quando estou na na minha casa, minha mesa, no meu computador — porque ali é o meu cantinho da escrita e isso me ajuda a concentrar bem no que estou escrevendo, sem distrações. Eu leio bastante, tenho pilhas e pilhas de cadernos com anotações e ideias para escrever (posts, contos ou tramas para romances) e leio sobre o assunto frequentemente (livros preparatórios para autores e dicas de escrita)… E escrever no blog também me ajuda bastante — até porque eu uso a plataforma para publicar os meus contos. Enfim, bacana o post! :)
    Beijos

  • Garota de Personalidades

    Gostei muito do post. Meu sonho é viver da escrita um dia. Eu sei como esse é um sonho difícil, principalmente no nosso país, com baixo índice de leitura e onde escritores nem sempre conseguem se sustentar apenas dos livros. Mas espero não desistir e tornar esse sonho uma realidade!
    Abraços Mel <3

  • Marijleite

    Ainda não tinha pensado nessa de ter um caderninho sempre por perto… Para quem quer de fato trabalhar com a escrita, um curso seria mesmo de muita ajuda, bacana conhecer esse.

Deixe seu comentário

Instagram

  • Primeira foto natalina do ano e do insta novo 🎄 tô decidindo o nome da raposinha ainda e queria a ajuda de vocês: ゆき (Yuki - neve) ou きつね (Kitsune - raposa)? 🖤✨quem aí também tá entrando em clima natalino?
  • Vocês gostam de ler livros de poesia? Qual o favorito? Querem indicações? 😌
  • hoje faz quatro anos que tomei bubble tea pela primeira vez e por isso declaro que 14/11 é dia de tomar bubble tea 🙃 quem também quer/vai tomar hoje? 😆 ei, liberei um vlog novo no canal (link na bio) vocês já viram? 🖤✨
  • o que vocês colocariam no seu kit anti-tédio? 🙃 tava aqui pensando, isso seria um tema legal pra um post no blog (aliás teve post novo ontem ✨ ou pra um vídeo 🤔
  • acabei de liberar no blog o vídeo ensinando a fazer #bubbletea em casa 🖤 ah e quem assistir até o final vai encontrar um momento nostalgia ✨
  • o que faz com que você se sinta “aconchegado”? • what make yourself cozy? (I’m in love with your book @katiemarievaz ✨)

instagram