Como é bom estar de volta. E melhor ainda é estar de volta com alguns projetos/objetivos. Apesar de ter sumido aqui do blog por alguns meses, sempre deixei claro que esse é o meu cantinho favorito da internet e a minha forma favorita de compartilhar uma parte de mim e da minha vida.

Sei que acabo sendo repetitiva, mas sinto muita saudade de quando os blogs pessoais tinham um espaço maior na internet e na vida das pessoas. Tudo anda tão acelerado e intenso que a internet está se tornando, na minha opinião, um lugar cada vez mais assustador e hostil. A impressão que tenho é de que a ideia de entrar em alguma plataforma (instagram, youtube, twitter, tiktok…) para ver as novidades e/ou acompanhar o conteúdo de alguém que gostamos e relaxar são duas coisas incompatíveis. Às vezes, simplesmente abrir uma rede social, se torna uma atividade sufocante e angustiante.

Um dos motivos de amar tanto o blog é que, apesar de depender das redes sociais para divulgar o conteúdo (pelo menos até as pessoas voltarem a se lembrar da existência dele hehe), não serei punida por não me adequar ao que o algoritmo “obriga” que eu faça para ter meu conteúdo entregue. É muito difícil e exaustivo trabalhar seguindo a linha do slow content em plataformas que estão diariamente te forçando a acreditar que, para trabalhar com produção de conteúdo, é preciso ser o oposto do que você acredita.

Eu gosto de produzir vídeos pro Youtube e posts (fotos e reels) pro Instagram, mas não na frequência que essas plataformas exigem. Então sim, ainda estarei por lá (até porque fazem parte do meu trabalho), mas vou dedicar mais do meu tempo para esse cantinho. Quem sabe aos poucos as pessoas e as marcas começam a valorizar mais esse formato novamente, né? Tenho plena consciência de que isso só vai acontecer a partir do momento em que eu também fizer isso. Não vai ser algo fácil e rápido, mas vou tornar esse processo o mais leve e motivador possível. Estou animada!

Quando decidi que iria voltar com o blog, apesar de ter várias ideias de conteúdo, queria começar falando exatamente o que vocês leram nos parágrafos acima. Afinal, sumi por muitos meses e não queria simplesmente aparecer como se nada tivesse acontecido.

Durante esse tempo, muitas coisas aconteceram. Uma delas foi que tive uma pequena crise em relação ao meu conteúdo e espaço na internet. Será que ainda existe espaço para o tipo de conteúdo que gosto de produzir e tenho a oferecer? Será que as pessoas ainda se interessam ou o mundo mudou tanto que não consegui (nem quis) acompanhar?

Aproveitei para pensar bastante sobre como me sinto em relação a isso, a internet e como me vejo seguindo com o trabalho de produtora de conteúdo. Nesse período, muitas vezes senti vontade de escrever aqui, de compartilhar fotos aleatórias como essas que estão ilustrando o post – elas foram tiradas no dia 23/03 e, logo depois de ter feito esses registros, pensei “preciso atualizar o blog” -, mas eu sabia que ainda estava me sentindo perdida com o que realmente queria fazer e tinha a oferecer. Queria diminuir as chances de sumir daqui por tantos meses de novo. Claro, elas continuam existindo, mas acredito que agora são bem menores.

Hoje me sinto mais segura do que quero fazer aqui (no blog e na internet de modo geral). Pode ser que esse post esteja soando meio aleatório, meio “falou, falou e não falou”, mas ele é um lembrete pra mim de que eu tenho o controle desse cantinho. Ele é como se fosse a minha “casa virtual” e quero que quem entrar aqui se sinta bem, inspirado e desacelerado.

Quero finalizar esse post agradecendo o pessoal que me apoia no catarse. Sem esse apoio de vocês, esse período de “crise de conteúdo” e do “meu lugar na internet” teria sido muito mais difícil. Obrigada por tudo! Essa troca que temos é muito especial pra mim.

E aí, quem leu o post até o final? Vamos conversar nos comentários? 

Obrigada por passar aqui :)

Melina Souza

Melina Souza

compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest

Comente!

40 comentários em “life lately”

  1. Mel,
    Que alegria ver que seus posts no blog irão voltar! Vejo que aqui é a sua casa, sua cara, aqui você consegue ser você, e isso é incrível!
    Estarei sempre por aqui te acompanhando, como já fazia a muuuito tempo atrás hahaha
    Beijo, Amanda!

    1. Oi, Amanda :)
      Muito obrigada por passar por aqui e pelo comentário super motivador. Eu realmente me sinto em casa aqui e espero que você e as outras pessoas também se sintam :)
      :* e obrigada pelo apoio

  2. to tao feliz com seu retorno ao blog <3 ansiosa pelos conteúdos futuros e torcendo para que inspire mais pessoas a produzirem nesse formato! é incrível demais que nesses tempos de redes sociais haja esse espaço com conteúdo que podemos ver, rever, ler, reler, sempre no nosso tempo, e na frequência que queremos.

    1. Aaaa eu também estou feliz :D
      Tão bom saber que mais pessoas também gostam desse formato. Acho ele tão mais acolhedor que os outros. Espero que mais e mais e pessoas se sintam motivadas a criar blogs :)
      Muito obrigada pelo incentivo, pelo carinho e por passar aqui ♡

    1. Tão feliz em ler isso ♡ tomara que o mundo dos blogs volte a ganhar o carinho que merece, né?
      Muito obrigada pelo carinho e apoio :*

  3. Melll, que coisa boa ter você por aqui.
    Lembro de acompanhar seu trabalho desde os tempos de flickr. Quem diria que anos depois a gente estaria até trabalhando juntas, né?
    Fico muito feliz que você tenha voltado com o blog. Eu sinto exatamente a mesma coisa com as redes sociais, tudo muito rápido, muita informação de uma vez só. Eu não absorvo nada e saio cansada. Blog é pra sentar e ler com calma. E com certeza estarei sempre aqui!
    Beijos

    1. Mi ♡ que alegria ver você aqui :D
      Eu fico tão feliz que a internet nos apresentou. E mais ainda por nós duas termos esse carinho pelo mundo dos blogs. Muito feliz que temos esses cantinhos para compartilhar um pouquinho de nós na internet :)
      Obrigada por tudo!
      :*

  4. O seu blog está salvo no meu Blogroll de tanto que eu amo, então sempre que eu fazia as minhas visitas semanais aos blogs que gosto, eu entrava no seu esperançosa de que você tivesse voltado pra cá com post novo, e esse dia finalmente chegou! \o/
    Amo demais te acompanhar, Mel. Foi assim pela primeira vez em 2014 e é assim até hoje. Você foi uma das minhas principais inspirações para criar um blog também e me apaixonar por esse cantinho na Internet. Seus posts e suas fotos são incríveis!

    Beijos,
    Livro de Memórias

    1. Fico tão tão feliz em saber disso :)
      Muito obrigada por não ter desistido aqui do meu cantinho mesmo quando eu não estava aparecendo com frequência ♡
      E obrigada por manter um blog também. A internet precisa de mais cantinhos assim :*

  5. Esse post conversou bastante comigo, Mel!
    Sinto falta dos blogs! Gosto de usar o meu para compartilhar e desabafar as coisas que acontecem comigo, sem esse sentimento de urgência que você mencionou. É estranho! Acho que aprendi muito nesses dois anos… antes eu tinha uma necessidade de dar opinião sobre tudo, correr para não perder o time e hoje fujo disso tudo. Fazer as coisas no nosso tempo, faz toda a diferença.
    Desacelerar me ajudou bastante! Não só consumindo conteúdo que eu realmente quero, mas conhecendo pessoas de verdade. Sem filtro =)

    1. Clay! Que alegria ver você por aqui :)
      Também sinto muita falta dos blogs. Estou muito feliz de estar de volta e de estar descobrindo muitos outros cantinhos da blogosfera como o seu ♡
      Cada dia mais eu sinto a necessidade de desacelerar ou de pelo menos não deixar com que o mundo (virtual e o real) me acelerem. E ter pessoas que também sentem e fazem isso por perto é ótimo. Obrigada por estar aqui (e no grupinho) :*

  6. Isabella Freitas

    É sempre muita alegria quando eu vejo um post novo. Fico feliz pelos seus projetos, Mel. Estarei sempre te acompanhando, é sempre um momento de muito aconchego os seus conteúdos. Deixa o meu dia ainda mais feliz. 🤎

    1. Isa querida ♡
      Muito obrigada por ser sempre tão gentil e por todo apoio :)
      Fico muito feliz em ver você aqui no meu cantinho favorito da internet. Muito obrigada por tudo :*

  7. Oi Mel! Acredita que passeando hoje pelo TikTok vi um post exatamente sobre a época que blogs eram o auge na internet? E agora lendo seu texto me deu uma enorme nostalgia desse tempo, acho que as relações que a gente construía por aquí eram mais sinceras, profundas, duradouras.. não é a toa que mesmo sem intimidade, a sensação é que sou amiga próxima de todo mundo que eu acompanhava aqui e continuo a acompanhar uns 10 anos depois. Não perdia um post do seu blog, lá na época do serendipity, e sempre amei o conteúdo que você traz pra cá com tanto capricho. Super apoio esse retorno! Tenho certeza que vai ser muito feliz. 💜

    1. Oie!
      Que legal que você viu um post falando justamente sobre essa época dos blogs ♡
      Eu sinto muita falta dela. Mas principalmente da época em que os blogs eram mais pessoais, sabe? Não quando os blogs passaram a parecer mais revistas ou portais de informações (que é quando eles começaram a crescer bastante por aqui). Enfim, tô muito feliz de estar de volta e também de ver que não estou sozinha nessa volta :)
      Muito obrigada por estar aqui comigo e pelo carinho ♡ isso faz muita diferença :*

  8. Lembro como se fosse hoje do dia que descobri seu blog. Era no início da época da parede azul (sim, faz tempo hihi). O que mais me marcou do seu conteúdo na época foi justamente o quanto era inspirador e um convite para desacelerar e apreciar os detalhes (além, claro das fotos lindas!). Eu continuo sendo fã de blogs. Confesso que basicamente não acompanho mais nenhum, porque os que mais gostava pararam de postar. Animada em poder te acompanhar aqui para continuar a me inspirar e desacelerar.

  9. Oii, quero lhe dizer algumas coisas, primeiro sou apaixonada pelo seu trabalho há muito anos, acredito muito nele e me sinto inspirada em muitos sentidos quando vejo algo novo que você toruxe para as redes ou para o youtube, em segundo lugar estava me sentindo exatamente como você descreveu e adivinha o que fui fazer? Ver seus studys vlogs, seus vídeos de aconchego, assisti até os de receitinhas e já quero fazer os cookies de novo, sabe porque procurei seu conteúdo, justamente porque estava deprimida com as redes sociais, com a maneira que as coisas estão acontecendo de forma desenfreada, me gerou uma ansiedade horrível e uma trizteza também, então pensei preciso ver produtores que me inspiram que me ajudem a passar por esse momento mais dificil de forma calma, tranquila e dai lembrei de você imediamente, me lembro do seu trabalho, por isso Mel nunca pare de fazer isso, sempre terá pessoas que como eu precisam do que você faz por aqui, a ideia do blog é incrível, voltar a produzir aqui é inspirador e adivinha? eu já quero fazer coisas assim no meu espaço, enfim é isso, até o próximo post aqui que já estou ansiosa para ler e ver! :)

  10. Mel, seus vídeos e todos os seus conteúdos me acolheram numa fase muito difícil da minha vida. Se hoje estou melhor, tem um pouquinho da sua inspiração nisso. Muito obrigada por compartilhar leveza e aconchego conosco, e por não desistir mesmo em tempos tão difíceis!

  11. Oi Mel! Fiquei super feliz depois de ler esse post, adoro o seu conteúdo, e o seu blog é um dos meus favoritos (tanto que está até na minha lista de blogroll), compartilho do mesmo pensamento sobre a era dos blogs, sinto muita falta da sensação de entrar na internet para relaxar, reativei o meu blog no início da pandemia e sinto que foi a melhor escolha que fiz, estou ansiosa para te acompanhar nessa nova era!

    Beijinhos 💕

  12. Oi Mel. Não desanima com seu conteúdo não! Somos inspiradas por ele, com blog, e tudo que você oferece de quentinho para o nosso coração! Sei que a vida e internet estão meio doidas, mas precisamos ter um lugar para desenfrear todo esse ritmo, e aqui eu me sinto em paz, com os chás, os livros.
    A internet num modo geral está insuportável. Mas, com seu trabalho é diferente, eu me sinto tão bem. Obrigada por isso.. beijos. <3

  13. Oi Melzinha! É a Fran por aqui :)
    Queria dizer que vi a publicação lá no seu twitter (sobre o blog atualizado) e fiz questão de sair do celular pra abrir aqui no computador.
    Eu amo isso: abrir seu blog e navegar pelo seu mundo e sua escrita enquanto a chuva cai lá fora. É um ritual antigo e gosto de manter essas importâncias (justamente pra não se perder conforme a enxurrada de correria e informação vão tornando tudo tão imediato).
    Pode ter certeza que assim como eu, mais pessoas acreditam nessa pausa e seguem esse contraponto, mantendo firme e forte a habilidade de parar e sentir, ler textos longos, mergulhar em vídeos esperando que eles não tenham fim. Talvez sejamos um número menor (comparado com o todo), mas é bom saber que existem mais de nós por aí <3
    Amo seu conteúdo, sua sinceridade e sua coragem de sempre de continuar expandindo a própria essência!
    Um beijo, com carinho.

  14. Olá Mel, como vai?
    Até hoje acompanho os mesmos blogs de sempre, como o seu. Só quase não comento. Ainda é minha forma preferida. tanto que não tenho redes sociais pelos motivos que você citou. (esperando o Orkut voltar \0 ) Os algoritmos estragam tudo, tanto para quem trabalha, quanto para quem está apenas por diversão.
    Para mim, blogs são espaços independentes que gosto de ler para relaxar. Isso é insubstituível.
    Sempre fui fã do seu trabalho, desde o comecinho mesmo. Não desanime não!
    Beijos!

  15. Mel, Bem Vinda de Volta!
    Acho que as vezes a gente se acostuma a reclamar na internet e esquece de elogiar e falar bem do que a gente realmente gosta e acho que isso ajuda nessas crises de espaço na internet, sabe? E meu, assim sem palavras pra descrever o quanto esse conteúdo fez falta e o quanto você me inspirou tantas vezes, eu tambem não tenho vontade nem coragem para acompanhar essas mudanças do mundo e tambem vejo no blog a salvação pra essa vida tão corrida, acho que o Blog é o caminho do Slow Content, mas infelizmente não tive a coragem que você tem de criar um espaço e manter ele por aqui, fui matando os espaços que criava culminando nesse espaço que eu acabei de voltar a criar por que sentia essa vontade de escrever presa na minha garganta precisando sair.
    Enfim, muito obrigado mesmo por todo o conteúdo que você já produziu aqui no blog, ele é um respiro maravilho e muito aconchegante para fugir da correria. Muito obrigado por ser essa pessoa maravilhosa e que traz essa paz e aconchego em cada conteúdo, enfim, muito obrigado!

  16. Amanda Peddinghaus

    Melzinha! Amei o seu retorno ao blog! Acho que cada vez mais procuro (e preciso de) conteúdos como o seu. A internet se tornou um ambiente tão hostil, como você disse, que aquilo que era para ser uma distração e um momento leve no meio do dia, se tornou um estresse a mais que não faz bem nenhum. Obrigada por ser quem você é e por produzir conteúdo da maneira que você produz, sempre me inspirando e motivando de alguma forma. E sim, sempre vai ter espaço para você e suas palavras, seja aqui no blog ou em outras plataformas! 🧡

    Beijos,
    Amanda 🍁

  17. por coincidência eu também reativei meu blog recentemente. tinha abandonado ele desde que o blogger deu problema e sumiu com alguns posts, ai desanimei pra continuar blogando (e deixei a migração para o WP pela metade até recentemente). já faz muito muito muito tempo que tenho crises com instagram (e outras plataformas) e toda essa obrigação que existe de ter que estar presente criando mil coisas pra não ser esquecida. e quando isso bate mais forte, sempre volto pro blog kkkk é tipo meu porto seguro na internet. então entendo muito tudo que disse com esse post. enfim, as fotos estão maravilhosas e tô feliz por você ter voltado pra cá também <3

  18. Mel, eu amo blogs, por motivos como os que você citou. Eu sinto tanto que não é mais como antes e como tanto se perdeu da valorização dessa forma de compartilhar, mas meu apego não acaba. Gosto da leveza que blogs trazem e da conexão única que eles proporcionam. Que não desistamos, porque é mesmo muito especial.
    Gosto demais de te acompanhar por aqui, da forma como você produz pra cá e de como me inspira. Que isso não mude, porque me traz um aconchego maravilhoso. Vou amar te ler mais e que esse retorno seja muito bom do lado daí.
    Abraço apertado pra ti, Mel <3
    Any
    Poetiza-te

  19. Tão. feliz de vc estar de volta por aqui, pin, acho seu blog o cantinho mais quentinho no coração e um colírio para os meus olhos. Adoro suas fotos, já disse inúmeras vezes que amo o seu olhar fotográfico e essa paleta de cores tão Outono e muito você encanta demais!
    Enfim, sem pressão mas espero encontrar mais e mais posts por aqui!

    Te amooooo infinito!

  20. Nossa, conheço seu blog há uns bons anos e voltei a encontrá-lo novamente (mas desatualizado, normal, a vida segue e os blogs vão ficando para trás) e fiquei feliz por entrar hoje e ver que tinha voltado <3.
    Tem espaço sim e sinto exatamente o mesmo. Tenho um instagram de resenhas de livros, mas está a ser difícil para mim manter-me por lá porque o instagram está a mudar tanto que faz com que eu saia de lá, não me vejo a fazer vídeos de dancinhas com livros para que o meu conteúdo seja visto. Então deu-me a vontade de voltar para os blogs novamente. Por isso, sê bem vinda de volta, sejamos bem vindas e que toda a gente que pensa voltar para este mundinho seja bem vindo 😍 (o meu blog ainda está a ser reconstruído aos poucos).
    Adoro esse estilo de fotos outonais, têm cá um charme 🥰.
    Beijoss

  21. Mel, que felicidade ler um post seu aqui no blog :D
    O blog é o local que mais gosto de acompanhar os conteúdos e acho triste que não sejam mais tão utilizados.
    Muitos dos conteúdos da internet hoje em dia trazem mais ansiedade do que qualquer coisa e como você disse tem se tornado um ambiente cada vez mais hostil. Mas seu conteúdo e principalmente seus post’s sempre me trazem alegria e me dão um quentinho no coração.
    As fotos ficaram lindas e esse post foi uma inspiração. Obrigada <3

  22. Aww eu sempre fico feliz quando tem post novo no seu blog Mel.

    Vejo que tem muita gente questionando a criação de conteúdo e consumo (e muita gente insatisfeita com o instagram, que eu já desisti faz tempo rs). E acho muito legal, porque isso abre portas pra novas ( ou antigas) formas de conteúdo. Acredito muito no slow content e espero que com o tempo mais pessoas abracem essa ideia. Pensou os blogs voltarem a fazer sucesso?! Sonhar não custa nada né? haha

    Continue fazendo o que você acredita Mel. Sempre vai ter gente te acompanhando (eu sou uma delas rs) ♥

  23. Oiii Mel, feliz que voltou! o/
    Eu volto e meia entro aqui na esperança de ter um post novo – e esse formato é o meu favorito também. Eu gosto muito de te acompanhar por aqui por ser um ambiente mais seguro e sem a poluição de infomação das redes sociais, onde os conteúdos são muitos e inacabáveis. Eu acho que é porque eu cresci numa época em que tínhamos que esperar um mês para ter uma revista nova e saber quais os conteúdos estavam “em alta”. Obrigada por me lembrar dessa sensação! Vou continuar passando por aqui enquanto o blog continuar existindo. E escrevo isso do meu velho desktop após um dia longo de trabalho, só faltou o chá! rs Um grande abraço. 🤎

  24. Fernanda Palhari

    Que bom que você conseguiu refletir por esse tempo e encontrou o modo de voltar a postar por aqui e a produzir conteúdo no geral 🧡 Entrar nas redes sociais (principalmente Instagram) para mim tem sido bem como você falou, o contrário de descanso. Entrei pro Inoreader esses dias na tentativa de voltar a acompanhar os conteúdos que gosto em um lugar só sem ter de recorrer a elas, espero que dê certo 🙏 (se por acaso você tiver indicação de outra ferramenta desse tipo que funcione melhor, estou aceitando também hehe).

  25. Que bom que você voltou a postar no blog, Mel. Os blogs são tão especiais, né?! Também é o meu cantinho preferido da internet.
    É bom fazer uma pausa e refletir sobre como as redes sociais nos afetam. Infelizmente o mundo anda cada vez mais acelerado, tudo parece se resumir a produzir e consumir conteúdo e isso não é necessariamente uma coisa boa. Muitas vezes tudo o que precisamos é desacelerar. Estou feliz que tenha voltado a aparecer por aqui. =]
    Um abraço!

  26. Mel, fiquei muito feliz com tudo o que você escreveu aqui. E pode ficar certa: ainda existe lugar para o seu conteúdo e sempre irá existir. Porque assim como você, existem centenas ou milhares de pessoas que sentem isso também, não se sinta só. O seu conteúdo é de muita qualidade, muito primoroso e feito com cuidado, carinho e afeto e isso leva tempo. Esse tempo é importante e precioso. Acho que precisamos nos unir pra manter esse tipo de tempo acontecendo mesmo nesse mundo frenético de hoje. Agora mesmo tô sentindo como se estivesse escrevendo uma cartinha pra você. Que coisa mais gostosa de fazer! Eu nunca tive blog, mas sempre quis fazer. Será que agora eu me animo? Obrigada por ser sempre inspiração. Beijos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Rolar para cima